Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Balanço (6)

b8877b92b684bde6ce86cee30a78901a[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre COATES:

 

- Francisco Chaveiro Reis: «Coates, Semedo e Oliveira dão garantias. Acredito que são os laterais os maiores culpados pelos golos sofridos.» (20 de Dezembro)

- Eu: «Grande partida do internacional uruguaio, sempre muito concentrado, sem um só deslize, antecipando-se sempre aos adversários. Voltou a demonstrar que é o líder absoluto da defesa leonina.» (22 de Abril)

- Rui Cerdeira Branco: «Coates, que também fez uma pré-época de susto, depressa regressou ao estatuto conquistado no ano anterior, assumindo-se como o nosso melhor defesa.» (14 de Maio)

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

De ganhar o jogo.  Da vitória em Arouca, sem discussão, por 2-1. Foi o nosso sétimo triunfo fora de casa no campeonato e a sexta vitória nos últimos sete desafios.

 

Da reviravolta. Antes dos dez minutos, já perdíamos. Mas soubemos dar bem a volta ao marcador, em menos de dois minutos, de forma determinada e autoritária. Depois soubemos também segurar a vantagem, pensando muito mais nos três pontos em disputa do que no espectáculo.

 

De Coates. Hoje foi para mim o melhor jogador em campo. Com uma exibição irrepreensível. Patrão da defesa, desarticulou vários lances ofensivos do Arouca. Fez um bom cabeceamento, na sequência de um canto, aos 18'. E foi ele a iniciar o primeiro golo, com um passe em profundidade para Gelson Martins recolher na ala direita. Merece aplauso.

 

De Gelson Martins. Novamente em bom plano, para não destoar, o jovem internacional leonino ajudou a construir o golo que iniciou a nossa reviravolta fazendo a assistência para Alan Ruiz. Foi muito castigado pelo jogo faltoso do Arouca, que o árbitro não sancionou como devia - desde logo com a marcação de um penálti aos 6'.

 

Dos marcadores dos nossos golos. Alan Ruiz aos 34', Bruno César minuto e meio depois. Quem disse que no Sporting só Bas Dost sabe marcar?

 

Da vantagem ao intervalo. Consumada a reviravolta, os jogadores puderam ir tranquilos para os balneários. Aliás só pecaram na segunda parte por isso mesmo: excesso de tranquilidade.

 

De ver diminuída a distância face aos dois primeiros. Pela segunda jornada consecutiva, conquistamos quatro pontos ao SLB e ao FCP devido aos tropeções destas duas equipas. O Benfica tem agora mais oito pontos, o FC Porto está com mais sete. E estamos com mais dez do que o V. Guimarães e o Braga.

 

 

Não gostei

 

Do penálti perdoado ao Arouca pelo árbitro Luís Godinho. Gelson Martins foi claramente derrubado na grande área, logo aos 6', num lance em que o defesa arouquense nem quis tocar na bola.

 

Da segunda parte. Jogo pastoso e sonolento no período complementar, em que o Sporting não fez qualquer remate à baliza nem dispôs sequer de um canto. Esperamos e exigimos sempre mais dos nossos jogadores.

 

Do jejum de Bas Dost. Partida com qualidade abaixo da média do nosso habitual goleador, que hoje ficou em branco.

 

Da ausência prolongada de Adrien. O nosso capitão faz muita falta à equipa, que precisa de um verdadeiro n.º 8, com a missão de ligar os sectores e dinamizar o ataque.

 

De Schelotto. Corre tanto para quê?

 

Da troca de Alan Ruiz por Palhinha. Entendi mal esta substituição, concretizada aos 70'. Para quê reforçar o nosso meio-campo defensivo, desperdiçando a oportunidade de marcar um terceiro golo perante uma equipa tão desorganizada e débil?

 

De ver o estádio quase vazio. Consequência dos inaceitáveis preços dos bilhetes praticados pela família Pinho, que ainda gere o futebol do Arouca.

 

Pódio: Coates, Gelson Martins, Schelotto

Só por curiosidade, aqui fica a soma das classificações atribuídas à actuação dos nossos jogadores no Nacional-Sporting pelos três diários desportivos:

 

Coates: 14

Gelson Martins: 14

Schelotto: 14

Bruno César: 13

Rúben Semedo: 13

Rui Patrício: 13

Campbell: 11

Bryan Ruiz: 11

Bas Dost: 11

Markovic: 10

William Carvalho: 10

Marvin: 9

Alan Ruiz: 8

Elias: 6

 

A Bola elegeu Gelson Martins como melhor sportinguista neste jogo. O Record optou por Coates. O Jogo não escolheu nenhum.

Pódio: Coates, Adrien, Rúben Semedo

Por curiosidade, aqui fica a soma das classificações atribuídas à actuação dos nossos jogadores no Paços de Ferreira-Sporting pelos três diários desportivos:

 

Coates: 18

Adrien: 17

Rúben Semedo: 16

Alan Ruiz: 15

Gelson Martins: 15

Rui Patrício: 15

João Pereira: 15

Bruno César: 15

Slimani: 15

Bryan Ruiz: 14

William Carvalho: 14

Marvin: 12

Carlos Mané: 11

Bruno Paulista: 1

 

O Record elegeu Coates como figura do jogo. A Bola e O Jogo optaram por Adrien.

Balanço (8)

cropped_GettyImages-513927820[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre COATES:

 

- Francisco Chaveiro Reis: «Agastado com o uso prolongado de vermelho no Liverpool e com o facto de jogar em casa num Stadium of Light, Coates deve estrear-se hoje com a camisola 13 (número do azar aqui é o 7, nada temam!) do Sporting. Com claro sucesso com o branco do Nacional e com o celeste do Uruguai, está visto que foi o tom avermelhado das indumentárias inglesas que lhe toldou a sorte. Alto, forte, experiente mas com muito a provar na Europa, quer parecer-me que temos ali homem para acabar com as vias… verdes da nossa defesa.» (8 de Fevereiro) 

- Eu: «Parece sentir-se muito à-vontade como patrão da defesa leonina. Atento, concentrado, fazendo bom uso da sua elevada estatura (1,96m). Foi decisivo ao cabecear no lance do primeiro golo, dando até a sensação de ter sido ele a marcar.» (19 de Março)

- José da Xã: «Sei que vieram Bruno César, Coates e Zeegelaar, tendo também regressado Rúben Semedo. Mas todos eles insuficientes para as reais aspirações do Sporting.» (16 de Maio)

Uma questão cromática

Agastado com o uso prolongado de vermelho no Liverpool e com o facto de jogar em casa num Stadium of Light, Coates deve estrear-se hoje com a camisola 13 (número do azar aqui é o 7, nada temam!) do Sporting. Com claro sucesso com o branco do Nacional e com o celeste do Uruguai, está visto que foi o tom avermelhado das indumentárias inglesas que lhe toldou a sorte. Alto, forte, experiente mas com muito a provar na Europa, quer parecer-me que temos ali homem para acabar com as vias…verdes da nossa defesa. Se der uso aos seus 196 cm para marcar uns golos, também nenhum sportinguista se ofenderá. Boa sorte para logo.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D