Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Da goleada. Já nem me lembro há quanto tempo o Sporting não marcava cinco golos num jogo do campeonato. E há muito que não começava tão bem. Da melhor maneira.

 

Da marca de Leonardo Jardim. Apresentou seis novidades no onze titular deste jogo inaugural da Liga, em comparação com a época passada. Demonstrando que não tem complexos de qualquer espécie relativamente a lideranças anteriores. Aposta ganha, como era de esperar.

 

Da exibição de Montero. Foi, de longe, o melhor em campo. Marcou três golos que contribuiram para galvanizar a equipa e os adeptos. Mas não é só goleador: revela-se também um grande jogador de área que nunca se cansa de recuperar a bola e de trabalhar para a equipa, denotando pormenores de grande qualidade técnica. Os nostálgicos de outros tempos, por sinal nada saudosos, já devem estar bem arrependidos das palavras de sarcasmo que dirigiram de início ao colombiano, grande reforço do Sporting nesta temporada.

 

De Adrien. Exibiu categoria no relvado de Alvalade. Coube-lhe emitir o primeiro sinal sério de que o Sporting estava ali para vencer e convencer ao bater muito bem, aos 16', um pontapé de livre que levou a bola a embater na trave da baliza do Arouca. Notável, a sua precisão de passe no meio-campo onde passeou classe - muito superior às exibições da época passada. Viu o seu jogo de qualidade ser perturbado por um sem-fim de faltas da equipa adversária.

 

De William Carvalho. Já se percebeu que Rinaudo tem aqui um sério concorrente à posição de médio defensivo. O jovem formado na nossa academia foi um baluarte da equipa, conferindo-lhe segurança a todo o momento.

 

De Wilson Eduardo. Marcou um golo, fez assistência para outro e demonstrou sempre merecer a confiança que nele vem depositando o novo treinador do Sporting. Outro grande valor da academia do Sporting em fase de plena confirmação no nosso plantel principal.

 

De Jefferson. Grande partida do lateral esquerdo, peça essencial na dinâmica atacante da equipa. Marcou muito bem o canto que deu origem ao primeiro golo.

 

De Maurício. Segundo golo do defesa central, a fazer calar todos quantos vinham levantando dúvidas sobre a sua recente contratação. A partir de hoje, julgo que até alguns sportinguistas mais desmemorizados já fixaram o seu nome.

 

De Capel. Entrou na segunda parte, substituindo o irregular Carrillo, e mostrou-se muito mais acutilante, arrancando aplausos calorosos das bancadas com estonteantes investidas que puseram a defesa do Arouca em sentido. Duas assistências para golo.

 

Das claques concentradas na bancada poente. Não cessaram de incentivar a equipa durante um só minuto do jogo. A festa dentro da festa: uma excelente decisão de Bruno de Carvalho.

 

De ouvir gritar És a nossa Fé. A plenos pulmões, por todo o estádio.

 

Do relvado. Em bom estado. Como se impõe.

 

 

Não gostei

 

Dos primeiros 20 minutos. Faltou fio de jogo ao Sporting neste período inicial, em que o Arouca esteve mais acutilante.

 

Da ausência de Slimani. Com ele em campo, a nossa equipa ficará ainda melhor. E talvez aqueles que ainda suspiram por Labyad inventem outro tema de conversa.

 

De alguns imbecis que andaram a protestar contra o dia e a hora do jogo, procurando transformar isto em arma de arremesso contra a direcção do clube. Ao contrário deles, espero que o Sporting dispute vários outros jogos em tardes de domingo, à semelhança do que sucedia noutros tempos. Ajuda a tornar ainda mais exuberante a incomparável festa do futebol. Como hoje aconteceu, para alegria de todos quantos estivemos no estádio.

28 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D