Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Um grande jogo?

Para início de conversa, declaro que considero os erros dos árbitros perfeitamente normais.

Em circunstâncias normais. E se há coisa onde a normalidade é um acaso, é o futebol português...

Posto isto, é inegável que o Braga fez um grande jogo e nos 120 minutos até considero que foi melhor que nós, tendo em conta que as soluções que vieram do banco acrescentaram algo ao seu jogo, o que as nossas não conseguiram fazer ao nosso.

No tempo regulamentar merecíamos claramente ter ganho. Apesar de o Braga ter demonstrado muita garra, mais velocidade até, os nossos controlaram o jogo e as trocas de bola foram sempre uma arma difícil de bater pelos adversários, o que não impediu o golo que lhes deu o prolongamento, mas já lá vamos.

O golo de Ruíz é pleno de oportunidade e até ao golo do empate por uma ou outra vez poderíamos ter aumentado o score. E aqui aparece o imponderável: numa jogada de início de ataque do Sporting, três bracarenses, três, derrubam William, sem bola. Dizem as leis do jogo que é falta punida com cartão amarelo, ora um dos três, um tal de Luis Carlos, tinha já sido advertido e receberia o segundo e iria para a rua. Não foi e deu golo. Em fora-de-jogo, que a Sportv não quis mostrar!

E depois levámos o segundo numa rosca de Alan e respondemos de imediato, numa bela cabeçada de Slimani e ainda marcámos o terceiro, num excelente remate em jeito de William. Tínhamos o jogo controlado.

Aqui chegados, seria avisado defendermos o resultado, povoarmos o meio-campo, já que o Braga joga muito e bem no contra-golpe, mas não foi isso que aconteceu e confesso que não percebo porquê, e numa jogada onde a defesa andou aos papéis, o Braga empatou, num remate que ressaltou creio que em Paulo Oliveira e enganou Rui Patrício.

No prolongamento Slimani marcou. O árbitro e o auxiliar, não necessariamente por esta ordem, entenderam assinalar fora-de-jogo ao argelino. A sportv não mostrou, mas estava claramente em jogo.

Continuaram o Sporting sempre a pressionar na procura do golo e o Braga na espreita do contra-golpe, que resultou em golo.

Depois o Sporting ainda fez o golo do empate, numa jogada em que o árbitro, só ele, viu falta de William Carvalho, como se o futebol fosse voleibol e não fosse um jogo de contacto.

A coisa foi tão gritante que até os papagaios de serviço à pantalha já não conseguiam disfarçar o incómodo.

 

Ora, resumindo e para responder à minha própria pergunta, sim, foi um grande jogo.

Um grande jogo em que os jogadores não mereciam os árbitros que tiveram, pela entrega que deram ao mesmo.

Um grande jogo onde, azar dos azares, há três erros crassos e para não variar são "ambos" os três para o lado dos mesmos de sempre. Propositados? Não creio, mas estou a lembrar-me das capas dos desportivos desta semana e dou comigo a pensar que isto é um pouco como as bruxas...

77 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D