Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Novembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo terceiro mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 16 vezes no pódio dos mais comentados - com dez "medalhas de ouro", três de "prata" e três de "bronze".

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

A voz do leitor (26 comentários)

Quente & frio (54 comentários, o mais comentado do dia)

Parabéns, Benfica (50 comentários)

Prognósticos antes do jogo (38 comentários)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Abel e o monstro Danilo (67 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do Natal (72 comentários, o mais comentado do dia)

Como os vendedores de castanhas (54 comentários, o mais comentado do dia)

Toca e foge (34 comentários)

Hoje giro eu - Aggiornamento SPORTING  (103 comentários, o mais comentado do dia)

Falta de chá e falta de gramática (52 comentários, terceiro mais comentado do dia)

À margem da lei (38 comentários)

Ser do Sporting é gostar de ganhar limpo (38 comentários, o mais comentado do dia)

Dúvida (77 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Quando o mau Bruno põe em xeque o bom Bruno (79 comentários, o mais comentado do dia)

Guerra de empresários (56 comentários, segundo mais comentado do dia)

Uma garganta cada vez mais funda (62 comentários, o mais comentado do dia)

Cobardolas (42 comentários, segundo mais comentado)

Se bem percebo (30 comentários, terceiro mais comentado)

As coisas são o que são (56 comentários)

Olheiro de Bancada - XII (40 comentários, terceiro mais comentado)

Vieira travestido de melancia atrofiada? (60 comentários, segundo mais comentado)

Uma imensa desvergonha (34 comentários, o mais comentado)

 

Com um total de 1174 comentários nestes postais.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Outubro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções - atingindo, portanto, a quota máxima.

Mais: este e um outro, que nada tem a ver com desporto, foram os únicos blogues a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques mensais a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 11 vezes no pódio dos mais comentados - com quatro "medalhas de ouro", três de "prata" e três de "bronze".

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Hoje giro eu - Iuri, o anticiclone dos Açores (56 comentários, o terceiro mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de ontem (62 comentários, o segundo mais comentado do dia)

E mesmo assim (38 comentários)

A ver se eles aprendem de vez (34 comentários, o terceiro mais comentado do dia)

Conversa da treta (46 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Jesus quer mais discípulos (116 comentários, o mais comentado do dia)

Quem são os três melhores? (54 comentários, o segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (28 comentários)

N invertido  (38 comentários)

A voz do leitor (18 comentários)

Hossanas do cartilheiro (4) (44 comentários, o mais comentado)

Porque levará ele as mãos à cabeça? (56 comentários, o mais comentado do dia)

Ser ou não ser o melhor (38 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (38 comentários)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - A Velha Senhora matou o sonho da Juve leonina (82 comentários, o mais comentado do dia)

Hossanas do cartilheiro (5) (38 comentários)

Opinião unânime: foi penálti (32 comentários)

Pérolas de Rui Gomes da Silva (53) (24 comentários)

Justo aplauso a Gelson Martins (30 comentários)

Prognósticos antes do jogo (52 comentários)

Olheiro de Bancada - X (33 comentários)

Da verdade (1) (30 comentários,)

 

Com um total de 987 comentários nestes postais.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Julho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu menções em todos eles. E figurou 17 vezes no pódio dos mais comentados - com quatro "medalhas de ouro", oito de "prata" e cinco de "bronze".

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

O polvo encarnado (5) (50 comentários, segundo mais comentado do dia)

O bruxo está de férias (40 comentários)

Campeão Rui Patrício (34 comentários)

Tempo de antena (2) (52 comentários)

A maior marca desportiva portuguesa (76 comentários, segundo mais comentado) 

Sem desculpas (36 comentários) 

Um teste aos leitores (64 comentários)

Os cábulas adoram copiar (64 comentários, segundo mais comentado) 

Atenção aos autogolos (60 comentários, segundo mais comentado) 

Oxalá me engane (56 comentários)

Porta giratória (142 comentários, segundo mais comentado)

Djaló peruano: um pontapé nos fundilhos (48 comentários)  

Do oitenta para o oito (62 comentários, segundo mais comentado) 

Os melhores estavam no banco (98 comentários, o mais comentado do dia)

Esperança e fé (58 comentários, o mais comentado do dia)

Um apelo a Bruno de Carvalho  (64 comentários, segundo mais comentado)

Verdadeiros adeptos somos nós (52 comentários)

Jogo de contrastes (74 comentários, o mais comentado do dia) 

Foi, não foi? (54 comentários, o mais comentado do dia)

Uma péssima tradição (44 comentários, segundo mais comentado)

Inflação virada do avesso (56 comentários)

 

Com um total de 1268 comentários nestes postais.

Fica o nosso agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Os nossos comentadores merecem ser citados

«Uma coisa que já cansa é o argumento "não podemos ser campeões só com a formação". Este argumento não tem lógica por dois motivos: nos últimos 15 anos, não termos ganho nenhum campeonato, e que eu saiba não jogámos os 15 anos só com formação. (...) O que adeptos como eu exijem é que se a formação oferece alternativas mais que válidas para serem aposta, porquê investir, a maior parte das vezes, em jogadores que ficam aquém do que podem fazer os que já cá estão e que representam maior investimento? E nem falo só da formação. O caso Paulo Oliveira é gritante: para quê termos ido contratar o André Pinto quando tínhamos Paulo Oliveira? É melhor que o Paulo?»

Tiago, neste meu texto

Os nossos comentadores merecem ser citados

«Ainda não vi um jogador dos novos que seja superior a alguns dos nossos jogadores da formação. Por razões que desconheço, o nosso treinador não gosta deles. Para mim a questão das idade é uma treta, pois a maioria tem um currículo nas selecções jovens, e não são jogadores inexperientes, pois alguns já fizeram um campeonato da segunda divisão e como vemos nos jogos ficam com experiência suficiente para dar o salto para a primeira categoria.»

Fernando Albuquerque, neste meu texto

Os nossos comentadores merecem ser citados

«É o sonho de Jesus, um ex-Benfica: construir um Sporting à sua imagem e semelhança, uma equipa ex-qualquer coisa que lhe dê a ilusão que vai ganhar o que eles ganharam algum dia lá no sítio de onde vieram, quando tinham outra condição física e outra ambição. Entretanto, os putos da casa são para despachar rapidamente e em força ou para entrarem quando o grande mestre estiver à rasca e os craques andarem na enfermaria.»

SportingSempre, neste meu postal

Os nossos comentadores merecem ser citados

«Mesmo um William desinspirado continua a ser o nosso melhor médio defensivo, não havendo um que nos dê garantias para o seu lugar. Petrovic começou melhor esta pré-temporada do que no ano passado, mas não me convence. Palhinha como médio "destrutor" é bom, mas a parte da construção e passes teleguiados do William irão sempre "assombrar" as exibições do Palhinha e fazer muita falta no nosso miolo.»

Ângelo, neste meu texto

Os nossos comentadores merecem ser citados

«Interessante ver que, a pouco e pouco, os lampiões deixam de se preocupar com a corrupção em si, e mais com o conseguirem safar-se com essa corrupção. Não está em causa o fair play, honestidade, mérito, honra... Isso não interessa para nada. O que interessa é ganhar. Se for preciso umas "ajudinhas", desde que não sejam apanhados, tudo bem. Para eles, o único mal da corrupção é o risco de serem apanhados, não é a questão da legalidade, ética ou moral.»

Ângelo, neste texto do Tiago Cabral

Os nossos comentadores merecem ser citados

«A nossa direcção ou equipa técnica é que devem sofrer de uma verdadeira cegueira, quando acordam numa calendarização de jogos perfeitamente absurda! Como se compreende que uma equipa em pré-época dispute dois jogos no espaço de 24 horas com duas equipas fortes, sendo a segunda ainda mais forte que a primeira, e com um terceiro jogo a ser disputado também contra uma boa equipa, apenas menos de 48 horas após o segundo?»

Orlando, neste meu texto

Os nossos comentadores merecem ser citados

«Algumas perguntas:
1. Alguma vez na vida Paulo Oliveira cometeu lapsos defensivos como Mathieu no dia de hoje [sábado, frente ao Basileia]?
2. Alguma vez na vida Pedro Silva deu frangos ao nível de Jug no dia de hoje?
3. Alguma vez na vida Schelotto ou Esgaio defenderam tão mal como Geraldes hoje e no último jogo?
4. Alguma vez na vida Francisco Geraldes jogou tão mal como Matheus Oliveira hoje?
5. F.Geraldes e Gauld proscritos? Quando Battaglia e Matheus [Oliveira] não acertam um passe?»

SportingSempre, neste meu texto

Os nossos comentadores merecem ser citados

«A nossa natação - responsáveis e atletas - habituou-nos a um nível de profissionalismo e dedicação que muito tem contribuído para o enriquecimento de títulos do nosso Museu. E estende-se a todos os escalões de formação, o que nos garante a hegemonia nessa modalidade. Gostaria de ver replicado este ADN vencedor no nosso atletismo masculino, já que no feminino estamos bem servidos. (...) É necessário um trabalho sério de base na captação de jovens atletas.»

JHC, neste meu postal

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D