Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

A voz do leitor

«Curiosamente ou não, foi desde da entrada de Jorge Jesus que a política de comunicação de Bruno de Carvalho se tornou um desastre. Será que a nefasta influência futebolista que o treinador passa aos jogadores se altera em forma comunicacional em relação ao Presidente?»

 

Leão da Estrela, neste meu texto

Um hábito!

Parece que meia equipa do Sporting esteve esta noite em Alvalade.

Durante semanas os atletas do Sporting habituaram-se de tal maneira a jogos a meio da semana que apareceram hoje no Estádio, sem avisar.

Só depois é que se lembraram que a final da Taça de Portugal é ao Domingo.

E que o próximo jogo é em Portimão.

Memórias de Peyroteo (13)

(cont.)

 

« Em quase treze anos consecutivos tomei parte em centenas de jogos e marquei muitos golos pela equipa do Sporting e pela Selecção Nacional. O leitor curioso ou admirador de estatísticas, encontrará nos mapas que elaborei, os números que atestam o resultado de tantos anos em contacto permanente com a bola. Foram tantos os jogos (os golos em maior número) que não é possível., falar de todos eles. Recordarei, apenas, os que, em meu entender, merecem referência especial, entre os quais, claro está, se encontram os jogos internacionais. Vamos, a eles, portanto.

 

Os meus apontamentos - que poderão não ser exactos, diga-se desde já - registam como primeiro encontro internacional, o desafio Espanha-Portugal disputado em Madrid a 18 de Dezembro de 1921, e que foi, também, a nossa primeira derrota (3-1). A lista fecha com o 95.° jogo - Portugal - Hungria, disputado em Lisboa, e que empatamos por 2-2. Pela análise de tais apontamentos, concluiremos, na sua frieza confrangedora, pela pouca valia do futebol português, quando em confronto com as selecções de alguns países. E se não vejamos:

Em 87 jogos sofremos 46 derrotas, obtivemos 17 empates e conseguimos ganhar 24, o que representa 28% de vitórias nos 87 encontros disputados.

Ainda que pese ao nosso orgulho, temos de concordar que é muito pouco, não me escusando sequer a esclarecer que tomei parte em 20 desses jogos internacionais, tendo sofrido 9 derrotas, 5 empates e ajudado a conquistar 6 vitórias…»

 

In: Peyroteo, Fernando - Memórias de Peyroteo. 5ª ed. Lisboa : [s.n.], 1957 ( Lisboa : - Tip. Freitas Brito). p. 111

Os melhores prognósticos

Este nosso campeonato de prognósticos abeira-se do fim. Já só faltam três jornadas.

Na anterior, contra o Boavista, houve dois vencedores: os nossos leitores Leão de Queluz e SportingSempre, que acertaram não apenas no resultado (1-0), mas também em Bas Dost como marcador do solitário golo leonino.

Menção honrosa para o meu colega e amigo José da Xã, que também anteviu o desfecho, mas não o nome do artilheiro: prognosticou Bryan Ruiz em vez de Dost. Eu só espero que Bryan marque na jornada 33, em Alvalade, frente ao Benfica.

Incentivo, carvão e e-mails

Como refere o Pedro Correia em post ali um pouco abaixo, entendeu o presidente enviar umas SMS de incentivo aos jogadores da equipa de futebol profissional, que acabaram por ser plantadas no jornal Record. Quero afirmar convictamente que, à parte a fixação na primeira pessoa, escusada e evitável, me revejo em  praticamente todo o teor das mensagens (que para SMS me parecem demasiado extensas, mas cada um tem o seu estilo).

Lamento pela sua divulgação, desconhecendo em absoluto quem pôs a boca no trombone.
Não me parece que a solução para o problema, se é que existe problema de verdade, seja a separação de presidente e jogadores e parece-me natural que o presidente tente galvanizar os atletas (e se mandar um berro de vez em quando, não virá daí qualquer mal ao Mundo, são todos adultos e sabem o que se lhes exige).
Eu sei que para alguns um pedidos de desculpas (público então seria orgásmico para alguns), ainda que hipócrita, bastaria (o que não haveria para aí de comentários a maldizer BdC pela "humilhação"...). Não me parece ser esse o caminho e estas coisas resolvem-se dentro de portas, no recato do balneário (sim, o facebook de Madrid; já me manifestei contra, não vale a pena "chover no molhado").
E sim, os jogadores têm responsabilidades profissionais a cumprir, entre elas a mais importante é o comprometimento com um projecto e a entrega sempre em prol do clube que lhes paga. Negar isto, é negar a essência do Clube, é ficar satisfeito com o 7.º lugar.

É óbvia a intenção de desviar o foco dos e-mails, agora de Domingos Soares de Oliveira (ontem saiu mais um pacote) e de Meirim e nada melhor que continuar a atiçar os sportinguistas uns contra os outros, o que para minha tristeza é demasiado fácil. Nós somos daqueles que não precisam que nos empurrem, autofagia é coisa que não nos falta a rodos.

