04 Dez 16
Leitura recomendada
Pedro Correia

Jorge Mendes: o "super-agente" sob suspeita. De Pedro Cifuentes, no El Español.


comentar ver comentários (8)
25 Out 16
O príncipe do nada
Pedro Oliveira

20161025_180716

Não é a primeira vez que me refiro neste "blog" ao desempenho de Renato Sanches, faço-o para desmontar uma máquina de propaganda que começou em Portugal mas que, neste momento, vai estendendo os seus tentáculos até à Alemanha. O Bayern tenta livrar-se do barrete que enfiou e este folclore, estes prémios fazem parte.

Antes de continuar, esclareço que o título do "post" está relacionado com um poema de Sérgio Godinho, chamado Maré Alta, concretamente, com o verso: "aprende a nadar, companheiro".

Vejamos então se Renato sabe nadar e para isso recuemos à época anterior.

Na época passada representou duas equipas: o Benfica B e o Benfica, o primeiro esteve quase a descer de divisão (só não desceu devido a mais uma golpada de secretaria, desta vez envolvendo o Farense. Desportivamente, com os resultados conseguidos dentro das quatro linhas, descia de divisão) o segundo venceu a Liga da forma como sabemos, sem praticar o melhor futebol, sem ser superior, nem ao Sporting, nem ao Porto, nos confrontos directos. A vitória nessa Liga está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

Na selecção nacional não participou em nenhum jogo da fase de apuramento mas foi passear a França, onde o seu grande momento é no jogo da final, foi substituído para entrar Éder.

Desde essa substituição não voltaria a calçar na selecção.

Vejamos, agora, qual tem sido o percurso de Renato Sanches no Bayern München (BM).

Parece claro que nos jogos mais complicados, Renato não joga, foi assim com o Werder Bremen, com o Hertha e com o Atlético de Madrid, nesses jogos o BM marcou dez golos e não sofreu nenhum.

Nos outros seis jogos do campeonato alemão e nos restantes dois da "Champions", Renato jogou mas sempre como titular substituído ou como suplente utilizado, Ancelotti não confia nele para os 90' e os números dão razão ao treinador.

Nestes oito jogos em que participou (exceptuando um que referirei mais à frente) o desempenho do BM foi sempre pior ou igual com Renato em campo. Há jogos, por exemplo, com o Hamburger SV que Sanches é substituído aos 61' com o resultado em 0-0, o futebol do BM melhora com a entrada de Vidal e vence o jogo.

Importa realçar que o melhor jogador europeu sub-21 da Europa em oito jogos (incompletos, é certo) não marcou nenhum golo, nem fez nenhuma assistência; o que nos leva ao tal jogo (o único) em que o futebol do BM melhorou com a entrada do "golden boy", foi no Allianz Arena, no dia 13 de Setembro, o BM recebia os russos do Rostov.

Renato entra aos 71', ainda a tempo de ver Juan Bernat ampliar a vantagem de 4 para 5-0.

Era o jogo ideal para Renato Sanches brilhar, mais uma vez ficou a ver os colegas brilharem, nesse dia foi o defesa esquerdo espanhol, um desconhecido para a maior parte de nós que saiu do banco para fazer uma assistência (para o 4-0 de Kimmich) e marcar o quinto a passe de Ribéry.

Conclusão, A Bola pode fazer as capas que desejar, chamar-lhe "Príncipe" na capa e "Menino de Ouro" na pág. 2, pode atirar pedras ao Record (pág. 3) Renato foi primeiro para 20 das 30 referidas publicações e só quatro deixaram-no de fora [sic]: Sport Foot Magazine (Bélgica), Komanda (Ucrânia), Fanatik (Turquia) e Record (Portugal)" que isso não vai mudar para melhor o desempenho do jogador.

Quanto a Renato Sanches desejo que consiga provar em campo as imerecidas honrarias que tem conquistado fora dele; aprende a nadar, companheiro.


comentar ver comentários (155)
19 Jun 16

Jorge-Mendes-Cristiano-Ronaldo-580x6551-579x400-57

 

Ainda não sabemos qual será a carreira da selecção portuguesa no Europeu, mas sabemos o nome da empresa que já o conquistou: a Gestifute. Dos onze jogadores que ontem foram titulares contra a Áustria, sete são geridos por Jorge Mendes.

