31 Mai 17
Bons negócios e maus negócios
Francisco Almeida Leite

Rodrigo Battaglia, do Braga, vem para Alvalade a troco de 3,5 milhões de euros. De Alvalade saem Esgaio (a título definitivo) e Jefferson, emprestado por um ano. Não discuto o custo do passe porque não sei o valor de mercado do jogador argentino, mas confesso que me custa ver sair Esgaio sem que lhe tenha sido dada uma hipótese séria de ser titular. Espero que seja um bom negócio mesmo.


comentar ver comentários (18)
27 Mai 17

comentar ver comentários (15)
24 Mai 17
Boas notícias
Pedro Correia

 

Iuri Medeiros com lugar garantido no plantel na próxima temporada.

 

Alan Ruiz acelera recuperação física na Argentina.

 

Petrovic incluído na lista de dispensas do Sporting.

 

Direcção leonina prepara-se para vender Bryan Ruiz: 5 milhões já bastam.

 

 

 


comentar ver comentários (34)
13 Mar 17
Segurar Bas
Alexandre Poço

Numa época pouco reluzente, Bas Dost é dos melhores da Europa (a um golo de Lionel Messi). 22 golos na liga em 25 jogos, 47% do golos marcados pelo Sporting no campeonato. Na média por jogo, só fica atrás de Mário Jardel (2001/2002). Duas notas emergem deste panorama: a primeira para constatar que numa época boa, com o Sporting a lutar pelo título até ao fim do campeonato, Bas arriscava-se a andar a lutar com os recordes de alguns dos melhores goleadores da história do Sporting. A segunda é para relembrar que é fundamental manter Bas Dost na época 2017/18. Será pedra fundamental no 3a tentativa de Jorge Jesus nos dar o tão almejado título. 


comentar ver comentários (8)
16 Fev 17
E vão três
Pedro Correia

Começou no andebol, prosseguiu na equipa B do futebol, já alastrou ao hóquei em patins. Demissões em série perante maus resultados que têm deixado os adeptos francamente insatisfeitos.

É Inverno mas está a ser um mês escaldante em Alvalade.


comentar ver comentários (14)
15 Fev 17
Já foi tarde
Pedro Correia

Doze jogos seguidos sem vencer. Mais uma derrota, desta vez frente ao Varzim em Alcochete. João de Deus já não tinha condições de se manter à frente do Sporting B, como salientei aqui há dois dias.

Sai tarde de mais, deixando a equipa em penúltimo lugar na classificação - em lugar de despromoção - após um percurso para esquecer. Ou para lembrar. Para que não volte a repetir-se.


comentar ver comentários (12)
26 Dez 16

Com o Sporting prematuramente afastado das competições europeias, temos jogadores a mais e uma folha salarial demasiado pesada.

Quem devemos dispensar já em Janeiro?


comentar ver comentários (54)
31 Ago 16
"Sli-Sli-Slimani"
Pedro Correia

19871532_a5qK5[1].jpg

 

Domingo passado fui um dos mais de quarenta e cinco mil sportinguistas que gritaram em uníssono "Sli-Sli-Slimani" em Alvalade enquanto o grande avançado argelino, marcador de 31 golos na época passada em competições oficiais pelo Sporting, se despedia emotivamente dos adeptos, abandonando o relvado entre lágrimas compulsivas.

Saía no momento certo e da melhor maneira: antes de se despedir com lágrimas despediu-se com um último golo, que contribuiu para a vitória da nossa equipa em mais um clássico. O sexto que marcou ao FC Porto em pouco mais de três épocas com a camisola verde e branca.

 

O percurso de Islam Slimani no Sporting chega hoje ao fim com a transferência - já confirmada com chancela oficial - para o Leicester, actual campeão inglês, em estreia absoluta na Liga dos Campeões.

Uma transferência que constitui o melhor negócio de sempre do futebol nacional: um jogador que custou aos cofres leoninos apenas cerca de 300 mil euros por 80% do seu passe ruma agora a Inglaterra a troco de 35 milhões de euros.

No Sporting, sob o comando sucessivo de Leonardo Jardim, Marco Silva e sobretudo Jorge Jesus, o técnico que mais soube potenciar as qualidades deste futebolista que trabalha como poucos e tem uma invulgar fome de golo, Slimani valorizou-se a níveis que ninguém suspeitaria ao vê-lo chegar, em Agosto de 2013.

Enuanto permaneceu connosco, o nosso número 9 - melhor marcador sub-30 da Liga 2015/16 e actual titular indiscutível da selecção da Argélia - viu a sua cotação multiplicar-se 116 vezes. O que só comprova a excelência do Sporting como fábrica de campeões. Agora não apenas no plano desportivo mas também no plano financeiro.

 

Esta partida do nosso ponta-de-lança para o Leicester constitui a vitória do mérito. E é também a vitória da persistência de Bruno de Carvalho, que soube resistir às investidas iniciais daqueles que pretendiam levar Slimani por quantias bastante inferiores ao seu valor real de mercado. Com o mais simples método negocial: sem apertos de tesouraria, o presidente do clube que a 10 de Julho viu Portugal sagrar-se campeão europeu com quatro dos seus jogadores em posições titulares deixou claro que só consentiria na saída dos principais activos leoninos pelo valor da cláusula de rescisão.

Trinta milhões, no caso de Slimani.

O Leicester não só cobriu a cláusula, que aliás caducara em Junho, como a superou: o argelino que tão bem demonstrou ter alma e fibra de Leão viaja para Inglaterra por valores que nem o mais optimista imaginava há pouco tempo. E sem necessidade de recorrer aos préstimos do mega-empresário Jorge Mendes, como aliás já sucedera dias antes, ao concretizar-se a saída de João Mário.

Prova inequívoca de que também no mundo dos comissionistas da bola ninguém é insubstituível.

 

É este, pois, um momento triste - aquele em que vemos partir o homem que tantas alegrias nos deu com os golos marcados de verde e branco. Mas é também um momento alegre ao confirmar-se que esta saída faz ascender a 80 milhões de euros (somando-a aos valores das transferências de João Mário e Naldo) o montante registado nas parcelas de crédito leonino neste mercado estival. Que para nós foi o mais proveitoso de sempre.

Orgulho-me de ter sido um dos muitos milhares que gritaram "Sli-Sli-Slimani" em Alvalade ao cair da noite de domingo. Islam Slimani bem mereceu esta homenagem que lhe fizemos em forma de grito emocionado.

 


comentar ver comentários (60)
30 Ago 16

19868640_gDwjW[1].jpg

 

O que interessa de momento sublinhar é isto: Adrien Silva mantém vínculo ao Sporting até 2020, conforme ficou estipulado em Fevereiro. Mais quatro anos de ligação contratual a Alvalade, portanto.
As saídas não acontecem à la carte, por vontade arbitrária e unilateral dos jogadores ou pressões de agentes e empresários, espezinhando os contratos em vigor: acontecem por vontade das partes com interesses legítimos e atendíveis, respeitando escrupulosamente os direitos dos clubes - neste caso o Sporting, enquanto entidade formadora e empregadora. Por mais entrevistas que alguns concedam dizendo que gostariam de mudar de ares.
Se as saídas acontecessem a pedido, não haveria gestão possível em clube algum.

Por outras palavras: Adrien só sairá antes do prazo definido contratualmente quando e se a direcção entender, calibrando os interesses financeiros com as ambições desportivas do Sporting. A menos que o clube que pretenda levá-lo cubra a cláusula de rescisão. Que neste caso ascende a 45 milhões de euros.
Como capitão leonino, ele tem a obrigação de saber isto melhor do que qualquer outro jogador.


comentar ver comentários (62)
27 Ago 16

phpThumb[1].jpg

 

Já confirmado oficialmente: João Mário vai ser jogador do Inter, com um contrato de cinco anos. Consuma-se assim a mais valiosa transferência de sempre de um jogador português a actuar no nosso campeonato. João Mário Eduardo, um dos indiscutíveis valores forjados na Academia leonina, campeão europeu de futebol, transfere-se aos 23 anos para o histórico clube italiano por 45 milhões de euros - incluindo cinco milhões por objectivos.

Deixando a grande distância aquela que era até agora a mais proveitosa venda do Sporting: a de Nani, em 2007, por 26,5 milhões.

 

Gostaria que João Mário - que permaneceu 14 anos de verde e branco, desde as nossas escolinhas infantis - tivesse continuado em Alvalade. Mas reconheço que esta transferência ocorre nas melhores circunstâncias para as duas partes - jogador e clube. Terminou o tempo em que a Academia leonina formava jogadores e via-os partir demasiado cedo, quase sempre por tuta e meia, sem lucrar com eles nem no plano financeiro nem no plano desportivo.

