Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Está nas tuas mãos!

fredericovarandas.png

Caro Frederico.

Todos sabemos do teu sportinguismo e acompanhamos a tua forma de vivenciar o Sporting.

Ninguém duvidará que tudo farás para recuperar e melhorar a condição física de todos os elementos do plantel.

Mas gostava de pedir um esforço extra para o Coentrão!

Não podemos aspirar a atingir os objectivos a que nos propusémos a jogar com o Jonathan.

O rapaz está demasiado verde (o que neste contexto parece uma boa característica!) para lhe confiarmos o lado esquerdo. Talvez daqui a uns tempos (muitas dúvidas) o possa assegurar, mas para já a recuperação do Coentrão é o caso mais premente do plantel e para o qual poderás contribuir decisivamente.

Conto com a tua ajuda!

Obrigado.

Sempre o Record a desinformar

Para o Record, Nelson Semedo custou ao Barcelona € 50 Milhões, ao qual acrescem € 5M por cada 50 jogos, aparentemente sem limite para esta componente variável.

Semedo.jpg

Curioso, porque o comunicado de venda diz algo completamente diferente.

Para os que consideram que é apenas uma questão de interpretação, também deixo o comunicado do Lindelof, para que se perceba com clareza a desinformação com que este pasquim nos brinda diariamente.

Vergonhoso...

Ligar o jogo

Pedro Azevedo, o Edmundo Gonçalves e o Pedro Correia já fizeram, e bem, a análise ao paupérrimo jogo de ontem frente a um adversário cujo nível não pode sequer ser comparado ao que Sporting, com o plantel que tem, deveria apresentar. O Francisco Vasconcelos fez um balanço dos três primeiros jogos oficiais.

 

Os principais problemas identificados por cada um deles têm bastantes semelhanças, o que apenas significa que estamos todos a ver o mesmo.

 

Da minha parte, proponho-me acrescentar aquela que é para mim a principal razão para as dificuldades apresentadas pelo Sporting neste início de época (e que é o mesmo de toda a época passada): ligação do jogo interior.

 

No primeiro ano de Jesus havia um senhor chamado João Mário que, apesar de jogar descaído para a direita, era o cérebro do jogo ofensivo da equipa e era ele que garantia a capacidade de jogo interior. Bem acompanhado, em metade da época, por um Teo Gutiérrez que foi o último avançado da era Jesus a conseguir ligar o jogo ofensivo, descendo para jogar com os médios. Mas essencialmente era João Mário que assegurava a qualidade interior e com essa forma de jogar praticamente garantia um meio-campo a 3. Era ele o criativo, o líder de jogo.

 

O maior beneficiado desta realidade foi Adrien, como referi aqui. Tinha sempre opções perto e não tinha que assumir o papel de criação.

 

Quando João Mário saiu, o seu substituto foi Gelson Martins. Um craque. Mas muito diferente na forma de jogar, muito mais vertical e explosivo, apesar de ter capacidade para jogar por dentro, mas ainda com pouca pausa e a criar pouco jogo interior. Aliás, quando o faz é quando o Sporting cria mais perigo e não com os cruzamentos laterais e/ou com as fintas para a linha.

 

A juntar a isto, Jesus não conseguiu durante toda a época passada encontrar um avançado que fizesse a ligação com os médios, com excepção de um período da época em que Alan Ruiz conseguiu, ainda que apenas a espaços, fazê-lo.

 

Com esta conjugação de factores, o maior prejudicado tem sido Adrien. Porque cada vez que tem a bola tem muito menos opções por perto (Gelson está mais longe que João Mário e não tem um Teo para tabelar), o que o obriga a arriscar mais passes, a ter que conduzir mais, o que invariavelmente resulta em piores decisões com bola, a mais passes errados, a mais recuperações em esforço e a mais transições defensivas. Porque Adrien não tem criatividade suficiente para jogar num meio-campo a 2. Foi assim durante toda a época passada e está a manter-se assim este ano.

 

Jesus sabe-o e é por isso que aposta em Podence (veremos até quando) porque é o único do plantel com a capacidade de ligar ofensivamente o jogo. Mas para que o jogo interior do Sporting melhore, Acuña tem que jogar mais dentro (para isso acontecer, o lateral esquerdo tem que dar mais garantias de fazer todo o corredor) e juntamente com Adrien terão que jogar muito mais com Podence (ainda ontem, o único lance de verdadeiro perigo resulta de um passe de Podence a rasgar a defesa e a colocar Acuña isolado). Gelson terá mais espaço para o jogo exterior (não vejo Piccini a dar profundidade suficiente) e para dar variabilidade entre jogo interior e exterior.

 

Se isto acontecer, não tenho dúvidas que o jogo do Sporting melhorará bastante. Tenho para mim que é isto que Jesus está a trabalhar, mas as condições físicas e cognitivas (sobre o modelo de Jesus) de alguns elementos ainda não estão no ponto. Espero que não demorem muito a alcançá-las, caso contrário será mais uma época perdida.

 

Doumbia, em condições normais, será uma alternativa directa a Bas Dost. Ou jogando os dois quando for necessário um jogo mais directo (caso do jogo com o Setúbal). Não o vejo com capacidade para ligar o jogo e ser o parceiro de Bas Dost. Mas acredito que fará muitos jogos no lugar do holandês, porque Bas Dost quando não marca é menos um em campo. Não sabe fazer um passe a mais de 2 metros e a sua forma de jogar (e os golos que marca, claro) propiciam a equipa para um jogo mais directo, tornando-se assim muito mais fácil a missão dos nosso adversários. É isso que está a acontecer actualmente com o Sporting e aconteceu na última época.

 

Cabe a Jorge Jesus inverter a situação e acelerar o processo de melhoria do jogo interior ofensivo.

Parece que estamos à procura de um central canhoto

Fala-se em Mathieu, Acerbi e Dória.

Entendo a necessidade específica de um central canhoto, embora tenhamos o Ewerton nos quadros, e por isso deixo aqui a minha humilde sugestão de um dos mais promissores centrais canhotos que vi nos últimos tempos: Milan Skriniar, actualmente na Sampdoria.

Onde, curiosamente, também joga um médio defensivo com muito potencial: Lucas Torreira. Mas que dificilmente encaixaria no perfil morfológico exigido por JJ para a posição.

Para quem achava que o Bernardo Silva devia ser adaptado a lateral esquerdo!

"Não sei se o Xico joga naquela posição. Que eu saiba não joga. É segundo avançado, ala. Posso adaptá-lo para jogar ali, mas até o posso adaptar a central... Terá mais possibilidades nas posições em que jogava na formação e também no Moreirense, a segundo avançado."

 

Declarações do nosso treinador a propósito de Francisco Geraldes poder substituir Adrien no próximo jogo, com o Estoril.

Um apelo que também é um conselho

A todos os sportinguistas que nunca tiveram oportunidade de ver William Carvalho ao vivo, façam-no!

Caso contrário vão perder a oportunidade de ver ao vivo o melhor médio defensivo que já jogou no Sporting.

E é difícil prever quando tempo passará até aparecer um novo jogador com tamanha qualidade naquela posição.

Só têm até final da época!

 

P.s. Ao mesmo tempo apreciem a classe de um senhor chamado Bryan Ruiz, porque também não vai ser fácil ver igual.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D