15 Jun 16

1. Um desperdício: deixar Ricardo Quaresma no banco porque parece que só aguenta 50 minutos, e depois não havia quem o substituísse;

2. Um desperdício: deixar Renato Sanches no banco porque o João Moutinho é mais experiente: não, está gasto;

3. Um desperdício: trocar João Mário de posição porque era preciso encaixar aquilo tudo;

4. Um desperdício: achar que Ricardo Carvalho vive na frescura dos 40;

5. Um desperdício: ter levado o Eliseu para inflaccionar o orçamento gastronómico;

6. Um desperdício: dizer coisas e cenas antes de calçar a merdas das botas, e jogar à bola.

Tags:

comentar ver comentários (1)
02 Jun 16

O campeonato começa a definir-se: a contratação de Nuno Espírito Santo pelo velho Porto já lhes garantiu o terceiro lugar. Há que ter fé: Jorge Mendes há-de lá ter mais restos em carteira, talvez até alguns daqueles jogadores que fazem do Porto um longo estágio de pré-época antes de irem para as equipas onde realmente querem estar. Aí vão eles para o fundo do poço: abram alas.


comentar ver comentários (8)
25 Mai 16
O pirilau
Adelino Cunha

2016-05-24-PHOTO-00003905.jpg

1. Porque razão Pizzi está a segurar no pirilau?

2. Porque razão Pizzi estã a segurar o pirilau para tirar uma fotografia?

3. Para quem mandará Pizzi a fotografia do seu pirilau: João Gabriel ou Pedro Guerra?

4. Porque razão Pizzi tem o pirilau tão pequeno?

5. Está desvendado o segredo do Benfica: pequenas coisas podem produzir enormes feitos.

 

Tags:

comentar ver comentários (51)
24 Mai 16
Kill your darlings
Adelino Cunha

Rui Vitória está feito um homem. Pelo menos, visto de longe, certo, era isso que queria dizer. Disse hoje no jornal do Benfica que João Gabriel e Pedro Guerra andam a meter água: que o título resulta do seu "trabalho apuradíssimo" e não dessa coisa de terem todos "dado as mãos". Cuidado. O homem não está apenas a renegar a inspiração evangélica que sopra da catedral: está também a dizer que vai cortar menos as unhas dos pés para se sentir mais alto. Estará o lampianismo messiânico em crise de identidade?


comentar ver comentários (24)
20 Mai 16
O nosso treinador
Adelino Cunha

Habituei-me aos rumores sobre o nosso treinador Jorge Jesus ir embora no momento em que me deixei convencer de que o treinador Jorge Jesus era a fonte desses rumores. Não me importei com o nosso treinador. E por não me ter importado com os rumores sobre Jorge Jesus, acho que me habituei à gritaria dos cães da Luz e aos ganidos dos mitras do Porto sobre o nosso treinador. Sim, eu sei, habituo-me facilmente a tudo. Mas eu queria tanto que o treinador renovasse. Não por mais uma época, mas para sempre. Eu queria um contrato vitalício com o nosso treinador. Quero que este treinador acabe a carreira no Sporting. Eu já devia ter escrito isto lá em cima: posso não ter gostado de algumas coisas do Jorge Jesus, mas adorei o que fez e tudo que fará como treinador. Não se pode ter tudo: nós temos um grande treinador.


comentar ver comentários (40)
18 Mai 16

Estava a acabar de colocar o pacote do vinho na minha lancheira quando ouvi alguém dizer que o Rui Vitória tinha dito qualquer coisa sobre determinado assunto. Eram 6 da manhã. Havia já uma fila de estucadores e pintores ucranianos (todos eles foram médicos e engenheiros no seu país) que esperavam pela sua vez para entrar na casa de banho, e eu tinha de chegar à obra antes das 7. Os outros pedreiros já estavam dentro da carrinha do sub-empreiteiro à minha espera. É uma boa carrinha de 9 lugares onde cabem facilmente 14 pessoas. Não sejamos mal agradecidos. Há meses que o condutor diz isto. Sentei-me como Deus deixou no meio daquela multidão. Meti a lancheira entre as pernas, e comecei a sentir-me ligeiramente queimado com o calor da dobrada do almoço. Aguentei-me: trolha que é trolha, aguenta tudo. Acho que disse isto em voz alta, porque um dos outros gajos grunhiu qualquer coisa como «não se responde quando os rivais estão no chão». Abanei a cabeça, e devo ter dito que sim.


comentar ver comentários (18)
07 Set 15

boi.jpggordo.jpg

É pá, eu já estava no passo número 8! A sério, três meses sem dizer asneiras... Peço desculpa aos médicos, mas estes cagalhões tiram-me do sério. A ideia é simples: terrorismo sírio parido na praça da Luz, isto é, desestabilizar o Sporting com interpretações de declarações, ajustes de contas com o passado, rumores, roubo de jogadores, gamanço de sabonetes e cafés por pagar. Por mim, pendurava-os pelo pescoço. Mas não posso carregar com animais pesados. Por isso, fico por um pano encharcado nas trombas. Só ladram sobre o Sporting. E ladram sobre Jesus. E ladram sobre o presidente. E ladram. E ladram. Lá se foi o meu tratamento, não foi?

 


comentar ver comentários (14)
31 Ago 15
Uma Aspirina
Adelino Cunha

Estava ali a cortar umas tábuas para fazer um portão para o cão quando me lembrei do árbitro de ontem. Não foi bem lembrar-me do árbitro, acho eu. Lembrei-me do jogo contra a Académica e de todos os outros roubos que reiteradamente se abatem sobre nós. Será culpa do Sporting? A sério. Estava a pensar: com as críticas sistemáticas aos roubos sistemáticos, não estará o Sporting a criar um quadro psicossomático favorável ao roubo? Vou tentar dizer melhor, este ambiente estará a enraizar-se de tal forma que instintivamente os árbitros decidem contra o Sporting? Somos roubados, atacamos. E eles roubam-nos a seguir. Somos roubados, propomos a  introdução de novos recursos. E todos eles recusam. Se isto for verdade, e é bem provável que não seja, não devemos procurar aliados? Quem pode estar connosco? O Porto e o Benfica? Ou o Braga, o Guimarães, o Belenenses? O Real Madrid e o Barcelona ou o Atlético de Madrid e o Valência? A sério que começo a achar que o Sporting se transformou num incómodo para os árbitros e para a tralha que manda na UEFA e na FIFA. Não me apetecia nada ficar aqui a levar balázios destes gajos todos.

Tags:

comentar ver comentários (9)
03 Jul 15
Devil takes my soul
Adelino Cunha

Estava eu ali de volta do pessegueiro quando percebi que a árvore tem, não dois, mas três enxertos de espécie diferentes. Nossa Senhora do Caravaggio! Três espécies diferentes, mas que nem dava para perceber ao longe. O facto de serem todos pêssegos é provável que ajude ao sucesso desta experiência hibrida: apesar dos pêssegos rosados me parecerem algo azedos. Eu disse azedos? Não. Eu queria dizer azedíssimos. São mesmo azedos, a sério. Mas têm uma certa personalidade e lá estão na árvore daquele lado do muro. Quero dizer, lá estavam, porque vieram todos aqui para este cestinho onde tenho as patinhas a descansar e a pensar em Jorge Jesus, Bruno de Carvalho, Manuel Fernandes e Octávio Machado. É verdade. Eu não sei o que vai sair daqui. Podemos ganhar tudo, podemos perder tudo ou, na pior das hipóteses, um dos enxertos pode azedar. Nesse caso, olha, que se foda. Azedam uns, ficam os outros. Eu quero mesmo é ganhar. Assim de repente, apetece-me festejar um título. Por mim, podem até levar a Anita ou uma rena do Pai Natal para a equipa técnica. Já vi enxertos piores, a sério. Está a querer parecer-me que esta tarde vendi a alma para ficar com meia dúzia de pêssegos.


comentar ver comentários (3)
30 Jun 15
A passarada
Adelino Cunha

Tinha sido melhor acabar de apanhar ameixas, eu sei que sim. As ameixas vermelhas estão maduríssimas e as outras, as amarelas, ainda enganam, mas já se comem. Tenho mesmo de apanhá-las porque anda aqui uma ladroagem da grossa. Primeiro, foi a cerejeira. Toda a gente sabe que a cerejeira "dá pouca" cereja, mas as primeiras a amadurecerem, aquelas que ficaram lá nos primeiros ramos, foram rapinadas pelos passáros. Fiquei fodido por não comer as minhas cerejas. É ladroagem da grossa e a ladroagem da grossa deixa-me fodido. Agora estou a apanhar as ameixas, acho que disse isto lá atrás, mas as vermelhas parecem-me bastante melhores. Ainda não acabei de apanhá-las porque tinha de vir aqui dizer umas cenas antes de ter uma apoplexia em cima do escadote. É assim que me sinto: pior que uma ameixa vemelha. Sinto-me assim de tanta irritação e quase deixo de respirar. Não quero baldar-me do escadote e partir o pescoço de ver tanto pássaro a voar sobre a minha tola. Então a ladroagem anda chateada com a denúncia da ladroagem? Estas pássaros são parvos, ou quê? Mas o que é isto? Já me comeram as cerejas e agora não posso decidir o que fazer com as ameixas? Claro que posso. E, como sou tolinho, sou gajo para apanhar também as amarelas. Porque as ameixas são minhas. E estou farto de dar de comer aos pássaros. Esta ladroagem palra bem, mas um dia tinham de ser foder. Desculpem dizer foder, mas as ameixas vermelhas deixam-me a língua inquinada ou sei lá o quê.

Tags:

comentar ver comentários (5)
17 Jun 15
O gato da vizinha
Adelino Cunha

Dei por mim a pensar neste último árbitro da Taça de Portugal que agora vai ser despromovido. Dei por mim a pensar no artista quando estava a tentar tirar o gato da vizinha do rodado do meu tractor. Miava, sim, miava muito, mas não era um miar de dor. Não me pareceu. Aquilo soou a miar de "tira-me daqui antes de voltares a pôr o tractor a andar, ò labrego". Não gosto que me chamem labrego, pá. Ignorei a ofensa do gato, ele não disse propriamente "labrego", mas estou convicto de que pelo menos pensou nisso, bem, dizia eu, tentei tirá-lo, mas ele já estava com medo, irritado, com dores, em pânico ou, pensei eu, o gato tem apenas mau feitio. Eu não gosto de maus feitios e às tantas fiquei eu irritado com tantos guinchos. Sim, o miar passou a guincho com os safanões que lhe dei (isto, sem sequer usar as mãos). Foi algures por aqui que me lembrei do Marco Ferreira, a sério que foi: lembrei-me da expulsão do Cédric aos 15 minutos numa jogada com mais defesas, lembrei-me da não expulsão do gajo do Braga em frente do banco do Sporting e lembrei-me sem saber porquê que se eu pusesse o tractor a trabalhar e fatiasse o gato todo, isso só seria um problema se a vizinha visse. Mas, vamos supor que o gato era mesmo um malcriadão e que me tinha chamado labrego, então, eu estava a fazer um favor à minha vizinha. Um gato destes não pode andar por aí a foder a paciência às pessoas, não é? Bom, se o Marco Ferreira for mesmo despromovido, esta tarde tenho de lavar o tractor.


comentar ver comentários (21)
16 Jun 15
A guerra deles
Adelino Cunha

Era a guerra deles. Durante anos e anos a guerra deles era esta. A guerra politiqueira do norte contra o sul. A guerra facínora das claques marginais que queriam ver Lisboa a arder. A guerra mafiosa pela compra literal de árbitros e de favores. A guerra do ódio. A guerra do incitamento à violência. Era a guerra deles. E por causa da guerra deles o futebol tornou-se violento como nunca tinha sido. E por causa da guerra deles as famílias deixaram de ver os grandes jogos por puro medo. Eles tornaram o futebol num estado policial permanente. O futebol passou a ter helicópteros a acompanhar adeptos, polícias com formação especial infiltrados nas claques, a violência transformada em directos televisivos. O futebol virou guerra porque a guerra era a causa deles. Isto mudou. O Porto está a acabar. É por isso que o ódio deles deixou de ser o Benfica: eles só falam de nós. Reparei nisso: os comentadores do Porto só falam do Sporting e às vezes parece que nos odeiam mais do que os do Benfica. É essa a diferença: com os lampiões, nós entendemo-nos nas divergências. Com o Porto, bom, com o Porto, só mesmo quando desaparecerem numa prisão.

Tags:

comentar ver comentários (8)
09 Jun 15

Se for verdade que o Benfica tomou conta de uma parte substancial da arbitragem nos últimos anos. Se for verdade que o Benfica iniciou um processo de quebra da hegemonia do Porto. Se for verdade que o Benfica abriu um novo ciclo com o bicampeonato. Estava eu a dizer, se tudo isto for verdade, a importância de Jorge Jesus no Sporting pode ir além do que temos andado a miar por aí. Porque quando o Sporting recomeçar a ganhar títulos, o «bolo» que os outros dois reservaram para si terá de ser dividido por três. Porque quando Sporting recomeçar a ganhar títulos, o Porto vai aprofundar a crise em que já está manifestamente metido. Porque quando o Sporting recomeçar a ganhar títulos, o futebol vai recuperar a boa e velha disputa entre nós e os lampiões. A importância de Jorge Jesus se calhar é também esta: ter quebrado a espinha ao Porto. É também por isso que tê-lo roubado ao Benfica e impedido de ir para o Porto pode ser tão relevante. Se calhar estou enganado.  


comentar ver comentários (16)
08 Jun 15
Para cima deles
Adelino Cunha

Bem sei: devia continuar calado, mas já me passou a amigdalite e posso voltar a escrever umas linhas. Sim, estou farto de mudanças de treinador. Sim, Marco Silva devia ter continuado. Sim, Marco Silva fez muito pelo Sporting. Sim, Marco Silva continua a ser vítima de um presidente a quem eu não comprava uma Bimby nova quanto mais em segunda mão. Ficou dito, e não doeu nada. Agora isto: o Sporting está mais forte ou está mais fraco com Jorge Jesus a treinador? Bruno de Carvalho surpreendeu ou não surpreendeu os inimigos Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira? A marca Sporting reconquistou ou não valor junto dos patrocinadores? Se o Sporting está mais forte, se o Sporting recuperou respeito e valor, eu cá sou como as putas: já está pago, não está? Então, vamos para cima deles!


comentar ver comentários (16)
02 Jun 15

Não, não há maneiras fáceis de dizer isto: Bruno de Carvalho vai cometer um erro. Se despedir Marco Silva, erra. Se mantiver Marco Silva, continua a errar. É normal que existam divergências entre o presidente e o treinador. É normal que o entusiasmo do presidente  agrave esses desentendimentos. É normal que as pessoas percam a paciência umas com as outras e que se mandem mutuamente bardamerda. É normal. Desde que aconteça no espaço natural das crises. Não é normal que se arraste desde Dezembro: isso, não. É por isto que Bruno de Carvalho vai cometer um erro: se queria manter a sua autoridade, tinha despedido Marco Silva em Dezembro, lá pela hora da missa do galo ou porra do género. Agora, manter o fogareiro aceso durante estes meses todos... enfim. Não lembra ao careca, sinceramente. O que eu queria mesmo dizer é isto: se Marco Silva vai ser despedido, o motivo é fútil. Porque se fosse relevante, tinha sido despedido em Dezembro. Bem sei que a argumentação vai ser impecável e eu próprio irei chorar de emoção. Sim, eu conheço-me bem, vou chorar no ombro do presidente. Acho mesmo que vou dar uma berlaitada no carro do Marco Silva numa noite destas por causa daquilo que ele não fez. É que ele não tem culpa. Se errou, errou em Dezembro e se errou em Dezembro devia ter sido despedido em Dezembro. Atiçar chamas, foi isso que Bruno de Carvalho andou a fazer estes meses todos, dizia eu, atiçar chamas no inverno para fazer fogos no verão.... Por amor de Deus: alguém que lhe tire o isqueiro do bolso, por favor.


comentar ver comentários (24)
04 Mai 15
Tags:

comentar ver comentários (2)
27 Jan 15

 

brunopaixao1.jpg

O Record diz que Bruno Paixão "decidiu bem nas duas grandes penalidades que assinalou" no Paços de Ferreira- Benfica. É mentira. Bruno Paixão assinalou uma grande penalidade: assinalou a grande penalidade a favor do Benfica. A outra grande penalidade, foi marcada pelo quarto árbitro. Diz também o Record que Bruno Paixão fez uma "arbitragem difícil, mas merece nota positiva". É mentira. Bruno Paixão ia roubar o Paços de Ferreira a favor do Benfica e ia fazê-lo com a conivência objectiva do fiscal de linha. Foi o quarto árbitro que impediu o roubo. A minha memória nunca foi grande coisa, mas assim de repente não me lembro de uma grande penalidade marcada pelo quarto árbitro que estava do lado oposto ao lance. Quem estava em cima era o árbitro: não marcou. Quem estava em cima era o fiscal de linha: não marcou. São ladrões, sim senhor.


comentar ver comentários (10)
24 Jan 15
Pedro e o lobo
Adelino Cunha

images.jpg

 

Na hora do adeus, Pedro Proença revelou ser do "Benfica, heterossexual e de esquerda". Não tenho a mínima das dúvidas quanto a uma das suas certidões.


comentar ver comentários (6)
04 Jan 15

Ficou claro. Eu acho que ficou claro. Durante esta semanas, houve uma espécie de tentativa de golpe de estado no Sporting para afastar o treinador. Quando surgiram os primeiros conflitos (e nem importa saber quais), o presidente iniciou uma estratégia de fragilização do treinador: atacou no facebook, atacou na televisão, atacou na sala de imprensa e depois reagiu aos contra-ataques impondo a censura interna. Chegados aqui, havia um de dois caminhos: o presidente demitia o treinador ou demitia-se por ser incapaz de demiti-lo. O presidente decidiu continuar a cavar o seu próprio buraco e começou a manobrar em silêncio. Primeiro, mandou, ou deixou que alguém mandasse em seu nome, um peão de brega vomitar acusações inqualificáveis contra o treinador com base em fontes do Sporting. Depois, tentou virar a massa adepta contra o treinador. Por fim, não se inibiu de usar declarações dos jogadores contra o treinador. É triste, mas um mau resultado da equipa e o golpe teria sido bem sucedido, o que me leva a pensar que o presidente precisava de uma derrota para demitir o treinador. Isto é triste. O golpe de estado teria resultado se Marco Silva fosse fraco como homem, se os jogadores fossem fracos como equipa e se os adeptos fossem fracos como sportinguistas. Desta vez, foi o povo do Sporting que travou o golpe. Porque não percebem o que se passou desde Guimarães. Porque não gostaram do que ouviram em on e em off. Porque sabem que o treinador é bom. Porque estão fartos destas merdas do passado. Eu estou farto desta merda das crises de Dezembro. Principalmente quanto temos treinador, temos equipa e temos um presidente que muito tem feito pelo Sporting. Deslumbrou-se agora e deixou vir ao de cima o garoto que ainda tem dentro de si. Pode ser que sim. Bruno de Carvalho é novo, está a aprender. Espero que tenha aprendido esta lição.


comentar ver comentários (4)
29 Dez 14

A diferença entre Bruno de Carvalho e Marco Silva nunca foi tão clara: personalidade. É isso que os separa. Vamos assim perder um bom treinador por ter aquilo que falta ao presidente. Isto dói. Mas é verdade.


comentar ver comentários (9)
21 Out 14

Luís Duque quer ser presidente da Liga dos Clubes levado ao colinho por Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira. Cada homem escolhe o colo que quer, este, escolheu responder a Bruno de Carvalho provocando o Sporting e subir para o colinho das pessoas que tudo fizeram, tudo fazem e tudo farão para impedir o crescimento do Sporting. Luís Duque fez mal. Fez mal confundir o presidente do Sporting com o clube Sporting. Fez mal escolher desestabilizar o Sporting para beneficiar os seus adversários. Roma não paga a traidores.


comentar ver comentários (1)
10 Out 14

Os exércitos dizem muito sobre os seus generais e a selecção nacional parece dizer muito sobre Fernando Santos e sobre Fernando Gomes. Os nandos estão metidos num buraco desportivo, mas acima de tudo: um buraco ético. Paulo Bento fez coisas más e coisas péssimas, mas deixou um padrão: os indisciplinados, os homens sem valores, ficam à porta. Os nandos rasgaram esse compromisso e hão-de pagar desportivamente o preço da falta de ética. Ricardo Carvalho abandonou a selecção por ser suplente num treino. Tiago abandonou a selecção por fax. Dany abandonou a selecção fingindo estar lesionado. Com Paulo Bento, os refratários não calçavam, com Fernando Santos os refratários  serão os heróis do apuramento.


comentar ver comentários (1)
24 Set 14

Percebi bem? Ilído Vale é o novo seleccionador nacional, devidamente treinado a partir da bancada por Fernando Santos? Boa sorte.


comentar ver comentários (1)
19 Set 14

comentar ver comentários (1)
18 Set 14

Para começo de conversa: adoro uma boa e inconsequente retórica, aliás, é exactamente por isso que eu não me levo muito a sério quando falo da bola. Por princípio, não levo a sério pessoas como eu próprio. Ficou dito. Agora isto: gosto quando os presidentes, os treinadores, os jogadores e as vendedoras de bifanas da roulotte de Telheiras garantem que o Sporting por natureza é sempre, mas sempre, candidato ao título. Têm razão. A história do Sporting é uma história de grandes vitórias em todas as modalidades. O Sporting será sempre candidato a ganhar tudo. Aqui, acho que descuidei-me um bocadinho: disse em todas as modalidades. A equipa de futsal é candidata a conquistar todos os títulos nacionais e internacionais? Sim, sem dúvida: porque há anos só sabem ganhar. As equipas de atletismo são candidatas conquistar todos os títulos nacionais e internacionais? Sim, sem dúvida: porque há anos que só sabem ganhar. As equipas de natação são candidatas a conquistar todos os títulos nacionais e internacionais? Sim, sem dúvida: porque há anos que só sabem ganhar. A equipa de futebol é candidata a conquistar todos os títulos nacionais e internacionais? É por causa destes exercícios parvos de retórica que eu não me levo a sério. De que tamanho será o meu cérebro se disser que não somos candidatos ao título porque deixámos de estar habituados a ganhar? Uma casca de noz? Uma inflamação tipo caroço de azeitona? Sim, o Sporting é candidato. A equipa, não. E ainda bem. Temos de voltar a aprender a ganhar e aprender significa dar passos sólidos, pois sim senhor, mas um de cada vez. Deixem  lá o Porto e o Benfica vomitarem as suas candidaturas ao título. A mim, basta-me ganhar ao Gil Vicente. E logo se vê quem vier a seguir. E o outro. Eu gosto de não ser candidato: eu prefiro ganhar no fim.


comentar ver comentários (4)
17 Set 14
Jogo a jogo
Adelino Cunha

Pronto. Assunto resolvido. Depois do jogo de hoje com os coisos, já ninguém nos vais chatear com a história da sermos candidatos ao título. Sinto-me aliviado. Deus, mas tão aliviado. É bom voltar a ser não candidato a nada.


comentar ver comentários (4)
15 Set 14

O Sporting conseguiu fazer uma excelente época no ano passado. Excelente mesmo. Bruno de Carvalho recuperou as contas, recuperou a auto-estima dos sportinguistas e recuperou os resultados desportivos. Excelente. Dito isto: então as coisas estão a correr pior porquê? No plantel, entrou Nani e não saiu nenhum jogador fundamental. No banco de suplentes, a entrada de Marco Silva preservou o essencial do sistema de jogo de Leonardo Jardim. Na direcção, o presidente deixou cair o jogo a jogo e passou a exigir a candidatura ao título. Se estivermos de acordo que foram apenas estas as alterações, talvez valha a pena colocá-las em perspectiva. Primeiro, Nani pode ser tentado a ser todo ele a equipa dada a sua superior qualidade. É preciso agregá-lo no essencial: a equipa. Segundo, Marco Silva pode ser menos maduro do que Leonardo Jardim. É preciso ajudá-lo: não exigir retórica discursiva, mas sim resultados. Terceiro,  Bruno de Carvalho pode estar a perder o foco. Eu queria era ter dito logo isto: o presidente não devia ter mudado o foco. Porque raio haveremos de passar todo o ano a falar sobre candidatura ao título? Mas que porra. Não basta fazer jogo a jogo? É necessário tirar a costela ao Adão antes de criar o mundo? Vamos lá, mas com calma. Jogo a jogo, sempre jogo a jogo. Quando um presidente está a fazer quase tudo bem, às vezes, basta só manter. Os resultados, hão-de aparecer.

Tags:

comentar ver comentários (2)
14 Set 14
Nani e os outros
Adelino Cunha

Haverá Nani a mais para tão pouco Sporting?

Tags:

comentar ver comentários (4)
07 Set 14

Paulo Bento foi não competente, Fernando Gomes continua não competente e o incompetente do médico devia ser claramente despedido. Com médicos destes, nem à Albânia ganhamos.


comentar
04 Set 14

Mourinho quer valorizar a festa do Sporting quando jogar em Alvalade. Mourinho quer valorizar a festa do Sporting como o Sporting valoriza a festa no Casa Pia ou no Fofó. Mourinho quer valorizar a festa em Alvalade como os romanos valorizavam os cristãos quando os metiam no coliseu com os leões. É nisto que Mourinho também é muito bom: injecções de hiprocrisia. Foi assim que apareceu antes de um jogo contra o Sporting a dizer quem vier a seguir morre após ter perdido um jogo europeu com o Porto. Como se não soubesse quem vinha a seguir. Gosto que Mourinho queira valorizar a festa do Sporting e espero que o Sporting saiba que Mourinho engordou. Mourinho foi ganhando tudo o que havia para ganhar no Porto, no Chelsea e no Inter com a mesma energia com que depois começou a perder tudo o que havia para perder no Chelsea e Real Madrid para ganhar todo o dinheiro que ali havia para ganhar. Mourinho gosta muito de futebol, mas adora ainda mais muito dinheiro. É deixá-lo vir valorizar a festa do Sporting. Os gordos também são gente.


comentar ver comentários (9)
01 Set 14

 

Eu percebo que Marco Silva tenha começado por preservar a excelente herança de Leonardo Jardim. Percebo melhor ainda quando os reforços do Sporting foram pensados para rodar no mesmo nível de qualidade. Nani é excepção, evidente. Percebo Marco Silva, mas há margem para manobrar principalmente no ataque. A simpatia de André Martins e a qualidade não chegam: falta consistência e regularidade. E que tal o João Mário ali? Carrillo corre o risco de chegar aos 35 anos como uma jovem promessa: dois passes certos e três errados. E que tal Carlos Mané? A defesa é diferente. Enquanto houver Rui Patrício as coisas lá vão disfarçando, mas continuamos sem um central realmente bom. Eu gostava de ter um grande defesa central. Um Nani na defesa. Já disse que percebo Marco Silva, mas é tempo de libertar a equipa. O modelo de jogo está consolidado, a equipa amadureceu e não corremos riscos de andar para trás. Mas para andar mais para a frente, é preciso mudar alguma coisa.

Tags:

comentar ver comentários (2)
27 Ago 14

 

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol quis resolver o fracasso do Mundial despedindo o médico (por sorte, o mordomo não estava em casa nesse dia: toda a gente sabe que a culpa é sempre do mordomo) e assumindo uma espécie de culpa filosófica colectiva falando em não fomos competentes. Importa-se de repetir? Não foram competentes ou foram incompetentes? Assim de repente, fiquei confuso. Eu explico a minha baralhação. O comandante do Costa Concórdia não foi competente por ter afundado o navio ou foi simplesmente incompetente por se ter desviado da rota? O maquinista que provocou o descarrilamento do comboio de alta velocidade na Galiza não foi competente por circular em manifesto excesso de velocidade ou foi simplesmente incompetente? Não vale a pena perder muito tempo com estes esquemas gramaticais: foram incompetentes e serão estúpidos se quiserem corrigir um erro com outro erro. Os líderes sabem-no ser quando ganham mas acima de tudo quando perdem. Uma espécie de honra romana. Isso seria pedir muito, eu sei: não peças a um soldado que pense como um general.

Tags:

comentar ver comentários (2)
13 Ago 14
Tags:

comentar ver comentários (6)
Os matraquilhos
Adelino Cunha

O Sporting comprou Rojo e Slimani em equipas clandestinas prescindindo parcialmente dos direitos económicos e conseguiu projectá-los como titular dos direitos desportivos. O Sporting quer agora vendê-los como mundalistas valorizados e os jogadores querem sair em busca de bons contratos. Pode um clube ser defendido nos seus direitos desportivos não detendo os direitos económicos dos jogadores? Rojo e Slimani tornaram-se num problema. Um problema com dois potenciais titulares. Um problema a uma semana do campeonato começar. Um problema numa equipa que apostava na humildade e na consolidação do trabalho do ano passado. É fodido não saber quem tem razão. Bem sei que Bruno de Carvalho parece ter às vezes teimosia a mais e capacidade de diálogo negocial a menos. Pode ser que sim. Sei lá. Sei que temos um problema uma semana antes de começar o campeonato e sei que ou isto se resolve rapidamente com demonstrações de força ou de humildade ou começamos mal. Eu quero começar bem. Quero voltar a Coimbra e estar novamente no meio dos sócios da Académica a festejar os golos do Sporting. Eu lembro-me do ano passado. Resolvam isso, caneco!

Tags:

comentar
12 Ago 14

A SIC fez as contas sobre a venda de Mangala ao City e concluiu que o Porto vendeu o central mais caro do futebol. E acrescentou: de sempre. O Porto fez mais. O Porto conseguiu vender Mangala acima da claúsula de rescisão! No-tá-vel, pá, só consigo gaguejar isto no teclado. Notável não apenas o talento matemático do autor, mas acima de tudo a estupidez de quem comprou acima do que podia. Os parvalhões do City não sabem gerir o clube e andam a gastar acima do que lhes pedem, o que só se explica com o brutal talento negocial das gentes do Porto, não é? São os campeões dos bons negócios (o Iszmailov não conta porque andou o ano todo com problemas pessoais). Só faltou saber isto: foi o Porto mau ou o Porto bom a ficar com as comissões da venda?

Tags:

comentar ver comentários (11)
11 Ago 14

Jorge Jesus está melhor, o Benfica está pior e o Duarte Gomes está na mesma.


comentar ver comentários (14)
08 Ago 14

Dier lamenta que após 12 anos no Sporting tenha saído "sem uma palavra do presidente". Não tem apenas razão: tem toda a razão. Bruno de Carvalho devia ter deixado duas, três ou mesmo quatro palavras ao Dier. Por exemplo: "Espero que tenhas gostado da comida da Academia durante estes 12 anos, estás mais alto, mais forte e mais bonito. Fizemos de ti um top model. Agora, podes ir jogar para outro lado, sem ressentimentos". Ou então: "Olha, quanto tiveres 40 anos, volta para a Academia, para estares cá mais 12 anos". Também podia ter deixado menos palavras: "Se só renovas com a garantia contratual de seres titular, pode ser no futsal?". Eu teria optado por uma coisa mais simples, tipo: "Lembras-te de quando foste titular contra o Benfica na Luz?"

Tags:

comentar ver comentários (1)
08 Jul 14
Inchem
Adelino Cunha

Tags:

comentar ver comentários (3)

comentar ver comentários (23)
25 Jun 14

 

Gostei das justificações do médico da selecção nacional. Gostei de saber que levaram metade da equipa titular lesionada para o Mundial. Gostei de saber que todos sabiam e todos preferiram acreditar na Nossa Senhora de Fátima. Gostei mais ainda desta fotografia: a selfie dos jogadores portugueses.


comentar ver comentários (7)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Questões de campanha.

Declaração de interesses

Sporting: questões em deb...

Vale tudo na boatovisão (...

Os nossos comentadores me...

Desonestidade intelectual

Atirar a pedra e esconder...

Sporting: questões em deb...

Ridículo e triste

Os melhores prognósticos

Arquivo

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

vitórias

jorge jesus

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

mundial 2014

taça de portugal

eleições

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

euro 2016

nós

futebol

comentadores

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

formação

humor

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds