30 Jan 17

Comunicação do presidente do Sporting Clube de Portugal, no facebook:

 

"Neste momento, sinto a obrigação de me dirigir a toda a Nação Sportinguista pois, ao contrário do que foi pedido, estamos num período em que têm surgido ataques internos inadmissíveis num Clube da nossa dimensão.

Vivemos um período delicado em que o trabalho deve prevalecer sobre os interesses pessoais de cada um. Ainda não existe qualquer candidato formal à Presidência do Sporting CP, tão só e apenas protocandidatos, uma vez que ainda não houve a entrega de qualquer lista a ser sufragada. Mas tem havido ruido, muito ruido, e afirmações muito graves.

Existe um sócio do Clube que, tendo apelado a que este fosse um período de elevação, tem demonstrado fazer exactamente o contrário:

1. Acusa pessoas de estarem a ser pressionadas a fazer o que não querem e, confrontado, não concretiza;

2. Acusa o Clube de estar com problemas na formação do futebol, quando todos os escalões estão em 1º lugar ou a lutar pela liderança, ignorando inclusive que na última convocatória das selecções nacionais jovens fomos o Clube mais representado;

3. À porta de jogos fundamentais, para ainda podermos lutar por objectivos importantes, desestabiliza totalmente o balneário contabilizando de forma deprimente quantos jogos o actual treinador supostamente ainda irá dirigir. Para quem jogou à bola, a aprendizagem foi pouca e o respeito pelo Clube é nulo;

4. Acusa o Clube de estar a mentir nas assistências, prejudicando a reputação do mesmo junto dos actuais patrocinadores e parceiros e dos que estamos a negociar. Mentiras gratuitas que em nada contribuem para as eleições mas que mancham o Clube e a SAD com prejuízos que ainda terão que ser apurados;

5. Diz que tem investidores para comprar a Academia e jogadores (aumentando o passivo e revelando total desconhecimento da reestruturação que foi feita e das suas obrigações), mas diz que pagará como se de irmãos se tratassem. Sendo a Sporting SAD uma empresa cotada, afirmações destas levantam suspeição sobre a origem dos dinheiros e o interesse de investir “como irmãos”, colocando-nos sob um radar de suspeita de que não necessitamos e, muito menos, aceitamos. O Sporting CP não precisa de recorrer a este tipo de soluções para resolver o que já está resolvido: a Academia ou a aquisição de jogadores. Isso foi há 4 anos, e este tipo de afirmações só nos denigrem perante os rivais e o mercado;

6. Diz que os sportinguistas ladram, o que é ofender e humilhar toda a Nação Sportinguista que passou a ser alvo de chacota depois dessa afirmação;

7. Diz que o Sporting CP nunca investiu tanto nas modalidades e isso preocupa-o pois é voltar ao despesismo. Falta dizer que, ao mesmo tempo, foi sempre apresentado lucro, coisa que não acontecia há muitos anos;

8. Falam de prémios atribuídos ao Presidente, que em nada correspondem à verdade, lançando dúvidas e lama sobre o líder do Clube que querem servir e que, em momento algum, pode viver sem liderança, ou com esta a ser maldosa e caluniosamente fragilizada e minada.

Na vida não vale tudo e, por enquanto, não existem candidatos, apenas o Presidente. E, porque coloco o Clube acima de qualquer outra agenda, não abdico do meu mandato em toda a sua plenitude até ao dia que, por vontade dos Sócios, deixe de o ser. Sendo assim, e tendo esperado muito tempo para ver se estas intervenções caluniosas e prejudiciais paravam ou, no mínimo, diminuíam, fui estando calado.

Agora, não posso mais. O Sporting CP não pode ser prejudicado por este tipo de intervenções absurdas e sem respeito institucional, reveladoras de total falta de noção da realidade e que apenas têm servido para prejudicar, de forma factual, o Clube. E diminui-lo perante os nossos rivais e parceiros. Ser candidato deve significar um debate sério e elevado de ideias e projectos e não um ataque, vil e calunioso, que prejudica exclusivamente o Clube mostrando a falta de apego ao Sporting CP de quem o desfere, revelando apenas a sede do poder pelo poder.

