Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Está nas tuas mãos!

fredericovarandas.png

Caro Frederico.

Todos sabemos do teu sportinguismo e acompanhamos a tua forma de vivenciar o Sporting.

Ninguém duvidará que tudo farás para recuperar e melhorar a condição física de todos os elementos do plantel.

Mas gostava de pedir um esforço extra para o Coentrão!

Não podemos aspirar a atingir os objectivos a que nos propusémos a jogar com o Jonathan.

O rapaz está demasiado verde (o que neste contexto parece uma boa característica!) para lhe confiarmos o lado esquerdo. Talvez daqui a uns tempos (muitas dúvidas) o possa assegurar, mas para já a recuperação do Coentrão é o caso mais premente do plantel e para o qual poderás contribuir decisivamente.

Conto com a tua ajuda!

Obrigado.

DIA D

E nunca mais acaba o dia de hoje…

 

Já estou cansado das possíveis saídas e entradas.

 

Mais do que entradas, o que eu pretendia é que nenhum dos nossos jogadores saísse.

 

Adorava poder contar durante este ano com Rui Patrício, Fábio Coentrão, William Carvalho, Adrien Silva, Bruno Fernandes e Gelson Martins.

 

Parece que esta seria a melhor prenda que o Sporting Clube de Portugal poderia dar a Fernando Santos.

 

As rotinas de uma época poderiam ser o melhor trunfo para o Mundial e este argumento deveria ser ponderado por todos.

 

Saudações Leoninas

Não convence ninguém

Questionado ontem sobre a ausência de Coentrão no confronto de hoje contra o Steaua de Bucareste, Jorge Jesus limitou-se a dizer aos jornalistas que se tratava de "questões técnicas" que só a ele dizem respeito.

Uma resposta que nada esclarece e que não convence ninguém. Como é que pode ser "opção técnica" retirar o lateral esquerdo titular do jogo mais determinante da temporada, que vale um encaixe imediato de 14,7 milhões de euros, e sabendo nós que esta contratação resultou de um pedido insistente do treinador ao presidente Bruno de Carvalho?

Outros falarão por si. Eu não gosto que me tomem por parvo.

O que diz Coentrão

img_193x193$2017_08_03_17_40_35_1297361[1].jpg

 

«Sempre tive o sonho de poder jogar neste grande clube, o Sporting. Felizmente surgiu essa oportunidade e nem olhei para trás.»

 

«Espero já ir de cabeça pintada [de verde, ao Benfica-Sporting da segunda volta].»

 

«Temos de ser sinceros: mudou muita coisa no Sporting. Está completamente diferente em relação há cinco, seis anos. Hoje todas as equipas portuguesas temem o Sporting e é isso que nós queremos: que tenham medo do Sporting.»

 

«Não quero ser aquele jogador que veio do Real e já ganhou tudo. Não. Quero ser a pessoa que sempre fui. Uma pessoa sempre humilde e [disposta a] ajudar naquilo que for necessário.»

 

«O que me interessa agora é esta camisola que eu visto, este símbolo que não é campeão há muitos anos. Vou dar tudo para que este clube seja campeão.»

 

«Gostaria que as coisas corressem bem aqui, que pudesse ganhar o título, que as pessoas me acarinhassem, para que possa, quem sabe, acabar a minha carreira aqui.»

 

«Estou encantado. Gosto cada vez mais do Sporting.»

 

Fábio Coentrão, hoje, em entrevista ao Record

Nojo e demência

Hoje não pensava falar em mais contratações, para além da da Ana Borges. Isto porque Coentrão não foi surpresa, foi o concretizar de uma contratação anunciada. Mas, divagando nas redes sociais, vi a reprise da campanha negra feita aquando do ingresso de Jorge Jesus no Sporting. Difamam Fábio Coentrão e a família, vomitando ódio. Muitos destes comentários são de adeptos dum clube cujo presidente já foi sócio dos 3 grandes... Um nojo próprio de mentes dementes! Só por isso aplaudírei de pé o jogador quando fizer a estreia em Alvalade. E se o Fábio, profissional de futebol, se quiser reconciliar com o seu passado de sportinguista, tanto melhor. Agora é um dos nossos, é feito de Sporting. Bem vindo!

Quem vier que venha por bem

Já é oficial. Fábio Coentrão é jogador do Sporting. Não era a minha escolha. Não tanto pelas juras de amor ao rival mas mais pelo salário elevado e sobretudo pelo duvidoso estado físico. Mas se vem, que tenha todo o sucesso e que forme com Piccini, Coates e Mathieu um quarteto de sonho. Não se pode negar que Coentrão, nos tempos áureos em que não tinha lesões nem Marcelo à frente, era bom jogador. Que o volte a ser. 

Seja bem vindo quem vier por bem

Florentino Perez confirmou em declarações à Onda Cero que Fábio Coentrão virá para o Sporting. Sem discutir o passado, reconheço valor ao jogador e acredito que pode ser uma mais valia importante para a equipa num setor tão frágil, quer à esquerda quer à direita. Com Coentrão a ala esquerda fica bem melhor. Faltará o outro lado.

Seria importante que a massa associativa lhe desse o benefício da dúvida, como fez com Bruno César, que foi bastante acarinhado, esperando eu que não seja outro erro de casting como o foi Markovic. E o jogador também tem que fazer por merecer. Tem aqui uma excelente oportunidade, assim queira e possa agarrá-la.

Por mim, digo: Seja bem vindo quem vier por bem.

 

Todo um programa

Sai Rúben Semedo, entra Coentrão.

Eis, condensado numa frase de cinco palavras, todo um programa. O programa do futebol do Sporting, confiado à batuta de Jorge Jesus.

A mais sonante contratação deste defeso leonino, ao que tudo indica, é um lateral que actuou menos de 300 minutos na época passada e não conseguiu fazer mais de 12 jogos completos nas três últimas temporadas.

Siga a dança.

Reviver em Alvalade o passado na Luz

img_770x433$2017_05_08_00_23_26_1261389[1].jpg

 

Fábio Coentrão, cheio de "limitações físicas" (delicioso eufemismo jornalístico), foi utilizado nesta época apenas seis vezes pelo treinador Zidane no Real Madrid. Apesar disso, ganha três milhões de euros por temporada.

As mesmas "limitações físicas" - ou outras, sei lá - levaram o seleccionador Fernando Santos a deixá-lo fora da convocatória do Europeu de França. Não fez falta nenhuma: a selecção das quinas venceu o certame e trouxe o caneco para cá. A lateral esquerda ficou bem entregue a Raphael Guerreiro e, pontualmente, a Eliseu.

Parece que Jorge Jesus anseia trazer Coentrão para o nosso plantel. Indiferente ao facto de o defesa ser hoje notícia não pelo que joga mas pelo tempo interminável que passa na enfermaria do Santiago Bernabéu.

Felizmente para o Sporting, ainda não é Jesus quem passa os cheques. Espero por isso que Bruno de Carvalho não repita os erros cometidos há um ano, quando cedeu aos pedidos do treinador, trazendo um autocarro de putativos craques que acabaram quase todos recambiados no mercado de Inverno.

O técnico leonino teima em reviver o passado na Luz, transplantado para Alvalade. Nada recomendável: passado só o bife, e mesmo assim não em excesso. Se quer um lateral esquerdo a preços megalómanos, traga o Raphael Guerreiro. E deixe lá o Coentrão manter-se fiel à promessa outrora feita: a de nunca jogar em Portugal em mais clube nenhum senão no Benfica.

Desejo ao ex-pupilo de Jesus boas melhoras para as "limitações físicas" de que padece. Com votos de que continue a usufruir das férias principescamente pagas em Madrid. Nós, por cá, todos bem.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D