Por último, não há notícia de outros atletas, de outras modalidades, ficarem incomodados com as SMS do presidente. Bom, também nada me garante que os do futebol profissional estejam. O que eu sei é que querem que nós acreditemos que estão e alguns de nós mergulhamos de cabeça, sem parar dois segundos para pensar.

Eu aconselho calma e alguma argúcia. A todos. Faltam quatro finais, no final far-se-á o balanço. Até lá, que todos não se esqueçam que não fazem qualquer favor ao Sporting com a sua presença.

Espero ver-vos mais logo no Chiado

convite_bertrand_chiado.jpg

 

Algumas frases destacadas no meu livro, referentes ao segundo semestre do ano que passou:

 

«O Sporting vai correr para o título com toda a força, com muita confiança, com muito poder, com uma boa equipa.»

Jorge Jesus, 29 de Julho

 

«Acredito cegamente no penta.»

Luís Filipe Vieira, 31 de Julho

 

«O que incomoda as pessoas é o meu brilho. Insectos só atacam lâmpadas que brilham!!!»

Cristiano Ronaldo, 1 de Agosto

 

«Quando estava no auge recebia de tudo. Muitos soutiens, cuequinhas, chuchas. Tirando as fotografias de tudo e de todas as maneiras.»

Paulo Futre, 20 de Agosto

 

«O presidente do Sporting está a mais no futebol português. Ele tem de ser removido!»

Pedro Guerra, 21 de Agosto

 

«Faltam tomates ao dirigismo dos [clubes] pequenos. Têm medo, comem a sua sopinha e por isso as coisas andam como andam. Os pequenos seguem a voz dos grandes, ninguém sabe o que eles sentem genuinamente, têm medo de represálias.»

Augusto Inácio, 28 de Agosto

 

«No futebol, os fins justificam os meios.»

Rui Gomes da Silva, 11 de Setembro

 

«Portugal já não é dos espertos, é dos inteligentes.»

Bruno de Carvalho, 26 de Outubro

 

«Não consigo fazer uma mulher parir aos cinco meses.»

Manuel Machado, 28 de Outubro

 

«É dentro das quatro linhas que queremos ganhar contra tudo e contra tolos.»

Pinto da Costa, 11 de Novembro

 

«Dei a minha primeira entrevista em Paris e disse à jornalista: "Tu es très jolie." Casei-me com ela.»

Humberto Coelho, 30 de Dezembro

A voz do leitor

«Se Bas Dost passa muitos minutos sem tocar na bola, e não marca ainda mais, é porque o futebol ofensivo do Sporting abusa da improvisão e da nota artística, em detrimento da mecanização e da eficácia. E farta-se de trabalhar em campo, pressiona defesas, permite o Sporting sair em jogo directo fazendo de poste, dá bolas a marcar em toques de primeira (90% desaproveitadas pelos colegas, mas isso é outra coisa). E marca penáltis na perfeição. Não chega?»

 

SportingSempre, neste meu texto

Hoje giro eu - Foco

Parece que anda tudo muito entretido, num jogo do gato e do rato, para descobrir quem é o Wally (o bufo do balneário). O diário desportivo Record traz o tema para capa da sua edição de hoje, com direito a cópia dos SMS enviados por Bruno de Carvalho aos jogadores, mais uma interpretação livre se o facto caiu (ou não) bem no balneário. Uma vírgula diferente aqui, umas reticências acoli, um ponto final mais à frente e certamente não será difícil perceber quem passou a informação que fez, certamente, as delícias do jornal. Mas, a quadrilhice não deve ser o nosso problema, temos um jogo decisivo - são todos até ao final do ano - em Portimão e essa deve ser a nossa exclusiva preocupação neste momento. Para já, os dois elementos da Estrutura do futebol - Bruno de Carvalho e André Geraldes - não poderão representar o clube no jogo. Ambos foram penalizados pelo Conselho de Disciplina e por motivos diferentes: Bruno devido às palavras trocadas com Salvador, Geraldes por, alegadamente, ter esbracejado e gritado com o árbitro da partida contra o Boavista. Sobre isto, a nossa Comunicação institucional nada diz. Enquanto adepto e sócio, espero que não nos distraiamos, nem nos fracturemos nesta fase decisiva do campeonato nacional com assuntos menores e que a equipa se sinta defendida em campo. É que há um lugar numa recém-aditivada Champions por assegurar...

 

P.S. entretanto, no Voleibol, o quarto jogo, a ser disputado no Pavilhão da Luz, foi adiado. Com isso, e na eventualidade de um quinto jogo (no João Rocha), só haverá um dia efectivo de descanso ("negra" a 1 de Maio). Atendendo a que a nossa equipa tem jogadores com mais idade, que com uma semana de descanso ganhou 3-0 ao Benfica e que no dia seguinte, e nas palavras do próprio treinador, acusou a sua maior veterania e apenas ganhou por uns muitos renhidos 3-2, agradecia ouvir uma opinião institucional do meu clube sobre este adiamento.

Espero ver-vos por lá amanhã

convite_bertrand_chiado.jpg

 

Algumas frases destacadas no meu livro, referentes ao primeiro semestre do ano que passou:

 

«O Jorge Jesus vai-se demitir, não tenho qualquer dúvida. O projecto de Jorge Jesus acaba a 4 de Março [de 2017]. Eu não vou ter de o indemnizar.»

Pedro Madeira Rodrigues, 22 de Janeiro

 

«Tem que se dizer basta! O Benfica tem sido sistematicamente prejudicado pela arbitragem! O que é que se passa?! Os árbitros têm medo de quê?»

Pedro Guerra, 30 de Janeiro

 

«Vou dar a minha vida pelo FC Porto.»

Tiquinho Soares, 4 de Fevereiro

 

«Tanto oiço Pavarotti como... ia dizer Marco Paulo, mas Marco Paulo não oiço.»

Manuel Machado, 18 de Fevereiro

 

«O que posso garantir é que, enquanto presidente, para mim chega! Tudo tem de ser diferente na próxima época. O Sporting é vencer, não é dar desculpas.»

Bruno de Carvalho, 7 de Maio

 

«Tão depressa somos idolatrados, como linchados. Hoje és o maior, amanhã és o maior filho da mãe, um chulo.»

Pepa, 24 de Maio

 

«Somos imunes a pressões.»

José Fontelas Gomes, 5 de Junho

 

«Não me revejo nesta gente a representar o Benfica.»

António Simões, 8 de Junho

 

«O Benfica está claramente implicado num esquema de arbitragem. (....) Investigue-se!»

Francisco J. Marques, 13 de Junho

 

«Por vezes a melhor resposta é estar calado.»

Cristiano Ronaldo, 15 de Junho

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 26

Bruno Fernandes 9

Gelson Martins 8

Acuña 4

Mathieu 2

Coates 2

Bryan Ruiz 2

Adrien

Battaglia

Fábio Coentrão

William Carvalho

Montero

Rafael Leão

autogolo do Moreirense

 

«Bas Dost continua a ser abono: holandês já deu 47 pontos aos leões, por quem soma 69 golos. Está apenas a três golos do registo da última época (36 golos), mantém a veia que sustenta o Sporting na I Liga e também mostra apetência para os penáltis.»

Do jornal o Jogo de anteontem

Bas Dost

basdost-620x400[1].jpg

 

Ainda há adeptos que criticam Bas Dost enquanto suspiram de saudades pelo Slimani. O tal que diziam ter tijolos nos pés.

Como dantes suspiravam pelo regresso do Montero e assim que ele voltou ao Sporting passaram a acolhê-lo com indiferença.

É sempre assim num certo "tribunal de Alvalade": bons são os que já não estão, enquanto os que ainda estão parecem sempre maus ou medíocres...

 

O que é feito do Slimani? Alguém sabe?

Entretanto, por cá, Dost já marcou 60 golos em 58 jogos disputados nestes dois campeonatos em que actuou de verde e branco. Sessenta e nove, no total das competições.

Uma das melhores médias europeias. Uma das melhores médias de sempre no Sporting.

Qual BES, qual quê!

 

 

 

 

 

Roubado do Mister do Café, onde podem ler tudo bem explicadinho. Como se diz lá, talvez o maior escândalo da Democracia portuguesa. Na área do desporto, não me restam quaisquer dúvidas. É que isto é muito mais que fruta e chocolatinhos, porra! Perto disto, Sócrates e Salgado (alegadamente) são uns meninos.

Pode também visitar o Mestre de Cerimónias, no Artista do Dia, que esmiuça também o assunto.

Pódio: Bruno Fernandes, Gelson, Bas Dost

Por curiosidade, aqui fica a soma das classificações atribuídas à actuação dos nossos jogadores no Sporting-Boavista pelos três diários desportivos:

 

Bruno Fernandes: 19

Gelson Martins: 19

Bas Dost: 16

Battaglia: 16

Bryan Ruiz: 16

Ristovski: 16

Petrovic: 15

Acuña: 15

Coates: 15

Mathieu: 14

Fábio Coentrão: 14

Rui Patrício: 14

Misic: 12

 

Os três jornais elegeram Bruno Fernandes como melhor jogador em campo.

Pensem bem

Sem vídeo-árbitro, ontem teríamos saído só com um ponto de Alvalade. Resultado: 0-0.

Porque o árbitro Veríssimo e seu vesgo ajudante colocado abaixo da nossa bancada central foram incapazes, sem tecnologia auxiliar, de ver uma grande penalidade do tamanho do centro comercial Colombo.

 

Passou apenas um ano, mas o caminho percorrido desde então foi gigantesco.

A nova tecnologia reconduziu o futebol no trilho da verdade, há muito adulterada no nosso pequeno futebol. Daí ninguém estranhar que seja um dos novos condimentos do Mundial da Rússia - tal como a possibilidade de uma quarta substituição em situações de prolongamento.

 

Bruno de Carvalho apoiou desde o início esta medida e soube pugnar por ela - quando o principal diário desportivo português, por exemplo, fazia campanha aberta contra o vídeo-árbitro. É de elementar justiça que saibamos reconhecer-lhe este mérito.

Pensem bem o que teria sido esta época futebolística com o VAR ainda só em fase de projecto.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D