Só escapam Rui Patrício, VieirinhaRaphael Guerreiro e Nani. Por quanto tempo?


comentar ver comentários (20)
22 Mai 16

Será que é também disto que fala o Seara?


comentar
07 Ago 15
O derby do Mendes
Tiago Cabral

No sorteio do play-of de acesso à fase de grupos da liga dos campeões, deu-se o curioso facto de duas equipas pertencentes suportadas apoiadas por Jorge Mendes defrontarem-se entre si. Mónaco e Valência, titulares de cheques pré-datados de 15 milhões de euros, têm que decidir quem pode este ano aceder aos milhões da Liga dos Campeões. O prémio será poderem entregar mais um cheque a quem Mendes ordenar, porque dívidas são sempre para ser pagas.

 

PS: Chega-me agora a informação que Jorge Mendes, interrompendo, contrariado, a sua lua-de-mel, ordenou à Uefa, e cito, "que por sua decisão soberana, de rei, Mónaco e Valência sejam ambos, os dois, apurados para a fase seguinte."

Cumpra-se.


comentar ver comentários (1)
17 Jun 15

comentar ver comentários (8)
05 Mar 15
Conexões
Tiago Cabral

Fabinho, jogador do Jorge Mendes Rio Ave, emprestado ao Mónaco, foi convocado para a selecção brasileira.


comentar ver comentários (1)
02 Fev 15
Chamam-lhe um figo
Tiago Cabral

Jorge Mendes no Público antecipa o programa eleitoral de Luís Figo.


comentar
21 Jan 15
Perdão?!
Edmundo Gonçalves

Bernardo Silva por 15,7 Milhões?

Para um clube que está a desinvestir?

Jorge Mendes, estás aí?

 

Assim de momento veio-me à memória quele anúncio a um detergente de lavar loiça..."lava, lava, lava..."


comentar ver comentários (8)
08 Out 14

comentar ver comentários (11)
08 Set 14
Mistérios
Luciano Amaral

Diz que a selecção não passa de uma montra de jogadores de Jorge Mendes e que eles jogam para se valorizarem. Não percebo. De cada vez que jogam pela selecção, é desvalorização garantida. Ouça, a continuar assim, o homem ainda se arruina.


comentar ver comentários (2)
19 Jul 13
Negociatas (2)
Tiago Cabral
Por vezes surgem notícias que nos deixam, no mínimo, com a pulga atrás da orelha.

De acordo com o site oficial do Mónaco, o Rio Ave, sim o Rio Ave, emprestou-lhes um jogador. O Mónaco, clube que este ano, entre outros, comprou os passes de João Moutinho, James e Falcão, investimentos de muitos milhões, veio pedir por empréstimo o jogador Fabinho ao Rio Ave, sim ao Rio Ave.

Curiosamente, ou talvez não, este mesmo jogador já tinha sido o ano passado emprestado ao Real Madrid, sim ao Real Madrid, pelo... isso, pelo Rio Ave. Além de parecer inverosímil que um clube da dimensão e com o actual poderio do Mónaco ande por Portugal a pedir jogadores emprestados, mais estranho é o Rio Ave ter no seu plantel um jogador pretendido por grandes clubes europeus e que não parece ter muito a dizer na gestão da sua carreira. A Uefa, tão ciosa do seu poder e das suas regras de fair play, não estaria interessada em perceber este tipo de negociatas? Pode começar pelo mais fácil: Falar com Jorge Mendes, agente deste até agora desconhecido mas promissor jogador. Estas negociatas fazem-se a troco de quê? E o Rio Ave, que papel tem nisto tudo?


comentar ver comentários (2)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Leitura recomendada

O príncipe do nada

Vitória por sete a quatro

E ainda a procissão vai n...

O derby do Mendes

Cheiro a napalm pela manh...

Conexões

Chamam-lhe um figo

Perdão?!

A podridão

Arquivo

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

há um ano

slb

vitórias

campeonato

benfica

eleições

jogadores

rescaldo

mundial 2014

arbitragem

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

nós

ler os outros

golos

clássicos

árbitros

futebol

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

análise

formação

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
155 comentários
11 comentários
8 comentários
8 comentários
2 comentários
2 comentários
1 comentário
1 comentário
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds