21 Abr 17

«Numa semana de derby, gostaria de apelar aos benfiquistas que dessem um lição de como se apoia um clube de forma ordenada e eticamente intocável. Os que não se sabem comportar devem ser afastados do futebol independentemente do clube a que pertencem.»

Sérgio, neste meu postal


comentar ver comentários (4)
15 Abr 17

Com Marvin fora do dérbi do dia 22, por acumulação de amarelos, qual será a opção de Jorge Jesus para lateral esquerdo?

a) Recuo de Bruno César, preenchendo a posição;

b) Utilização de Jefferson, que já foi titular durante muito tempo;

c) Recurso a Esgaio, que embora seja lateral direito também já actuou na ala oposta.

 

Fica lançado o debate junto dos nossos leitores. Para que nos digam qual é a solução mais recomendável.


comentar ver comentários (36)
11 Dez 16
Recado a Bruno de Carvalho
Edmundo Gonçalves

Presidente, no próximo jogo, é levar a equipa de andebol.


comentar ver comentários (24)

Rescaldo do Benfica-Sporting, esta noite na TV:

 

Alexandre Pais (comentador, Record)

«Assim se conclui que o Sporting não merecia ter perdido e que tem motivos de queixa do árbitro? Sem dúvida.»

Bernardino Barros (comentador, TVI 24)

«Duas grandes penalidades por assinalar. O primeiro lance foi ainda mais grave porque penalizou duplamente o Sporting: foi na sequência desse lance que surgiu o golo do Benfica em contra-ataque. Má arbitragem de Jorge Sousa, que adulterou o resultado.»

Dani (comentador, TVI 24)

«Pizzi tocou na bola com o braço. (...) Nelson Semedo pôs o braço na bola. Foram grandes penalidades.»

David Borges (comentador, SIC Notícias)

«Parece que a mão direita de Pizzi toca na bola. (...) O braço de Nelson Semedo alarga-se, pode haver grande penalidade.»

Duarte Gomes (ex-árbitro, SIC Notícias)

«Não é normal o mesmo jogador, na mesma jogada, tocar na bola duas vezes. Num segundo momento, Pizzi parece controlar a bola com o braço direito num movimento deliberado. Pareceu-me penálti. Depois o Nelson Semedo usa o braço para cortar a bola. Outro penálti por marcar.»

Joaquim Rita (comentador, SIC Notícias)

«O movimento de Nelson Semedo amplia a zona de impedimento de progressão da bola. Do meu ponto de vista é penálti, claramente. Também no outro lance [de Pizzi] houve uma grande penalidade por marcar contra o Benfica.»

Jorge Faustino (ex-árbitro, TVI 24)

«É inequívoco que é penálti [de Pizzi] e o árbitro não podia ter deixado de ter visto o lance.»

José Guilherme Aguiar (comentador, SIC Notícias)

«Ficaram dois pontapés de penálti por assinalar. O árbitro teve influência no resultado devido a estes dois erros graves que aconteceram.»

Luís Pedro Sousa (jornalista, Record)

«O Sporting não teve a sorte do jogo e foi penalizado pelas decisões mais importantes de Jorge Sousa.»

Manuel Fernandes (comentador, SIC Notícias)

«Tanto o Benfica como o Sporting não mereciam uma arbitragem desta natureza. No lance do Pizzi, ele [Jorge Sousa] está de frente; no lance do Nelson Semedo ele está no enfiamento, sem ninguém à frente. Os penáltis são flagrantes.»

Marco Ferreira (ex-árbitro, Record)

«Nelson Semedo cortou a bola com o braço direito, dentro da área do Benfica. Apesar de ter o braço junto ao corpo, o lateral direito dos encarnados fez o movimento deliberado em direcção á bola, quando procurou impedi-la de chegar à baliza.»

Miguel Guedes (comentador, RTP 3)

«O Sporting foi prejudicado neste jogo. (...) No primeiro lance parece-me evidente que Pizzi está a olhar para a bola e se não ajeita da primeira vez com o braço ajeita da segunda vez com a mão.»

Pedro Sousa (comentador, TVI 24)

«As grandes penalidades são evidentes. Claro que tiveram influência no resultado.»

Rodolfo Reis (comentador, SIC Notícias)

«É um grande penálti! [Pizzi] tem as mãos abertas, faz volume, a bola bate-lhe, ele domina-a, é penálti.»

Rui Pedro Brás (comentador, TVI 24)

«É penálti claríssimo [de Nelson Semedo], sem espinhas. Erro grosseiro da equipa de arbitragem.»

Rui Santos (comentador, SIC Notícias)

«O segundo lance é indiscutível: há um abrir do braço do Nelson Semedo e, portanto, há claramente a intenção de jogar a bola com a mão.»

Vítor Serpa (jornalista, A Bola)

«Há dois lances para penalty na grande área do Benfica. E se, no primeiro, de Pizzi, ainda se admite a interpretação, embora errada, do árbitro, no segundo, de Nelson Semedo, não há lugar a qualquer dúvida.»

Texto actualizado


comentar ver comentários (44)
Coisas e loisas
José Navarro de Andrade

O primeiro golo do desafio é o retrato da época: não se marcam penalties na Luz à equipa da casa. Se houvesse dúvidas, a cena repetiu-se na segunda parte.
Quanto ao Sporting, tanto este como o outro golo do adversário têm a assinatura de Zeegelaar. O melhor presente de Natal que poderíamos receber era que este bandalho nunca mais envergasse a camisola do Sporting.
Bem estiveram os adeptos locais a fazerem do relvado um caixote do lixo. É a sua índole.


comentar ver comentários (11)

Faltam sete horas.


comentar ver comentários (6)
08 Dez 16
Esperança
Pedro Correia

Faltam só três dias para o dérbi na Luz.


comentar ver comentários (72)
14 Out 16

600.jpg

 

Sporting foi ao Seixal impor derrota ao Benfica


comentar ver comentários (13)
05 Mar 16
Para a semana há mais.
João Caetano Dias

A sorte do jogo não esteve conosco. Agora é lutar até ao fim. Sejam leões em todos os jogos.


comentar ver comentários (13)
Uma hora antes
José da Xã

Gamebox - check Camisola 12 - check ÇBoné - check Vontade de ganhar - check Ser campeão - duplo check.


comentar ver comentários (9)
23 Nov 15

Três meses!

Três dérbis!

Três vitórias do Sporting!

Três derrotas do Benfica!

Três a zero!

Três golos no Sábado!

Não admira por isso que os adeptos do Benfica exibam tanta "trêsteza"!


comentar
22 Nov 15
A culpa foi dos penalties
José Navarro de Andrade

Lamentável a ineficácia de Eliseu: não conseguiu lesionar Gélson ao cabo de tantas patadas. Também de Samaris que marrou contra o banco do Sporting sem sequer lascar um assento. Admirável, porém, a resistência física de Jonas que não foi parar ao hospital depois de ter agonizado tantas vezes no relvado, sempre que lhe sopravam na poupa.

Tags: ,

comentar ver comentários (1)
112!
José da Xã

Não... não é o número de emergência médica.

Mas tão só o minuto fatal para o Benfica.

Com direito até, não a uma mas a duas ambulâncias.

Há minutos assim!

 


comentar

Sou sócio há muitos anos mas esta foi a terceira vez que fui ver um Sporting-Benfica. Das outras, o Sporting acabou por ser derrotado e por isso este jogo ficará para sempre na minha memória. Mas passemos ao que aqui me trouxe.

18 horas - Saio de casa. O meu filho e a minha nora acompanham-me nesta aventura, ou melhor sou eu que os acompanho, já que são eles a levar o carro.

18,30 - Perto do estádio... a bifana. Alguns conhecidos... Os cumprimentos da praxe! E  lá vamos a caminho do estádio.

18,35 - Já com o estádio na nossa frente a polícia impede que passemos. É a claque adversária a chegar e há que aguardar.

19.10 - Acabo por sair dali e prefiro dar a volta ao estádio por fora. Mas a amálgama de gente é tanta que demoro muito mais tempo do que previra para rodear o edifício.

19.20 - Encontro-me finalmente na fila para aceder ao meu lugar.

19.45 - Após ter sido revistado galgo as escadas num ápice.

19.50 - Finalmente sentado no meu costumado lugar. O resto da família já lá se encontrava.

20.00 - Inicia-se o jogo.

20.50 - Intervalo. Empate a um. O Benfica marcou aos seis, o Sporting empata nos descontos. Grande jogo por parte do Sporting mas reconhecidamente só a partir dos 20 minutos.

21.05 - Reinicia-se o jogo após um intervalo onde revi mails no telemóvel.

22.00 - Na segunda parte vi o Sporting dar um verdadeiro banho de bola. O Benfica pareceu não existir em campo. Mas vamos para um prolongamento injusto.

22.05 - Começa o tempo extra. O Benfica parece querer renascer mas Slimani arruma de vez a questão.

22.35 - Termina enfim a partida e vejo a alegria estampada nos olhos de todos os sportinguistas que me rodeiam. Lembrei-me então da estrofe daquela canção dos "Ritual Tejo":

"E é só contar até três"

Um, dois, três

Vou nascer outra vez".

23.00 - Chego ao carro e oiço algumas das declarações dos treinadores. Escuto mesmo JJ dizer que o segundo golo foi "limpinho, limpinho".

Finalmente à terceira foi de vez. Vejo o Sporting ganhar ao Benfica em casa. Um jogo para eu jamais olvidar! 


comentar

Proponho um abaixo-assinado a pedir ao Sporting para deixar o Benfica ganhar o próximo jogo.

Tags:

comentar ver comentários (3)

Rui Vitória voltou ao Vitória de Guimarães. Acho que nem o José Mota passaria tanto tempo a falar do árbitro.


comentar ver comentários (1)
19 Nov 15

O dérbi do próximo sábado, para a Taça de Portugal, será o terceiro confronto da temporada entre o Sporting e o nosso mais antigo rival.

O balanço, até agora, é-nos totalmente favorável.

Vitória indiscutível, embora por números escassos (1-0, golo creditado a Teo Gutiérrez numa partida em que se registaram 38 ataques do Sporting contra apenas 19 do Benfica) a 9 de Agosto, no estádio do Algarve, com a consequente conquista da Supertaça - troféu que nos fugia desde 2008.

Vitória esmagadora alcançada com máxima naturalidade no estádio da Luz por números inéditos (3-0, golos de Teo, Slimani e Bryan Ruiz), que nos permitiu ampliar a distância face aos encarnados no campeonato: oito pontos, embora eles tenham disputado menos um jogo.

O confronto de sábado - o primeiro clássico em Alvalade na época em curso - permitirá confirmar a tendência para este Sporting treinado por Jorge Jesus se superiorizar a este Benfica treinado por Rui Vitória. Uma espécie de campeonato dentro do campeonato, uma espécie de taça muito particular dentro da outra Taça - a verdadeira.

Do nosso lado, à partida, não se admite outro cenário: queremos a terceira vitória sobre o SLB em menos de quatro meses com os nossos cinco inegociáveis em campo. Até para confirmar o adágio: não há duas sem três.


comentar
28 Out 15
Escutado numa loja
José da Xã

 

Ontem estava a pagar umas compras quando surgiu um idoso conhecido do empregado da loja, segundo percebi pela forma como foi tratado. Escutei então este diálogo:

- Ora aqui está o homem que nos vai explicar aquele desastre do fim de semana...

Sem rodeios, o homem abriu o "livro":

- O Jesus sempre disse que tinha duas equipas: a primeira que treinara seis anos, a outra três meses. E no Domingo, na primeira parte ,o Benfica jogou à JJ. Já na segunda jogou à RV.

- Mas olhe lá, o Benfica jogou mal... e se entra aquela bola do Luisão... - acrescenta um dos empregados.

- O Sporting joga ainda à moda de Marco SIlva, é o que vos digo. Quando começar a jogar à JJ vais ver onde vai parar... Acontece-lhes o mesmo que a nós!

Percebi que não podia nem deveria fazer qualquer comentário. Há momentos em que o silêncio vale ouro. Paguei e saí.


comentar ver comentários (4)
26 Out 15

Parece que António Costa esteve ontem na Luz a ver o jogo.

No final LFV perguntou ao ex-autarca do PS como podia o Benfica ser outra vez líder do campeonato.

Não sabemos qual foi a resposta mas imaginamos que AC terá dito ao presidente do Benfica para juntar os seus pontos aos do Porto para assim ficarem à frente do Sporting.

Veremos o que diz a Liga de Futebol.


comentar ver comentários (16)
25 Out 15
Não gostei
Luciano Amaral

Não gostei: o Luisão tinha direito a marcar o seu golo.

Tags:

comentar ver comentários (4)
23 Out 15

Vamos lá bater o recorde de prognósticos: quais são os vossos palpites para o Benfica-Sporting do próximo domingo?


comentar ver comentários (65)
16 Out 15

Isto até dia 25 vai ser um fartote.

Entretanto o record já vai preparando a maltinha para o "dolo sem intenção", não vá algum(alguém) atrever-se a "mijar fora do penico".


comentar ver comentários (23)
09 Fev 15

Em termos absolutos empatar com o campeão nacional e líder da actual liga até nem seria mau. Porém…

Pois é: as reticências são muitas, demasiadas talvez!

Ontem em Alvalade os adeptos leoninos não mereciam aquele minuto final. Nem a equipa! Mas o futebol é isto mesmo e o jogo só acaba quando o árbitro apita para tal. Lembram-se de Braga?

Mas gostei de ver uma equipa de tostões dar um autêntico “banho de bola” a uma equipa de milhões. E com oito portugueses em campo. Repito, oito!

Não foi o melhor jogo que vi este ano em Alvalade. Muito por culpa da equipa adversária que ou não teve arte e engenho para jogar mais ou foi esta a estratégia montada por JJ. Residirá sempre a dúvida. Mas fiquei com a certeza de que o Benfica não merece estar sete pontos à nossa frente. Hoje não!


comentar

Não sabia que o equipamento alternativo da Académica era vermelho. Parabéns, foi um grande resultado em Alvalade. Merecem a festa que têm feito.


comentar ver comentários (7)
21 Jan 15

Nani, olha o quinto amarelo...


comentar ver comentários (1)
15 Jan 15
Lembrete
Luciano Amaral

Só um pequeno lembrete: Nani, vamos lá a sacar o quinto amarelo já no domingo (enfim, ainda há o jogo seguinte, mas já é apertado). Não queremos privar os lampiões da tua presença quando lá forem a nossa casa.


comentar
02 Set 14
Os calimeros do Artur
Luciano Amaral

Faltei à presença nos prognósticos para o dérbi, por estar outra vez longe dos meios tecnológicos necessários para o fazer: claro que dava uma vitória para o Sporting; esta coisa dos prognósticos, aliás, é mais para manifestar desejos do que realmente acertar. Também chego um bocadinho tarde ao rescaldo, mas mesmo assim gostava de dizer uma ou duas coisas:

 

1 - Os nossos queridos bificas viraram calimeros do Artur esta semana. Querem reduzir o jogo ao frango do Artur. Como se o Artur não tivesse feito mais quatro defesas importantes, duas delas bem difíceis (livre de Jefferson aos 71 mins. e remate de Slimani aos 89). Também se esquecem que parte do frango é criado pelo Eliseu, que recua para o Artur quando o Carrillo está em cima dos dois, e forçado tanto pelo Carrillo como pelo Slimani, que o rodearam de tal maneira que ele não soube o que fazer. Seja como for, fartei-me de rir: passam a vida a achincalhar o Rui Patrício, mesmo quando joga pela selecção; riram-se à larga no jogo da Taça na Luz o ano passado, quando ganharam com um frango do Rui Patrício; é a chamada justiça poética.

 

2 - Também se esquecem que o Sporting dominou a maior parte do jogo. O Benfica dominou (mais ou menos, na verdade) até ao seu golo, mas a partir daí e até ao fim da primeira parte o jogo foi do Sporting: coisa que, aliás, já estava a acontecer antes de o Sporting marcar. O Benfica dominou depois os primeiros vinte minutos da segunda parte, dez dos quais muito intensamente, mas depois acabou (depois daquele remate do Salvio à malha lateral). Os últimos vinte e cinco minutos são do Sporting, que aliás acaba a atacar, com cantos e livres seguidos. Claro que o domínio do Sporting não é como o do Benfica de Jesus: o Benfica como Jesus gosta não é uma equipa de posse de bola; é uma equipa de pressão muito alta, seguida do famoso "carrossel" de tabelinhas e correrias, quando a bola é recuperada, para acabar em remate. O Sporting de Marco Silva (como o de Jardim) é de posse de bola. Por isso parece menos frenético. Mas é bastante eficaz. Vendo bem, o Sporting teve apenas ligeiramente menos oportunidades de golo mas teve as melhores (salvas pelo Artur, lá está...). O Sporting dominou uma hora do jogo (50 mins., vá lá, para ser simpático), o Benfica o resto.

 

3 - A gente já sabe que no Benfica tudo é genial, como a jogada do golo. É só loas à maravilha do "carrossel". 'Tá bem: não fizeram mais nada de parecido no resto do jogo. E ninguém fala da jogada verdadeiramente genial da partida, que só o Artur (lá está...) impediu de acabar em golo: é o tal lance do minuto 89, em que Nani faz um passe em arco à frente da defesa do Benfica, que a come por completo, e deixa o Slimani em condições de enfiar no fundo da rede. Aquela assistência é que só está ao alcance de um jogador excepcional como o Nani. Valeu o Artur (lá está...).

 

4 - Enfim, sentem-se muito humilhados com um empate em casa contra essa coisa desprezível que é o Sporting. Na falta do árbitro, a calimerice volta-se contra o Artur. Pois, metam lá o gajo dos 7-1 do Brasil contra a Alemanha.

Tags: , ,

comentar ver comentários (11)
01 Set 14
Eu não vi o jogo
Edmundo Gonçalves

Uma das vantagens que se tem por não ter visto, nem ouvido o jogo (se há alguma vantagem nisso, obviamente), é poder ler desassombradamente todas as apreciações ao jogo e à actuação dos nossos, quer colectiva, como individualmente.


Ora, eu já li que o André Martins é uma nulidade a 10, que foi sofrível a defender, mas que foi péssimo a atacar e que deve sair da equipa; ali em baixo o Duarte Fonseca diz que fez uma exibição de muita qualidade.

Já li que Esgaio não se conseguiu entender com o Gaitán, e também já li que até é melhor que Cedric;

Que Jefferson é um trapalhão a defender, que foi pelo seu lado que começou o golo do adversário, que ajudou a desgastar o Adrien que teve que lhe ir acudir, mas também li que fez uma exibição excelente e que esteve grande a atacar;

Que Slimani esteve em grande, mas que não se pode dizer se Montero falharia os três golos que o argelino falhou, um de caras;

Até li que William está uns furos abaixo do que fez a época passada e, imagine-se, para bem da equipa, era boa altura para sair;

Li que Nani esteve muito abaixo de Carrilho, e que atrapalhou o jogo, mas também li aqui que foi ele o responsável pela reviravolta.


Enfim, li as opiniões mais díspares em relação aos mesmos jogadores, fruto de diferentes maneiras de ver futebol, ou até de simpatias, ambas as formas muito subjectivas.
O que é transversal a todas as opiniões é que Patrício é o melhor guarda redes português e que Maurício afinal dependia muito de Rojo.
E mais importante ainda, é também mensurável nessas opiniões tão díspares, o apoio ao Clube e a confiança no treinador e que ele vai fazer crescer esta equipa.

A diversidade é importante, se o objectivo for, como me pareceu ser o caso de todos os comentaristas, ajudar a empurrar a equipa para a frente, isto porque todos, ou quase, temos a mania que temos uma costeleta de treinador e todos gostaríamos de estar lá dentro para ajudar a empurrar a redondinha prá baliza dos adversários!

 

Ora, como eu não vi o jogo, um empate em casa do campeão em título, assim sem ver mais logo a coisa em diferido, parece-me bem!

E também vou ter certamente os meus  MAIS e MENOS preferidos.

 

 

Nota: O Duarte Fonseca é referido apenas porque este post começou por ser um comentário ao seu, nada contra a sua opinião, como é evidente!


comentar ver comentários (12)
29 Ago 14

Chegou o momento de conhecer os vossos prognósticos para o grande dérbi de domingo. Como vaticinam que terminará este Benfica-Sporting?


comentar ver comentários (76)
28 Ago 14

comentar ver comentários (12)
22 Jul 14
Taliscas com elas
Luciano Amaral

Férias Tavira STOP Pouca Internet STOP De propósito STOP Dérbi com resultado e exibição (não vi, dizem) fixes STOP Jornais fartar de rir STOP Lembram-se fim época passada? STOP Jornais diziam: Sporting bués da problemas próxima época (v. aqui) STOP Agora: Sporting bué da bom, rotinas STOP Benfica e seus Taliscas amestrados sem rotinas STOP LOL


comentar ver comentários (2)
21 Jul 14
Incompreensível
Pedro Correia

Ignoro quem escolhe o prémio de melhor jogador da Taça de Honra da Associação de Futebol de Lisboa. Talvez seja Luís Filipe Vieira: só isso explica que a escolha tenha recaído em Talisca.

Lendo o que a mais insuspeita imprensa desportiva escreveu sobre o dérbi, que foi de longe o jogo decisivo do torneio, só pode ter sido alguém que não esteve lá, como o presidente benfiquista.

Porque quem esteve viu um Talisca muito diferente.

Escreve A Bola, na edição de hoje: «No Benfica nem Talisca se salvou.» E mais isto: «Noite pouco inspirada para os reforços Luís Felipe e Talisca.»

Escreve o Record, também hoje: «Mostrou alguma lentidão para fugir à pressão do meio-campo contrário. Apesar de estar rotulado como especialista, não teve sucesso nas muitas bolas paradas de que dispôs.»

Se era para dar obrigatoriamente o prémio a um benfiquista, só porque sim, mais valia terem-no atribuído a Cardozo. Por ser o mais alto. Ou o mais estático. Ou por ser um paraguaio de gema, sei lá.


comentar ver comentários (9)
12 Fev 14

Ouço por aí uns medrosos rosnar contra Bruno de Carvalho, dizendo que o presidente do Sporting devia ter recusado jogar o desafio de ontem, depois do forçado adiamento de domingo, e tentar ganhar na secretaria aquilo que se comprovou sermos incapazes de ganhar em campo. Quem defende isto, ao contrário do que proclama, não pode ser Leão. Porque um Leão bate-se no terreno, não vira a cara à luta, é incapaz de ensaiar expedientes administrativos como alternativa ao confronto desportivo: além de duvidosa eficácia, esses expedientes dariam da nossa equipa a pior das imagens e transmitiriam aos nossos jogadores a pior das mensagens.

Foi muito preferível irmos a jogo e perdermos em campo, aliás pela mesma marca que já tínhamos sofrido em quatro das cinco épocas anteriores (a restante derrota foi por 1-0), do que evitarmos o desafio.

Foi-nos mal sucedido, acarretando-nos a segunda derrota à 18ª jornada? Paciência. Tudo é preferível à fuga que os tais medrosos preconizavam.


comentar ver comentários (24)
Lamento mas...
Pedro Correia

... devemos ter visto jogos diferentes.


comentar ver comentários (12)
11 Fev 14
Para a semana há mais
Edmundo Gonçalves

O Pedro Correia já analisou o jogo, ali em baixo, numa análise com a qual estou em total acordo.

Apetecia-me começar aqui a "cascar" na equipe e no treinador, com a minha costela facciosa e fanática, mas o mais avisado e sensato é parar.

Parar para pensar que há pouco mais de seis meses éramos um grupo de miúdos que partia com a ambição de chegar à Liga Europa e não tinha disso garantia nenhuma, tal a desgraça da última época.

Parar para pensar que um grupo de meninos nos devolveu a esperança e o orgulho de sermos um dos maiores Clubes do Mundo.

Parar para pensar que temos um treinador que colocou esse grupo de miúdos a "jogar à bola", como não víamos há muito tempo por estas bandas.

Parar para pensar que temos um presidente e um conselho directivo que paulatinamente vai resolvendo graves problemas estruturais do Clube e da SAD, criados por direcções que mais não fizeram que delapidar um imenso património financeiro e desportivo.

 

Não jogámos nada hoje, é um facto!

Jesus foi superior tacticamente, não tenho dúvidas!

Eles mereceram ganhar, é incontestável!

Estamos a seis pontos do título, que é coisa para a qual não partimos a lutar no início.

Vamos lá com calma, ganhar os jogos que temos que ganhar.

Quem sabe não haverá por aí uma qualquer surpresa?

Agora, sem pressões, a coisa até pode correr de feição.

Enquanto isso, vamos lá continuar a apoiar, com a nossa presença.

 

A grande resposta a esta fraca exibição, é uma presença massiva no próximo jogo em casa!

 

Viva o Sporting!


comentar ver comentários (5)
10 Fev 14

«Mesmo com mais estrangeiros em campo, conseguimos que a nossa equipa tenha no 11 inicial cinco jogadores nacionais (e da formação). Pelo menos neste campo, já ganhámos o derby

Frederico Dias de Jesus, neste meu texto


comentar ver comentários (1)
05 Fev 14
Gato escaldado...
Alexandre Poço

O ser humano que não teve a Graça de ser do Sporting dirá que este post é o típico do sportinguista calimero (com ou sem pleonasmo). Aceito a interpretação. Ora, quem é do Sporting nesta semana que antecede a ida ao estádio dos tipos que partilham a circular connosco já deve contar com o seguinte: um ou dois penáltis claros por assinalar a favor do Sporting; um penálti (bem ou mal assinalado) contra o Sporting; vários amarelos para os nossos e se ainda der tempo, um fora-de-jogo mal tirado num lance em que um dos dianteiros verde brancos aparece em frente ao Oblak ou ao Artur dos galináceos. As coisas são o que são e a nossa persistência no topo incomoda o sistema dual que alguns desejam para o futebol cá do burgo. Tem sido sempre assim nas últimas idas à Luz. Desta vez não vejo motivo para não se repetir a brincadeira. Sim, porque a arbitragem dos recentes jogos do Sporting só pode ser brincadeira. Que contra ventos e marés, 4 abéculas de apitos e pauzinhos e 62 mil tipos sem a Graça do Senhor o nosso Sporting seja uma vez mais Grande! 


comentar ver comentários (4)
13 Dez 12
Anda por aí um ex-futebolista que nunca conseguiu ultrapassar o número de golos de Peyroteo ao longo da sua longa carreira e que, já depois da reforma, viu-se ultrapassado por Luís Figo e Cristiano Ronaldo enquanto melhor jogador português de todos os tempos.

Esse ex-futebolista, bem conhecido pelo seu rotineiro anti-sportinguismo, veio agora dizer que o Benfica só perderia o dérbi de segunda-feira se tivesse entrado em campo com os juniores.

É uma opinião desse ex-futebolista e as opiniões são livres, mas acontece que a realidade supera sempre a ficção: estas palavras foram proferidas num evento apropriadamente chamado... 'A Vida de um Vinho'.


comentar ver comentários (12)
12 Dez 12
Tantos jogadores impedidos de jogar contra o Nacional e nenhum deles se chama Elias ou Pranjic... Assim sendo, é hora de voltar a inovar para tentar sair da Madeira com um resultado que não nos atire ainda mais para o impensável fundo do poço.

Exercendo o meu direito inalienável a ser técnico de bancada, eis o onze:

Rui Patrício; Cédric Soares, Eric Dier, Daniel Carriço (ou Pedro Mendes) e Insúa; Elias (ou Gelson Fernandes ou Daniel Carriço ou o Júlio Alves, pois talvez eles fiquem com medo só por terem à frente o irmão do Bruno...), Labyad e Adrien Silva (ou o João Mário Eduardo ou o Zezinho); Diego Capel, Bruma (ou o Ricardo Esgaio, com o nosso sevilhano a manter-se na esquerda) e Wolfswinkel.

Passando ao lado de o banco ficar com pouco mais do que Viola como arma secreta - até porque o nosso treinador deu mostras de não contar muito com os suplentes no dérbi desta segunda-feira -, teríamos um onze cheio de gente com vontade de dar provas e com a Academia de Alcochete em maioria.

Mas realmente excelente seria contactar os responsáveis pelos efeitos especiais do 'Missão: Impossível' e fazer entrar em campo Rinaudo com um 'prop' a imitar a cara do Pranjic.


comentar

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Quem será o lateral esque...

Recado a Bruno de Carvalh...

Os penáltis que só o árbi...

Coisas e loisas

O clássico dos clássicos

Esperança

Como não há jogo dos gran...

Para a semana há mais.

Uma hora antes

Arquivo

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

slb

campeonato

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

eleições

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

golos

árbitros

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds