Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Competitivos

Bela estreia hoje em Alvalade.

Equipa personalizada, com estrutura mental suficiente para dar a volta a um resultado inicialmente adverso. Muito mérito de Leonardo Jardim na forma como tem instruído e capacitado este conjunto de jogadores.

 

Em termos individuais e depois de realçar Leonardo Jardim, algumas notas:

 

William Carvalho, a par do óbvio Montero, foi o melhor em campo. Pelo que fez jogar a equipa (quase sempre colocou a bola numa linha mais avançada do que aquela em que a recebia) e pelo critério de passe e posse que ofereceu ao jogo, mesmo nas alturas mais complicadas do jogo. O que demonstra um conhecimento do jogo muito interessante e útil. Veremos se nos próximos jogos confirma as qualidades. Acredito que sim.

 

Jefferson fez mais um excelente jogo. Menos apoiado por Magrão na parte inicial, demonstrou estar sempre bem posicionado e na segunda parte apareceu sempre em apoio.

 

Montero confirmou aquilo que pensava, e tinha escrito, dele. Inteligência em estado puro, não tem nenhuma acção que seja displicente. A qualidade das movimentações de área, a capacidade de jogar com os colegas são características que já tinha identificado, mas que o colombiano fez questão de expor ao público leonino. É um craque.

 

Patrício tem duas defesas que demonstram porque é que só devia sair por € 15 milhões.

 

Adrien comandou as operações e assumiu o jogo quando o Sporting mais precisava. André Martins também contribuiu muito na segunda parte para que isso fosse possível. Capel entrou muito bem e deixou no ar a interrogação sobre a qualidade dos seus cruzamentos: será que melhorou neste particular ou Montero é que fez, com a sua inteligência na movimentação, com que parecessem melhores?

 

Rojo esteve ao seu nível, péssimo. Cedric continua a ser uma espécie de híbrido, aparenta ter algum conhecimento do jogo, mas falha nos básicos. Domínio e passe. O que além de não ser habitual em jogadores formados em Alvalade, é preocupante.

 

No momento defensivo, as linhas, defensiva e de meio campo, continuam muito afastadas. Há espaço a mais. Basta ver as duas ou três bolas que sobraram para o Arouca à entrada da área. Mas Leonardo Jardim com a preciosa ajuda de Dier resolverão este problema.

 

Estreia empolgante que alimenta a crença de um campeonato muito competitivo por parte do Sporting.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D