Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Enquanto a bola não começa a rolar a sério...

Chamou-me a atenção a homenagem que o Núcleo Sportinguista de Alcochete fez recentemente a Aurélio Pereira, e que contou com a presença da mãe e irmã de Cristiano Ronaldo, em particular o seguinte recorte: «A mãe de Cristiano Ronaldo emocionou-se ontem quando Aurélio Pereira, responsável pela vinda do jogador para o Sporting, elogiou o papel da família no sucesso do atleta. "Entre o sucesso e o insucesso, há uma diferença muito pequena. A família foi fundamental para Cristiano Ronaldo", afirmou o 'caça--talentos', levando Dolores Aveiro às lágrimas. »

Destaca-se, desde logo, o sentimento de gratidão que continua a ligar Ronaldo e a sua família ao Sporting, especialmente a Aurélio Pereira. Passados estes anos todos, acumulado tanto dinheiro, sendo tantas as solicitações, Ronaldo e a família não deixam de participar nalguns eventos da família sportinguista. O Ronaldo não é craque pelos golos que faz. Também é craque na humildade e sinceridade de amor aos clubes da sua vida. Por isso é que é adorado no Sporting e no Manchester.

Outro aspecto que me pareceu muito pertinente foi a referência à família, pedra basilar na vida desportiva de Ronaldo. Nunca, em momento algum, se viu a mãe, as irmãs ou o cunhado de Ronaldo virem para os jornais fazer pressão de qualquer tipo. Nunca precisaram disso para fazer vingar alguma posição negocial. Basta recordar o último ano de Ronaldo no Sporting, em que os jornais já no defeso davam conta de potencial interesse do Barcelona e outros clubes, e não apareceu a família, o tutor, ou o advogado do jogador a querer forçar o seu interesse.

Na semana em que o caso «Bruma» não conheceu, ainda, qualquer novidade, sabe bem ver o exemplo vindo de Ronaldo e família, ou ler a entrevista de Nani ao jornal do Sporting. Tanto num, como noutro caso, as boas maneiras não estão enferrujadas.

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D