Seja quem for que entregue as listas até ao dia 2 de Fevereiro, que saiba estar à altura desta enorme Instituição que merece o melhor de quem a serve ou de quem a quer servir.

Vamos todos focar-nos no que realmente interessa: todos ao Dragão a apoiar o nosso Clube, o Sporting Clube de Portugal! E também todos a apoiar nos pavilhões, recintos, ringues, pistas e piscinas em que estivermos a competir! Viva o Sporting Clube de Portugal!"

 

Agora venham p'ra cá com a treta do costume...


comentar ver comentários (21)
18 Jan 17
Afinal temos casório
Edmundo Gonçalves

Numa tomada de posição quase inédita, o presidente veio assumir a sua responsabilidade pela época desastrosa (o adjectivo é meu), ao mesmo tempo que pede apoio para o que ainda resta jogar, não perdendo de vista o título. Uma possível contradição, uma vez que afirma também que se iniciará já a preparação da próxima época. A nota mais importante desta comunicação é o facto de não se colocar em causa Jorge Jesus e o reconhecimento do falhanço de algumas contratações. Ainda a nota de que o plantel irá emagrecer, coisa esperada dada a ausência de objectivos.

Importante também o reconhecimento implícito da falta de alguém que trabalhe a nível psicológico, o plantel.

Por uma vez, a culpa não morreu solteira. É um enorme avanço.

 

Eu assumo sempre o que escrevo e defendi aqui no início da época (no início de Setembro, para ser mais correcto) que estava entusiamado com os nomes que tinham chegado ao Sporting. À partida eram opções experientes, com condições de nos darem garantias de alternativa a quem já estava e que construiriam um bom plantel. Recordo-me de ter feito uma ressalva a Markovic e de que precisávamos de um lateral esquerdo; Confesso que o primeiro, mais porque entendi que a sua contratação era uma resposta ao "affair" Carrillo e não tanto pela sua suposta qualidade. Veio-se a verificar que os péssimos desempenhos em Inglaterra e na Turquia não foram episódicos, infelizmente.

Retomando. Eu e muitos sportinguistas ficámos entusiasmados com um plantel que no papel tinha todas as condições para lutar pelo título, principalmente depois de uma pré-época fraquinha, para ser simpático, com alguns dos jogadores que agora todos queremos que regressem (eu incluído!), convém não esquecer.

Isto como os jogadores são como os melões, infelizmente só deu certo com Bas Dost.

A juntar ao pesadelo, os motores da equipa teimam em não carburar, Adrien a espaços e William quase sempre, são uma sombra dos jogadores da época passada. Reflexos do Euro, ou de uma gorada saída, é isso que eu gostaria de entender. Falta de força, ou falta de vontade/empenho?

A defesa, que tão bom desempenho teve o ano passado, é hoje um passador e muito por culpa da falta de um defesa esquerdo de qualidade e nalguns jogos da falta, mesmo, de um defesa esquerdo. Elogiei aqui a astúcia de Jesus na primeira vez que utilizou Bruno César a DE e penso que muito bem, mas as surpresas são isso mesmo, surpresas e só o são por uma vez; A partir daí todo o treinador que nos defronta sabe que é por ali que deve ir. E aqui está a explicação não só para o buraco da defesa, mas para os cartões de Rúben Semedo, Coates e Paulo Oliveira: O que por acidente esteja do lado esquerdo, tem que fazer inúmeras vezes de pronto-socorro e a fava calha quase sempre a Semedo, daí as entradas à queima e os cartões.

Eu entendo a simpatia para com João Pereira, mas terá sido avisado deixá-lo sair sem qualquer alternativa, com Schelotto lesionado numa fase crucial da época?

 

Num grupo de alta competição, diariamente escrutinado, sujeito a enorme pressão, é imprescindível apoio na área da "cabecinha". O Sporting contratou um profissional para o efeito e a ver pelos resultados do ano passado, terá cumprido bem a sua função. Saiu e não se sabe bem porquê, ainda que isso seja irrelevante para o caso, o que teria sido avisado era a contratação, de imediato, de alguém que continuasse o seu trabalho. Não, deixou-se essa tarefa a Jesus, que sabe tão bem motivar um grupo, como eu sei enfrentar uma manada de búfalos e o resultado está à vista.

Parece-me que o que há que recuperar é a confiança dos jogadores no treinador, que andará pelas ruas da amargura e aqui o papel principal cabe ao presidente. Jesus, que é um bom treinador, talvez o único neste momento capaz de tirar a equipa do atoleiro onde se encontra, deve ser resumido à sua profissão.

Espero que o comunicado do presidente, ao assumir responsabilidades, aponte para uma mudança radical nos comandos do futebol.

É que há coisas para as quais Jesus não foi talhado e o presidente não percebeu. Ou foi condicionado, o que é ainda mais grave.


comentar ver comentários (6)
06 Jan 17

Estiveram os corpos dirigentes reunidos ontem todo o santo dia.

Admito que a discussão tenha sido séria, não a vejo de outra forma, e demorada, porque complexos seriam os assuntos tratados.

Sei que o assunto arbitragens, bem como todos os outros, tem que ser tratado com pinças, que isto de querer mandar uns sopapos a um árbitro é conversa para nós, que não temos responsabilidade de gerir e velar pelos interesses do Clube.

São onze horas e trinta minutos de sexta-feira, dia de reis do ano da graça de dois mil e dezassete, um dia e meio depois dos acontecimentos, graves, de Setúbal e notícias sobre as conclusões dessa reunião, ainda não foram divulgadas. Não que isso me cause grandes comichões, mas o assunto é tão grave e de importância vital para o futuro do futebol em Portugal, que me parece que as novas não se deveriam resumir ao resgate de Gauld e Geraldes.

Esperemos então pelos telejornais.


comentar ver comentários (21)
25 Out 16

O fascínio adolescente pelas redes sociais tem levado o Sporting na era de Bruno de Carvalho a multiplicar-se em copiosos textos no facebook que nunca deviam ter sido escritos. Desde a lamentável vergastada desferida publicamente contra jogadores e equipa técnica há dois anos, quando fomos perder 0-3 a Guimarães, à recente apologia das vitórias morais que se seguiu à nossa derrota tangencial no estádio Santiago Bernabéu.

Do oito para o oitenta. Mal, nos dois casos.

No último mês, têm-se sucedido os comunicados com a chancela leonina - num verdadeiro desperdício de energia anímica, como se a gritaria mediática forjasse equipas campeãs. A verdade é que, por coincidência ou talvez não, desde aquela mensagem presidencial a enaltecer a derrota alcançada em Madrid nunca mais a nossa equipa jogou nada de jeito.

Que sirva de meditação. Ao menos isso.


comentar ver comentários (38)
20 Set 16

"Neste momento o Sporting Clube de Portugal é um “corpo” coeso, único, sólido, que caminha num só sentido, que luta pelos mesmos ideais e que tem um só projecto: ser sempre o Grande Sporting Clube de Portugal! Sabemos honrar o nosso passado, construir o presente e juntos iremos conquistar o futuro. Nós, os mais de 3,5 milhões de sportinguistas que, mesmo por vezes feridos, nunca deixaremos de ser o Rei da selva. E que selva ainda é o desporto português."

"Depois de fazer tremer o Santiago Bernabéu, um jogo menos conseguido onde uma primeira parte com 15 minutos de desconcentração colectiva ditou uma inesperada derrota. O Rio Ave, pela eficácia nesses 15 minutos, mereceu vencer. Também tenho de deixar um registo positivo para a equipa de arbitragem que fez um bom trabalho."

"Sexta-feira vamos encher Alvalade!"

"Este ano estamos na luta em todas as frentes e TU foste convocado para todas! Porque TU é que dás vida ao nosso Clube!"

