Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 20

Bruno Fernandes 8

Gelson Martins 5

Acuña 3

Mathieu 2

Coates 2

Adrien

Battaglia

Fábio Coentrão

Bryan Ruiz

William Carvalho

Montero

autogolo do Moreirense

 

«Numa só semana, o Sporting virou dois resultados, em duas competições distintas e sempre jogando fora de casa. Numa só semana, portanto, Jorge Jesus conseguiu algo que nunca tinha feito no Sporting: duas reviravoltas de seguida.»

Do jornal A Bola de ontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 19

Bruno Fernandes 8

Gelson Martins 5

Acuña 3

Mathieu 2

Adrien

Coates

Battaglia

Fábio Coentrão

Bryan Ruiz

William Carvalho

Montero

autogolo do Moreirense

 

«Esta foi a décima vitória consecutiva do Sporting em Alvalade. É o melhor registo desde 2015/16, quando os leões venceram 11 jogos seguidos no reino do leão.»

Do jornal Record de ontem

Minuto ideal

Hoje, em conversa de café com alguns colegas adeptos de outros clubes, foi atirado para o ar a ideia de que o Sporting só marcou o golo aos 83 minutos. Como se o jogo não tivesse 90 minutos mais os descontos.

É certo que todos estes minutos levaram as minhas unhas e mais houvesse. Ao meu redor alguns adeptos barafustavam, assobiavam, ralhavam, enfim manifestavam-se de todas as formas e feitios, tentando com essa postura levar a equipa a marcar golo, como veio a acontecer.

Mas, regressando ao momento da marcação do golo, sempre considerei que todos os minutos são importantes. Seja no princípio ou no fim…

Acrescento que, se uma equipa adversária marcar por exemplo nos descontos e empatar o jogo, logo leremos nos jornais do dia seguinte a “fabulástica” ideia de que a equipa X acreditou sempre.

Entretanto só nós é que não podemos acreditar.

Para mim golo é sempre golo, seja ao minuto 1 ou 91, pois o que realmente interessa é ganhar e alcançar os três pontos.

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 19

Bruno Fernandes 8

Gelson Martins 5

Acuña 3

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

Fábio Coentrão

Bryan Ruiz

autogolo do Moreirense

 

«Bas Dost chegou à meia centena de jogos na Liga, em época e meia pelos leões. Em 2016/17, fez 31 jogos e agora leva 19, com 53 golos no total (34 em 2016/17 e 19 em 2017/18).»

 

Do jornal A Bola de ontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 19

Bruno Fernandes 7

Gelson Martins 5

Acuña 3

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

Fábio Coentrão

Bryan Ruiz

autogolo do Moreirense

 

«Os leões continuam de pontaria bem afinada dentro de portas. Só nos últimos três encontros apontaram 14 tentos, distribuídos por União da Madeira, Marítimo e Aves.»

 

Do jornal Record de ontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 16

Bruno Fernandes 7

Gelson Martins 5

Acuña 3

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

Fábio Coentrão

Bryan Ruiz

autogolo do Moreirense

 

«Carlos Queiroz era, até ontem, o último treinador do Sporting a fazer uma primeira volta (os mesmos 17 jogos) sem derrotas. Aconteceu em 1994/95. Na mesma ocasião, somou 13 triunfos e 4 empates, exactamente o mesmo registo que Jorge Jesus garantiu após vencer o Marítimo.»

 

Do jornal Record de ontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 13

Bruno Fernandes 7

Gelson Martins 5

Acuña 2

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

Fábio Coentrão

autogolo do Moreirense

 

«O Sporting não estava sem perder à 16.ª jornada há 23 anos, desde 1994/95, com Carlos Queiroz. Então, sofreram a primeira derrota na 20.ª ronda (0-1 em casa, com o Estrela da Amadora), a 10 de Fevereiro de 1995.»

 

Do jornal Record de ontem

2017 em balanço (9)

 

 

GOLO DO ANO

Foi numa partida de sonho para o campeonato, frente ao V. Guimarães, inaugurando a nossa primeira goleada desta época. Estávamos no terceiro minuto de jogo quando Bruno Fernandes pega na bola a meio-campo, faz uma semi-rotação, apercebe-se de que não dispõe de linhas de passe, ganha confiança, progride no terreno e dispara a 30 metros de distância. Lá voou ela, aninhando-se ao canto superior direito da baliza vimaranense, sem permitir qualquer hipótese ao guardião Miguel Silva.

Um momento fabuloso de futebol-espectáculo: voto nele como golo leonino deste ano civil que agora terminou. Começava assim a construir-se essa goleada no estádio D. Afonso Henriques. Nosso médio mais avançado nesta partida disputada a 19 de Agosto, não satisfeito com a proeza tão cedo alcançada, Bruno faria bis. Assinando outro remate vitorioso de meia-distância, com o seu pé-canhão, aos 60'. E ainda atirou uma bola à barra. Os outros três golos deste confronto de tão boa memória foram apontados por Bas Dost (2) e Adrien Silva, que ainda integrava o onze titular do Sporting. Resultado: 5-0.

Não ganhávamos neste estádio desde 2013. Foi um excelente ensaio geral para o desafio que travaríamos daí a dias em Bucareste, frente ao Steaua: sairíamos de lá com mais cinco golos marcados - e apenas um sofrido. Outra goleada que nos enchia de contentamento e nos permitia antever uma temporada repleta de vitórias.

Bruno Fernandes fez-nos sonhar.

 

Golo do ano em 2012: Xandão, contra o Manchester City

 Golo do ano em 2013: Montero, contra a Fiorentina

Golo do ano em 2014: Nani, contra o Maribor

Golo do ano em 2015: Slimani, na final da Taça de Portugal

Golo do ano em 2016: Bruno César, contra o Real Madrid

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 13

Bruno Fernandes 7

Gelson Martins 4

Acuña 2

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

Fábio Coentrão

autogolo do Moreirense

 

«Curiosamente, os leões apresentaram mais apetite goleador nos jogos fora de casa para a Liga em 2017. A formação verde e branca despede-se da prova neste ano civil com 40 golos em 17 deslocações, face aos 35 tiros certeiros em outros tantos encontros em Alvalade.»

 

Do jornal Record de ontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 12

Bruno Fernandes 6

Gelson Martins 4

Acuña 2

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

Fábio Coentrão

autogolo do Moreirense

 

«Não há equipa mais letal a jogar fora de casa do que o Sporting. Com os três golos de ontem [anteontem] os leões passaram a somar 17 (em sete jogos), mais sete que o Benfica (com o mesmo número de jogos) e mais nove que o FC Porto.»

 

Do jornal Record de ontem

Isto preocupa-me

Não me preocupa termos saído da Liga dos Campeões: defrontámos de cabeça levantada dois dos maiores colossos do futebol mundial, Barcelona e Juventus. E o nosso objectivo principal mantém-se: vencer o campeonato nacional.

Preocupa-me, isso sim, o facto de termos voltado a sofrer um golo nos minutos finais de uma partida. Ontem o autogolo de Mathieu foi mesmo marcado no minuto final.

Isto preocupa-me por revelar extremo cansaço físico aliado à fadiga psicológica, mais acentuados em momentos de pressão acrescida. Ou, o que é ainda pior, por revelar défice de concentração competitiva. Em qualquer das hipóteses, exige muito trabalho técnico. Os treinos também servem para isto. Direi até: servem, desde logo, essencialmente para isto.

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 10

Bruno Fernandes 6

Gelson Martins 4

Acuña 2

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

autogolo do Moreirense

 

«Com o tiro certeiro frente ao Belenenses, Bas Dost atingiu o golo 50 com a camisola do Sporting. Em pouco tempo o holandês atingiu números muito expressivos, ao ponto de já ser um dos nove estrangeiros acima da meia centena de golos, lista encabeçada por Yazalde (126), Iordanov (70), Jardel (67), Diego (61) e Balakov (60).»

 

Do jornal Record de anteontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 9

Bruno Fernandes 6

Gelson Martins 4

Acuña 2

Adrien

Coates

Mathieu

Battaglia

autogolo do Moreirense

 

«O triunfo do Sporting em Paços de Ferreira foi o quinto fora esta época, na sequência do sucesso alcançado em casa de Aves (2-0), V. Guimarães (5-0), Feirense (3-2) e Rio Ave (1-0). Trata-se do melhor arranque forasteiro neste milénio, superando até a temporada de estreia de Jorge Jesus em Alvalade. Então, em 2015/16, os leões tinham as mesmas cinco vitórias e um empate, mas o registo goleador não era tão bom [11 golos marcados e 3 sofridos, contra os 14 marcados e 4 sofridos actuais].»

 

Do jornal Record de anteontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 9

Bruno Fernandes 6

Gelson Martins 3

Acuña 2

Adrien

Coates

Mathieu

autogolo do Moreirense

 

«Cada vez mais preponderante na forma como o Sporting pensa o jogo, Bruno Fernandes tem também impressionado na arte de fazer... golo. Com o penálti marcado ao Sp. Braga, ao cair do pano (90'+5), o camisola 8 dos leões somou o sexto golo na Liga (sete em todas as provas): este já é o seu melhor registo, em jogos em qualquer campeonato, desde que iniciou carreira no futebol profissional.»

 

Do jornal Record de anteontem

Os marcadores dos nossos golos na Liga

Bas Dost 8

Bruno Fernandes 5

Gelson Martins 3

Acuña 2

Adrien

Coates

Mathieu

autogolo do Moreirense

 

«Analisando os primeiros dez jogos dos leões no campeonato em anos passados, este é o melhor arranque do Sporting nas últimas 27 épocas e desde que o sistema de três pontos por vitória está em vigor (em 1990/1991, Marinho Peres tinha dez vitórias em outros tantos jogos).»

 

Do jornal Record de ontem

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D