Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Efectivo, eficiente, eficaz

A propósito do jogo de ontem e da «brilhante partida que o nosso oponente realizou», lembrei-me desta pergunta que consta no ciberdúvidas e, com a devida vénia ao autor, vou copiar:

«Recentemente, numa alegre conversa, surgiu uma discussão acerca da diferença entre eficácia e eficiência. Posteriormente consultei este sítio para tirar dúvidas, mas não fiquei satisfeito. Em minha opinião, ser eficaz implica concretizar um objectivo, independentemente dos meios usados, enquanto ser eficiente é alcançar o mesmo objectivo, mas com menos meios, ou com os mesmos meios fazer mais. Resumindo, ser eficiente implica ser eficaz, no entanto o contrário não é necessariamente verdade. Posso ser eficaz sem ser eficiente.
Aguardo esclarecimentos.»

 

P.S.: Sendo este o meu primeiro texto de 2018, aproveito a oportunidade para desejar a todos os sportinguistas (e a todos os leitores deste espaço) um Bom Ano Leonino!

Peço igualmente desculpa (na pessoa do Pedro Correia a todos os colegas deste espaço) o facto de não ter oportunidade de participar tão frequentemente como seria meu desejo.

Portugal – Suíça

Ontem, no jogo que nos apurou para o Mundial’18 na Rússia, estiveram em campo pela equipa de Portugal:

- Um Imperador, um pouco ausente;

- Um Rei, William Carvalhosoberbo!;

- Dois príncipes, João Mário e André Silva;

- Nove Infantes, uns mais activos que outros;

- Um bobo, Eliseu – por ter sido o único jogador de Portugal a ver um, desnecessário, cartão amarelo.

 

Observação:

No jogo de ontem estiveram em campo dois jogadores do Sporting (Rui Patrício e William Carvalho) e dois jogadores do Benfica (Eliseu e Seferovic).

 

Pergunta:

Tendo os dois jogadores disponibilizados pelo Benfica actuado ontem, um em cada equipa (um por Portugal outro pela Suíça), por quem estariam os adeptos deste clube a “torcer”?

Perguntas para fazer antes de votar

Em que candidato mais confio?

 

Qual deles amará mais o Sporting?

 

Quem tem uma equipa mais completa?

 

Quem tem mais capacidade de liderança?

 

Quem merece mais ter uma oportunidade?

 

Quem pode ser mais eficaz perante os adversários?

 

Quem parece mais indicado para dar vitórias ao clube?

 

Qual deles fará mais parte da solução do que do problema?

O filho do pai

pinho[1].JPG

Foto: O Artista do Dia

 

Lanço a pergunta à nossa "bancada central": depois daquela óbvia tentativa de agressão em Arouca ao Manuel Fernandes em Setembro de 2012, documentada por tantas imagens indesmentíveis; depois das inqualificáveis injúrias de que foram alvo no mesmo local diversos dirigentes sportinguistas em Novembro de 2015, detalhadas por Luís Gestas, vogal da direcção leonina; depois do "chega para lá" ao director desportivo do Benfica em Setembro de 2016 relatado em pormenor no diário O Jogo, por que motivo o reincidente filho do pai tarda em ser definitivamente irradiado dos estádios de futebol pela justiça desportiva?

Pode ser que alguém me esclareça.

Responde a isto, Jesus

 

Desde quando o William Carvalho é marcador de penáltis?

 

Que mais é preciso o Markovic (não) fazer para o deixares no banco?

 

Ainda não percebeste que o Marvin nem na equipa B deve jogar?

 

Quanto tempo vais demorar a apostar no Matheus Pereira?

 

O Podence, o Palhinha e o Francisco Geraldes voltam em Janeiro?

 

Porque continua o Castaignos sem calçar neste tempo de castanhas?

 

Mandaste vir o Meli para quê?

 

Dúvidas

Duas perguntinhas ao intervalo:

Quantos golos precisa o Sporting de marcar até serem validados?

Com 57% de posse de bola na primeira parte e o jogo instalado no meio-campo do adversário, o que fazer mais para que o comentador não repita "O Sporting está em dificuldades"?

Será?

"Um passo atrás, para dar dois em frente".(1)

 

Não sei, mas parece-me que um dia destes lhe apetece falar, e não será nada sobre isto...

 

(1) Com as devidas adaptações, obviamente, ou como se constroi uma equipa: com avanços e recuos.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D