 

Excertos da comunicação de Bruno de Carvalho no facebook, ontem, segunda-feira, 19-09-2016.


comentar ver comentários (41)
29 Ago 16

"Em virtude de todas as notícias que temos tido ao longo do dia sobre as sucessivas intervenções dos representantes do jogador Adrien Silva na Comunicação Social, a Sporting SAD vê-se na obrigação de esclarecer o seguinte:

1 – Desde que o jogador renovou o seu contrato em Fevereiro de 2016 envolvendo avultadas somas de dinheiro, que ficou absolutamente claro que esta extensão da vinculação ao Sporting CP significava que Adrien Silva iria ficar no Clube até ao final da sua carreira. Isto mesmo foi dito expressa e claramente pelo Presidente do Sporting CP ao jogador, ao pai do atleta e aos seus representantes antes de se consumar a renovação do contrato.

2 – Para além disso o jogador Adrien Silva concedeu uma entrevista a 23 de maio em que dizia que não sairia do Sporting sem ser Campeão.

3 – Nunca, ao longo destes meses, foi transmitida ao Presidente do Sporting CP qualquer intenção ou proposta concreta para a saída de Adrien Silva do Clube nem o Presidente se encontrou com o pai do atleta ou seus representantes para o efeito, pelo que se alguém andou a enganar o jogador foram os seus representantes e não o Sporting CP.

4 – Adrien Silva é um jogador do Sporting CP, com contrato, profissional, que saberá sempre respeitar o Clube que o formou como homem e como atleta, bem como a todos os Sportinguistas que vêem nele um exemplo a seguir.

5 – O Sporting CP, e nomeadamente o seu Presidente, terá sempre a defesa dos interesses do Clube mas também a defesa dos seus activos como nota máxima da sua actuação.

6 – É compreensível que, nesta fase, os agentes e representantes dos atletas sejam factor de desestabilização e de pressão enorme sobre os jogadores, nunca devendo o Clube e os seus associados deixar de ter o carinho pelos mesmos por acções que apenas acontecem por influência de terceiros."

 

Por mim, mais que esclarecido!


comentar ver comentários (29)
20 Mai 16
Como eles não desarmam...
Edmundo Gonçalves

"Face a notícias hoje publicadas na imprensa, vem a Sporting Clube de Portugal, Futebol SAD, repudiar o seu conteúdo, relembrando tudo o que ainda ontem foi transmitido em declaração à imprensa do Presidente Bruno de Carvalho e esclarecendo que:

1 – são as renovações de contratos com jogadores da equipa principal, bem como as contratações do “mercado de Inverno”, que constituirão o plantel da próxima época desportiva

2 - existirão entradas de jogadores se se verificarem saídas de elementos do mesmo plantel e estas serão sempre pela cláusula de rescisão prevista nos respectivos contratos

3 – é e será sempre a SAD a definir a estratégia de abordagem ao mercado e a encabeçar as negociações tendentes à saída ou entrada de jogadores

4 – é com o treinador que se trabalham os plantéis e os objectivos são claros: ganhar títulos a nível nacional e voltar à Glória europeia

5- não será contratado nenhum Director Desportivo, conforme já anteriormente anunciado pelo Presidente, mantendo-se Octávio Machado nessas funções

6 – decisões como as da substituição do relvado do Estádio José Alvalade ou de melhorar as infra-estruturas de apoio à equipa de futebol profissional foram da exclusiva iniciativa e responsabilidade da Administração da SAD porque, recorde-se, é a esta que competem este tipo de definições

7- a renovação do contrato do treinador Jorge Jesus mantém as mesmas premissas do contrato inicialmente assinado porque assim foi entendido fazer pela SAD encontrando-se esta salvaguardada, ao contrário do que se tenta fazer passar, pela extensão da duração do contrato por mais um ano

8 - conforme foi afirmado ontem pelo Presidente, são vários os departamentos que estão a concluir alterações que estão a ser efectuadas, trabalhadas e planeadas faz meses por iniciativa da Administração da SAD e dos respectivos responsáveis de cada departamento.

 

Como disse o Presidente, ele e Jorge Jesus são “homens de paixões e homens de projectos”. Ao contrário do que alguns vaticinavam ambos sabem as suas funções, complementando-se, com os resultados que foram evidentes para toda a família Sportinguista e restantes amantes do Futebol."

 

Daqui.


comentar ver comentários (2)
02 Out 15

"A Sporting Clube de Portugal, Futebol SAD relembra os seguintes factos:

 

1 – O Presidente Bruno de Carvalho foi castigado no dia 24 de Junho de 2014, com suspensão de 45 dias (que teve início dia 1 de Julho de 2014) e multa acessória de 1148 euros por alegada lesão da honra e reputação dos órgãos da estrutura desportiva e dos seus membros. Posteriormente o Presidente do Sporting foi absolvido, no dia 29 de Julho de 2014, tendo cumprido 29 dias de suspensão.

2 – No dia 22 de Fevereiro de 2015 realizou-se o jogo entre o Sporting e o Gil Vicente, do qual resultou um castigo para o Presidente Bruno de Carvalho, de suspensão de um mês e uma multa no valor de 765 euros. Em causa estava uma suposta ofensa a um elemento da equipa técnica do Gil Vicente, no decorrer do intervalo do referido jogo, sendo que a realidade dos factos é que o referido funcionário do Gil Vicente havia-se dirigido de forma ofensiva para o Presidente do Sporting e este nunca se dirigiu verbalmente de forma directa e isolada para quem o havia ofendido. Apesar disto, e apesar de as imagens o comprovarem, ainda o elemento do Gil Vicente, José Augusto Ferreira afirmou “que não trocou palavras nenhumas com o Recorrente, que não se apercebeu de nada e nem se lembra de nada”. Apesar de todas estas evidências, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu apenas dar valor à palavra do Delegado da Liga naquele jogo, Tiago Belchior, com o argumento de que a palavra do Delegado é mais credível e relevante.

3 – No dia 26 de Setembro de 2015 realizou-se o jogo Boavista vs Sporting, no qual o Presidente do Sporting foi expulso por supostamente ter ofendido o árbitro Artur Soares Dias. Na sequência da receção do mapa de castigos foi notificada a instauração de um processo disciplinar que irá seguir os seus trâmites legais. Muito embora o Conselho de Disciplina tenha deliberado instaurar o processo disciplinar, foi o Presidente notificado que para além disso se encontra suspenso de forma preventiva provisória pelo período de 20 dias. Isto significa que muito provavelmente haverá um novo período de castigo associado ao actual.

Perante o sucedido, os reiterados enganos e decisões absurdas e perante os factos descritos no relatório do árbitro que ou não são verdadeiros ou estão totalmente descontextualizados dos acontecimentos, vem a Sporting SAD comunicar que o seu Presidente, na qualidade de Presidente do Sporting Clube de Portugal, tomou a decisão de enquanto decorrer esta suspensão e processo, não voltar a nenhum estádio de futebol seja na bancada, tribuna ou em qualquer outra área.

Esta decisão visa a demonstração clara da forte necessidade de alteração imediata de mentalidades e procedimentos do futebol português, obtendo com isso a necessária credibilização, transparência e modernização do mesmo, mais se informando que o Presidente Bruno de Carvalho não se inibirá de dar o seu acompanhamento próximo às equipas de futebol do Sporting Clube de Portugal, bem como, não se coibirá de realizar qualquer acto, seja escrito, seja falado, que deriva do facto de ter sido livremente eleito pelos Associados para Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Neste seguimento, o Presidente Bruno de Carvalho nunca se negará à defesa intransigente do Sporting Clube de Portugal, nem de dar as devidas opiniões e explicações sobre todas as temáticas que abranjam o âmbito das suas funções que por direito democrático e legal desempenha no Sporting Clube de Portugal."

 

Dobrado contra singelo que os castigos (do presidente e de Jesus) aparecem antes do derby?


comentar ver comentários (11)
10 Abr 15
O Sporting Clube de Portugal tem assistido, nos últimos tempos, num momento essencial da época, a um conjunto de notícias que em nada contribuem para a necessária estabilidade que os clubes merecem e para a informação credível e digna que os leitores procuram.

 

1- O Presidente da Administração da Sporting SAD, Bruno de Carvalho, foi claro quando afirmou publicamente que não tinha de vender qualquer jogador após o final da presente época, a não ser que surgissem propostas consideradas interessantes.

No entanto, continuam a sair inúmeras notícias sobre alegadas transferências de jogadores, entrando num campo de realidade virtual de tentar adivinhar o futuro.

A única verdade é que se comprova mais uma vez a qualidade do plantel do Sporting Clube de Portugal, tal é a cobiça de inúmeros clubes em quase todos os seus jogadores.

2- Das notícias que insistem na saída de jogadores do Sporting para os seus principais rivais podem resultar duas leituras. Em primeiro lugar, pode-se depreender que as fontes dessas notícias pretendem pressionar o Sporting Clube de Portugal a avançar de qualquer forma para renovações fora do que é a sua política e estratégia. Se esta for a intenção alertamos, mais uma vez, que tal modus operandi não resulta de todo. Em segundo lugar, se as fontes forem dos próprios rivais, só vêm evidenciar novamente a qualidade dos nossos jogadores e o desejo de outros os terem.

3- As notícias que ciclicamente surgem sobre jogadores em que o Sporting Clube de Portugal está eventualmente interessado e que depois supostamente são desviados para clubes rivais também são passíveis de duas leituras. A primeira aponta para a constatação da qualidade do seu scouting e a segunda para a necessidade de os nossos rivais investirem muito mais do que seria suposto em jogadores em que o Sporting Clube de Portugal poderia estar ou não interessado.
Leituras à parte, fica claro que os agentes destes jogadores conseguem sempre, ao falar do nosso Clube, um “upgrade” das suas condições.

4- Hoje, no jornal O Jogo, está publicado um conjunto de notícias sobre a Sporting SAD que não correspondem à verdade e que o jornal insistiu em publicar.

A Sporting SAD e a Holdimo deram, por isso, indicações aos seus departamentos jurídicos para, em conjunto, agirem em conformidade, zelando pela existência de um jornalismo sério, pautado pelo rigor da informação e não atentatória da honra e dignidade dos visados.

A Sporting SAD e a Holdimo reafirmam que têm trabalhado conjuntamente para a estabilidade e desenvolvimento da Sporting SAD, reforçando a cada dia que passa a sua cooperação, pelo que condenam de forma veemente o conteúdo das referidas notícias.

5. Com todas estas notícias, fica claro que a sustentabilidade financeira do Grupo Sporting incomoda e que será constante a tentativa de manipular a opinião pública tentando fazer crer que existe instabilidade.
Fica claro, também, que o Sporting Clube de Portugal está no rumo certo, tanto ao nível desportivo como financeiro, sendo essa uma realidade que os Sportinguistas já perceberam e para a qual tanto têm contribuído, pelo que não se deixarão influenciar por qualquer tipo de notícias falsas e tentativas de desestabilização.

 

 


comentar ver comentários (9)
13 Fev 15
Copiões!
Luciano Amaral

Espera lá, comunicados e queixinhas é connosco. Continuam uns macaquinhos de imitação.


comentar ver comentários (7)
10 Fev 15
Folclore? como diz?
Edmundo Gonçalves

49439.jpg

 

 


comentar ver comentários (9)
16 Jan 15

Primeiro foram as cláusulas de rescisão, que tanto começaram a subir. Agora são os comunicados. Decidam-se: ou bem que gozam connosco ou bem que nos copiam.


comentar ver comentários (4)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Belinhas. Ou, toma e vai ...

Afinal temos casório

Estamos certamente à espe...

Contra a apologia das vit...

"O caminho faz-se caminha...

Esclarecimentos sobre Adr...

Como eles não desarmam...

chamem-me lá o que quiser...

Se eles não são bons, por...

Copiões!

Arquivo

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

slb

campeonato

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

eleições

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

golos

árbitros

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds