Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Dislike

Sobre a comunicação através do facebook do presidente Bruno de Carvalho sobre o fim da comunicação do presidente Bruno de Carvalho através do facebook:

1) Acho bem.

2) Inacreditável, o ataque aos adeptos. Talvez Bruno de Carvalho, Jorge Jesus e os vários atletas, técnicos e dirigentes devessem perceber uma coisa: o que faz do Sporting ainda um grande clube nacional não são eles. Nos últimos 40 anos, eles (os actuais e os passados) pouco têm contribuído para essa grandeza. São os adeptos que continuam a garantir-lhe esse estatuto. Bruno de Carvalho deve a sua relevância social enquanto presidente do Sporting aos adeptos que, apesar do currículo medíocre do clube nos últimos anos, continuam a apoiá-lo (ao clube). Não são os dirigentes, os técnicos e os atletas que dão aos adeptos a sensação de que são de um clube grande. São os adeptos que dão essa sensação aos dirigentes, técnicos e atletas.

3) Inacreditável, o ataque às modalidades. As modalidades são o melhor que o Sporting tem conseguido manter: o andebol, o sobrevivente da razia de Santana Lopes, com muitas dificuldades foi-se aguentando como a segunda melhor equipa nacional; o futsal é o melhor nacional. E por aí fora, com outras modalidades de menor impacto. O futebol é que é o reino da incompetência.

4) Espero que tenha sido um último desabafo e que agora, em vez de atirar aos adeptos, se dedique à gestão competente. Se as coisas não correram bem no futebol, a culpa não é dos adeptos nem dos atletas das modalidades. É dos gestores do futebol: o presidente e o treinador. Ainda bem que o facebook se calou. A ver se dá para trabalhar com mais eficiência agora.

Tendo em concordar

"Vejo, em todas as modalidades, um apoio que mais nenhum clube tem no mundo, mas um grau de exigência muito pequeno. A cada mau resultado, e então se torno público o meu desagrado, lá vem a onda de apoio aos "meninos". Nas modalidades, sem ser o futebol, então é confrangedor... perdemos jogos e lá estão as bancadas a aplaudir os "seus meninos" e a acarinhá-los", escreveu o presidente do Sporting.

"Nos bons e maus momentos dizemos nós! E tem de ser assim. Mas não podemos ser só nós, dirigentes e adeptos, a sofrer. Neste clube, treinadores e atletas têm como missão dar-nos bons momentos e evitar os maus. O seu direito é ter boas condições de trabalho e os ordenados em dia. O seu dever é ser profissionais, honrarem a nossa camisola, dignificarem o Clube, vencerem ou lutarem até à exaustão e terem sempre compromisso com os objetivos estabelecidos: ganhar, conquistando todos os títulos que disputam".

 

Agora deixar-te em paz...

"O caminho faz-se caminhando" (ou a enorme evolução do presidente)

"Neste momento o Sporting Clube de Portugal é um “corpo” coeso, único, sólido, que caminha num só sentido, que luta pelos mesmos ideais e que tem um só projecto: ser sempre o Grande Sporting Clube de Portugal! Sabemos honrar o nosso passado, construir o presente e juntos iremos conquistar o futuro. Nós, os mais de 3,5 milhões de sportinguistas que, mesmo por vezes feridos, nunca deixaremos de ser o Rei da selva. E que selva ainda é o desporto português."

"Depois de fazer tremer o Santiago Bernabéu, um jogo menos conseguido onde uma primeira parte com 15 minutos de desconcentração colectiva ditou uma inesperada derrota. O Rio Ave, pela eficácia nesses 15 minutos, mereceu vencer. Também tenho de deixar um registo positivo para a equipa de arbitragem que fez um bom trabalho."

"Sexta-feira vamos encher Alvalade!"

"Este ano estamos na luta em todas as frentes e TU foste convocado para todas! Porque TU é que dás vida ao nosso Clube!"

 

Excertos da comunicação de Bruno de Carvalho no facebook, ontem, segunda-feira, 19-09-2016.

E mandar-lhe um bilhete? *

Sim, acredito que Vitor Pereira não tenha acesso nem conta de facebook.

Só assim poderia ter nomeado este careca, funcionário dos CTT, para um jogo do Sporting.

É que eu tenho uma enorme simpatia, pena até, por Vitor Pereira: coitado, desde os seus tempos de árbitro extraordinário que, segundo o próprio, as coisas com o Sporting lhe correm mal. É azar!

 

dionísio.png

 

Ah, é propositado? nem tal me passaria pela cabeça...

 

*Postal, ou outro!

Não fosse o futebol um mundo cão

...E-o-puxão-de-orelhas-de-Bruno-de-Carvalho-aos-profissionais-de-futebol-que-representam-o-Sporting-Clube-de-Portugal-depois-duma-vergonhosa-exibição-em-Guimarães-e-na-Tapadinha (uff), teria a importância que apenas tem. O cumprimento de mais uma promessa do então candidato a presidente: elogiar nos momentos que o justificassem, e "bater" quando (e desejava-se e deseja-se que raramente) fosse caso disso.

Mas como o futebol é um mundo cão, onde alguns vêem apenas interesses próprios, e tendo vistas curtas apenas vislumbram o seu próprio umbigo, toca a desancar num presidente que "apenas" disse o que todos pensámos (bom, todos não, o Pedro Croissant Barbosa diz que eles não jogaram mal). Que o não devia dizer em público, é a grave acusação que pende sobre a sua cabeça! pois eu acho que depois de ter ido à cabine no sábado, eles perceberam duas coisas de imediato: primeira, que naquela noite não iria haver leitão e, segunda, que iriam ser responsabilizados pela má atitude (para ser simpático, pronto) naquele jogo. E então qual é o problema apontado, ou a razão para desancar no presidente? é que foi a primeira vez! ora bolas! qual é que foi a parte do ter que dar tudo pelo Clube, pela entidade patronal que lhes garante uma vida principesca, até pelo seu orgulho profissional, que ambos, jogadores e críticos, não perceberam? e  se esta foi a primeira vez, não estamos todos de acordo que deve ser exemplar único?

Diz o Pedro Croissant Barbosa e muitos críticos, que Marco Silva vai ter mais um problema, a partir de agora. Pois eu penso precisamente o contrário! os rapazes já são bem crescidinhos, alguns já andam nisto desde as escolinhas, portanto sabem a escola toda e portanto sabem, ou deveriam saber, e eu estou em crer que sabem, que são idolatrados quando tudo corre bem, e que são crucificados quando as coisas não lhes correm tão bem.

Dentre os que hoje criticam o presidente, estão muitos que o apoiaram e continuam a apoiar e que consideram esta atitude extemporânea; mas há também muitos que sempre tiveram o "bufas" como modelo a seguir e que se esquecem das reprimendas, dos julgamentos em praça pública, dos treinos à parte, etc., etc. que tão patética personagem protagonizou ao longo dos anos; e estes têm um fito claro: atingir o presidente e por seu intermédio a direcção e o próprio Clube! um mundo cão...

Quer esta minha prosa dizer que os abomino pela péssima atitude do jogo em Guimarães? Nem por sombras, dias maus todos temos! Temos é que ser homenzinhos e assumir que estivemos aquém do esperado e dar a resposta na próxima oportunidade e demonstrar que Guimarães foi um acidente num percurso que se quer vitorioso.

 

E não fosse o futebol um mundo cão e amanhã, no Estádio José de Alvalade (onde estarei com muitos milhares a empurrar os mesmos que desanquei lá em cima), estaria um árbitro decente e não mais um amigo da Gazprom. Lá vão os mesmos dizer que foi por Bruno de Carvalho ter reclamado com a UEFA. E provavelmente até foi, que isto das bruxas não é só no Halloween.

 

Eu acredito numa boa exibição e num resultado que nos dê ânimo. Vamos a eles, rapazes, a camisola é pra suar!

Shikabala é, para já, um fenómeno do Facebook

 

Antes de começar a jogar e a provar qualquer rendimento desportivo, o jogador egípcio Shikabala gerou um furacão na página do Facebook do Sporting.

Roberto Teixeira notou, num grupo do Facebook, que entre o anúncio da sua contratação e a confirmação no encerramento do mercado, na madrugada de dia 1 de Fevereiro, "em apenas 14 horas a página do Sporting Clube de Portugal alcançou mais de 60 mil novos fãs e nas últimas 48 horas teve um crescimento de mais de 100 mil."

Para além das centenas de comentários ao post do novo jogador, a página do Sporting "foi invadida por comentários da comunidade egípcia".

Em árabe, claro. 

 

Marco Marques, no mesmo grupo, explica este fenómeno: "Os países do norte de África, nomeadamente os situados a poente (países do Magrebe) e algum do prolongamento nascente (do qual o Egipto é a primeira porta de entrada) possuem um potencial comercial enorme no futebol (intimamente relacionado com o seu fanatismo) e o Sporting está a saber escolher figuras representativas de cada um desses países. Provavelmente, assistiremos, num futuro próximo, à chegada de algum jogador representativo de Marrocos, Tunísia e Líbia. O alcance da marca 'Sporting' crescerá muito mais depressa nestes países que nos mercados orientais (mais fidelizados às grandes Ligas Europeias) embora as abordagens não sejam mutuamente exclusivas."

 

Interessante esta análise do Marco referente à estratégia de expansão da marca Sporting para outras geografias  Interessante nesta estratégia a utilização do Facebook, onde o clube começou a postar em árabe. A página, aliás, tornou-se literalmente bilingue. Uma boa aposta e uma boa utilização das redes sociais.

 

 

 

 

(postado inicialmente aqui)

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D