Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Adrien

A primeira imagem que tenho de Adrien Silva é vê-lo a marcar um grande golo ao Hertha de Berlim, num jogo a contar para a Liga Europa. Usava a camisola 6 e fez um disparo do “meio da rua” que deu a vitória por 1-0. Estávamos em outubro de 2009/2010 e o médio tinha 21 anos. Vem isto a propósito do adeus do até aqui capitão. A FIFA ainda não confirmou mas o Sporting não o inscreveu na Liga dos Campeões e Adrien, no limite, treinará com o Leicester até janeiro.  

Nascido em França, filho de mãe francesa e pai português, Adrien começou a jogar nas camadas jovens do Bordéus. Uma oferta de trabalho irrecusável fez a família Silva mudar-se para Arcos de Valdevez. Adrien começou a jogar no Paçô, quando ainda mal falava português e aos 13 anos começou a sua história de 15 no Sporting. Fez mais de 230 partidas pelo Sporting e só “quebrou a sua ligação” para fazer oito jogos pelo Maccabi Haifa (foi campeão) e época e meia na Académica (venceu uma Taça ao Sporting). Leva a mágoa de não ter sido campeão em Portugal mas venceu duas Taças de Portugal e três Supertaças e ajudou a conquistar o Euro 2016 ao lado de amigos de sempre da Academia do Sporting como Patrício, Cédric, William ou João Mário.

Em agosto de 2016, prestou declarações a O Jogo manifestando vontade de sair. A escolha do meio, do timing e da mensagem, tão pública, não caiu bem mas acabou por ficar e pela sua qualidade e profissionalismo, voltou a ganhar o respeito dos sportinguistas. Hoje todos lhe desejaram sorte. Vai para um clube que viveu recentemente um conto de fadas mas que não estará à altura da sua qualidade, mas uma vez estando na Premier, já se sabe que dinheiro não é problema se Chelsea, City, United ou Liverpool olharem para ele. Boa sorte capitão!

Sempre o Record a desinformar

Para o Record, Nelson Semedo custou ao Barcelona € 50 Milhões, ao qual acrescem € 5M por cada 50 jogos, aparentemente sem limite para esta componente variável.

Semedo.jpg

Curioso, porque o comunicado de venda diz algo completamente diferente.

Para os que consideram que é apenas uma questão de interpretação, também deixo o comunicado do Lindelof, para que se perceba com clareza a desinformação com que este pasquim nos brinda diariamente.

Vergonhoso...

O mercado nunca mais acaba

A dúvida que está na cabeça dos sportinguistas é se William e Adrien ainda vestirão de verde e branco a 1 de setembro. Não que a equipa não tenha funcionado sem eles. Este ano, ao contrário dos últimos, há quem os renda. Mas Battaglia nunca será um William e Fernandes, atrás de Dost, tem rendido mais. Mas perder dois jogadores desta qualidade, de uma assentada, será sempre um duro golpe.

Estou em crer que William sai e Adrien fica. William, três anos mais jovem do que Adrien, deve ir para França. O Mónaco é campeão, fez boa figura na Champions e depois de tantas vendas milionárias está a comprar. Depois de Jovetic ou Keita Baldé, William pode ser o senhor que segue. E pagar 35 milhões a pronto não é coisa que preocupe os monegascos que, aposto, o vendem daqui a um ano, com lucro. Battaglia está a fazer bom início de época mas é necessário ir ao mercado contratar um substituto. E o tempo urge. Walace (Hamburgo) foi um nome falado e seria uma bela contratação. Petrovic está melhor mas nunca será um craque e Palhinha precisa é de sair para jogar com regularidade. A saída de William e o encaixe respetivo permitiriam ir às compras e ficar ainda com um bom troco. Acredito que Jesus ainda pense num central mais experiente do que Tobias (ainda por cima Pinto anda com queda para as lesões) e sabe-se que pensa numa opção de ataque. Gabriel Barbosa era boa opção, apesar da tenra idade. Melhor ainda seria um “clone” de Dost, para abrir aquelas chatas defesas de equipas portuguesas mais pequenas. Veremos o que tem Jesus em mente e o que se consegue fazer até amanhã.

Já Adrien acredito que fique. Primeiro, penso que quererá jogar numa equipa de nomeada e não troca o Sporting por um WBA. Em segundo, e esta será a principal razão, o mercado não parece estar disposto a dar 30 milhões por um jogador que nunca (passou uns meses em Israel) deixou Portugal. Mesmo que conte com a vitória num Campeonato da Europa e inúmeros jogos nas competições europeias.

