28 Abr 17

Muitos apostaram, mas ninguém acertou no resultado do dérbi. Há semanas assim.


comentar

«Esta gente que tenta branquear uma morte não pode ficar impune. Pasmo com o silêncio da Federação, da Liga e do Governo. O que é isto? O que pode acontecer mais?»

Pedro Wasari, neste meu texto


comentar ver comentários (4)
27 Abr 17

Neste campeonato SLB é o indiscutível e o mais destacado campeão. De José Duarte, no A Norte de Alvalade.

Luís Filipe Vieira armado em "jornaleiro". No Míster do Café.

As (exorbitantes) comissões pagas pelos clubes. Do Mestre de Cerimónias, n' O Artista do Dia.

 


comentar ver comentários (3)

assassino[1].png

 

As caixas de comentários deste blogue são testemunhas fidedignas do que vou escrever.


Desde sábado, vários adeptos do Benfica atreveram-se a vir aqui celebrar o assassinato de um cidadão italiano adepto do Sporting, morto cobardemente por um indivíduo pertencente aos NN (neonazis) e já referenciado por crimes de tráfico e roubo.

Uma dessas bestas, por exemplo, gabou-se de estar a comemorar o homicídio com champanhe.
Outra vangloriou-se por o infeliz italiano ter sido "passado a ferro".

Fiz chegar hoje mesmo à Polícia Judiciária estas provas documentais, para os devidos efeitos.

 

Tomei esta decisão por imperativo de cidadania.

Por serem manifestações de barbárie, pura e dura. Demonstrando clara conivência com o homicídio cometido junto à rotunda Cosme Damião, incentivando novas práticas criminosas.

 

Não pode haver equidistância entre a barbárie e a não-barbárie.
Não pode haver tolerância perante as ruidosas manifestações de apoio aos assassinos. Que dinamitaram o minuto de silêncio que antecedeu o Sporting-Benfica de sábado imitando o som de very lights e mandando os adeptos leoninos "atravessar na passadeira".

 

Depois disto, fica traçada uma linha fronteiriça ainda mais evidente entre quem merece estar no desporto e quem deve ser alvo de duras penas por estar a transformar o futebol português num sítio infrequentável.
Não poupemos nas palavras: há neste momento quem tenha as mãos manchadas de sangue. E quem não se demarcar disto sem ambiguidades torna-se cúmplice moral dos crimes.


comentar ver comentários (46)

comentar ver comentários (17)

«O Conselho de Disciplina da FPF abriu um processo a Slimani (27/1/16) por queixa do Benfica. Várias vezes LFV apareceu nas televisões a pressionar o dito Conselho. O objectivo, claramente, era condicionar o artilheiro do Sporting. (...) Agora as virgens ofendidas vêm dizer "aqui-d'el-rei", o que tem o Sporting a ver com isto? Ninguém tem medo do Jonas, só marca aos pequenos ou de penálti, mas a agressão ao treinador do Porto tem de ser punida.»

Leão de Queluz, neste texto do Edmundo Gonçalves


comentar ver comentários (1)
26 Abr 17

Digam lá se eu não acertei quando escrevi isto na tarde de segunda-feira.

Nessa mesma noite, dois pupilos do Janela papaguearam estas frases:

 

«[Saber o que estava o adepto italiano a fazer de madrugada no local onde foi atropelado] é a pergunta mais pertinente neste processo. É a pergunta mais certa que o presidente do Benfica podia fazer.»

Rui Gomes da Silva, O Dia Seguinte (SIC Notícias)

«O que é que faziam elementos da claque do Sporting, ali, às três e tal da manhã? O que é que faz um italiano de 41 anos ali no estádio da Luz? Nós não podemos ser meninos de coro a analisar isto. O que é que este homem fazia ali às três e tal da manhã?»

André Ventura, Pé em Riste (CMTV)

Tags:

comentar ver comentários (56)

«Estamos todos de parabéns. Ronaldo, cem golos na Champions. Trancinhas, sem golos na Champions. Quase igual.»

Carlos Silva, neste meu texto


comentar ver comentários (11)
25 Abr 17
Coragem
Pedro Correia

«A rivalidade saudável é um bem comum, a guerrilha e as provocações constantes só nos conduzem a tragédias e desgraças que não podem repetir-se.

Tenhamos a coragem de fazer um 25 de Abril no futebol e lutemos juntos pela liberdade, transparência, verdade desportiva e dignificação do sector e dos seus agentes.»

Bruno de Carvalho, numa mensagem hoje difundida


comentar ver comentários (31)
Cada vez mais lido
Pedro Correia

Quase dez mil visualizações em dois dias. Mais exactamente, 9494. És a Nossa Fé continua a ser um blogue cada vez mais lido.

Os nossos leitores sabem muito bem porquê.

Tags:

comentar ver comentários (11)
O ódio criminoso
Pedro Correia

O adepto italiano do Sporting, garantem os órgãos de informação, foi assassinado por um membro do No Name Boys - claque ilegal do Benfica.
O homicídio está já a ser investigado tendo em atenção a moldura penal reservada aos crimes de ódio - racial, religioso, político, clubístico.
Um repugnante crime xenófobo contra um cidadão da União Europeia que ao chegar a Portugal pensava que aqui vigorava o império da lei, instaurado com a Revolução dos Cravos, faz hoje 43 anos.
Estava iludido. E pagou essa ilusão com a própria vida.


comentar ver comentários (53)

«O Porto já ganhou muitos campeonatos forjados, já os conquistou igualmente devido ao poder nos bastidores que lhe permitia beneficiar por ver os rivais propositadamente prejudicados, mas só um cego e/ou faccioso extremo não vê o óbvio: tal como na época passada fomos os melhores e o título moral foi nosso, nesta época o título era do Porto. Ponto final parágrafo. O que vai sobrar? Dois títulos para o Benfica. Isto é déjà vu de décadas, só mudou o tom do favorecimento.»

António Ramos, neste texto do Edmundo Gonçalves

 


comentar ver comentários (7)
24 Abr 17
A cartilha
Pedro Correia

Calculo que hoje esteja a ser um dia muito árduo de trabalho para o avençado Janela, já com milhares de caracteres redigidos com a versão mais actualizada da cartilha, que iremos ouvir papaguear logo à noite.
Em relação ao homicídio ocorrido nas imediações do estádio da Luz, é fácil prever a tese deles: o assassino é inocente e o assassinado é que teve a culpa.

Tags:

comentar ver comentários (27)

Ao longo do dia de ontem, e mesmo tendo ocorrido um Real Madrid-Barcelona em horário nobre, aqui no És a Nossa Fé recebemos 2274 visitas e registámos 4522 visualizações. Média: 188 visualizações por hora.

Prossegue a tendência deste blogue em afirmar-se como um dos mais influentes da blogosfera leonina. Esta larga audiência só nos incentiva a prosseguir


comentar ver comentários (8)

luis_filipe_vieira_1609f6c1_400x225[1].jpg

 

Luís Filipe Vieira era inteiramente livre de aceitar ou recusar o convite que Bruno de Carvalho lhe dirigiu para se sentar a seu lado na tribuna de Alvalade.
O que não tinha era o direito de, na própria casa do adversário, aproveitar a ocasião para disparar um  chorrilho de insultos perante o anfitrião do Sporting-Benfica, comparando-o a um  criminoso e cadastrado - o pior que houve desde sempre no futebol português, por acaso antigo presidente encarnado.
Se as coisas estavam mal, graças a Vieira ficaram pior. Sem o menor respeito pelo adepto assassinado naquele mesmo dia, já de triste memória.
Único ponto favorável ao presidente do SLB: desta vez não se escudou no putativo "sentido de Estado", mandando papagaios lançar napalm por ele em três canais de televisão. Desta vez surgiu ele próprio com artilharia pesada, sem ambiguidade nem hipocrisia.

