09 Jun 17

Fala-se em Mathieu, Acerbi e Dória.

Entendo a necessidade específica de um central canhoto, embora tenhamos o Ewerton nos quadros, e por isso deixo aqui a minha humilde sugestão de um dos mais promissores centrais canhotos que vi nos últimos tempos: Milan Skriniar, actualmente na Sampdoria.

Onde, curiosamente, também joga um médio defensivo com muito potencial: Lucas Torreira. Mas que dificilmente encaixaria no perfil morfológico exigido por JJ para a posição.


comentar ver comentários (2)
06 Mar 17

comentar ver comentários (5)
05 Mar 17

Jesus explica:

Manda-se chamar o Palhinha, o Podence, o Geraldes e o Gauld que estavam emprestados e a jogar para depois apostar em adaptações ou em jogadores emprestados que não valem um chavelho.

Para os que já lá estavam faz-se assim:

Jogam em posições que não são as deles ou jogam de início um jogo por época.

Genial!


comentar ver comentários (8)

Jesus explica:

Substituem-se em simultâneo 2 dos 3 jogadores do corredor central e altera-se a posição do outro.

Genial!


comentar ver comentários (6)
20 Fev 17

Há alguém no mundo futebolístico, com excepção de Jorge Jesus e de Bruno de Carvalho, que considere o Schelotto um jogador de futebol?

 

P.s. este jogo com o Rio Ave foi das exibições mais ridículas dos últimos anos em Alvalade! Uma vergonha!


comentar ver comentários (12)

"Não sei se o Xico joga naquela posição. Que eu saiba não joga. É segundo avançado, ala. Posso adaptá-lo para jogar ali, mas até o posso adaptar a central... Terá mais possibilidades nas posições em que jogava na formação e também no Moreirense, a segundo avançado."

 

Declarações do nosso treinador a propósito de Francisco Geraldes poder substituir Adrien no próximo jogo, com o Estoril.


comentar ver comentários (28)

Qual o quarteto defensivo do Sporting na época 2016/2017?


comentar ver comentários (11)
27 Out 16

O João Mário! Esse sim!

Mas não há muito a fazer, resta acelerar a adaptação dos reforços e... comprar 2 laterais em Janeiro!


comentar ver comentários (48)
19 Out 16
Outsourcing
Duarte Fonseca

Jesus, não queiras controlar tudo.

Faz um favor a ti próprio e a todos os sportinguistas e deixa outra pessoa escolher os jogadores para as posições de lateral direito e esquerdo.

Está mais que provado que não consegues escolher um lateral de jeito.

Faz outsourcing desse trabalho, por favor!


comentar ver comentários (9)
02 Out 16

Schelotto é um mestre!

Já o tinha demonstrado em Vila do Conde, e ontem, em Guimarães, comprovou que as qualidades se mantêm intactas.

Tags:

comentar ver comentários (3)
28 Set 16

A todos os sportinguistas que nunca tiveram oportunidade de ver William Carvalho ao vivo, façam-no!

Caso contrário vão perder a oportunidade de ver ao vivo o melhor médio defensivo que já jogou no Sporting.

E é difícil prever quando tempo passará até aparecer um novo jogador com tamanha qualidade naquela posição.

Só têm até final da época!

 

P.s. Ao mesmo tempo apreciem a classe de um senhor chamado Bryan Ruiz, porque também não vai ser fácil ver igual.


comentar ver comentários (7)
24 Jun 16

Que consigamos chegar ao intervalo a perder só por 1:

a) só neste cenário é que Fernando Santos tira o Moutinho; e

b) só retirando o Moutinho é que podemos conseguir jogar alguma coisa.


comentar
15 Jun 16

Danilo teve o mérito de ter feito mais que os médios islandeses para atrapalhar os médios portugueses.

 

João Moutinho teve o mérito de ter contribuído tanto para a selecção como o Ciani para o Sporting.


comentar ver comentários (4)
14 Jun 16

Calma.

Já aconteceu algo semelhante em 2004.

Resta saber se Fernando Santos terá a humildade e coragem que, então, Scolari revelou.

 

Calma.

Com isto não estou a querer dizer que esta selecção pode chegar à final.