Casos espinhosos são Douglas, Schelotto, Marvin (pode ir para o Watford), Heldon e sobretudo Bryan. Douglas tem ordenado altíssimo e não parece estar muito interessado em baixa-lo; Schelotto não quer ir para um clube qualquer e já terá recusado o Alavés e Bryan quer manter-se na Europa. Teremos uma miniequipa de luxo a treinar à parte na Academia enquanto lhe pagamos vários milhões por mês?

Por fim, há jovens como Tobias, Palhinha e Dala que precisam de jogar e deveriam ser emprestados. 

Aves e Ave

Ryan Gauld e Francisco Geraldes estarão a caminho de Desportivo das Aves e Rio Ave, respectivamente. Gauld, após quatro anos, já se percebeu que não convence ninguém e nesta fase mais valia ser emprestado a um clube que, de facto, o pudesse comprar daqui a um ano. Tem talento mas não chega para o Sporting. Já Geraldes, que por mim ficava no plantel, deveria ir para uma equipa de maior nomeada: Guimarães, Braga ou uma liga estrangeira, sendo que no Mónaco, assentaria como uma luva. 

Obrigado Paulo!

Paulo Oliveira vai jogar no Eibar que paga 4 milhões de euros ao Sporting por 70 por cento do passe do central. Não me custa a crer que daqui a um ano esteja no Mundial e que seja transferido por números superiores. Sempre gostei da sua classe. O problema de Oliveira foi Coates. Jogam ambos pela direita e quando jogaram juntos, nenhum saía a jogar com a qualidade necessária. Obrigado Paulo e boa sorte! 

Quem vier que venha por bem

Já é oficial. Fábio Coentrão é jogador do Sporting. Não era a minha escolha. Não tanto pelas juras de amor ao rival mas mais pelo salário elevado e sobretudo pelo duvidoso estado físico. Mas se vem, que tenha todo o sucesso e que forme com Piccini, Coates e Mathieu um quarteto de sonho. Não se pode negar que Coentrão, nos tempos áureos em que não tinha lesões nem Marcelo à frente, era bom jogador. Que o volte a ser. 

Fußball-Club Bayern München, pela primeira vez o clube alemão tenta contratar um jogador de futebol em Portugal

«O médio ofensivo André Cardoso, de 16 anos, está a ser assediado pelo Bayern para deixar o Sporting, clube pelo qual atua na equipa B de juvenis, a fim de rumar à Alemanha. Segundo o que o Maisfutebolapurou, um emissário dos alemães será enviado a Lisboa, nos próximos dias, para tentar levar a jovem promessa portuguesa para a Baviera.»

Doumbia e Ouattara

CHl-crSWEAA4-iv.jpg

Seydou Doumbia estará a caminho de Alvalade. É um bom avançado marfinense que deve chegar por empréstimo da Roma após época em que marcou 21 golos no Basileia (o seu substituto será Van Wolfswinkel). Teve grande sucesso no CSKA (marcou três ao Sporting em 2015) e Young Boys e teve passagens menos felizes por Roma e Newcastle. Na nossa liga poderá dar-se bem, como apoio de Dost ou como sua alterantiva. Com esta notícia é tempo de recordar o Ahmed Outtara (Ú-Á-Ouattara!), avançado marfinense que passou por Alvalade entre 1995 e 1997, marcando 6 vezes em 27 partidas. Outtara foi com Missé Missé e muitos outros, símbolo de um Sporting menor, repleto de jogadores de qualidade duvidosa. Espera-se bem mais de Doumbia, 35 vezes internacional ao lado de Drogba. 

Primeira contagem

O mês de maio ainda não acabou e já foram associados 20 jogadores ao Sporting. A saber: Andone, André Ribeiro, Andrijasevic, Battaglia, Bradaric, Cafú, Cechini, Coentrão, Elez, Gavranovic, Insúa, Kléber, Maher, Martinez, Mayke, Misic,  Rispoli, Robertson, Schulz e Vukcevic. O 21.º nome falado foi o de Matheus Oliveira, já confirmado como reforço. Piccini só foi falado quando chegou. A quantos nomes chegaremos? Na última época foi assim.

Pinto a caminho

Ao que tudo indica, André Pinto será reforço do Sporting para a próxima época. Até aqui capitão do Braga, o defesa-central de 27 anos recusou-se a renovar contrato e estava afastado da equipa principal. Pinto é jogador de qualidade e chega a custo zero. É alto e forte fisicamente como gosta Jesus. O Sporting prepara já a nova época e muda a política de contratações? Uma coisa parece-me certa. Vem somar mais do que Douglas. 

Obrigado João Pereira

transferir.jpg

João Pereira vai deixar o Sporting e mudar-se para o Trabzonspor da Turquia. O Sporting ganhará uma pequena quantia e deixará de pagar salários altos a um jogador em fim de carreira e de contrato. Pereira chegou a Alvalade em janeiro de 2010, vindo do Braga e ficou no clube, dois anos e meio, fazendo 105 jogos e marcando 6 golos. Depois de uma estadia no Valência e de uma curta passagem pelo Hannover, regressou, para mais 44 partidas. Aqui fica o meu agradecimento ao camisola 21, que, apesar das suas limitações (como os cruzamentos e o temperamento), sempre mostrou muita garra e vontade de defender a camisola. Obrigado e boa sorte. 

Reagrupar

Apesar de muitos milhões gastos, os problemas continuam: os laterais não são bons o suficiente e não há banco. A isso juntou-se uma saída que tem feito diferença: Téo. Pareceu boa ideia despachar um jogador que rendeu desportivamente mas que tinha a cabeça algures na lua. Não se encontrou uma solução alternativa de qualidade. Se Dost não está inspirado, não há golos. 

O Sporting tem que ir ao mercado. E tem que se livrar de uma série de pesos mortos. Há que admitir erros, fazer algum dinheiro e comprar. O problema é que sem Europa e com a decisão da Doyen, dinheiro é coisa que escasseia. Ainda assim, vejamos o plantel:

Guarda-redes: Patrício e Beto dão toda a tranquilidade. A Jug não fazia mal jogar e devia ser emprestado. Talvez até por ano e meio. 

Defesas-laterais: Esgaio não é aposta e começa a ser tarde para ele. Um empréstimo pode ser solução. Pereira é esforçado mas não é de topo. Schelotto parece o menos mau mas é inconstante. No sistema de Jesus, os laterais são essenciais. Se o Boca Juniors aceitasse Meli de volta, não me importava de trazer para Lisboa, Gino Peruzzi, já com experiência na Europa (Catania). Seria titular de caras. Na esquerda, o Jefferson deste ano, é um a menos. Marvin é limitado. É urgente trazer um titular. Apostava em Insúa mas sei que três milhões podem ser muito dinheiro. Más seria mais barato mas não conhece o futebol europeu e Vangioni, se nem neste Milan joga, pode não ser grande opção, apesar da fama que tem na Argentina. 

Defesas centrais: Coates, Semedo e Oliveira dão garantias. Acredito que são os laterais os maiores culpados pelos golos sofridos. Sem Europa, dava-me ao luxo de despachar Douglas, com nome, para China ou Rússia, à melhor oferta. Sempre que necessário, o quarto central seria Fidel Escober, interessante jogador da B. 

Médios centro: William e Adrien são o pulmão da equipa e devem ser rejeitadas propostas por eles. O problema é que é necessário quem faça os seus lugares em caso de lesão, castigo ou previsível cansaço. A seis, Petrovic e Paulista são falhanços. Devem ser emprestados e deve apostar-se no regresso de Palhinha. Aliás, creio que William será transferido no verão e vejo no jovem alentejano o seu perfeito substituto. Também Meli e Elias nada trouxeram e devem ser "despachados". Meli deve regressar ao seu país como moeda de troca num negócio e Elias, vendido à melhor oferta. Bruno César é o melhor oito suplente. Não desdenharia, no entanto, a contratação de um homem experiente. Uma vez mais, lembro-me do mercado argentino e de Tino Costa (San Lorenzo), com larga experiência no futebol europeu. 

Alas: Neste momento, Gelson e Campbell dão conta do recado. Bruno César, Bryan e Matheus podem ser opções na esquerda e Markovic, no máximo, pode aspirar a jogar uns minutos na direita. 

Avançados: Alan falhou redondamente como segunda opção e não podemos esperar muito mais por ele. Vejo duas opções. Empréstimo a um clube europeu para ganhar rotação ou regresso à Argentina, como moeda de troca. Alan é um dez e o Sporting joga com um oito e um "nove e meio" atrás do ponta de lança. Alan não faz sentido aqui. Venha um craque (sim, bem sei que isso custa). Aqui apostava em Bou, várias vezes apontado ao Sporting, apostando em enviar Alan, Téo e/ou Jonathan para Avellaneda. Bou pegaria de estaca e seria um Téo, com cabeça. Na frente, Dost, quando lhe chega a bola, faz o seu trabalho. André serve para suplente. Spalvis vem aí e ainda há Leonardo Ruiz. Castaignos é para emprestar. 

 

Nota: Os jogadores indicados são apenas da minha preferência e reflectem o perfil que considero interessante. O seu valor de mercado anda à volta dos três milhões de euros. 

Antecipando o mercado!

Olhando para o atual plantel e para o leque de jogadores emprestados, que jogadores dispensavam e emprestavam, que jogadores faziam regressar de empréstimo, que jogadores que estão no clube merecem uma aposta mais regular e que posições reforçavam? Já agora que que jogador sugerem para reforçar cada posição?

Deixo em baixo a minha opinião. Façam o mesmo.

 

Dispensados e para emprestar: Jug, Markovic, Elias, Petrovic, Jefferson, Marvin, Joel Campbell, Alan Ruiz (empréstimo para ver se explode)

Regressados e apostas: Jonathan Silva, Palhinha, Francisco Geraldes, Matheus Pereira, Esgaio , Bruno Paulista, Marcelo Meli, Castaignos e André (acredito que estes últimos 2 bem trabalhados e com ritmo e rotinas ainda podem ser excelentes reforços)

 

Asim  ficaria com:

GK: Rui Patrício, Beto, Pedro Silva

Def: Jonathan, Esgaio, João Pereira, Schelotto, Douglas, Paulo Oliveira, Coates e Rúben Semedo

Med: Adrien, William, Gelson, Bryan, Meli, Matheus, Bruno Paulista, Palhinha e Francisco Geraldes

At: Dost, André, Castaignos, Bruno César (parece-me que onde joga melhor é no meio atrás do PL a fazer ligação ao meio campo)

A lista dos 61

O Sporting foi o campeão de rumores neste defeso. Até ontem, foram associados 60 nomes ao clube.

Para a baliza chegou Beto mas Eduardo, Helton e Gabriel também foram apontados.

As laeterais defensivas não foram reforçadas mas foram falados vários defesas, sobretudo para a banda esquerda: Alan Santos, Antunes, Arana, Bryan Oviedo, Insúa, Lazaar, Margasov, Más, Mayke, Lazaar e Santon. Para o centro, chegou Douglas mas também César Montes, Conti, Dória, Rolando e Tóloi foram apontados.

O miolo recebeu Petrovic, Meli e Elias. Vários outros nomes apareceram na comunicação social: Bakic, Carlos Eduardo, Dzemaili, Escalante, Hernanes, Juninho, Lerma, Lucas Silva, Oniangué, Pedro Nuno, Rafa, Recio, Sandro, Schweinsteiger e Vukcevic.

Depois temos o ataque, onde 22 nomes estiveram em destaque. Chegaram Alan, André, Campbell, Castaignos, Dost e Markovic (Spalvis já tinha sido confirmado há muito) e ficaram pelo caminho, Arnautovic, Arouna Koné, Bendtner, Cardozo, Cyle Larin, Facundo Ferreyra, Fanendo Adi, Gustavo Bou, Haller, Kokorin, Luciano, Llorente, Mario Gomez, Niasse, Seferovic, Van Persie e Walter Rodriguez.

Não deixa de ser curioso que a maior parte dos nomes apontados ficaram no clube onde já estavam.

A novela continua em janeiro.

Escolhia este

hernanes1.jpg

A confirmar-se a saída do capitão, teremos que contratar um jogador de créditos firmados que entre "de caras" no onze. Um homem com cultura táctica, capacidade de organizar o jogo e bom remate. Até Wallyson estar no ponto, a minha aposta seria Hernanes, suplente na Juventus. O internacional brasileiro, que até já foi associado ao Sporting (tal como a Benfica e Valência)  este ano, quererá jogar mais e creio que não se importaria mesmo nada de vir lutar pelo título em Portugal. O seu ordenado será alto mas é um preço a pagar por um homem da sua qualidade e passado (São Paulo, Lázio e Inter).

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D