Enfim, um monumental golo marcado por Bruno de Carvalho, que continua a defender com profissionalismo e competência os interesses do Sporting Clube de Portugal. Ao invés da gestão de Godinho Lopes, que em 2012 vendeu irresponsavelmente 25% do passe de João Mário por 400 mil euros a um fundo de investimento. A troco de tão modesta quantia, e sem nada ter feito de relevante pelo jogador, esse fundo prepara-se agora para empochar 11,25 milhões - como se lhe saísse o totoloto e o euromilhões ao mesmo tempo, graças aos préstimos da anterior direcção, que tanto fez para afundar o Sporting.

 

Boa sorte, João Mário: bem a mereces. Continuarás a ser Leão de corpo e alma.


comentar ver comentários (6)
01 Ago 16
Um mês
Alexandre Poço

Dentro de um mês, os principais mercados de transferências estarão a fechar. Até lá, a expectativa sobre o que podemos fazer na época 2016/17 é ainda incerta. Quem sai, quem substitui, quem NOS paga os reforços, etc. Nos últimos anos, não me lembro de um começo de época assim, com tanto a poder mudar com a saída de 2/3 atletas. Se o presente está assim, só o está porque o passado recente tem sido digno de boa nota. De outra forma, ninguém quereria levar uns cepos. Para rematar, dizer que são bons, têm qualidade e ajudam muito o Sporting. Se ficarem, ficaremos mais fortes, mais próximos dos objetivos. Se saírem, não sendo o Apocalipse verde-e-branco, a época será, com certeza, mais difícil. 


comentar ver comentários (3)
01 Fev 16
Obrigado, Tanaka
Pedro Correia

TO0D3Z22.jpg

 

Por aquele monumental pontapé livre que no último instante do jogo nos valeu três pontos em Braga no campeonato passado.

Eu não esqueço.

Sayonara!


comentar ver comentários (10)
Obrigado, Montero
Pedro Correia

16452954_Qh3Tr[1].jpg

 

Pelos belos golos que marcaste em quase três épocas no Sporting. Desde os três petardos que enfiaste ao Arouca, no jogo inaugural da Liga 2013/14, ao último encontro de verde e branco, há escassas 48 horas, que nos rendeu a vitória frente à Académica. Passando pela preciosa ajuda que nos deste para a reconquista da Taça de Portugal após sete anos de jejum.

Eu não esqueço.

Hasta la vista!


comentar ver comentários (8)
20 Mai 15

A boa campanha europeia do Sporting, a presença na final da Taça de Portugal e a regularidade evidenciada no campeonato - onde somos, de momento, a equipa com menos derrotas e já nos qualificámos para as pré-eliminatórias da Liga dos Campeões 2015/16 - tem valorizado os jogadores leoninos.

Eis alguns:

 

Rui Patrício - Já com mais de oito mil minutos na nossa baliza, está a ser alvo de clubes europeus de grande dimensão. Com destaque para o Liverpool (Inglaterra) e Borússia de Dortmund (Alemanha).

 

Cédric - Cobiçado sobretudo por clubes alemães. O Bayer Leverkusen procura contratá-lo. O Schalke 04 já ofereceu cinco milhões de euros pelo nosso lateral direito. Mas Itália também está atenta: o Nápoles anda igualmente de olho nele.

 

Miguel Lopes - Pode rumar a Inglaterra. O Tottenham admite tê-lo nas suas fileiras já no Verão. O Queen Park Rangers também equaciona contratá-lo. Mas começa a ser associado igualmente ao Bétis, em Espanha.

 

Jefferson - O lateral esquerdo titular do Sporting acabará mesmo por rumar ao Dínamo de Kiev? Ao que consta, os ucranianos estão disponíveis para abrir os cordões à bolsa, pagando por ele quatro milhões de euros.

 

Jonathan Silva - Itália será o seu destino? O nosso lateral esquerdo argentino está na lista de preferências do Torino. E pode rumar também ao Génova, sempre por empréstimo. 

 

William Carvalho - O  Arsenal destaca-se entre os clubes estrangeiros que pretendem o nosso médio defensivo. E estará até disposto a desembolsar 30 milhões de euros por ele. A confirmar-se, seria o melhor negócio de sempre do Sporting por um jogador. Mas o Liverpool também estará na corrida. E talvez também a Juventus.

