Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Lancero 30.07.2013 20:57

    Deu-se bem com os três, por uma razão principal: pagava tão mal aos jogadores que precisava de garantir que nem sporting nem porto os vinha roubar.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 02.08.2013 17:32

    Se foi assim, valeu a pena na perspectiva dele. Poucos presidentes do Benfica foram tão vitoriosos e deixaram obra tão visível como ele.
  • Sem imagem de perfil

    Lancero 03.08.2013 16:12

    Não deixou de ser polémico.
    Por falta de tempo próprio, deixo-lhe aqui um texto de um amigo.

    O estádio, que era espectacular, acabou por resultar em prejuízos acumulados e acentuados pelo processo movido pela Teixeira Duarte. Além disso, significou uma descida acentuada do valor do plantel, o que teve, como principal consequência, a necessidade do seu apetrechamento. Perdemos os campeonatos de 84/85 e 85/86. Em 86/87 levámos 7-1 em Alvalade. Foi derrotado em Março e a nova direcção entusiasmou o clube e a equipa de futebol, fazendo com que esta ainda fosse campeã nacional. Houve ainda as chamadas "Torres do Benfica", um negócio de construção civil que correu muito mal ao clube.
    E, claro, a amizade com Pinto da Costa... Essa amizade escancarou os órgãos de decisão do futebol português ao FCP. Se as vigarices começaram com o Pedroto, o sistema teve início nessa altura, enquanto o Fernando Martins se deixava adormecer à sombra das gloriosas épocas do Eriksson. Eriksson esse que tinha vencido a taça UEFA ao serviço do Gotemburgo na época anterior a chegar ao Benfica, não era propriamente um desconhecido, apesar de ser ainda um jovem.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 03.08.2013 23:38

    Lancero, faço um ponto de ordem: o meu texto significou apenas um momento de respeito por alguém que considero um grande ex-dirigente do futebol português, por acaso das vossas cores. Se esta singelíssima homenagem vos incomoda, lamento. Mas o que tinha que escrever, está escrito.
  • Sem imagem de perfil

    Lancero 04.08.2013 00:13

    Você teve um comportamento corretíssimo e o que fez não me incomoda nadinha, até porque noutros locais também o fiz.
    Fernando Martins foi o primeiro presidente do SLB que cumprimentei e foi no seu primeiro mandato que começaram a levar-me com frequência fim de semana sim, fim de semana não, à nossa então Casa (Luz). Por isso, e porque me cruzei com ele variadíssimas outras ocasiões no Altis, era uma pessoa de quem tinha (tenho) o maior carinho.
    No entanto, os grandes Homens também cometem os seus erros.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D