Caiu-lhe de vez a máscara.


comentar ver comentários (111)
 

Por curiosidade, aqui fica a soma das classificações atribuídas à actuação dos nossos jogadores no Sporting-Benfica pelos três diários desportivos:

 

Paulo Oliveira: 18

Gelson Martins: 17

Adrien: 17

Coates: 17

William Carvalho: 16

Rui Patrício: 15

Bas Dost: 14

Schelotto: 14

Podence: 13

Bruno César: 13

Jefferson: 12

Alan Ruiz: 11

Bryan Ruiz: 10

Campbell: 1

 

O Jogo elegeu  William Carvalho  como figura do jogo. A Bola e o Record optaram por Adrien.


comentar ver comentários (11)

«Não gostei do resultado, mas as poucas oportunidades criadas em jogo corrido foram nossas. Aí Bas Dost esteve mal. Não consigo perceber porque ficou o Podence no banco quase todo o jogo. E entra Bryan Ruiz antes dele? Para mim o Podence até teria sido títular.»

António 1969, neste meu texto


comentar ver comentários (2)
23 Abr 17
22 de Abril
Pedro Correia

Ontem foi  assassinado  outro adepto do Sporting. Uma vida humana tem mais importância do que qualquer resultado desportivo, por mais que alguns energúmenos não percebam isto.


comentar ver comentários (49)
22 Abr 17

Gostei

 

Do dérbi. Jogo emotivo, muito disputado, cheio de intensidade, com posse de bola repartida e resultado em aberto até ao fim. Eis a verdadeira festa do futebol.

 

Da atitude dos nossos jogadores em campo.  O Sporting entrou muito bem e já estava a vencer aos 5'. Quase toda a equipa não poupou esforços nem energias. Vários jogadores terminaram esgotados este clássico lisboeta.

 

De Adrien. Marcador do golo leonino, de grande penalidade. Chamado a converter o penálti, fê-lo da melhor maneira. Durante todo o resto do jogo foi ele quem mais puxou pela equipa, ganhando segundas bolas, abrindo linhas de passe e nunca desistindo de lance algum. E condicionou muito a acção de Pizzi. Destaco-o como o melhor em campo.

 

De Coates. Grande partida do internacional uruguaio, sempre muito concentrado, sem um só deslize, antecipando-se sempre aos adversários. Voltou a demonstrar que é o líder absoluto da defesa leonina.

 

De Gelson Martins. Uma vez mais, protagonizou os melhores pormenores técnicos do onze leonino. Fez várias incursões com sucesso pelo seu flanco, concluídas com centros infelizmente desperdiçados pelos seus colegas. Mereciam melhor conclusão.

 

De Paulo Oliveira. Surgiu hoje como titular, substituindo Rúben Semedo. Sólido, seguro, ágil, acorreu sempre com eficácia às dobras na ala esquerda, apesar de não ser a zona do terreno onde se movimenta com mais confiança. Nota muito positiva.

 

De alguns jogadores adversários. Boa exibição de Pizzi, que desta vez resistiu a jogar com as mãos, e de Lindelof, que marcou um grande golo de livre directo sem a menor hipótese de defesa para Rui Patrício. Concretizando a única hipótese real de marcar alcançada pela sua equipa neste dérbi.

 

Do apoio dos adeptos. Estádio cheio, com 48.765 espectadores. Ambiente vibrante e entusiástico, na linha dos grandes clássicos, e sem qualquer esmorecimento por parte das hostes leoninas.

 

De ver tanta gente satisfeita. Até teve graça ver os adeptos do SLB festejarem efusivamente o pontinho conseguido em Alvalade.

 

 

Não gostei

 

Do empate (1-1). Tivemos mais oportunidades de golo e não soubemos aproveitá-las. O resultado, perante o nosso mais velho rival, deixa-nos insatisfeitos.

 

De Alan Ruiz. Esteve muito apagado, sem a dinâmica nem o acerto de passe a que vinha habituando os adeptos nos últimos jogos. Fez uma falta desnecessária e absurda da qual resultou o livre que daria o único golo do Benfica.

 

De Bryan Ruiz. Jorge Jesus deixou-o fora do onze titular. Entrou só aos 65', substituindo Alan Ruiz, mas não teve qualquer influência no desempenho colectivo do Sporting. Lento, hesitante, preso de movimentos, continua a ser uma sombra do que já foi.

 

Dos nossos laterais. Como vem sendo costume.

 

De ver Bas Dost desta  vez em branco. Conquistou um penálti logo aos 4', mas não foi ele a marcá-lo: Adrien encarregou-se dessa missão, com sucesso. O holandês podia ter marcado aos 48', mas cabeceou por cima, e também aos 53', mas a bola saiu ao lado.

 

Das substituições tardias. O treinador demorou demasiado a refrescar a equipa, numa altura em que já era evidente o esgotamento de vários jogadores. Podence entrou tarde para render Bruno César, só aos 80'. Campbell entrou ainda mais tarde, para substituir o extenuado Gelson Martins: apenas aos 88'.

 

Do regresso de Carrillo a Alvalade. O peruano ficou fora da opção inicial do treinador encarnado, que só o fez entrar quase no fim do jogo. Com ele, o Benfica passou a jogar com dez: nulidade absoluta.


comentar ver comentários (48)

dinosaurus-merem-melek-lirik-lagu-anak[1].jpg

 

«Um adepto italiano morreu às três da manhã nas imediações do Estádio da Luz. Curiosamente, é estranho que sendo um adepto da Fiorentina esteja em Lisboa quando a Fiorentina joga hoje, às 19.45, com o Inter num dos jogos mais importantes do campeonato italiano. É curioso. É apenas uma curiosidade, mas não deixa de o ser... A Fiorentina joga hoje com o Inter, na sua casa, e ele optou por ver o Sporting em Alvalade...»

Hoje às 18.59, na SIC Notícias


comentar ver comentários (7)

«O Marvin, por uma falta normal, não joga o derby e Samaris, tendo dado um murro no adversário, joga. Lógica da batota. O benfiquismo das instituições do futebol remete-nos para o terceiro mundo.»

J. Ramos, neste meu texto


comentar ver comentários (4)
21 Abr 17

Rui Gomes da Silva, 10 Abril, SIC Notícias:

«O que eu acho que as pessoas do Sporting deviam estar preocupadas é com o que se passou com o árbitro... com o árbitro... com o Tiago Martins. O que é que aconteceu junto aos balneários... não sei... deviam... A Liga... a Liga... a Liga devia tar preocupada com estas coisas... perguntem lá a quem assistiu. O que é que aconteceu no final do jogo... as... oiça, foi aquilo que me contaram... Se não aconteceu peço desculpa... oiça, eu ouvi dizer de ameaças...»


comentar ver comentários (10)

Está quase. O mais ansiado clássico da temporada começa a jogar-se amanhã em Alvalade, a partir das 20.30. Com arbitragem de Artur Soares Dias.

Quais são os vossos prognósticos para este Sporting-Benfica?


comentar ver comentários (60)
Leoas às sextas
Pedro Correia

ines_simoes[1].jpg

 

  INÊS SIMÕES

"O programa [Curva Belíssima, na Sporting TV] está a correr muito bem, é um programa onde nós falamos, além do futebol, de várias modalidades existentes no universo do Sporting."

(Correio da Manhã, 15 de Abril de 2017)

Tags:

comentar ver comentários (4)

«Numa semana de derby, gostaria de apelar aos benfiquistas que dessem um lição de como se apoia um clube de forma ordenada e eticamente intocável. Os que não se sabem comportar devem ser afastados do futebol independentemente do clube a que pertencem.»

Sérgio, neste meu postal


comentar ver comentários (4)
20 Abr 17

 

Salazar era lampião.

 


comentar ver comentários (170)

23tplw1[1].jpg

 Equipa do SLB na temporada 1938/39

 


comentar ver comentários (24)

«Os No Name Boys e os Diabos Vermelhos não existem, nem nunca existiram. São fruto da pérfida imaginação sportinguista. O que existe, é um coro Godspell onde os meninos cantam de acordo com o Evangelho de São Janela. Lindas criancinhas

Carlos Silva, neste postal


comentar ver comentários (8)
19 Abr 17
Discrepâncias
Pedro Correia

O Braga fez contra o FC Porto o dobro das faltas que havia feito, escassas semanas antes, frente ao Benfica. Nem parecia a mesma equipa.

São discrepâncias destas que contribuem para o fascínio do futebol português.


comentar ver comentários (56)

«Convém não esquecer o quase autogolo no jogo [do SLB] com o Belenenses, em casa, no primeiro golo do André Almeida. O Miguel Rosa fez uma bela assistência, que se fosse noutras condições teria menção bem descritiva na "Cartilha"

Afonso Lopes, neste meu texto


comentar ver comentários (8)

cristiano-ronaldo[1].jpg

 

Esta foi outra noite de glória para o maior dos nossos: Cristiano Ronaldo marcou três dos quatro golos na vitória de hoje do Real Madrid no Santiago Bernabéu frente ao Bayern de Munique (sem Renato Sanches) na Liga dos Campeões, qualificando-se para as meias-finais da prova.

Já na primeira mão Ronaldo marcara os dois golos do triunfo madrileno em Munique frente à turma germânica (também sem Renato Sanches).

Cinco golos em dois jogos na alta roda do desporto-rei: o craque português volta a superar recordes. Desta vez ao tornar-se o primeiro jogador a atingir a marca dos cem golos na prova máxima do futebol mundial a nível de clubes.

Merece naturalmente os parabéns de todos nós.

O melhor do mundo, formado em Alvalade: eis a marca Sporting cada vez mais universal.


comentar ver comentários (82)
18 Abr 17

 

São mais beneficiados com autogolos do que qualquer outra equipa. Só esta época, já receberam quatro de bandeja: do Nacional, do Feirense, do Boavista e agora do Marítimo. Por curiosa coincidência, este último foi marcado - à ponta-de-lança - por Luís Martins, ex-jogador do Benfica B que confessa sem rodeios ter "um bichinho pelo Benfica". Traindo o seu guarda-redes, acabou por ser fundamental para desbloquear um empate a zero que se ia prolongando no estádio da Luz, nesta mais recente jornada do campeonato.

Estes reis dos autogolos são os mesmos qua na época passada andaram meses a falar do Tonel, chamando-lhe todos os nomes, só porque o defesa do Belenenses teve o azar de cometer penálti frente ao Sporting.

Agora andam calados. Deve ser isso que lhes recomenda esta semana a cartilha do Janela.

 

Marcha do marcador:

Autogolo de Aly Ghazal à terceira jornada, quando o Nacional-Benfica estava 0-0.

Autogolo de Luís Aurélio à sétima jornada, quando o Benfica-Feirense estava 0-0.

Autogolo de Fábio Espinho à décima-sétima jornada, quando o Benfica-Boavista estava 2-3, garantindo o empate aos encarnados.

Autogolo de Luís Martins à vigésima-nona jornada, quando o Benfica-Marítimo estava 0-0.


comentar ver comentários (71)

«Infelizmente parece que os principais blogues sportinguistas não querem ou não estão interessados em debater esta evidência: a subjugação de Bruno de Carvalho (os mais optimistas falam em aliança) e da sua direcção aos interesses de Pinto da Costa e do FC Porto.»

João Tavares, neste texto do Edmundo Gonçalves

 


comentar ver comentários (17)
17 Abr 17
Djaló
Pedro Correia

Yannick+Djalo+Manchester+City+v+Sporting+Lisbon+sH

 

O inimitável, o verdadeiro, o Yannick. O que não veio do Peru.

Tags:

comentar ver comentários (12)

«A mim faz-me rir ouvir tipos com responsabilidades (na m*** a que isto chegou) usarem a expressão "a família do futebol português" - acabei de ouvir na tv.
Desde quando o futebol português é uma família?! E porque raio de bulas o há-de ser?!»

Simão Gamito, neste texto do Edmundo Gonçalves


comentar ver comentários (2)
16 Abr 17

Grande exibição do Sporting no estádio do Bonfim, excelente vitória num campo tradicionalmente difícil, onde Porto e SLB já tropeçaram. Vitória que não surpreendeu os autores deste blogue e muitos dos nossos leitores. De tal maneira que houve três prognósticos certeiros.

Pedro Almeida Cabral antecipou o resultado, embora sem indicar os marcadores dos golos.

Também os nossos leitores Leão do Fundão e Pedro Wasari acertaram no 3-0 final, superando o nosso colega de blogue porque ambos apontaram Bas Dost como marcador de pelo menos um golo. Tal como veio a suceder.

A próxima ronda de prognósticos incidirá num jogo muito especial: o Sporting-Benfica. Espero que seja uma das mais concorridas de sempre.


comentar ver comentários (22)

Por curiosidade, aqui fica a soma das classificações atribuídas à actuação dos nossos jogadores no V. Setúbal-Sporting pelos três diários desportivos:

 

Bruno César: 18

Gelson Martins: 18

Alan Ruiz: 17

William Carvalho: 17

Bas Dost: 16

Coates: 15

Rúben Semedo: 15

Schelotto: 15

Adrien: 14

Rui Patrício: 14

Podence: 13

Marvin: 13

Bryan Ruiz: 11

Esgaio: 1

 

O Jogo elegeu  William Carvalho  como figura do jogo. A Bola e o Record optaram por Bruno César.


comentar ver comentários (2)

«O reconhecimento oficioso da existência da cartilha precisa ser abafado, pois essa cartilha incita à ofensa pessoal a determinada personalidade e ao recurso à mentira.
É uma acção gratuita, grave, que expõe comentadeiros e alguns jornalistas à acção da Justiça, pois deixa-os fora do chapéu que é a Liberdade de Imprensa.
»

Liondamaia, neste meu postal


comentar ver comentários (1)
15 Abr 17

Com Marvin fora do dérbi do dia 22, por acumulação de amarelos, qual será a opção de Jorge Jesus para lateral esquerdo?

a) Recuo de Bruno César, preenchendo a posição;

b) Utilização de Jefferson, que já foi titular durante muito tempo;

c) Recurso a Esgaio, que embora seja lateral direito também já actuou na ala oposta.

 

Fica lançado o debate junto dos nossos leitores. Para que nos digam qual é a solução mais recomendável.


comentar ver comentários (36)

«Os encarnados tremem que nem papoilas em meio de espigas de trigo ao vento. Isto significa que estão atentos e que sabem que a sua equipa joga pouco à bola. Ora, se aceitam que jogam pouco e se querem o quarteta, em que teta hão-de mamar para lá chegarem?!»

Simão Gamito, neste texto do Luciano Amaral


comentar ver comentários (6)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

S'é q'ueu gostava de ser ...

A orquestra está mais pob...

A minha costela Jota Jota

Os prognósticos passaram ...

Os nossos comentadores me...

Leituras recomendadas

Por imperativo de cidadan...

A mesma opinião

Quem faz isto é capaz de ...

Os nossos comentadores me...

Arquivo

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

slb

campeonato

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

eleições

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

golos

árbitros

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds