Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Porta giratória

Sai Paulo Oliveira, Adrien parece já uma carta fora do baralho, Domingos Duarte volta a ser dispensado. O mesmo deverá acontecer a Tobias Figueiredo, João Palhinha, Matheus Pereira, Francisco Geraldes e Iuri Medeiros.

Hão-de vir ainda um extremo-esquerdo, um novo defesa central, um lateral direito, um novo médio defensivo e talvez outro avançado. Quase meia equipa, o que torna este estágio na Suíça pouco menos que inútil para criar automatismos e fomentar espírito de grupo.

Eis o Sporting neste início do terceiro ano do reinado de Jorge Jesus.

Oxalá me engane

Há um ano, o Sporting começou a perder o título ainda antes do apito inicial do campeonato ao deixar sair João Mário e Slimani, dois jogadores cruciais da temporada anterior.

Receio que este ano a história se repita na hipótese de Bruno de Carvalho deixar sair em simultâneo Adrien e William Carvalho. Oxalá me engane. Mas daqui a uns meses cá estaremos para confrontar opiniões com factos.

Quatro más escolhas de Jesus

Ficámos anteontem a saber que o treinador do Sporting, neste recomeço dos trabalhos da equipa principal de futebol, decidiu afastar do plantel quatro jogadores: Douglas, Marvin, Petrovic e Schelotto.

Todos eles foram muito criticados, ao longo da época, no És a Nossa Fé. Douglas, um pinheiro sem mobilidade no eixo da defesa; Petrovic, médio defensivo curto de ideias e curto de passe; Marvin Zeegelaar e Schelotto, laterais mais-que-imperfeitos a defender, responsáveis por muitos golos sofridos pela nossa equipa na época que terminou.

Não esqueçamos, no entanto, que o responsável pela vinda destes jogadores para Alvalade foi Jorge Jesus - o mesmo que acaba de os remeter à proveniência. Por vezes certos factos merecem ser lembrados. E nós, por cá, felizmente não sofremos de amnésia.

Bons negócios e maus negócios

Rodrigo Battaglia, do Braga, vem para Alvalade a troco de 3,5 milhões de euros. De Alvalade saem Esgaio (a título definitivo) e Jefferson, emprestado por um ano. Não discuto o custo do passe porque não sei o valor de mercado do jogador argentino, mas confesso que me custa ver sair Esgaio sem que lhe tenha sido dada uma hipótese séria de ser titular. Espero que seja um bom negócio mesmo.

Segurar Bas

Numa época pouco reluzente, Bas Dost é dos melhores da Europa (a um golo de Lionel Messi). 22 golos na liga em 25 jogos, 47% do golos marcados pelo Sporting no campeonato. Na média por jogo, só fica atrás de Mário Jardel (2001/2002). Duas notas emergem deste panorama: a primeira para constatar que numa época boa, com o Sporting a lutar pelo título até ao fim do campeonato, Bas arriscava-se a andar a lutar com os recordes de alguns dos melhores goleadores da história do Sporting. A segunda é para relembrar que é fundamental manter Bas Dost na época 2017/18. Será pedra fundamental no 3a tentativa de Jorge Jesus nos dar o tão almejado título. 

Já foi tarde

Doze jogos seguidos sem vencer. Mais uma derrota, desta vez frente ao Varzim em Alcochete. João de Deus já não tinha condições de se manter à frente do Sporting B, como salientei aqui há dois dias.

Sai tarde de mais, deixando a equipa em penúltimo lugar na classificação - em lugar de despromoção - após um percurso para esquecer. Ou para lembrar. Para que não volte a repetir-se.

"Sli-Sli-Slimani"

19871532_a5qK5[1].jpg

 

Domingo passado fui um dos mais de quarenta e cinco mil sportinguistas que gritaram em uníssono "Sli-Sli-Slimani" em Alvalade enquanto o grande avançado argelino, marcador de 31 golos na época passada em competições oficiais pelo Sporting, se despedia emotivamente dos adeptos, abandonando o relvado entre lágrimas compulsivas.

Saía no momento certo e da melhor maneira: antes de se despedir com lágrimas despediu-se com um último golo, que contribuiu para a vitória da nossa equipa em mais um clássico. O sexto que marcou ao FC Porto em pouco mais de três épocas com a camisola verde e branca.

 

O percurso de Islam Slimani no Sporting chega hoje ao fim com a transferência - já confirmada com chancela oficial - para o Leicester, actual campeão inglês, em estreia absoluta na Liga dos Campeões.

Uma transferência que constitui o melhor negócio de sempre do futebol nacional: um jogador que custou aos cofres leoninos apenas cerca de 300 mil euros por 80% do seu passe ruma agora a Inglaterra a troco de 35 milhões de euros.

No Sporting, sob o comando sucessivo de Leonardo Jardim, Marco Silva e sobretudo Jorge Jesus, o técnico que mais soube potenciar as qualidades deste futebolista que trabalha como poucos e tem uma invulgar fome de golo, Slimani valorizou-se a níveis que ninguém suspeitaria ao vê-lo chegar, em Agosto de 2013.

Enuanto permaneceu connosco, o nosso número 9 - melhor marcador sub-30 da Liga 2015/16 e actual titular indiscutível da selecção da Argélia - viu a sua cotação multiplicar-se 116 vezes. O que só comprova a excelência do Sporting como fábrica de campeões. Agora não apenas no plano desportivo mas também no plano financeiro.

 

Esta partida do nosso ponta-de-lança para o Leicester constitui a vitória do mérito. E é também a vitória da persistência de Bruno de Carvalho, que soube resistir às investidas iniciais daqueles que pretendiam levar Slimani por quantias bastante inferiores ao seu valor real de mercado. Com o mais simples método negocial: sem apertos de tesouraria, o presidente do clube que a 10 de Julho viu Portugal sagrar-se campeão europeu com quatro dos seus jogadores em posições titulares deixou claro que só consentiria na saída dos principais activos leoninos pelo valor da cláusula de rescisão.

Trinta milhões, no caso de Slimani.

O Leicester não só cobriu a cláusula, que aliás caducara em Junho, como a superou: o argelino que tão bem demonstrou ter alma e fibra de Leão viaja para Inglaterra por valores que nem o mais optimista imaginava há pouco tempo. E sem necessidade de recorrer aos préstimos do mega-empresário Jorge Mendes, como aliás já sucedera dias antes, ao concretizar-se a saída de João Mário.

Prova inequívoca de que também no mundo dos comissionistas da bola ninguém é insubstituível.

 

É este, pois, um momento triste - aquele em que vemos partir o homem que tantas alegrias nos deu com os golos marcados de verde e branco. Mas é também um momento alegre ao confirmar-se que esta saída faz ascender a 80 milhões de euros (somando-a aos valores das transferências de João Mário e Naldo) o montante registado nas parcelas de crédito leonino neste mercado estival. Que para nós foi o mais proveitoso de sempre.

Orgulho-me de ter sido um dos muitos milhares que gritaram "Sli-Sli-Slimani" em Alvalade ao cair da noite de domingo. Islam Slimani bem mereceu esta homenagem que lhe fizemos em forma de grito emocionado.

 

Só sai quem a direcção quiser

19868640_gDwjW[1].jpg

 

O que interessa de momento sublinhar é isto: Adrien Silva mantém vínculo ao Sporting até 2020, conforme ficou estipulado em Fevereiro. Mais quatro anos de ligação contratual a Alvalade, portanto.
As saídas não acontecem à la carte, por vontade arbitrária e unilateral dos jogadores ou pressões de agentes e empresários, espezinhando os contratos em vigor: acontecem por vontade das partes com interesses legítimos e atendíveis, respeitando escrupulosamente os direitos dos clubes - neste caso o Sporting, enquanto entidade formadora e empregadora. Por mais entrevistas que alguns concedam dizendo que gostariam de mudar de ares.
Se as saídas acontecessem a pedido, não haveria gestão possível em clube algum.

Por outras palavras: Adrien só sairá antes do prazo definido contratualmente quando e se a direcção entender, calibrando os interesses financeiros com as ambições desportivas do Sporting. A menos que o clube que pretenda levá-lo cubra a cláusula de rescisão. Que neste caso ascende a 45 milhões de euros.
Como capitão leonino, ele tem a obrigação de saber isto melhor do que qualquer outro jogador.

A mais valiosa transferência de sempre

phpThumb[1].jpg

 

Já confirmado oficialmente: João Mário vai ser jogador do Inter, com um contrato de cinco anos. Consuma-se assim a mais valiosa transferência de sempre de um jogador português a actuar no nosso campeonato. João Mário Eduardo, um dos indiscutíveis valores forjados na Academia leonina, campeão europeu de futebol, transfere-se aos 23 anos para o histórico clube italiano por 45 milhões de euros - incluindo cinco milhões por objectivos.

Deixando a grande distância aquela que era até agora a mais proveitosa venda do Sporting: a de Nani, em 2007, por 26,5 milhões.

 

Gostaria que João Mário - que permaneceu 14 anos de verde e branco, desde as nossas escolinhas infantis - tivesse continuado em Alvalade. Mas reconheço que esta transferência ocorre nas melhores circunstâncias para as duas partes - jogador e clube. Terminou o tempo em que a Academia leonina formava jogadores e via-os partir demasiado cedo, quase sempre por tuta e meia, sem lucrar com eles nem no plano financeiro nem no plano desportivo.

Enfim, um monumental golo marcado por Bruno de Carvalho, que continua a defender com profissionalismo e competência os interesses do Sporting Clube de Portugal. Ao invés da gestão de Godinho Lopes, que em 2012 vendeu irresponsavelmente 25% do passe de João Mário por 400 mil euros a um fundo de investimento. A troco de tão modesta quantia, e sem nada ter feito de relevante pelo jogador, esse fundo prepara-se agora para empochar 11,25 milhões - como se lhe saísse o totoloto e o euromilhões ao mesmo tempo, graças aos préstimos da anterior direcção, que tanto fez para afundar o Sporting.

 

Boa sorte, João Mário: bem a mereces. Continuarás a ser Leão de corpo e alma.

Um mês

Dentro de um mês, os principais mercados de transferências estarão a fechar. Até lá, a expectativa sobre o que podemos fazer na época 2016/17 é ainda incerta. Quem sai, quem substitui, quem NOS paga os reforços, etc. Nos últimos anos, não me lembro de um começo de época assim, com tanto a poder mudar com a saída de 2/3 atletas. Se o presente está assim, só o está porque o passado recente tem sido digno de boa nota. De outra forma, ninguém quereria levar uns cepos. Para rematar, dizer que são bons, têm qualidade e ajudam muito o Sporting. Se ficarem, ficaremos mais fortes, mais próximos dos objetivos. Se saírem, não sendo o Apocalipse verde-e-branco, a época será, com certeza, mais difícil. 

Obrigado, Montero

16452954_Qh3Tr[1].jpg

 

Pelos belos golos que marcaste em quase três épocas no Sporting. Desde os três petardos que enfiaste ao Arouca, no jogo inaugural da Liga 2013/14, ao último encontro de verde e branco, há escassas 48 horas, que nos rendeu a vitória frente à Académica. Passando pela preciosa ajuda que nos deste para a reconquista da Taça de Portugal após sete anos de jejum.

Eu não esqueço.

Hasta la vista!

Jogadores valorizados e cobiçados

A boa campanha europeia do Sporting, a presença na final da Taça de Portugal e a regularidade evidenciada no campeonato - onde somos, de momento, a equipa com menos derrotas e já nos qualificámos para as pré-eliminatórias da Liga dos Campeões 2015/16 - tem valorizado os jogadores leoninos.

Eis alguns:

 

Rui Patrício - Já com mais de oito mil minutos na nossa baliza, está a ser alvo de clubes europeus de grande dimensão. Com destaque para o Liverpool (Inglaterra) e Borússia de Dortmund (Alemanha).

 

Cédric - Cobiçado sobretudo por clubes alemães. O Bayer Leverkusen procura contratá-lo. O Schalke 04 já ofereceu cinco milhões de euros pelo nosso lateral direito. Mas Itália também está atenta: o Nápoles anda igualmente de olho nele.

 

Miguel Lopes - Pode rumar a Inglaterra. O Tottenham admite tê-lo nas suas fileiras já no Verão. O Queen Park Rangers também equaciona contratá-lo. Mas começa a ser associado igualmente ao Bétis, em Espanha.

 

Jefferson - O lateral esquerdo titular do Sporting acabará mesmo por rumar ao Dínamo de Kiev? Ao que consta, os ucranianos estão disponíveis para abrir os cordões à bolsa, pagando por ele quatro milhões de euros.

 

Jonathan Silva - Itália será o seu destino? O nosso lateral esquerdo argentino está na lista de preferências do Torino. E pode rumar também ao Génova, sempre por empréstimo. 

 

William Carvalho - O  Arsenal destaca-se entre os clubes estrangeiros que pretendem o nosso médio defensivo. E estará até disposto a desembolsar 30 milhões de euros por ele. A confirmar-se, seria o melhor negócio de sempre do Sporting por um jogador. Mas o Liverpool também estará na corrida. E talvez também a Juventus.

 

Capel - É provável que vejamos o extremo andaluz partir rumo a um clube turco. O Fenerbahçe já terá feito chegar a Alvalade uma proposta a rondar os 5 milhões de euros.

 

Carrillo - Se não permanecer no Sporting, como todos gostaríamos, pode ter destinos tão diferentes como Espanha ou Alemanha.  ValênciaHamburgo já mostraram interesse pelo peruano. Mas talvez a corrida acabe por ser ganha pelo Inter: falta acertar preço. Que poderá ser 12 milhões.

 

Slimani - O nosso melhor ponta-de-lança é cobiçado pelo menos por cinco clubes: West Ham, Crystal PalaceSchalke 04,  Bayer Leverkusen  e Trabzonspor. O presidente leonino já deixou claro que não autorizará a saída do argelino por menos de 15 milhões de euros

 

Montero - O colombiano poderá igualmente deixar Alvalade pela porta grande: é cobiçado pela Lazio. Pelo menos um jornal menciona que esta transferência pode render 10 milhões de euros aos cofres leoninos. 

Texto actualizado

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D