 

Capel - É provável que vejamos o extremo andaluz partir rumo a um clube turco. O Fenerbahçe já terá feito chegar a Alvalade uma proposta a rondar os 5 milhões de euros.

 

Carrillo - Se não permanecer no Sporting, como todos gostaríamos, pode ter destinos tão diferentes como Espanha ou Alemanha.  ValênciaHamburgo já mostraram interesse pelo peruano. Mas talvez a corrida acabe por ser ganha pelo Inter: falta acertar preço. Que poderá ser 12 milhões.

 

Slimani - O nosso melhor ponta-de-lança é cobiçado pelo menos por cinco clubes: West Ham, Crystal PalaceSchalke 04,  Bayer Leverkusen  e Trabzonspor. O presidente leonino já deixou claro que não autorizará a saída do argelino por menos de 15 milhões de euros

 

Montero - O colombiano poderá igualmente deixar Alvalade pela porta grande: é cobiçado pela Lazio. Pelo menos um jornal menciona que esta transferência pode render 10 milhões de euros aos cofres leoninos. 

Texto actualizado


comentar ver comentários (89)
25 Abr 15
Os outros golos
Pedro Correia

William Carvalho pode sair do Sporting para o Arsenal por 30 milhões de euros. Dois meses depois de o presidente Bruno de Carvalho ter recuperado a totalidade do passe do nosso médio defensivo, formado na Academia de Alcochete.  A confirmar-se a saída de William por estes números, constituirá um novo recorde absoluto em valor de transferência de um atleta leonino. 

 

Slimani é cobiçado pelo menos por três clubes: West HamCrystal Palace e Trabzonspor. Mas o presidente leonino deixa claro que só autorizará a saída do argelino por menos de 15 milhões de euros. O maior goleador deste Sporting 2014/15, recorde-se, custou-nos apenas 300 mil euros - cifra paga há dois anos ao CR Balouizdad, um clube da Argélia. Raras vezes um jogador foi tão valorizado em Alvalade.

 

Também neste domínio marcamos golos: o domínio da gestão financeira, inseparável da boa gestão desportiva. Tem sido assim nos últimos dois anos. É neste rumo que queremos prosseguir.


comentar ver comentários (8)
28 Jan 15
Ponto da situação III
Edmundo Gonçalves

Maurício cedido à Lázio;

Ewerton contratado por empréstimo até final da época com opção de compra por verba já definida;

Ricardo Esgaio e Cissé, emprestados à Académica, até final da época;

Os B's:

Iuri Medeiros e Fabrice Fokobo, emprestados ao Arouca;

Filipe Chaby, emprestado ao União da Madeira;

Baldé, emprestado ao B.Castelo Branco;

Enoh, emprestado ao Leixões.

Todos até final da época.

E ainda:

Manafá, cedido a título definitivo ao Beira-Mar, com 50% duma futura venda;

Zihao Yan, rescisão por mútuo acordo.

Diego Rúbio e Zezinho regressam sendo reintegrados nesta equipa.

 

Que sejam muito felizes, principalmente os que continuam ligados ao Sporting e que cresçam, para regressarem mais jogadores e com mais argumentos para integrarem a equipa principal.


comentar ver comentários (2)
02 Jan 15

Fica a pergunta a todos os nossos leitores: que jogadores do Sporting devem sair do plantel já em Janeiro, por venda ou empréstimo?


comentar ver comentários (18)
14 Ago 14

Estes. E mais estes.

Tags:

comentar
03 Ago 14
Nunca mais
Pedro Correia

Nenhum jogador oriundo dos escalões juniores ou da equipa B deve voltar a ser lançado no onze principal do Sporting sem que a direcção do clube reveja a situação contratual desse atleta. Para proteger os interesses leoninos. Porque as proclamações de amor eterno a Alvalade feitas por alguns dos jovens oriundos da nossa academia eclipsam-se por vezes com uma rapidez estonteante por acção conjunta de familiares, advogados, agentes, empresários, manchetes da imprensa e alguns adeptos que preferem endeusar os meninos mesmo quando lesam o clube que os fornou.


comentar ver comentários (2)
01 Ago 14
A novela Dier
Antonio Figueira

"Os jogadores vão e vêm, o Sporting fica" - disse Mauro Silva e acho que disse tudo. Na novela Dier, há uma única coisa a criticar: a cláusula dos 5 milhões, por não defender os interesses do clube. Quanto ao resto, acho que não tem sentido, nomeadamente a acusação de "ingratidão" à família Dier. O puto é inglês, é suficientemente bom para jogar na Premier League e tem hipótese de sair a um preço que o torna interessante para um grande clube local: não devia aproveitar? Entre jogar no fim-de-semana com o Rio Ave ou o Carnide (sem desprimor) e jogar com o Man U ou o Arsenal, qual é dúvida? Estamos a falar do Association do tempo do Visconde ou do futebol profissional dos dias que correm? Deixemo-nos de ingenuidades, façamos contratos de jeito com os jogadores da formação e arranjemos alguém para o lugar deste jovem (coisas que a Direcção já tratou de fazer). E não vale mais a pena chorar sobre o leite derramado - se não para não o entornar outra vez.


comentar ver comentários (2)
31 Jul 14

«O Sporting Clube de Portugal, Futebol SAD, informa que, no decorrer do corrente mês, encetou negociações com o atleta Eric Dier para a renovação do seu contrato de trabalho.

Inesperadamente, a Sporting, SAD foi confrontada, pelo pai e representante oficial do jogador, com um valor de aquisição por parte do Tottenham Hotspur, que remeteu a decisão da actual Administração para contratos assinados por Direcções e Administrações anteriores, que obrigavam a uma venda, do referido atleta, por um montante igual ou superior a 5 milhões de euros ou a igualar as condições salariais propostas, algo impossível devido à imprescindível manutenção da política salarial implementada e respectivo equilíbrio no seio do grupo de trabalho, da reestruturação financeira em curso e da necessária sustentabilidade do Clube.

Para além disto, a Sporting, SAD foi informada que mesmo igualando a proposta salarial, o jogador não desejava continuar, e mesmo que o Sporting obtivesse uma proposta superior, quer a nível de compra quer a nível salarial, que fosse de outro clube, o jogador não aceitaria.

Face às condicionantes expostas, a Sporting, SAD vem comunicar a alienação da totalidade dos direitos económicos do jogador Eric Dier ao Tottenham Hotspur, pelo valor de 5 milhões de euros líquidos, sem qualquer outro tipo de direitos futuros ou salvaguardas, em conformidade com os contratos anteriormente referidos.

Apesar do sucedido a Sporting, SAD deseja a Eric Dier as maiores felicidades na sua carreira.»


comentar ver comentários (8)
20 Mai 14

Além de lhe agradecer pelo trabalho feito, desejo os melhores sucessos desportivos ao nosso Leonardo Jardim. Tendo em conta o anunciado, o seu sucesso futuro significará mais receita para o Sporting. Já agora, esta não é melhor venda de treinador alguma vez feita (termos monetários) em Alvalade? 


comentar
23 Abr 14

«Pensar que o Sporting possa manter as jóias da coroa é uma utopia. Os sportinguistas que se desenganem: vai haver saídas de Alvalade. É absolutamente inevitável.»

Rui Pedro Brás, TVI 24, 19 de Abril


comentar ver comentários (6)
02 Fev 14
Hasta siempre
Pedro Correia

Jeffrén já vai tarde. Que seja feliz em Vallalolid. E que mande de lá saudades, que é coisa que cá não deixa.


comentar ver comentários (2)
02 Set 13
Os nostálgicos
Pedro Correia

Os mesmos que não ousaram um sussurro crítico quando a anterior direcção do Sporting, confrontada com prementes problemas de tesouraria derivados de uma gestão caótica, despachou Emiliano Insúa por 3,5 milhões de euros, rasgam agora as vestes, em uivos de pretensa dor, porque o jovem Tiago Ilori acaba de ser transferido para o Liverpool por mais do dobro dessa quantia.

Compreendo quase todo o tipo de nostalgias. Mas sentir saudades do pior período de sempre da história do Sporting é algo que escapa à compreensão de qualquer ser minimamente racional. Seja de que clube for.


comentar ver comentários (14)
01 Set 13
Tags: ,

comentar ver comentários (7)
31 Ago 13

comentar ver comentários (4)
20 Ago 13
Um por dia
Duarte Fonseca

A direcção do Sporting ainda terá que resolver, pelo menos, 12 problemas nos próximos 12 dias:

 

Bojinov, Boulahrouz, Pranjic, Onyewu, Turan, Jeffrén, Ilori, Bruma, Salomão, Evaldo, André Santos e Labyad.

 

É para mim óbvio que, além de Ilori e Bruma, nenhum destes nomes, nesta fase, interessam ao Sporting, quer desportiva quer financeiramente.

 

Fico perplexo quando leio notícias que dão conta da intenção de renovação dos contratos de Evaldo, Salomão e André Santos. Passando por cima do disparate Evaldo (até fica difícil argumentar...), há na equipa b jogadores muito superiores a Salomão e André Santos, pelo que aproveitando que estão no último ano de contrato, a melhor solução seria um empréstimo e um obrigado pelo que dedicaram ao Sporting. Onerar o Sporting com os seus salários nos próximos anos seria uma péssima decisão de gestão.

 

Para além destes problemas, ainda poderão aparecer propostas por Patrício e Capel. Más notícias. Muito importante mantê-los.


comentar ver comentários (2)
28 Jun 13

Um dos piores jogadores que já vi com a camisola do Sporting. Este, até dado era um bom negócio.


comentar ver comentários (6)
21 Jun 13
A sangria continua
Pedro Quartin Graça

Estrela da Cunha, Director das Instalações do Sporting; Carlos Miguel, Director e Responsável pela Segurança do Estádio de Alvalade e Diogo Salema, Responsável pelos relvados em Alvalade e Alcochete, três excelentes profissionais com anos e anos de dedicação ao clube, foram dispensados pela Direcção de Bruno de Carvalho. O Sporting, de novo, mais pobre.


comentar ver comentários (19)
25 Mai 13

O Notícias do Futebol avança esta tarde com uma notícia muito preocupante. Depois do corte de 50% nas modalidades, agora surge a dispensa de inúmeros funcionários, com um processo de despedimento colectivo no Sporting de mais de 100 funcionários, muitos deles com mais de uma década de serviço ao clube.

Para onde vamos?, interrogam-se agora muitos Sportinguistas, naturalmente preocupados com as consequências de uma saída desta monta de colaboradores do clube. Esta capa de "Record" volta a ganhar toda a actualidade.


comentar ver comentários (9)
14 Dez 12
Boas notícias
Tiago Loureiro

«Xandão, Gelson e Elias na porta da saída»

 

Uma boa notícia por três motivos: abre-se a porta de saída a jogadores que sempre se mostraram pouco mais do que medíocres, cria-se espaço para jogadores mais novos como Dier, Adrien ou André Martins e ainda se poupam uns trocos bem grandes. Mas perante a insistência de Vercauteren em dar a titularidade a Elias e as oportunidades concedidas a Xandão e a Gelson, das duas, uma: ou a notícia é falsa (o que é uma pena) ou o treinador anda pouco preocupado em preparar o futuro (o que é uma pena).


comentar ver comentários (2)
03 Set 12

Neste meu pontapé de saída no “És a nossa Fé!”, e na ressaca do fecho do período de transferências, decidi fazer uma pequena análise das alterações verificadas no plantel do Sporting. Entre partidas e chegadas, o saldo parece-me francamente positivo.

 

Longe vão os tempos da política de contratações/dispensas miserável e medíocre que não nos dava sequer motivos para grandes ilusões. Complementando a revolução de há um ano, parece-me que, esta época, o Sporting esteve exemplar no reforço da sua equipa, conjugando a satisfação das necessidades do plantel com a inevitável contenção financeira. Desde logo, satisfez-me ver o Sporting apostar em dois jovens da sua formação e que foram grandes destaques da época passada: Cédric e Adrien (que renove depressa!). Já o dinheiro gasto em transferências, para além de ter sido compensado com as vendas, parece bem aplicado: Rojo mostra ser o central que o Sporting há muito precisa e Viola promete ter um futuro brilhante (dois cenários que só o tempo confirmará).

 

Mas o mais louvável na actuação do Sporting no mercado tem que ver com as contratações conseguidas a custo zero (ou quase), por serem excelentes oportunidades de negócio ao alcance apenas de quem está atento. Desde logo Labyad, que parece ser dono de um talento inesgotável e que, bem trabalhado, vai dar um enorme jogador. Depois, dois jogadores experientes, internacionais (estiveram no último europeu) e polivalentes que, apesar de não chegarem rotulados de craque, chegam para emprestar ao plantel uma utilidade fundamental: Pranjic e Boulahrouz. De Gelson, confesso, é o que tenho menos expectativas.

 

Em sentido inverso, de todas as saídas, só há uma que me deixa verdadeira pena: Onyewu. Porque sempre mostrou ser um profissional exemplar e sentir a paixão que a camisola do Sporting merece, mas, essencialmente, porque é um excelente jogador, melhor opção que Xandão e Carriço. É uma saída que me custa bem mais do que as saídas de João Pereira (que tem a óptima consequência de abrir espaço para o Cédric) e de Matías (muito talento, pouca regularidade).

 

Outra das grandes notícias deste início de época foi a renovação de Rui Patrício, dado como certo fora de Alvalade até há umas semanas atrás, acompanhada por palavras dignas de quem enverga a nossa braçadeira.

 

Dito isto, e tendo em conta que para uma base substancial do plantel já é pelo menos o segundo ano no clube e os processos de adaptação - ao clube, ao país, ao futebol português e aos companheiros - estão completos, o Sporting tem obrigação de fazer bem melhor do que na última época. Assim saiba Sá Pinto usar estes novos ovos para fazer uma omelete melhor.


comentar ver comentários (4)
22 Jul 12
Chegadas e saídas
Alexandre Poço

Até ao momento, a política de contratações do Sporting para a próxima época parece acertada. Poucos reforços e apenas para posições em que a necessidade era por demais evidente. Veremos se confirmam créditos anteriores e expectativas habituais. Como é comummente afirmado, penso que o que falta ainda à equipa é um ponta-de-lança, isto fazendo fé que à direita, na defesa, Cédric, Arias e Pereirinha (titular no primeiro jogo nesta posição) dão conta do recado.

Em termos de contratações, parece existir uma certa preocupação nas nossas gentes com o número excessivo de jogadores, nomeadamente para jogar no miolo do campo. À partida, partilho destas preocupações, pois é preciso ter em conta a folha salarial, que deve ser contida face às restrições financeiras (esse esforço está a ser tido em conta e conseguido, veja-se a poupança de 5 milhões com a saída de alguns jogadores) e o desperdício que é ter jogadores valiosos na iminência de serem relegados para o banco de suplentes. Porém, se observarmos o que tem acontecido nos últimos anos no que toca aos suplentes, vemos que, em certos jogos, o banco do Sporting assustava pela clara falta de alternativas e ainda é preciso acrescentar a isto as ondas de lesões, que por exemplo, no ano passado, causaram mossa. Com um plantel em que as alternativas "não são de fugir" - como tem acontecido - os danos de situações como esta seriam minimizados.

Por outro lado, este número quiçá excedente de jogadores para a mesma posição está relacionado com a necessidade de vender. E será aqui o ponto crucial da pré-epoca do Sporting, saber quem sai. Se a contratar as coisas têm sido feitas com bom senso, estou curioso para saber o que acontecerá no que toca a saídas.

Jogadores cruciais, já saíram dois, Polga e João Pereira. O primeiro por não renovação e o seguinte na transferência para o Valência, por cerca de 3.6 milhões de euros. O Sporting conseguiu ainda vender o até então emprestado Valdés por 1.8 milhões ao Parma. É pouco e o clube terá de vender, pelo menos, mais um ou dois bons activos do plantel. Será este um dos pontos decisivos de toda a época 2012/2013 - saber quem sai e por quanto. A título de exemplo, se sair Rui Patricio, o Sporting perde, de uma época para a outra, 3 elementos titulares no sector defensivo (Patrício, Polga e J. Pereira), o que terá consequências no modo de jogar da equipa. Existem outras hipóteses (Matías? Izmailov?), mas sabendo nós que terão de ser jogadores que, de outra forma, não quereríamos que saíssem teremos de começar a pensar nesta realidade.

As saídas, ao contrário do que por norma acontece noutras épocas, serão o motivo de grande interesse (e preocupação) daquilo que resta até ao fim do período de transferências. 


comentar ver comentários (3)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Bons negócios e maus negó...

Revista de imprensa

Boas notícias

Segurar Bas

E vão três

Já foi tarde

Que jogadores devemos dis...

"Sli-Sli-Slimani"

Só sai quem a direcção qu...

A mais valiosa transferên...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds