27 Fev 17
Ridículo e triste
Edmundo Gonçalves

Palavra de honra que me sinto envergonhado, como sportinguista, com as figurinhas tristes e ridículas que o candidato da lista A, Madeira Rodrigues tem andado a fazer.

Depois da cena caricata e de muito mau gosto na Amoreira, ontem deu-se ao ridículo de, a pretexto de apresentar o seu treinador, mostrar umas imagens de há quatro anos, ainda da gestão de Godinho Lopes, como se fossem actuais e visando um apoiante da candidatura de Bruno de Carvalho, pretendendo demonstrar que as contas do clube estão na merda (desculpem o vernáculo). Ao melhor estilo da comunicação de Mr. Burns e da central lampiânica, pretende ir lançando atoardas tantas vezes até que alguém as entenda por verdades inquestionáveis. Não conseguirá!

Parafraseando Manuel Machado, um cretino será sempre um cretino.

Atitudes como estas e outras, tão tristes e definidoras do carácter(?) do candidato, só demonstram o desespero a que chegou a sua candidatura.

Aquele ar de santinho, de puto que fez uma traquinice e escondeu a mão, definem uma personalidade, a de quem tem a mentira e a impunidade como forma de estar na vida.

Ainda que mal pergunte, candidato Madeira, porque não finge que vai cagar?...


comentar ver comentários (17)
25 Fev 17
Mafiosos
Edmundo Gonçalves

Acompanho uma série francesa excelente na RTP2, Mafiosa.

Uma família corsa que se dedica, entre outros crimes, à prática de lenocínio, prostituição e tráfico de cocaína.

É só isto.


comentar ver comentários (12)
24 Fev 17
Alguém ficou com dúvidas?
Edmundo Gonçalves

Ontem, por afazeres profissionais não consegui ver o debate em directo, de modo que tive que "andar para trás" com a pantalha e estive até às 3,30 horas a ver isto. O debate, pronto...
Confesso que quase fechei os olhos nalguns momentos.
Como eu de comunicação percebo tanto como de física quântica, o que me estava ali a interessar era conhecer os planos do candidato Madeira para o Clube e não se um olhava para a câmara e o outro metia a cara nos papeis. Já tenho muitos anos disto e desde miúdo que vejo vender banha da cobra, portanto não é um "gajo" bem falante e que me olha nos olhos que me leva à certa. Se bem que também não aprecie muito quem fale comigo e olhe para o chão, mas enfim.
Também me irrita que num debate com um tema claro, se esteja constantemente a arremessar ao adversário com ataques pessoais. Trazer a família para o debate é de muito mau gosto, eu diria mesmo que é reles!
Quando um pretendente a um cargo o quer ocupar e tem pela frente alguém que cumpriu o seu programa na íntegra (esqueçam os resultados desportivos, porque ninguém pode afirmar que irá ganhar, não joga sozinho), o caminho que deve trilhar deverá ser o do confronto de ideias, tipo " ok, o senhor fez isso, muito bem, mas nós temos aqui esta proposta para fazer melhor e esta e esta e esta", para os mais variados assuntos.

Resumindo, esprimidinho espremidinho, dali saiu muito pouco sumo. A única novidade foi a do encontro no "Ramiro" com Jorge Jesus. Esclarecedor...
Bom, o que é certo é que para além do que já se sabia e era tão pouco, alternativas ao trabalho da equipa que exerce funções, como diria JJ, bola! O que ficámos a saber foi que o candidato Madeira não está habituado a perder.
Ou seja, no mundo virtual de Madeira, o Sporting é campeão há quarenta e cinco anos!
Onde é que é a sede desse clube, que eu quero fazer-me sócio?


comentar ver comentários (4)
23 Fev 17
A minha costela Jota Jota
Edmundo Gonçalves

Devido ao factor Jefferson, nenhum dos que se atreveram a aventar um onze inicial no último jogo acertou na aposta de JJ.

Sábado, na Amoreira (ou Coimbra da Mota, não sei bem), pelas 18.15 horas com arbitragem desse colosso que é Rui Costa, lá estarão os nossos rapazes de verde-e-branco a defender o nosso orgulho (que pouco mais há para defender).

Será que Jesus "mete" o Chico?

Força, meu caros!


comentar ver comentários (13)

Laszlo Bölöni foi apresentado como treinador interino e futuro coordenador do futebol, caso o candidato Madeira vença as eleições de 4 de Março.

Devo dizer que o Romeno me merece todo o respeito e consideração. Afinal foi um treinador vencedor e é conhecido por ser pessoa de bom trato.

Apesar do seu percurso pós-Sporting não ter sido nada por aí além, ainda assim lhe reconheço competência na sua área; Contudo creio não ter experiência no cargo para o qual foi contactado, sendo esta claramente uma aposta no escuro.

Ao que consta terá sido contactado poucas horas antes de ser apresentado e isso define também esta candidatura, que ainda não apresentou o seu treinador. A ver pelo pequeno hiato com Laszlo, tivesse ele já um treinador e já o teria apresentado. E é tão certo não ter, que apresentou Bölöni como interino até final da época. Contudo, na eventualidade de ter alguém apalavrado, eu especulo que essa pessoa não se queira comprometer publicamente. Seria uma falta de solidariedade para com um colega e a maior parte dos treinadores leva isso muito a sério. Por isso estranho que Bölöni aceite ser interino até final da época. Não bate a bota com a perdigota. Ou então já há alguém apalavrado e Bölöni sabe quem é e concordou aplicar os métodos de outro treinador enquanto se senta no banco. Se assim for, aquela imagem de homem sensato, ponderado, honesto e competente que Bölöni deixou em todos nós, não sairá muito bem na foto. Com pena minha, que como já disse, o aprecio pelo seu passado ao serviço do Sporting.

Penso que Bölöni não tem, com este passo mal calculado, razões para estar contente.


comentar ver comentários (9)
22 Fev 17
Jogo(s) de loucos
Edmundo Gonçalves

O Manchester City vs Mónaco de ontem à noite (que terminou com a vitória do City por 5-3) foi um daqueles jogos que dificilmente nos sairão da memória.

Houve de tudo, desde grandes golos a grandes frangalhadas e até à defesa/falhanço de um penalti. Memorável!

Entusiasmado com o desenrolar do marcador, Leonardo Jardim não terá pensado exclusivamente no resultado e tentou sentenciar ali a eliminatória.

Porém, para além de "ter" falhado um penalti, "sofreu" um peru de todo o tamanho. Teve azar, não lhe sairam bem os intentos, mas acho que fez bem. Com esta postura ganharam o futebol e os adeptos. Elogio enorme a Jardim, um dos nossos.

 

Agora aqui p'ra nós, que ninguém nos ouve, se lá no banco do Mónaco estivesse JJ e o resultado fosse o mesmo?...


comentar ver comentários (13)
20 Fev 17
Duas realidades
Edmundo Gonçalves

Somos unânimes, todos menos Jesus, em achar que o Sporting não jogou um caracol contra o Rio Ave, que terá sido o pior jogo da época, quiçá até das últimas épocas.

Com o aforrear dos três pontos, eu quero desde já dizer que me estou marimbando para a exibição.

E como há males que vêm por bem, aquela prestação miserável da defesa na primeira parte proporcionou uma exibição de sonho a Rui Patrício, que tão precisado andava de algo assim.

A imprensa é unânime também nesta apreciação: O Sporting teve sorte em ter ganho este jogo. Teve aquilo a que se costuma chamar de vaca.

Já o Benfica levou um banho de bola do Borússia Dortmund e... foi eficaz!

Ontem teve 3 remates à baliza (2 enquadrados), enquanto que o Braga teve 11 (4 enquadrados e 1 ao poste).

O melhor jogador em campo foi... Júlio César.

E o Benfica voltou a ser... diga, diga, caro leitor: E-fi-caz! Isso mesmo é o que diz a imprensa desportiva de hoje.

 

Vão bardamerda!

Tags:

comentar ver comentários (47)
19 Fev 17

Por mim, fica aqui o pedido público de desculpas.

 

rui.jpg

 


comentar ver comentários (2)
17 Fev 17
Convém não ficar em casa
Edmundo Gonçalves

Se dúvidas houvesse de que o voto de todos é importante e de que não se deve "contar com o ovo no cu da galinha", esta psicadélica sondagem hoje publicada no inenarrável Correio da Manhã, é disso o exemplo perfeito. 

Esmiuçado aqui, aqui e aqui, com a devida vénia.

E até dia 4 de Março, vai ser assim. Contra-informação, notícias inventadas, enxovalhos ao presidente.

Para reflexão e como curiosidade, aprecie-se o "resultado" alcançado pelo candidato Madeira entre os adeptos de Porto e Benfica. Sintomático...

Terá sido a empresa do ROC?


comentar ver comentários (16)

As pessoas, em regra, definem-se pelas suas atitudes e pela forma de estar na vida.

Há pessoas que são, ao longo das suas vidas, coerentes  e constantes nas suas opiniões.

Outras há que vão mudando de opinião, consoante as opções de escolha que se lhes oferecem.

Nem umas nem outras deverão ser criticadas. Como diz o Povo, cada um sabe de si e Deus sabe de todos.

Eu confesso que sinto mais simpatia por aqueles que seguem as suas convicções, sejam elas quais forem, de forma clara, ainda que alguém os apelide de ortodoxos.

No quadro das relações entre pessoas, privilegio a tolerância e a liberdade de cada um defender o que achar melhor para si e para o grupo e a sociedade, desde que respeitados os princípios de urbanidade e a observância do cumprimento das Leis da República.

Abomino, contudo, vira-casacas!

Sinto um asco visceral por alguém que por despeito, a mor das vezes, cospe no prato onde lhe deram de comer.

Enojam-me aqueles que se chegam à mesa do orçamento, com o propósito claro de se servirem dele em proveito próprio.

A sensação de vómito é então enorme para com aqueles que não conseguindo os seus intentos, destilam veneno por todos os poros, de forma abjecta.

 

Nunca os apelidarei de palhaços! Apenas e só por respeito a uma profissão tão nobre quanto aquela.

 


comentar ver comentários (30)
16 Fev 17
A minha costela Jota Jota
Edmundo Gonçalves

Sábado às 20,30 horas, no nosso estádio, defrontamos o Rio Ave de tão má memória na primeira volta.

Vamos lá lançar um onze para esse jogo e fazer o mesmo que o nosso colega de blog Francisco Chaveiro Reis e o nosso leitor Pedro Wasari fizeram no último jogo e acertar na mosca. E já agora, encher o estádio!


comentar ver comentários (8)
Outra vez arroz
Edmundo Gonçalves

A equipa B, que atravessa uma crise miserável de exibições e resultados, foi reforçada (sem proveito, infelizmente) por Francisco Geraldes, uma jovem certeza que regressou em Janeiro de um empréstimo muito bem sucedido ao Moreirense. Aqui d'él rei que está por um fio o Carmo e a Trindade. Pois eu acho que a continuar, e deve continuar na minha opinião, a equipa B deverá contar com o contributo regular de jogadores da equipa principal. Há algumas limitações de participação em função da idade dos jogadores, mas a presença regular de colegas com mais experiência cumprirá dois objectivos fulcrais no crescimento dos jovens jogadores: Os que não têm tanta utilização na equipa principal terão ali um espaço para competir e que os impede de estagnar e os da equipa B terão a possibilidade de estar lado a lado com quem tem outra visão do jogo e outra "estaleca" para enfrentar adversários mais velhos, mais rotinados e com muito mais "ratice". Considerar a participação de Francisco Geraldes neste jogo com o Varzim na equipa B como uma despromoção só pode ser ou piada de mau gosto, ou ausência total do entendimento do que deve ser uma equipa B, ou mais uma fornada de carvão para a fogueira. Ou o somatório de todas elas.

Francisco Geraldes fez uma excelente exibição, demonstrando que a sua contribuição fazia todo o sentido. Não foi por culpa dele que o Varzim venceu o jogo.

O facto de ter jogado ontem, não o impede de jogar no Sábado, caso Adrien esteja impedido por qualquer motivo, ou Jesus o entenda incluir no onze inicial, porque sim.

A minha concepção da equipa B é esta mesmo, uma etapa para aqueles que saindo dos juniores estejam ainda verdes para a competição na primeira divisão (os nomes vão mudando, portanto...) por empréstimo e um centro de treinos para os menos utilizados ou regressados de lesões, da equipa principal, nunca podendo ser vista como uma despromoção, antes ser encarada como as antigas equipas de reservas, que inclusive tinham campeonato próprio. Claro que há de quando em vez alguns que transitam directamente dos juniores para a equipa principal, mas desses há poucos e mesmo esses, quando não utilizados com regularidade, só lhes fará bem competir regularmente e onde, senão na equipa B?

Diz-se que Matheus Pereira recusou jogar este jogo. Não sei se o fez, mas se eventualmente o tiver feito o regulamento interno deve permitir que o faça, doutro modo estaria sob alçada disciplinar. Fosse a equipa B aquilo que eu defendo lá atrás e estivesse isso regulamentado, seria pacífico o contributo de qualquer jogador do plantel na equipa, sendo encarado com toda a naturalidade e sem dramas.

Tal como defendo que a equipa principal deve ter como base a formação e o reforço cirúrgico para posições onde estejamos mais debilitados, a equipa B deverá ser uma cópia fiel deste princípio, sendo que os reforços deverão ser ainda mais reduzidos e apenas se não houver opção na equipa principal.

O que quer isto dizer? Quer dizer que deverá haver uma ligação estreita entre as duas equipas, uma identidade única, processos de treino e sistema de jogo similares e haver canais em ambos os sentidos, que permitam a quebra de alguma estanquicidade que ainda possa persistir.

A equipa B, que ainda vai muito a tempo de garantir a manutenção, não tem por objectivo vencer títulos, que mais não serão que vitórias de Pirro. A sua missão deverá ser a de formar e garantir o fornecimento continuado de jogadores à equipa principal, e também servir como incubadora de jovens jogadores que, não tendo capacidade ou estando tapados na etapa seguinte, possam ser emprestados ou mesmo cedidos a título definitivo para clubes de média dimensão por esse Mundo fora. Afinal apregoamos aos quatro cantos que somos a melhor formação desse Mundo, que tal começarmos a fazer render esse "peixe"?

Termino como comecei, enviando daqui um enorme aplauso a Francisco Geraldes, pelo seu sportinguismo e pela sua maturidade, com a certeza e a convicção de que as atitudes correctas serão certamente recompensadas.

 

Adenda: Algumas horas depois da publicação deste post, conheci a razão porque não jogou Matheus Pereira: Está castigado, apanhou 6 jogos de suspensão na sequência da expulsão no jogo contra o Porto B na Academia. O regulamento diz que os jogos são para cumprir na equipa/escalão onde foram atribuídos, portanto Matheus pode jogar na equipa A e não pode jogar na B até cumprir os tais 6 jogos. É definitivamente carvão do jornal O Jogo.

Tags:

comentar ver comentários (19)
15 Fev 17
"A Liga devia fechar"
Edmundo Gonçalves

Curiosa entrevista, no mínimo, de António Fiúza à TSF.

Para alguém que vivia aos beijos e abraços com Pinto da Costa e Luís Vieira, claro.


comentar ver comentários (14)
A visita da Cornélia
Edmundo Gonçalves

Passou ontem ali pela segunda circular e fez-se notar, a mascote de um concurso de enorme sucesso da RTP de há mais de 30 anos.

Eu deixava, a propósito disso uma pequena sugestão aos candidatos às eleições do Sporting: Definitivamente, o que precisamos de mudar é simples e será eficaz: Sugiro a ambos que coloquem como ponto único no seu programa eleitoral a mudança do "emblema" do clube.

Corre-se com o leão, que nada tem ganho e coloca-se lá uma vaca!

É tiro e queda.


comentar ver comentários (36)
14 Fev 17
Wtf?
Edmundo Gonçalves

Perdoem o meu mau francês, mas se descortinarem aqui algum pingo de credibilidade (ou de vergonha na cara), avancem se fazem o favor. Eu por mim, estou esclarecido.

 

"O Conselho Fiscal e a Comissão Executiva da Sporting, SAD tinham agendada para hoje, às 10h30, uma reunião a pedido do accionista João Paiva dos Santos.

Observa-se que o accionista João Paiva dos Santos se fez acompanhar, nomeadamente, pelo senhor Paulo Pereira Cristóvão.

Tendo em conta o processo disciplinar interno em curso, e os processos criminais em que este é arguido, entendeu o Conselho Fiscal da Sporting, SAD e a Comissão Executiva não estarem criadas condições objectivas para a prossecução da mesma.

Para esta tomada de decisão, foi realizada uma reunião de emergência, tendo sido contactados os presidentes da Mesa da Assembleia Geral e do Conselho Fiscal do Clube, respectivamente, Comendador Jaime Marta Soares e Prof. Jorge Bacelar Gouveia, assim como, o presidente da Mesa da Assembleia Geral da Sporting, SAD, Dr. João Sampaio, que corroboraram a decisão.

Contudo, ultrapassados os constrangimentos que implicaram a não realização desta reunião, estão os órgãos de governo da sociedade disponíveis para o seu reagendamento.

O Conselho Fiscal pretendia entregar este comunicado, pessoalmente, ao accionista João Paiva dos Santos, contudo este ausentou-se de Alvalade sem dar conhecimento ao Conselho Fiscal.

Lisboa, 14 de Fevereiro de 2017"

 

In sporting.pt


comentar ver comentários (17)
12 Fev 17
Podemos jogar com o Beto?
Edmundo Gonçalves

E trocar os treinadores ao intervalo?

Tags:

comentar ver comentários (27)
10 Fev 17

É aproveitar, o candidato/mestre de obras/empreiteiro Madeira faz-lhe o trabalho em conta.

 

Não é que eu não gostasse de ver aquele fosso tapado e a côr das cadeiras mudada (a mim calhou-me uma inestética laranja), mas mesmo não sendo do ramo, cheira-me que um milhão e meio para fazer aquela obra será apenas para o projecto. É que esse valor, nem para as cadeiras chegará. Digo eu...


comentar ver comentários (26)
A minha costela Jota Jota
Edmundo Gonçalves

Próximo Domingo. Moreirense. Inácio. Nova filosofia?

No último jogo ninguém esperava o lançamento de Matheus Pereira, excepto, ao que parece, Nuno Espírito Santo e ninguém conseguiu prever o onze inicial de Jorge Jesus.

Vamos tentar?

Por uma vez, única, atrevo-me a lançar a minha equipa:

Rui, Schelotto, Coates, Oliveira, Esgaio, William, Adrien, Gelson, Geraldes, Podence e Dost.


comentar ver comentários (12)
09 Fev 17
Será?
Edmundo Gonçalves

Ou será apenas mais uma acha para a fogueira?

De qualquer forma, não deixa de ser preocupante, ainda que de difícil aceitação.

Uma coisa é certa, eu não ponho as mãos no fogo por ninguém.


comentar ver comentários (8)
08 Fev 17
Interlúdio II
Edmundo Gonçalves

Enquanto duram os dias de pasmaceira, vejam como está a ficar linda a obra, pá!

2015-03-27_-_Pavilhão_João_Rocha.jpg

 

2017-02-01_-_Pavilhão_João_Rocha.jpg

2017-02-06_-c-_Pavilhão_João_Rocha.jpg

 

 

Tags:

comentar ver comentários (18)
Interlúdio
Edmundo Gonçalves

Enquanto esperamos, alguns (onde me incluo) ansiosamente, pelo programa do candidato Madeira e por saber quem vai ser o treinador a partir de 6 de Março, e até pelos debates, que parece serão dois, para se perceber onde o digníssimo consócio quer chegar, um pequeno interlúdio a propósito duma notícia de um desempenho assombroso de um rapaz da melhor academia do Mundo e do Dubai (que até é bom jogador, não pensem que não o admito), no último jogo pelo seu clube, o Barcelona, para a taça do Rei.

Ora vejam:

https://www.youtube.com/watch?v=3Iqxn-pMxWw&feature=youtu.be

Isto foi chamada de capa numa coisa que se chama MaisFutebol, com o título sugestivo de "o pormenor de André Gomes que encantou Camp Nou", o que só me leva a retirar disto uma conclusão: Os catalães desde que estão decididos nessa coisa da independência, estão mesmo por tudo.

 

Eu então tenho aqui para a troca isto:

https://www.youtube.com/watch?v=VIobp9ggCBk

E isto:

https://www.youtube.com/watch?v=aKK1JtvRHhU

 

Só naquela...

 


comentar ver comentários (36)
05 Fev 17
Não acredito
Edmundo Gonçalves

Digam-me por favor que é mentira que o treinador do Sporting, em directo, culpou o jogador Palhinha pela derrota no Porto.


comentar ver comentários (48)
02 Fev 17
A minha costela Jota Jota
Edmundo Gonçalves

Sábado, 20.30 horas, no estádio do FCPorto.

Com o regresso de alguns meninos e a ausência forçada de William, que onze inicial vaticinam?


comentar ver comentários (10)
01 Fev 17
Mais um
Edmundo Gonçalves

Eu não sei se houve efectivamente interesse do Sporting neste atleta, mas que o mesmo esteve escarrapachado nas pantalhas dos jornais, é um facto.

Hoje está sem colocação.

A culpa não terá sido do próprio, sabemos dos interesses dos empresários, agentes, presidentes e outros actores nas carreiras dos jogadores de futebol e muitas vezes, vide o exemplo Carrillo, a vontade do jogador não é tida em conta e não é respeitada.

A lista de jogadores apontados ao Sporting que acaba nos rivais e posteriormente desaparece em clubes de menor dimensão é longa.

Não será aviso suficiente?


comentar
30 Jan 17

Comunicação do presidente do Sporting Clube de Portugal, no facebook:

 

"Neste momento, sinto a obrigação de me dirigir a toda a Nação Sportinguista pois, ao contrário do que foi pedido, estamos num período em que têm surgido ataques internos inadmissíveis num Clube da nossa dimensão.

Vivemos um período delicado em que o trabalho deve prevalecer sobre os interesses pessoais de cada um. Ainda não existe qualquer candidato formal à Presidência do Sporting CP, tão só e apenas protocandidatos, uma vez que ainda não houve a entrega de qualquer lista a ser sufragada. Mas tem havido ruido, muito ruido, e afirmações muito graves.

Existe um sócio do Clube que, tendo apelado a que este fosse um período de elevação, tem demonstrado fazer exactamente o contrário:

1. Acusa pessoas de estarem a ser pressionadas a fazer o que não querem e, confrontado, não concretiza;

2. Acusa o Clube de estar com problemas na formação do futebol, quando todos os escalões estão em 1º lugar ou a lutar pela liderança, ignorando inclusive que na última convocatória das selecções nacionais jovens fomos o Clube mais representado;

3. À porta de jogos fundamentais, para ainda podermos lutar por objectivos importantes, desestabiliza totalmente o balneário contabilizando de forma deprimente quantos jogos o actual treinador supostamente ainda irá dirigir. Para quem jogou à bola, a aprendizagem foi pouca e o respeito pelo Clube é nulo;

4. Acusa o Clube de estar a mentir nas assistências, prejudicando a reputação do mesmo junto dos actuais patrocinadores e parceiros e dos que estamos a negociar. Mentiras gratuitas que em nada contribuem para as eleições mas que mancham o Clube e a SAD com prejuízos que ainda terão que ser apurados;

5. Diz que tem investidores para comprar a Academia e jogadores (aumentando o passivo e revelando total desconhecimento da reestruturação que foi feita e das suas obrigações), mas diz que pagará como se de irmãos se tratassem. Sendo a Sporting SAD uma empresa cotada, afirmações destas levantam suspeição sobre a origem dos dinheiros e o interesse de investir “como irmãos”, colocando-nos sob um radar de suspeita de que não necessitamos e, muito menos, aceitamos. O Sporting CP não precisa de recorrer a este tipo de soluções para resolver o que já está resolvido: a Academia ou a aquisição de jogadores. Isso foi há 4 anos, e este tipo de afirmações só nos denigrem perante os rivais e o mercado;

6. Diz que os sportinguistas ladram, o que é ofender e humilhar toda a Nação Sportinguista que passou a ser alvo de chacota depois dessa afirmação;

7. Diz que o Sporting CP nunca investiu tanto nas modalidades e isso preocupa-o pois é voltar ao despesismo. Falta dizer que, ao mesmo tempo, foi sempre apresentado lucro, coisa que não acontecia há muitos anos;

8. Falam de prémios atribuídos ao Presidente, que em nada correspondem à verdade, lançando dúvidas e lama sobre o líder do Clube que querem servir e que, em momento algum, pode viver sem liderança, ou com esta a ser maldosa e caluniosamente fragilizada e minada.

Na vida não vale tudo e, por enquanto, não existem candidatos, apenas o Presidente. E, porque coloco o Clube acima de qualquer outra agenda, não abdico do meu mandato em toda a sua plenitude até ao dia que, por vontade dos Sócios, deixe de o ser. Sendo assim, e tendo esperado muito tempo para ver se estas intervenções caluniosas e prejudiciais paravam ou, no mínimo, diminuíam, fui estando calado.

Agora, não posso mais. O Sporting CP não pode ser prejudicado por este tipo de intervenções absurdas e sem respeito institucional, reveladoras de total falta de noção da realidade e que apenas têm servido para prejudicar, de forma factual, o Clube. E diminui-lo perante os nossos rivais e parceiros. Ser candidato deve significar um debate sério e elevado de ideias e projectos e não um ataque, vil e calunioso, que prejudica exclusivamente o Clube mostrando a falta de apego ao Sporting CP de quem o desfere, revelando apenas a sede do poder pelo poder.

Seja quem for que entregue as listas até ao dia 2 de Fevereiro, que saiba estar à altura desta enorme Instituição que merece o melhor de quem a serve ou de quem a quer servir.

Vamos todos focar-nos no que realmente interessa: todos ao Dragão a apoiar o nosso Clube, o Sporting Clube de Portugal! E também todos a apoiar nos pavilhões, recintos, ringues, pistas e piscinas em que estivermos a competir! Viva o Sporting Clube de Portugal!"

 

Agora venham p'ra cá com a treta do costume...


comentar ver comentários (21)
Video-árbitro
Edmundo Gonçalves

Já tinha aflorado neste post esta questão. Passou despercebido e não foi sequer comentado, talvez por aparecer como nota de rodapé.

Hoje o Mister do Café, com mais profundidade e com exemplos concretos, volta ao assunto.

Para reflectir.


comentar ver comentários (8)
27 Jan 17
Um senhor e um burgesso
Edmundo Gonçalves

Francisco Geraldes, como pode ver-se no Sporting com Filtro, não é o segundo.


comentar ver comentários (7)
A minha costela Jota Jota
Edmundo Gonçalves

Amanhã em Alvalade, 20.30 horas, com um frio que convida à lareira, mas que nos obriga a que, todos, façamos o esforço de não ficar em casa.

Adversário o FC Paços de Ferreira.

Aventem lá as vossas apostas para o onze inicial e já agora expliquem as vossas opções, se acharem relevante.

Na última jornada, nos Barreiros, Jesus não esteve pelos ajustes dos prognósticos, de modo que não acertou com nenhuma aposta dos nossos leitores e colegas de blogue.


comentar
26 Jan 17
Palavra de benfiquista!
Edmundo Gonçalves
"O motivo principal disto é a arbitragem. Não tenho dúvidas nenhumas". Foi assim, em entrevista à Sporting TV, que Jorge Jesus justificou os sucessivos desaires da equipa de futebol que ele próprio treina. Pois bem, concordo com Jorge Jesus. Sem ironia, concordo mesmo.

 Não se trata de assentir com teorias de conspiração, nem de acusar polícias e ladrões, mas sendo certo que cada um vê de acordo com a sua opinião, a opinião do que vejo é que o Sporting tem sido prejudicado sucessivamente ao longo do campeonato. Não em todos os jogos, não nos jogos inteiros, mas sempre naquele lance decisivo que basta para mudar o rumo do resultado. E assim foi até o Sporting ficar derrotado e desmoralizado, a equipa em baixo com o presidente em cima, e já tudo ser mais ou menos irrecuperável.

 Agora, o Sporting já não conta para o Totobola, já não compete pela liderança do campeonato, agora já não são as arbitragens, são mesmo as más exibições, porque agora o leão já está de juba mansa. É opinião, não é facto, mas também não é tendência. Da mesma maneira que na época passada aqui escrevi que o Sporting teria sido um justo vencedor do campeonato, este ano acho que ninguém chega para o Benfica, que de uma forma ou de outra está a limpar a competição. O FC Porto ainda está na peugada, mas aquele futebol não enche a alma.

 Independentemente disso, e da boa organização desportiva, dos negócios milionários (como a venda de Guedes ao PSG) que resultam de uma estratégia acertada da administração com o treinador do Benfica, o Sporting foi arrumado por um punhado de decisões erradas de árbitros. Não a tem em muito mais mas, nisso, Jorge Jesus tem razão. O Sporting perdeu muitos pontos por erros de arbitragem. Pontos de mais


 

Pedro Santos Guerreiro, in Record


comentar ver comentários (12)
25 Jan 17

Ou como a reunião do conselho de arbitragem serviu apenas e definitivamente para gozar com o Sporting.

O Vitória sofreu um penalti no Algarve por mão na bola de Venâncio.

Precisamento num lance em que o CA diz não ser penalti.

Recorda-se o boneco apresentado naquela reunião que se pode chamar da treta.

 

Situação na quarta hipótese.

 

ca.JPG

 

Entretanto soube, pelos "especialistas" em narração da RTP, que o video-árbitro "estava" lá, em regime experimental.

Adivinhem quem estava a tomar conta daquilo. Duarte Gomes, ele mesmo, o compadre do presidente da Liga e companheiro de passeios. Caso para dizer que entregaram o ouro ao bandido. Se for para ser assim, basta assim.

 


comentar ver comentários (29)
Perder ou empatar
Edmundo Gonçalves

Não é a primeira vez que trago o tema à baila, mas ele serve, mais uma vez,  para demonstrar que o fim pretendido aquando da aplicação da grelha pontual em vigor, não passa ainda de uma ilusão. A valorização da vitória com 3 pontos, se bem intencionada e justa como compensação do desejo de vitória versus o conformismo do empate, não atingiu os seus objectivos.

Os clubes ditos pequenos continuam, jogo após jogo, época após época, a jogar para o pontinho e isso em pouco se traduz na tabela classificativa.

Vejamos,tomando como exemplo o último classificado, o Tondela: Tem neste momento 10 pontos (2V, 4E, 12D); "bastar-lhe-ia" que tivesse lutado mais um pouco pela vitória e se tivesse convertido dois dos quatro empates em vitória, teria hoje 14 pontos (4V, 2E, 12D), não seria último.

Curiosamente o clube que está a meio da tabela, o Boavista, tem um registo sui generis: 6V, 6E, 6D, 22GM, 22GS, 24 pontos. Mais média que isto será talvez impossível. Mas facto demonstrativo de que os 3 pontos por vitória favorecem quem ganha, numa grelha pontual a 2 pontos por vitória e 1 por empate, o Boavista teria apenas 18 pontos, mais um que o Rio Ave, que teria 17, apesar de ter mais uma vitória (7V, 3E, 8D). Porque tem mais uma vitória que o Boavista e menos empates, apesar de mais duas derrotas, tem hoje o mesmo número de pontos.

Por isso é que eu defendo que sob pena de o campeonato estagnar neste particular, é necessário inventar uma nova fórmula de pontuar os resultados dos jogos. A FIFA está a estudar algumas alterações, entre elas a de impedir que os jogos terminem empatados. Não sei se o caminho terá que ser por aí, sei que, aliado à recusa da centralização dos direitos televisivos, que coartou aos chamados pequenos o acesso a maiores verbas do "bolo" das televisões, logo ao acesso a jogadores mais competitivos e à formação de equipas mais bem apetrechadas e com condições de acesso a melhores instalações de treino e de competição, a não ser feito nada para penalizar o anti-jogo, continuaremos a adormecer na bancada, ou no sofá, perante espectáculos de puro tédio em que se converteram a maior parte dos jogos da Liga Portugal.

Parece-me que, em conjunto com a arbitragem, é um problema a carecer de rápida resolução.

 

A título de curiosidade, num campeonato com uma grelha de V2, E1, D0, o Sporting teria 25 pontos, os mesmos que o Braga (que hoje tem mais 1) e menos 6 que o Benfica (que tem mais 10) que continuaria a ser primeiro com mais apenas 2 pontos que o Porto (que teria mais 4 e hoje tem mais 6) e estaria precisamente no mesmo lugar, fruto da derrota em casa com o mesmo Braga, apesar da igualdade pontual; Braga que apesar de ter mais uma derrota, tem também mais uma vitória, indo de encontro ao espírito da grelha em vigor.


comentar ver comentários (14)
Está caro o tremoço
Edmundo Gonçalves

Ainda que tivessem arremessado umas garrafas de Coral, vá que não vá...

Tags: ,

comentar ver comentários (2)
24 Jan 17
Um, dois...
Edmundo Gonçalves

Mário Patrício afinal não é candidato.

 


comentar ver comentários (18)
23 Jan 17
um, dois, três
Edmundo Gonçalves

Parece estar a concretizar-se mais uma candidatura às eleições de Março.

Mário Patrício, antigo director para as modalidades do SCP, pondera apresentar uma candidatura muito em breve, segundo a CS.

Seja bem vindo.

 

mario patricio

mario patricio

Engenheiro Civil

Lisboa e Região, Portugal
Engenharia civil
Atual
  1. Gebalis,
  2. Lisbon City Hall
Anterior
  1. Sporting Clube de Portugal,
  2. Inclinângulo - Engenharia Lda,
  3. Lisbon City Hall
Formação acadêmica
  1. Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa
   

 

Nota: este perfil é público (linkedin) e apenas tem como objectivo dar a conhecer a pessoa e o seu percurso a quem eventualmente a desconheça.

 


comentar ver comentários (30)
21 Jan 17
Gamanço Futebol Clube
Edmundo Gonçalves

Se isto não tem nada a ver com eleições, vou ali e já venho:

Ao minuto 82 deu-se o caso do jogo. Golo mal anulado ao Sporting. Alan Ruiz estava em posição legal quando fez o 3-2 para o Sporting. Decisão errada da equipa de arbitragem.

 

Já agora, a talhe de foice, não seria altura de Jesus meter a boca no trombone, uma vez que já viu que não o deixam ganhar nada no Sporting?


comentar ver comentários (45)
20 Jan 17
Pum! Um tiro na candidatura
Edmundo Gonçalves

O homem vem mesmo cheio de dinheiro. Ou não.

Já tem 20 milhões de lado. Ou não.

 

Eu digo que é Lebre, o apelido...


comentar ver comentários (12)
A minha costela Jota Jota
Edmundo Gonçalves

Será, ao que parece, com Jesus que teremos que trilhar o caminho. Por mim, subscrevo.

Vamos apostar num onze para o jogo nos Barreiros, amanhã à tarde?

E já agora com melhores resultados que os da última contenda, em Chaves, de tão má memória.


comentar ver comentários (15)
19 Jan 17
Programa eleitoral, II
Edmundo Gonçalves

Para que não seja muito fastidioso, aqui ficam os links para o que apresentam Bruno de CarvalhoPedro Madeira  Rodrigues às eleições de Março próximo.

Cada um que retire as suas conclusões.

O meu apoio está definido, contudo é de elementar "serviço" colocar à disposição dos leitores as, por agora, duas opções possíveis.

 


comentar ver comentários (10)
Programa eleitoral
Edmundo Gonçalves

Sairam hoje as primeiras linhas do programa da candidatura de Bruno de Carvalho.

Deste documento constam 17 medidas para o futebol, 15 para a área comercial/marketing e 22 medidas para as modalidades.

Há ainda "outras medidas", como comunicação "a uma só voz", "aumento de capitais próprios e maioria na SAD" e "mais privilégios para quem é associado".

Para desenvolver noutro post, já com o programa da candidatura de PMR, para uma fácil comparação e percepção das diferenças e coincidências, a existirem, entre as candidaturas até agora conhecidas.


comentar ver comentários (10)
18 Jan 17

Corremos o sério risco de estarmos hoje aqui a discutir sobre caroços de azeitona.

Tags:

comentar ver comentários (8)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Questões de campanha.

Declaração de interesses

Sporting: questões em deb...

Vale tudo na boatovisão (...

Os nossos comentadores me...

Desonestidade intelectual

Atirar a pedra e esconder...

Sporting: questões em deb...

Ridículo e triste

Os melhores prognósticos

Arquivo

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

vitórias

jorge jesus

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

mundial 2014

taça de portugal

eleições

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

euro 2016

nós

futebol

comentadores

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

formação

humor

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds