15 Jul 17

Crónica alternativa a uma confraternização ocorrida esta tarde, para os lados de Delley-Portalban, cantão de Friburgo, que terminou em indigestão para os comensais leoninos, com 3 golos sofridos, 5 jogadores encostados (Gauld, Leonardo Ruiz, Jovane, Xico Geraldes e Domingos Duarte) e dois golos marcados. Um 3-5-2, portanto, embora Jesus vos vá querer convencer que foi 3-4-3, o que até faria sentido se Alan Ruiz tivesse cumprido o seu papel. Análise um-a-um dos nossos confrades envolvidos em uma página pouco lustrosa do Sporting. Como quem (es)cala consente, as notas serão atribuídas em escala musical, para que todos tenham consciência de que representam um clube que tem bem presente na sua memória os saudosos "Cinco Violinos".

 

"Les uns"

Azbe Jug - Decididamente, não se consegue libertar do Jug(o) do imprescindível Rui Patricio. Sofreu o primeiro golo, num penalty marcado em "super slow motion" que até parecia que estávamos a assistir à repetição, demorando uma eternidade a cair, como se a relva representasse uma cama de faquir pouco convidativa a grandes aventuras. No segundo, foi delicadamente à bola, não a querendo magoar, acabando por permitir que, nas suas costas, uma raposa suiça violasse o seu galinheiro. Com os pés, mostrou a elegância de uma girafa aterrorizada a atravessar a A2 em dia de entrada de férias. Para terminar, hesitou no tempo de saída no terceiro golo como se, ao longe, tivesse observado um sinal vermelho. Uma lástima!

Nota: (meteu)DÓ

Piccini - É certo que para esta posição Jesus tem um "esqueleto" (Schelotto) escondido no armário (em Alcochete), mas em época estival "Piscina" não foi suficiente, tal a afluência de banhistas suíços a mergulhar na Sua área. Para compensar, meteu água, de forma a manter o nível nos limites habituais.

Nota: RÉ(u)

Tobias Figueiredo - Já dizia Shakespeare, em tom premonitório, que Tobias ou não Tobias era a questão. Menos dado a questões de erudição e não querendo responder à questão, Jesus, salomonicamente, optou por 3 centrais, incluindo-o no lote. Foi abalroado, em excesso de velocidade (provavelmente vindo do Urban), pelo nosso velho conhecido Van Wolfswinkel, e o árbitro marcou penalty (!?). Salvou um golo certo quando desviou uma cabeçada para a baliza, com Jug já a posar para a foto hesitante em sair dos postes.

Nota:Mi(upe) quando tem de pôr a bola na frente.

Coates - O homem parece uma representação do que já foi, um holograma. Será que está lá o nosso Ministro da Defesa? Tendo o nosso paiol sido assaltado da forma que foi (segundo registo oficial desapareceram três frangos já obsoletos, eslovenos, sem valor comercial)...

Nota: Mi(ragem), não pode ser o grande Coates.

Mathieu - Ficou nas covas na maior parte dos lances. Mostrou boas qualidades no Valência e Barcelona, mas tal como a sua homónima Mireille, já não está para grandes cantorias.

Nota: RÉ(u)

Jonathan - A táctica dos 3 centrais pretende 2 laterais ofensivos, ora o argentino é mais "bolos", quando chega à linha de fundo contrária já vem acompanhado de uma bilha de oxigénio e de um desfibrilhador.

Nota: (sem)DÓ, (nem piedade)

Petrovic - Aquela posição requer um PetroMAX, que ilumine toda a equipa, o que não se tem visto. Resultou no Rio Ave, pois Caxinas fica por ali e um PetroMax é sempre estimado na pesca.

Nota: (será das) MI(algias)?

Bruno Fernandes - Mais uma vez, um dos melhores em campo, embora a disparar à baliza esteja ao nível de um João Moutinho. Critério no passe e nas suas acções, o que hoje foi uma raridade. Para nossa sorte, ainda vai demorar algum tempo a desaprender o que lhe ensinaram em Itália.

Nota: FÁ (comme si, comme ça)

Podence - O melhor em campo, embora continue a falhar na decisão. Parece um fórmula 1 inserido num Mundial de Ralis, a percorrer a classificativa de Fafe-Lameirinha. Quando conseguir trajectórias limpas vai ser impagável.

Nota: SOL(itário)

Alan Ruiz - Mandaram-no para a esquerda(?) e o homem não deve ter a direcção ajustada pois sempre foi derivando para o meio. Aí, acabaria por abalroar um adversário e o árbitro marcou... penalty. Um clássico, neste jogo. No resto, esforçou-se por mostrar não estar comprometido com o projecto.

Nota: DÓ(berman), precisa-se.

Bas Dost - O bombardeiro, o carteiro que entrega sempre a correspondência e que nunca merece um exame demasiadamente rigoroso. Um golo de penalty. Parece que foi Jesus que lhe ensinou, o outro, o de Nazaré, estão a ver?

Nota: FÁ(cil) para ele é marcar golos.

 

"... Et les autres "

Bruno César - Com esse apelido, tinha tudo para ser o Imperador da equipa, não fora o seu jeito pesadão e o facto de Jesus (este) o pôr a pregar em freguesias onde não se encontra recenseado. Defesa esquerdo? A sério?

Nota: MI(serável) a defender, apostou naquilo que melhor tem, o remate, e queimou as mãos do guardião suíço

Mattheus Oliveira - Tira hipóteses a Gauld, como "8", e a Xico Geraldes, como ala, Merece? Não! Mas, o que é que isso interessa? Jesus parece interessado na saga "My little pony(tale)", o que fazer? Dizem que é bom na bola parada, principalmente antes de o jogo começar... Ainda assim, à atenção de Nuno Dias (podia sempre entrar, marcar livres e saír).

Nota: DÓ(I) só de o ver jogar...

Battaglia - Apesar de tudo, um dos melhores. Conseguiu desarmar e assistir Podence na direita, tudo na mesma jogada. No estado em que estamos, um feito!

Nota: FÁ(z) os mínimos exigíveis a um jogador do Sporting.

Doumbia - Parece estar em descanso, depois de umas boas impressões no primeiro jogo.

Nota: MI(tico) quando ganhar a forma.

Iuri Medeiros - Estava já meio caminho andado para justificarem recambiá-lo pela quarta vez quando o homem se destacou em dois momentos: num primeiro, desmarcação brilhante na esquerda para... pois, Bruno César, que deixou a bola sair; seguidamente, centro primoroso da direita para Matheus Pereira empatar o jogo.

Nota: SOL que nos alimenta o dia.

André Pinto - Mostrou alguma condução de bola, mas também algumas faltas desnecessárias em confrontos com avançados. Jesus não lhe deu tempo suficiente para errar muito.

Palhinha, Matheus Pereira, André Geraldes, Pedro Silva e Gelson Dala - Não se faz, os homens já prontos para entrar no banho e Jesus manda-os para dentro de campo. Palhinha entortou e viu-se à direita, Geraldes assistiu para golo... do adversário, Pedro Silva e Dala não tiveram tempo, Matheus deixou Jesus com um problema, marcou um golo. O mais certo é não voltar a jogar tão cedo, que isto do karma é...

Notas "(Força Sporting olé) LÁ,(la, la, la, la)" e SI(m)! não foram atribuídas por não serem merecidas por ninguém.

 

Tudo ao molho voltará (espera-se), com melhores notícias.

SL


comentar
26 comentários:
De MB a 16 de Julho de 2017 às 03:57
Depois do Palhinha andar com o guiao errado...
Francisco Geraldes e Ryan Gauld andam com a partitura errada.


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 04:04
Paulinho Gama, o nosso carismático Técnico de Equipamentos, agradece o apoio que Leonardo Ruiz e Gauld têm dado a carregar os sacos das bolas de treino :) Já Xico Geraldes, mal chegue a Lisboa, prepara-se para carregar sacos de livros do Saramago :)
SL


De Leão da Estrela a 16 de Julho de 2017 às 09:29
Excelente postal musical Pedro, um SI para si.
Espero continuar a ler crónicas tão melodiosas nos próximos tempos, mas, se possível, com tons mais altos na escala...


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 10:18
Si, si , por supuesto! Também eu, Leão, também eu. Não podemos ser acriticos quando há muitas coisas que não percebemos e que nos relembram a construção da última época. Obrigado pelas suas gentis palavras.
SL


De Carlos Siva a 16 de Julho de 2017 às 10:00
Falemos então de musica. Ontem o Nabucco proporcionou-nos um triste coro de escravos de verdi.


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 10:31
Caro Carlos, escravos do (in)sucesso somos nós, após 15 anos sem ganhar e um treinador milionário a por a equipa a jogar de uma maneira que deixa os adeptos Verdi. E depois, ainda há quem ache que não se deve dizer nada. Isto não é a Dama das Camélias porque se não a ópera seria Lá Traviata, os adeptos podem e devem transmitir o que sentem e, no mínimo, obterem explicações. O treinador deveria ir à Sportingtv explicar o que anda a fazer, o que vê em Mateus com 2 Ts para jogar mais do que Mateus com umT, porque é que Geraldes não tem hipóteses e Gauld nem para carregar os equipamentos parece servir...
Obrigado pelo seu erudito comentário, mas Opera e o jogo de ontem estão nos antípodas. Só se for, Opera Bufa


De Carlos Silva a 16 de Julho de 2017 às 11:44
Caro Pedro Azevedo, sim, sim, deve ser essa da tal de Bufa !
Não imagina quantas vezes eu bufei ao ver aquela porca miséria. Mais uma vez, a alegria atenuante veio dos vizinhos do lado. E para continuar ao som da música, eles bem cantavam - "Venham mais cinco, de uma assentada....


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 13:36
...eles gostam de promover a formação, vai daí levaram 5 dos "rapazes novos" (Young Boys). Tudo em nome da FORMAÇÃO powered by Seichelles...


De Carlos Silva a 16 de Julho de 2017 às 15:05
Se levaram cinco dos Young Boys, se os outros jogassem com os adultos, o tri-sócio teria de fretar o camião, para trazerem as bolas todas. Moral da história. As vacas suíças são mais fortes e dão mais leite, que as carnidenses.


De Sporting Sempre a 16 de Julho de 2017 às 10:28
Estavam Palhinha no Belenenses, Gauld e Geraldes no Setubal, Podence e F.Geraldes no Moreirense a serem titulares em equipas da 1ª Liga, jogarem bem e alguns os melhores em campo. A valorizarem-se e a dar alegrias ao Sporting tirando pontos a adversários.

Regressaram à base para terem poucas ou nenhumas oportunidades, regredirem como jogadores (mesmo Podence continua com as virtudes e defeitos do costume, e sem se especializar em nenhuma posição) e preparam-se quase todos para serem corridos do plantel principal.

Quanto vale Gauld agora ? Quanto poderia valer ?

Isto não cheira a gestão danosa ? E quem é o responsável ?



De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 10:37
Sporting Sempre, o que há é um treinador que parece estar num braço de ferro com alguém, que está sempre insatisfeito com o plantel e sempre à procura de mais um veterano disponível no mercado, um treinador que não melhora tanto assim os jogadores como se diz. Aliás, ainda estou à espera daquela versão William 2.0 powered by Jesus. Powered nao, apre...


De Sporting Sempre a 16 de Julho de 2017 às 11:02
Quem quer ver William no seu melhor vê os jogos da selecção. No Sporting vemos muitas vezes uma nova versão do Thomas, um inglês entradote que passou pelo Benfica...


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 13:40
Concordo com o que diz e acrescento: não se pode criticar o treinador? O treinador é pago (e bem) para aguentar a pressão, não me venham com balelas. "Comes with the territory", dizem os ingleses, que nestas coisas dão-nos lições. Pressão é chegar a casa e não ter como alimentar os filhos, o resto é trabalho e, ao nível a que está Jesus, era o que faltava não poder ser avaliado pelos adeptos, sócios e simpatizantes do clube.


De JHC a 16 de Julho de 2017 às 10:48
Caro Pedro Azevedo,
Faz muito bem o papel de polícia bom em relação ao Pedro Correia!
Quero deixar um pedido de desculpas ao Pedro Correia pela forma como respondi está madrugada aos seus comentários.
Hoje, mais calmamente, enquanto vou visitar alguns amigos sportinguistas na Póvoa de Varzim, vou acrescentar alguns pontos a discussão, de forma positiva.
JJ retirou deste jogo todos os apontamentos que não conseguiu com o Valência, visto que naquele jogo nenhum dos nossos jogadores estava ao nível físico capaz de corresponder. Quem jogou sabe do que estou a falar. Ilações para JJ: "bola".
Neste jogo com o Campeão Suíço, que está praticamente na fase final pois para semana já é a sério, JJ testou os modelos tácticos que a partida irá utilizar e observou os jogadores que não conhece com mais pormenor.
Não vou dissecar os suplentes e possíveis dispensados. Os erros são normais com o desgaste da pré-epoca, mas há erros de falta de qualidade.
Os passes falhados de Piccini são fruto da falta de conhecimento das movimentações dos companheiros. Os erros nos passes de Podence são normais e fazem parte da sua aprendizagem.
A entrada de muitos jogadores no decorrer da partida traz quebras sabidas á qualidade do jogo.
Apenas quando regressarem Patrício, Beto, Adrien, William e Gelson teremos a oportunidade de ver o Sporting da próxima época.
A equipa de ontem jogou incompleta pela ausência dos Campeões Europeus contra uma equipe que já está completa e pronta a competir.
Tenham paciência e defendam o nosso clube. Já basta os rivais para tentar nos humilhar. Não precisamos ajudá-los, precisamos?
SL


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 11:09
Caro JHC,

O meu único papel aqui é o de Aprendiz de Feiticeiro (não confundir com Nhagas), pois sou novato nisto e devo ao Pedro e aos outros autores do ÉS A NOSSA FÉ a oportunidade de aqui escrever livremente.
O que me seduziu neste blog, desde a primeira hora, foi essa liberdade de expressão dentro de parâmetros de urbanidade. Ora, liberdade é uma coisa, ser responsável é outra, mas acredito que se pudermos evitar um acidente temos a obrigação cívica de o tentar. Só em Portugal, parece haver pruridos de alguém expressar uma opinião, ficando logo conotado com o espírito dos nossos adversários. É o situacionismo, algo que nada me apraz e com que tenho lutado na minha vida. As coisas estão mal, há um défice muito grande de explicação aos adeptos e isso tem de ser corrigido. Os adversários, a mim, não me humilham nada. Respeito todos aqueles que são independentes, os que seguem uma cartilha, positivamente, ignoro.
Pense bem quem nos humilha. Não devemos ir do ocho para o ochenta e ocho, mas se não houver explicações, o mal estar vai aumentar. Até porque a época passada foi muito pouco recomendável, a todos os títulos. Quero acreditar que o presidente Bruno de Carvalho está atento.


De JHC a 16 de Julho de 2017 às 12:00
É essa liberdade que distingue este blog.
O meu excesso por vezes deve-se ao meu amor pelo Sporting e por compreender que nos últimos 15 anos têm sido cometidos erros que nos impedem de sermos Campeões, parte do clube mas também por parte dos adeptos.
Mudamos de presidentes, de treinadores, de jogadores. Nós fomos sempre os mesmos e penso que chegou a altura de sermos um Só. Somos feitos de Sporting e o Sporting somos nós. Portanto se não somos Campeões também é por nossa culpa.
Se em jogos de pré-epoca já pomos a tudo em causa e e pedimos o despedimento do treinador, vamos fracassar...


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 14:00
Caro JHC,

Não são os resultados e a falta de elasticidade de alguns jogadores que me preocupa, mas sim ver como a gestão do plantel é feita. Lançam-se jogadores ainda sem capacidade para entrar na equipa e deixam-se outros, já mais experientes, sem oportunidades. São estas cortinas de fumo, estas apostas para "inglês ver" que me deixam revoltado. Já vi este filme em que o navio afunda e a orquestra continua animadamente a tocar...


De miguel c a 16 de Julho de 2017 às 12:59
Obrigação cívica de evitar um acidente ...


De JHC a 16 de Julho de 2017 às 13:59
Nem mais


De miguel c a 16 de Julho de 2017 às 15:19
De facto, nisto da bola, é frequente a malta da bancada prevenir acidentes. Boa sorte nessa seguramente consequente, e acima de tudo humilde, tarefa correctiva à pré época do SCP e às asneiras do JJ.


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 16:23
Caro Miguel C., de facto, uma andorinha não faz a Primavera, mas também voa. Quem também voa são as aves de rapina. Já quem qualifica de "asneiras de JJ" é o senhor, eu apenas falei em "explicações " que os sócios merecem ouvir para compreender melhor o que se passa. Trata-se de comunicar bem e um acto de respeito e de humildade para com os socios, o mesmo respeito e humildade que me faz comentar um post que trunca elementos só para fazer uma afirmação de soberba. Humildemente, claro. Boa sorte!


De miguel c a 16 de Julho de 2017 às 19:28
Humildade já se viu por aqui mais. Soberba via-se menos. Da minha parte é garantido que não se verá por aqui mais nenhuma das duas. Fiquem em paz.


De JMA a 16 de Julho de 2017 às 22:25
Excelente post. Com grande criatividade e acerto na análise. Não é para todos. Parabéns. SL


De Pedro Azevedo a 16 de Julho de 2017 às 23:21
Muito generoso da sua parte, caro JMA, os meus agradecimentos a si e a toda a equipa que produz o ÉS A NOSSA FÉ. Um abraço


De Francisco Chaveiro Reis a 17 de Julho de 2017 às 14:39
Nunca consegui perceber a contratação de Jug. Nem na B tem lugar. Fez péssima pré-época no ano passado e pior, neste. Para isto, mais valia Pedro Silva e Max.

Também não percebo como se dispensa Schelotto e Esgaio e se empresta Baldé quando Piccini e Geraldes dão indicações que são ainda piores.

Com Bruno César e Acuña já adivinhamos que Matheus Pereira vá ser emprestado. E acho bem que o seja. Precisa de jogar para voltar para ser titular.

Para quê contratar Matheus Oliveira, que até tem mostrado bons pormenores? Só veio tapar Geraldes.



De Pedro Azevedo a 17 de Julho de 2017 às 14:46
Questões bem pertinentes, Francisco, com as quais concordo quase na totalidade. No caso de Mama Baldé, do que vi, parece-me verde. Perder bolas no seu próprio meio-campo não é aconselhável para uma equipa com aspirações. Deve rodar na B, este ano, e depois ser emprestado a um clube da primeira Liga, no próximo ano. De resto, estamos juntos, não percebo a contratação de Mattheus Oliveira e não sei o que se passou com Schelotto, que tinha muita garra, apesar de a bola atrapalhar bastante...


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Tudo ao molho e FÉ em Deu...

Gostei!

Quatro em onze

Esta época, eis a primeir...

Bruno Fernandes e Bas Dos...

Bonito é metê-la lá dentr...

Recordar - Vítor DAMAS

Hoje giro eu - o meu ONZE...

Os nossos comentadores me...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

balanço

jorge jesus

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

godinho lopes

futebol

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds