Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

O que dizem eles

 

- Luís Godinho Lopes    -

 

« O Sporting contratou um advogado suíço para o efeito (indemnização pela transferência de Yannick Djalo). O processo está a decorrer nos seus trâmites, nas instâncias internacionais certas ».

 

Observação: Muito sinceramente - mesmo respeitando o que por natureza é confidencial - gostaria que explicasse algo mais, uma vez que é um caso deveras perplexo. O Sporting, recorde-se, acertou a transferência de Yannick para o Nice no verão passado, por 4,5 milhões de euros. Um atraso na inscrição do avançado fez abortar o negócio e o internacional português acabou por vir rumar ao Benfica em janeiro último, a custo zero, depois de ter ficado seis meses sem competir. Analisado à distância, sem conhecimento de causa jurídica, pasma a não intervenção da FIFA. 

Sporting e Djaló

 

Yannick Djaló foi transferido para o Nice. Consta que foi uma iniciativa com a concordância do Sporting. Por razões que lhe são externas a transferência abortou no último minuto. O Sporting não teve responsabilidades no caso. Mas nada fez, pelo menos que se saiba publicamente. "Lavou-se as mãos". O jogador ficou desempregado. Não posso crer que esta forma de tratamento, de desligamento face aos nossos jogadores, os "da casa" ainda para mais, não tenha efeitos no colectivo futebolístico. O sénior, e os que estão na formação. É um "horizonte" que fica - e que não penso ser o mesmo que vivem os integrantes dos clubes nossos rivais, em particular o malvado portista. Há ali um outro "espírito de grupo". E isso faz vencer, não apenas os jornalistas e comentadores (sobre os quais tanto se fala neste blog, como se Ribeiro Cristovão, Oliveira e Costa e o jornal A Bola marcassem golos).

 

Desempregado que estava Djaló assinou um contrato com o Benfica. Só posso desejar as maiores felicidades ao nosso antigo jogador. Que fique sempre em ... segundo, no melhor dos casos. E espantar-me com todo este "gozo" e sarcasmo com que alguns sportinguistas tratam um jogador da casa. E que não destrata o clube.

São cá dos nossos


Assisti com curiosidade a um pedaço do jogo entre a Académica e o benfica. Sou dos que não rejubilam com os maus resultados dos escarlates pela simples razão que tudo o que eles fazem e a eles diz respeito me deixa absolutamente indiferente – quero lá saber se estão vivos ou mortos.

O que me interessou no desafio foi verificar que o dispensado Djaló contribuiu para que o benfica não ganhasse (que maldade, pô-lo a substituir Aimar!) desativando o lado direito e que os emprestados Cedric e Adrien foram importantes para que a Académica não perdesse.

Ou seja, bem andaram os responsáveis do Sporting com as decisões tomadas: ficámos aliviados de um penteadinho lustroso e estamos a ganhar dois ricos jogadores.

O hip hop do Djaló (featuring Boss AC)

A inveja é um sentimento muito feio
Mete na cabeça que ele não vai competir num único torneio
Vai andar aos empurrões e nunca será o primeiro

Ser verdadeiro não é acreditar no que dá na Canal Benfica  o dia inteiro
Não é por ele ter contrato com o Benfas que vai chegar ao céu
Tu não sabes metade do que já lhe aconteceu
O Djaló não é banda sonora de nenhum time
E se pensas que estar junto à águia vitória impressiona, enganas-te deprime
Se pensas que para chamar a atenção tem de usar o cabelo assim
Enganas-te outra vez porque isto não funciona assim
Djaló é dar pontapés na atmosfera à segunda e à terça
Djaló é ouvir este granda beat e falhar de cabeça
Breakdance, Graffiti, DJ, MC
Beatbox, street wear, rimar no m.i.c.
O Estádio da Luz a deitar por fora, o people sempre a assobiar
O Jesus a mixar e a Luciana a aplaudir

 

refrão - Hip Hop don't stop, traz a tua crew, Djaló já a sair
DJ, B-Boy, ouvinte ou mc, Hip Hop sou eu e és tu
Hip Hop don't stop, todos  a assobiar, sente o beat
He throws is hands down and he is never fit
O Djaló já saiu e és tu a sorrir, yeahhh

Duas atitudes

1- Luís Guilherme
 
Porque é que este senhor esta semana ainda não veio falar para os jornais e para as rádios?
Quando é o Sporting CP que se queixa as altas esferas da arbitragem sentem-se muito ofendidas, fazem reuniões e até se recusam a apitar os nossos jogos.
É evidente e lamentável a diferença de tratamento em relação aos outros dois grandes. É a submissão vs provocação. Como diz o nosso treinador: "É muito fácil bater no Sporting CP."
 
2- Joaquim Evangelista
 
Foi também interessante ver Evangelista a fazer de dirigente do benfica nas últimas semanas. Desde declarações a comunicados e a acabar numa conferência de imprensa uma hora antes de Djaló assinar (ou já teria assinado?) pelo rival da segunda circular. Alguém acredita que o jogador, que supostamente estava livre, só chegou a acordo com o clube no último dia do mercado? O sindicato é um organismo que já tem um longo historial com o Sporting CP. Curiosamente, tal como com o anterior, não me lembro de nenhum caso com outro grande...

Ó coitado!

Pobre, pobre Djaló. Como se não bastasse terem-no obrigado a jogar à bola quando ele sempre teve queda para o atletismo – competir com o Obikwelu, isso é que era!; como se não fosse suficiente sofrer aqueles penteados de barbeiro maneta; como se não chegasse um pândego qualquer ter-se aproveitado de um instante de distração e crismar-lhe a filha com um nome meio mandinga meio finlandês; como se não tivesse tido que se haver com um empresário intrujão – diz ele – que lhe escondeu a caneta na hora de assinar pelo Nice (ali tão perto de Génova, que paródias já estavam prometidas com o Miguelito!) por causa de umas contas enroladas e depois já tinha passado a hora.

Como se tudo isto não fosse demasiada desgraça só para um homem, guardado estava o bocado e haveria agora de emular a carreira à moda de Amaral, Andrade, Botelho, Cadete, Fernando Mendes, Dani, Morato, Peixe, Porfírio, uma horta de melancias que se estragaram quando expostas à Luz.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D