Provavelmente o Sanches vai ser titular no próximo jogo, e no fundo, para uma parte do país, isso é que conta.


comentar ver comentários (6)
09 Jun 16

Patrício

Cédric, Pepe, Carvalho, Guerreiro

William, Adrien, André Gomes e João Mário

Nani e Ronaldo


comentar ver comentários (16)
16 Mai 16

É habitual dizer-se que as individualidades não ganham jogos, que o resultado do colectivo é superior à soma das partes, que as equipas valem pelo todo, etc...

O campeonato desta época prova exactamente o contrário.

Ganhou a equipa com melhores individualidades, aquela que colectivamente é inferior à soma das suas partes e aquela que colectivamente é muito inferior à equipa do Sporting.

Tags:

comentar ver comentários (17)
04 Mar 16

comentar ver comentários (13)
02 Fev 16
Montero, o craque
Duarte Fonseca

O dia de ontem foi um dia triste. Pelo menos foi-o para mim.

 

Vi partir aquele que para mim era, tão só, o melhor jogador do plantel. O único jogador que se assemelhava a um ídolo. Aquele jogador que me fazia subir os 10 lances de escadas até ao meu lugar sempre com a ilusão de ver algo extraordinário.

 

O mais inteligente, o que percebia melhor o jogo, o que mais prazer me dava de ver jogar, aquele que eu todos os jogos aplaudia de pé quando o speaker gritava pelo seu nome, aquele que fez os golos mais bonitos das últimas 3 épocas em Alvalade. Definitivamente, um craque.

 

Prometo nunca me esquecer de ti, Montero. Eternamente grato!

Tags:

comentar ver comentários (13)
29 Jan 16

Golo de ANDRÉ CRUZ

Salgueiros-Sporting

14 de Maio de 2000, Estádio Eng. Vidal Pinheiro

 

Nasci em 1983, uma época após Malcolm Allison ter guiado o Sporting à conquista do campeonato e precisamente na época que marcou o início de um jejum de 18 anos de campeonatos nacionais.

 

Um acérrimo benfiquista, o meu avô, tentou convencer-me, desde que me lembro, a ser do Benfica. Não o conseguiu. A emoção que via no meu pai enquanto acompanhava os relatos dos jogos do Sporting fez-me sempre pensar que o Sporting era diferente. O acesso à informação era completamente diferente e provavelmente o meu pai até gritava, para mim, os golos sofridos pelo Sporting como se fossem a favor. Quaisquer que tenham sido os motivos, o resultado foi definitivo e já não havia hipótese de reversão. Sporting sempre!

 

Como sempre acompanhei muito com o meu avô e os seus amigos, quase todos benfiquistas, está bom de ver que passei a infância a ser massacrado com perguntas como: “Então, conta lá quantas vezes viste o Sporting ser campeão?”, “Sabes o que é comemorar um campeonato?”, “Diz lá ao teu pai para te deixar ser do Benfica.”. Como se ser do Sporting fosse uma imposição, ou como se o amor a um clube dependesse apenas dos títulos conquistados. Ser do Sporting não é nada disso, ser do Sporting é ser diferente, é ser de um clube que nos ensina a amar sem esperar retorno, que nos ensina a viver ilusões que não acontecem. Um clube real, por vezes cruel.

 

Claro que os títulos são importantes e por isso, aos 17 anos, a época desportiva de 1999/2000 foi marcante. Foi o “meu” primeiro campeonato. O plantel estava recheado de jogadores que eu adorava e que ainda hoje considero dos melhores que vi jogar em Alvalade: Schmeichel, Quiroga, Rui Jorge, César Prates, André Cruz, Duscher, Barbosa, Iordanov e Acosta. Além de um tal de De Franceschi que foi absolutamente decisivo nessa temporada.

 

Como é natural, nessa época existiram imensos jogos e golos marcantes. Desde o golo do Vidigal ao Campomaiorense que foi sem dúvida o jogo em que a equipa embalou, passando pelos golos de André Cruz e Acosta ao Porto, pelo golo de Di Francheschi ao Rio Ave e pelas grandes defesas de Schmeichel.

 

Mas o jogo que consagrou o regresso do Sporting aos títulos nacionais tem que ter lugar de destaque. Ao intervalo, e após uma primeira parte muito disputada, o Salgueiros, que lutava para não descer, conseguiu manter invioladas as suas redes. Mas ao intervalo, Augusto Inácio espevitou a equipa e ao minuto 47 o Sporting beneficia de um livre à entrada da área. Quem mais o poderia marcar de forma tão perfeita?

 

Estava desimpedido o caminho para um imensamente festejado campeonato nacional. André Cruz voltaria a marcar nesse jogo, já depois de Ayew e Duscher terem deixado a sua marca no jogo. O Sporting ganhou por 0-4 mas ainda com o resultado em 0-2, Peter Schmeichel faz uma defesa assombrosa que terá valido tanto quanto um golo.

 


comentar ver comentários (5)
07 Jan 16
Trabalho de treinador
Duarte Fonseca

É impressionante o que Adrien e Slimani ganham com o modelo de jogo de Jesus. Todos ganham, mas estes dois são os mais beneficiados.

 

Parecem jogadores completamente diferentes, para melhor, mas na verdade não o são. Ou melhor, ambos mostram evolução, mas a grande diferença tem que ver com o modelo de jogo actual do Sporting e o trabalho desenvolvido por Jorge Jesus, que os favorece bastante.

 

Para Adrien as decisões ficam mais fáceis, o posicionamento em campo é mais focado, as opções de passe são muitas, a probabilidade de ter que tomar opções de difícil execução são menores, logo erra muito menos. E tudo o que faz passa a parecer muito melhor.

 

Para Slimani as situações de finalização acontecem muito mais vezes, com muito mais gente na área, em posições muito mais vantajosas, as movimentações são recorrentes, o posicionamento na área é trabalhado. E tudo isto se materializa em golos. Em metade da época já leva o mesmo número de golos que na época passada na Liga.

 

E é isto que é o trabalho de um treinador: facilitar a vida aos jogadores, parecendo que os torna muito melhores.


comentar ver comentários (3)
15 Dez 15
Cair na real
Duarte Fonseca

Sugiro a todos os benfiquistas histriónicos que vejam os primeiros 8 jogos de Moutinho na equipa principal do Sporting.

Se não quiserem perder tanto tempo, vejam só o Feyenoord x Sporting dessa época.

Depois parem, comparem e pensem um bocadinho.

Pode ser que percebam as diferenças.


comentar ver comentários (3)
11 Dez 15
Nem na Quaresma
Duarte Fonseca

Como se não bastassem as actuais qualidades futebolísticas, totalmente desenquadradas da proposta de jogo que Jesus tem implementado, para dissuadir uma possível repescagem de Quaresma, o seu comportamento de ontem deverá ser bastante para me sentir descansado em relação a essa, quero crer, efémera possibilidade.

Tags:

comentar ver comentários (3)
27 Nov 15

Nunca me esqueci de uma frase que Jorge Palma escreveu no interior do álbum "Só":

"Havia duas maneiras de fazer este álbum: ou fazíamos bem ou fazíamos assim. Fizemos assim."

 

Em relação ao ataque do Sporting também penso o mesmo. Há duas formas de jogar: ou com Montero ou com Slimani. Na minha opinião os dois são totalmente incompatíveis porque a inteligência de um é totalmente sonegada pela forma de agir do outro. O que muitas vezes parece um erro do primeiro mais não é que a falta de percepção do segundo.

 

Há quem pense (seguramente a maioria) que com Slimani é que é, mas eu não tenho dúvidas: com Montero é muito melhor e muito mais bonito. Só com Montero em campo é possível jogar como jogámos ontem. E ontem foi muito melhor e muito mais bonito. Em termos de futebol jogado, que é o que me interessa.


comentar ver comentários (17)
03 Nov 15
Boca campeón!
Duarte Fonseca

jugadores-Boca-partido-Foto-Telam_CLAIMA20151101_0

Este já está!

 

"Boca, mi buen amigo

Esta campaña volvaremos a estar contigo

Te alentaremos de corazón

Esta es tu hinchada que te quiere ver campeón

No me importa lo que digan

Lo que digan los demas

Yo te sigo a todas partes

Cada vez te quiero mas"

 

Depois do nosso Sporting, o Boca!


comentar ver comentários (4)
26 Out 15
8 minutos!
Duarte Fonseca

Sei de fonte segura que o Benfica, pela voz do vassalo Pedro Guerra, irá publicamente apresentar um projecto de revisão das regras do jogo.

Pretendem que passe a ter só 8 minutos!

Nunca tinha ouvido tanta gente a considerar que um jogo de futebol, que ainda tem 90 minutos, acabou aos 9 minutos.

Tags: ,

comentar
21 Out 15
Diáspora
Duarte Fonseca

Estou confundido com esta imagem em que o primeiro ministro do Canadá, em visita à comunidade portuguesa de Toronto, aparece com a camisola do Sporting.

Mas existem sportinguistas em Toronto?

Estava convencido que havia um estudo qualquer que referia que toda a comunidade portuguesa espalhada pelo mundo era adepta de um outro clube.

Ainda pensei que podia ser uma montagem, mas depois confirmei que a imagem estava no site do Record...

ngCCCD65BC-31E9-4EA4-819C-DCCA40ABC152.jpg

 


comentar ver comentários (21)
22 Set 15

1) A inteligência colectiva e o jogo entre linhas será sempre a melhor forma de entrar numa defesa povoada. Foi preciso entrarem Martins, Mané e (principalmente) Montero para que o Sporting tivesse algumas variações ao jogo que fazia desde início da 2a parte, que consistia em lateralizar e cruzar ao calhas em busca de um cabeceador(mento) perdido. Verdade seja dita que Bryan Ruiz e Gelson também tentaram variar as opções, mas no caso deste último o que pensa ainda não é acompanhado pela forma como executa;

 

2) Como é possível alguém dizer-se profissional de futebol se não tem a mínima afinidade com a bola de...futebol? Sim, estou a falar de Slimani. Que além de ser dos jogadores menos inteligentes que vi jogar, adiciona uma odiosa relação com a bola que chega a ser chocante. É impressionante a quantidade de jogadas de ataque com potencial que são interrompidas por este homem;

 

3) Já estava na hora de Jefferson acordar para esta época. Bem sei que assimilar princípios defensivos aos 27 anos não é fácil, sobretudo para quem tinha muito pouca noção de posicionamento, mas a verdade é que tem que render muito mais;

 

4) O Patrício entre a 5a feira passada (jogo com o Lokomotiv) e o jogo de ontem aprendeu que pode sair da baliza para recolher uma bola metida em profundidade pelos adversários. Um dia destes ainda vai aprender a controlar a profundidade e a sair dos postes;

 

5) Continuo a achar piada ao facto da maioria das pessoas não perceberem Esgaio. Sim, é verdade que errou 3 ou 4 passes curtos e de fácil execução, mas na primeira parte foi um dos melhores em campo, raramente comete erros posicionais, tem capacidade de jogo interior e tecnica e cognitivamente é muito superior a João Pereira. Neste momento é, sem dúvida, a melhor opção.


comentar ver comentários (44)
28 Ago 15

Podia trazer à discussão o texto que escrevi no defeso passado acerca das fracas contratações então realizadas, mas arrisco afirmar que nem os mais críticos desse texto – houve até quem o apelidasse de anedótico e marcasse “encontro” para o final da época - apresentem agora argumentário válido.

 

Podia trazer à discussão muitos dos textos que fui escrevendo ao longo da época passada em que, discutindo o jogo e a qualidade do mesmo, dei muitas vezes a minha opinião sobre muitos dos jogadores do Sporting, nomeadamente, aqueles que considero menos conhecedores do jogo e que por conseguinte nas suas acções individuais afastam mais do que aproximam a equipa (colectivo) do sucesso. Adrien, Paulo Oliveira e Slimani (sem contar com os inenarráveis Maurício e Sarr) terão sido provavelmente os mais visados pelas minhas críticas. Ainda hoje os considero como os piores da equipa, mas com o defeso deste ano ainda veio João Pereira para se juntar a este lote.

 

Podia trazer à discussão a problemática das arbitragens internas e europeias que mais parece uma premonição - qual Oscar Shidinski - há muito e por muitos aguardada, mas com as segundas partes dos jogos com o Paços de Ferreira e com o CSKA, seria justo fazê-lo e culpabilizar apenas as arbitragens?

 

Podia ainda trazer à discussão a necessidade de adquirir um defesa direito, um defesa central, um extremo e um avançado centro, mas será razoável fazê-lo sem jogar a Champions? Mesmo assim quero acreditar que até dia 31 de Agosto chegará pelo menos um extremo e um avançado centro.

 

Podia, de facto, trazer muitos temas à discussão, mas nesta fase o que me apetece pensar é que esta equipa tem menos de dois meses de trabalho com aquele que para mim é o melhor treinador português da actualidade, o que por conseguinte me leva a acreditar que a equipa só pode melhorar (William, volta!; Montero, acorda!) e que, invariavelmente, seremos superiores a todos os adversários no que à qualidade de jogo diz respeito, o que fará com que estejamos sempre mais próximos da vitória.


comentar
25 Ago 15
Enchente
Duarte Fonseca

À falta de melhores argumentos, tenho ouvido muito benfiquista dizer que encheram o estádio de Aveiro (Mini Luz li algures na imprensa do fim de semana), que a sobrevivência de muitos clubes da Liga dependem do Benfica e outras afirmações do género.

Naturalmente que nas entrelinhas está uma mensagem: a de que mais nenhum clube em Portugal faz enchentes de tamanha dimensão nas suas deslocações.

Por curiosidade e por ter a percepção de que o estádio de Aveiro estaria muito similar nos dois jogos que já recebeu neste campeonato, consultei os dados oficiais da Liga de Clubes:

- Arouca x Benfica » 23.540

- Tondela x Sporting » 22.003

Diferença de 1.500 adeptos.

Uma enormidade!


comentar ver comentários (12)
14 Ago 15
Menos 100 mil
Duarte Fonseca

É possível com artimanhas estatísticas enganar muita gente, principalmente os que querem ser enganados.

O dever de questionar e a vontade de querer perceber melhor as coisas cabe a cada um.

Muito são aqueles que, por opção, preferem viver no engano.

Para esses, aqui fica esta notícia.

 

P.s. Um dia destes ainda vai haver explicação para as "vendas" dos € 15 milhões...

Tags: ,

comentar ver comentários (10)
11 Ago 15

A estrutura estava de férias!


comentar ver comentários (2)
29 Jul 15

Com a quantidade de elogios à capacidade e qualidade de gestão desportiva de Luís Duque ontem celebrados pelo representante do Benfica num programa da TVI24, fico a aguardar com expectativa o anúncio da sua contratação para gestor da SAD do Benfica.

Deverá estar para muito breve.

Seria, aliás, um desperdício incompreensível por parte dos responsáveis do Benfica, um quase crime de lesa-clube, não aproveitar uma pessoa com tamanhas capacidades. Logo agora que está "livre"...

Aguardemos!


comentar ver comentários (20)
28 Jul 15

Que espectáculo a TVI24 está a transmitir!

Para além de demonstrar que consegue decorar 4 ideias acerca das eleições da Liga repetindo-as sucessivamente e de aparentar um elevado sentido democrático, o momento alto do espectáculo, com o alto patrocínio de Sousa Martins, foi o discurso sobre o Sporting e os seus jogadores. Tudo natural, vindo de um clube com mais de 100 jogadores assalariados e que nem sabe o que é ter um jogador da formação na equipa principal há mais de 10 anos.

Obrigado Pedro Guerra, Sousa Martins e TVI24!

Tags: ,

comentar ver comentários (8)
Tags:

comentar ver comentários (13)
15 Jun 15
As virgens ofendidas
Duarte Fonseca

Uma das muitas críticas que fizeram aos dirigentes do Sporting no processo de contratação de Jorge Jesus, consubstanciou-se na inadmissibilidade da contratação de Jorge Jesus enquanto Marco Silva ainda era treinador do clube.

 

Uma falácia de todo o tamanho, porque só depois de despedir Marco Silva é que o Sporting confirmou Jorge Jesus como futuro treinador. E ainda nem foi apresentado, apesar de Marco Silva já não ser treinador do Sporting.

 

Fico agora a aguardar que as mesmas virgens ofendidas venham dizer o mesmo sobre o facto de hoje o Benfica ter apresentado um treinador que neste momento partilha, em simultâneo, o cargo com Jorge Jesus. Sim, porque Jesus é treinador do Benfica até 30.Jun.2015.

 

P.s. registo estas declarações do novo treinador do Benfica: "Não foi difícil convencer-me". Acredito que não, o que foi difícil (15 dias) foi a direcção do seu novo clube convencer-se que ele seria a escolha certa...


comentar ver comentários (12)
10 Jun 15

O tal de Vitória, o Rui, caso seja o eleito, garantidamente que não é primeira escolha!

Não é fácil ter um presidente que garante sempre as suas primeiras escolhas para treinador!

Tags:

comentar ver comentários (10)

Pegar nos títulos ganhos por uma equipa para defender ou sustentar a qualidade de um treinador, é simplificar por desconhecimento a função de treinador.

 

Se o Sporting não tivesse ganho a Taça qual seria a análise ao trabalho de Marco Silva?


comentar ver comentários (10)
06 Jun 15

Existe algum racional para preferir Marco Silva em vez de Jorge Jesus?


comentar ver comentários (26)
04 Jun 15

A confirmar-se que Jesus assina pelo Sporting, para mim, como inefável sportinguista, é a melhor notícia vinda do Sporting de que me lembro.

Jesus é o melhor treinador português da actualidade e isso é factor mais que suficiente para eu ficar extasiado. Quero que o Sporting seja o melhor e tenha os melhores! Vejo esta sua vinda para o Sporting com contornos quase sebastianistas.

Para além disso:

1. Jesus com certeza terá exigido a permanência dos principais jogadores do clube (com excepção de Nani), o que faz com que a perspectiva de ver sair William, Carrillo, Montero, Patrício, Mané e Slimani seja neste momento muito mais distante do que há dias atrás;

2. os sportinguistas vão ter a oportunidade de ver uma equipa defender com uma qualidade extraordinária e um ataque com dois avançados - com Montero (nem quero pensar que com Jesus possa sair) a render o dobro;

3. parece que deixaremos de ter o presidente no banco;

4. espero a confirmação de que com uma formação de top Jesus apostará e potenciará jogadores formados pelo clube.

 

Bem sei que os contornos económico-financeiros desta decisão, nomeadamente, o futuro da participação accionista do clube na SAD, poderão não ser evidentemente os melhores, mas, perdoem-me, tenho o raciocínio demasiado toldado com a possibilidade de ver o Sporting com uma qualidade de jogo superior para pensar na diluição da participação do clube na SAD por incorporação de suprimentos de outros accionistas.

 

Nada tenho contra Marco Silva, até via com interesse a sua manutenção à frente da equipa (numa lógica de não começarmos do 0 com outro treinador de qualidades idênticas), mas julgo que é demasiado fácil perceber que Jesus é muito superior a Marco Silva e que havendo possibilidade de ter o melhor não faz sentido ter o segundo melhor.

Além disso, ao longo da época fui expressando neste blog a minha opinião sobre o trabalho de Marco Silva, medida exclusivamente pela qualidade de jogo apresentada pela equipa, e ficou claro para mim que neste aspecto o percurso de Marco Silva no Sporting foi decrescente. A equipa tinha muito melhores princípios de jogo no início do campeonato que no final e isso apenas pode ser imputável a Marco Silva.


comentar ver comentários (4)
02 Jun 15

Ao contrário das companhas veiculadas quase diariamente na imprensa escrita e televisiva, que procuram a todo o custo justificativos para defender a ideia de que a melhor formação nacional provém do Seixal, o seleccionador Rui Jorge, que tem feito um trabalho absolutamente incrível e como há muito não acontecia nos Sub-21, acabou de seleccionar para o Europeu da categoria 7 jogadores do Sporting, contra apenas 1 do Benfica e 5 do Porto.

Mais interessante ainda é analisar que dos 7 convocados do Sporting, 5 jogam habitualmente na equipa principal e os outros 2 foram titularíssimos nas equipas que os acolheram por empréstimo a meio da época. O que compara com os seleccionados dos outros clubes: o único convocado do Benfica não saiu da equipa b e dos 5 do Porto, apenas 1 joga na equipa principal com regularidade, 2 jogam na primeira liga com regularidade e o outro joga na equipa b.

Mesmo assim ainda há quem questione que a qualidade da formação leonina não é a melhor do país.


comentar ver comentários (8)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Verde foi o meu nasciment...

Hoje giro eu - Quiz

#Juntos

Recuo ao tempo de gesto d...

Jogo de contrastes

Pérolas de Ribeiro Cristó...

Recordar - Sergey CHERBAK...

Os nossos comentadores me...

In destino Delgado, uma q...

Portugal, futebol feminin...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

balanço

jorge jesus

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

godinho lopes

futebol

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

sportinguismo

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds