Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

O caso Alan Ruiz

Estava no estádio e foi ali mesmo à minha frente que percebi a atitude de Alan, aquando da sua substituição no jogo para a Taça de Portugal contra o Vilaverdense.

Se o jogador considerou que foi injusta a sua saída, o que dizer da entidade patronal que lhe paga e não recebe do atleta o mesmo esforço e empenho?

São frequentes estes casos no futebol, em Portugal como noutros países. Então que fazer com um jogador destes? Mantê-lo, despedi-lo ou exigir dele mais empenhamento, mais foco? Os técnicos de psicologia desportiva que esclareçam...

Durante jogos seguidos o Sporting jogou com 10, pois Alan passou sempre ao lado das partidas onde esteve presente. Nunca mostrou ser atleta para o tipo de competição que se joga na Europa. Não sei se o problema será dele ou do treinador, de nenhum dos dois ou de ambos. O que sei é que Alan Ruiz tem tudo para ser um atleta de eleição mas faz o possível para não o conseguir.

Um “não-conseguimento” que tem prejudicado o Sporting e a sua própria carreira como atleta. E a atitude que teve na passada quarta-feira não o ajudará num futuro próximo.

Mesmo que o pai, que é o seu empresário, diga o inverso.

Bastou assistir!

Até para o ano!

Após a bela vitória de ontem à tarde/noite aproxima-se o dérbi lisboeta, já no dealbar de 2018. Entretanto pelo meio há dois jogos que servirão essencialmente para dar minutos a jogadores menos utilizados.

Assim espero e desejo. Porque o Sporting é demasiado grande para se preocupar com troféus menores.

Olheiro de Bancada - XV

O Portimonense deslocou-se a Lisboa como a 5ª equipa com mais golos marcados. Treinado por Vítor Oliveira, um homem que conhece o futebol como muito poucos em Portugal.

Temi que este jogo fosse mais um daqueles em que o sofrimento leonino seria uma constante.

Bom, mas cedo o Sporting colocou-se em vantagem para na segunda parte aumentar para o que seria o resultado final. Todavia não sei se foi do asteróide ou da chuva de estrelas, o certo é que esta noite em Alvalade assisti também a uma chuva... mas de golos perdidos.

Pronto, após esta mui breve resenha pretendo saber, dos meus caríssimos sportinguistas, qual foi para vocês o melhor jogador em campo?

Entretanto, e se não nos lermos até lá, desejo a todos, sportinguistas ou não, um Santo e Feliz Natal.

 

PS - Chegamos ao Natal e estamos em primeiro.

Olheiro de Bancada - XIII

Eu sei que este fim de tarde e início de noite esteve muito frio. Todavia quando aos 12 minutos Bas Dost fez aquilo que sabe fazer melhor, sempre pensei que íamos ter uma noite de muito calor de golos. Puro engano!

A equipa arrefeceu como a noite e reconheço que cheguei a ter os pés gelados, tal a pouca exuberância dos nossos atletas. É verdade que um golo chegou, mas podiam ter-se esforçado mais um bocadinho pois o Belenenses nunca foi uma equipa perigosa.

Posto este intróito digam lá de vossa justiça quem foi o melhor em campo do Sporting.

Cheira-me que desta vez não vai haver unanimidade.

Olheiro de Bancada - XII

Após uma jornada europeia fantástica, este jogo previa-se complicado, tanto mais que as equipas de Petit costumam ser muito aguerridas. Especialmente contra o Sporting...

Portanto esta vitória soube muuuuuuuuuuito bem. No entanto, falta saber quem, para os meus caríssimos leitores, foi o melhor jogador em campo na Mata Real.

"Botem" aí os vossos comentários, "faxavor"!

Hoje é para ganhar!

Em conversa com alguns adeptos de outras agremiações desportivas percebi que a ideia deles é que o Sporting não tem capacidade de chegar à Liga Europa quanto mais aos oitavos da CL.

Obviamente que não dou crédito a quem tem pelo Sporting uma aversão idiota e bacoca. No entanto dava-me um gozo bestial ver o Sporting ir a Barcelona bater-se em Nou Camp com a equipa local, por um lugar nos oitavos de final.

Todavia, para que isto aconteça, Jorge Jesus terá de municiar a equipa leonina com altos níveis de confiança e de rigor táctico de forma a levar de vencida os gregos. O que não me parece tarefa fácil…

O regresso de Mathieu, William e Piccini é claramente uma boa notícia. Mas será no rectângulo de jogo que se percebrá quem quer vencer.

Posto isto… o jogo de hoje é para ganhar… custe o que custar e doa a quem doer.

A pele tem de ficar em campo. É o mínimo que se exige.

Olheiro de Bancada - XI

Sei que estou ligeiramente atrasado neste rubrica. Todavia ontem à noite estava longe de Lisboa, vi o jogo pela televisão mas sem qualquer acesso à Interb«neet. Desde já as minhas desculpas aos leitores.

Mas pronto... após este empate, que para mim soube a derrota, se bem que o ano passado tívessemos perdido em casa com esta mesma equipa, venho mui humildemente perguntar a todos os sportinguistas qual foi o melhor jogador leonino na partida de ontem à noite?

Aguardo com expectativa as vossas respostas.

Olheiro de Bancada - X

Ai, ui, safa, bolas, xiiii, gooooooolo e finalmente ufa.

Estas interjeições foram hoje sobejamente utilizadas, segundo sei e imagino.

Estou longe e sem possibilidade de ver o jogo mesmo na televisão. Mas tudo isso não impede de regressar aqui e perguntar aos sportinguistas, repito aos sportinguistas, qual foi o nosso melhor jogador nesta dificílima vitória em Vila do Conde?

Calculo uma enorme confluência de ideias e atletas. Mas vou aguardar pelas respostas dos meus amigos.

 

 

Silêncio ensurdecedor!

Vou a Alvalade há muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuitos anos.

De quando em vez lá temos que fazer um minuto de silêncio. Que eu sempre respeito.

Normalmente as claques não. Erradamente, afirmo eu!

Mas ontem o estádio ficou em silêncio durante 1 minuto. Todos. Sem excepção.

Acreditem que até me arrepiei ao escutar o silêncio de mais de 42 mil vozes.

Obrigado Sportinguistas!

Olheiro de Bancada - IX

Após esta saborosíssima vitória contra a sempre difícil equipa do Chaves, que mostrou em campo boa organização, mas muitas fragilidades defensivas, venho a terreiro fazer a costumada pergunta: quem foi o melhor em campo nesta goleada?

Na última vez que coloquei uma pergunta igual não consegui responder porque estava num local onde não há acesso à internet. Mas contabilizei todas as indicações.

Desta vez penso responder a todos, como é meu hábito.

Vá lá... toca a opinar, que desta vez cheira-me que haverá diversos candidatos... Ou talvez não!

CR7 versus Messi

Estou cada vez mais convicto que a UEFA quer “à força toda” uma Final da Liga dos Campeões com clubes espanhóis de maior relevo. Isto é, um duelo europeu entre Cristiano e Messi. E esta intenção tem muuuuuuuuitos anos.

Os (poucos) interesses desportivos e os (muitos, demasiados) interesses financeiros estão obviamente na origem desta férrea vontade do órgão máximo do futebol europeu. Não calculo sequer os valores assombrosos que andariam à volta de um jogo destes. Mas não só...

Acredito que a UEFA deseja afincadamente esta final para finalmente colocar Messi num pedestal mais elevado que Cristiano.

Mas para tal aquele órgão necessita que ambos os clubes consigam chegar à dita final. Ora em anos anteriores tanto o Real como Barcelona têm chegado às semifinais e às finais mas curiosamente nunca ambos no mesmo ano.

Tudo isto para explicar o quê?

Ontem estive em Alvalade com mais 48.274 adeptos e vi um Sporting a ser massacrado por um árbitro que, enquanto a equipa blaugrana não marcou, não deixou de atemorizar os nossos jogadores. Mal tocava num jogador da cidade condal, qualquer atleta leonino era logo admoestado com a cartolina amarela. Um manual de como não se deve arbitrar.

Fiquei ainda com maior impressão quando após o golo do Barcelona o árbitro deixou de apitar tanto. Geralmente nunca perco a cabeça no estádio, todavia ontem perdi as estribeiras, pois jamais vi um juiz preceder desta forma. Comentei que, a ser daquela maneira, o Sporting não acabaria com os onze jogadores. Mas Coates teve aquele azar e a partir daí tudo acalmou.

Nem imagino sequer o que faria novamente o árbitro se Bas Dost ou Bruno Fernandes tivessem marcado o golo do empate.

Tudo isto para explicar que se ontem estivesse no campo um juiz competente, provavelmente não estaria a escrever este texto.

E o Barça poderia não estar em primeiro!

 

Também aqui

 

Olheiro de Bancada - VII

Após o empate que mais soube a derrota, fiquei de tal maneira em choque que nem tive coragem para escrever e perguntar aos adeptos leoninos qual foi o melhor jogador do Sporting, no sofrível jogo de ontem.

Vim hoje ainda com tristeza, mas pronto tem de ser.

Então digam lá, quem foi para "voceses" - como se diz na minha aldeia - o melhor jogador leonino?

Fico à espera!

Em vésperas de grandes jogos

Na tarde da passada terça-feira e enquanto nos dirigíamos para Alvalade para ver o Sporting- Marítimo para a taça lucílio batista, o tema que veio ao de cima foi o foco da nossa actual equipa. Obviamente que a prioridade recai na conquista do campeonato nacional. Isso parece-me por demais evidente.

Ora este debate entre mim, o meu filho mais velho e o meu sobrinho tinha como finalidade perceber qual deveria ser a postura da equipa do Sporting no próximo jogo da Liga dos Campeões. Se deveríamos lutar aguerridamente pelo melhor resultado ou apresentar uma equipa de recurso, de forma a poupar jogadores para o embate com o Porto.

Eu defendi na altura, e ainda agora defendo, que deveríamos entrar com a nossa melhor equipa contra o Barça. Primeiro porque todos os jogadores gostam de estar nestes grandes jogos; segundo porque se fizermos um bom resultado ganhamos muito ânimo para o jogo contra o Porto; terceiro, mesmo que percamos, não deslustra a nossa equipa.

Regressando ainda ao foco dos comandados de Jorge Jesus, a prioridade deverá ser sempre o campeonato, como já referi, depois a Taça de Portugal, seguida da Liga dos Campeões – essencialmente pelo prestígio -, e finalmente a tal taça LB, a qual não deveríamos fazer grande esforço para vencer.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D