17 Ago 17

Só ontem, registámos 6378 visualizações no És a Nossa Fé. Em média, 264 visualizações por hora. Prova evidente do crescente interesse que o nosso blogue continua a suscitar. Junto dos sportinguistas e até entre os adeptos de outras agremiações.

Sentimo-nos honrados com esta popularidade em grau crescente e prometemos não defraudar os nossos leitores. No campeonato da blogosfera, nunca jogamos para o empate.


comentar
06 Ago 17

Não há início de Liga sem que, antes, os blogueiros do "És a Nossa Fé" soltem o treinador/olheiro de bancada que há dentro de si e profetizem sobre a temporada futebolística que o Sporting irá realizar.

São 10 perguntas, exigentes mas desafiantes, que foram respondidas de forma corajosa e cujo acerto ou falhanço clamoroso iremos aferir daqui por 34 jornadas. De preferência, com o Sporting campeão  

Senhoras e senhores leitores, abaixo seguem os prognósticos de 23 dos blogueiros desta casa:

 

5 primeiros classificados

Sporting (23/23)

 

Alexandre Poço: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Marítimo

André Fernandes Nobre: Sporting, Benfica, Porto, Guimarães e Braga

Bernardo Pires de Lima: O bruxo; o conselho de arbitragem; a cartilha; os vouchers; restantes bandidos. A não ser que.

Cristina Torrão: Sporting, Porto, Braga, Benfica e Guimarães

Duarte Fonseca: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Braga

Edmundo Gonçalves: Sporting, Porto, Guimarães, Braga e Benfica

Eduardo Hilário: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães

Francisco Chaveiro Reis: Sporting, Porto, Benfica, Marítimo e Guimarães

Francisco Melo: Sporting, Benfica, Porto, Guimarães e Chaves.

Francisco Vasconcelos: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Braga

Frederico Dias de Jesus: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Chaves.

José da Xã: Sporting, Porto, Braga, Guimarães e Marítimo

João António: Sporting, Porto, Guimarães, Braga e Benfica

Luciano Amaral: Sporting, Benfica, Braga, Porto e Chaves

Luís de Aguiar Fernandes: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Chaves

Pedro Azevedo: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Rio Ave

Pedro Boucherie Mendes: Sporting, Benfica, Porto, Braga e Guimarães

Pedro Correia: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Braga

Pedro Oliveira: Sporting, Guimarães, Porto, Rio Ave e Belenenses

Ricardo Roque: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Braga

Rui Cerdeira Branco: Sporting, Porto, Guimarães, Braga e Chaves

Tiago Cabral: Sporting, Porto, Guimarães, Braga e Paços de Ferreira

Zélia Parreira: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães

 

2 últimos classificados

Tondela (11/23)

Aves e Feirense (8/23)

 

Alexandre Poço: Paços de Ferreira e Feirense

André Fernandes Nobre: Aves e Feirense

Bernardo Pires de Lima: Só sigo o Sporting.

Cristina Torrão: Feirense e Tondela

Duarte Fonseca: Tondela e Moreirense

Edmundo Gonçalves: Aves e Portimonense

Eduardo Hilário: Rio Ave e Setúbal

Francisco Chaveiro Reis: Tondela e Aves

Francisco Melo: Portimonense e Tondela.

Francisco Vasconcelos: Moreirense e Tondela

Frederico Dias de Jesus: Aves e Portimonense.

José da Xã: Boavista e Aves

João António: Tondela e Feirense

Luciano Amaral: Feirense e Tondela

Luís de Aguiar Fernandes: Aves e Tondela

Pedro Azevedo: Portimonense e Moreirense

Pedro Boucherie Mendes: Tondela e Portimonense

Pedro Correia: Feirense e Aves.

Pedro Oliveira: Braga e Benfica.

Ricardo Roque: Tondela e Aves

Rui Cerdeira Branco: Benfica e Feirense

Tiago Cabral: Belenenses e Moreirense

Zélia Parreira: Feirense e Tondela.

 

A defesa do Sporting irá sofrer, no máximo, até … golos.

22 (6/23)

 

Alexandre Poço: 18

André Fernandes Nobre: 22

Bernardo Pires de Lima: Os que tiver que ser, desde que marquemos sempre mais um.

Cristina Torrão: 23

Duarte Fonseca: 22

Edmundo Gonçalves: 19

Eduardo Hilário: 18

Francisco Chaveiro Reis: 17

Francisco Melo: 30

Francisco Vasconcelos: 24

Frederico Dias de Jesus: 23

José da Xã: 22

João António: 20

Luciano Amaral: 21

Luís de Aguiar Fernandes: 22

Pedro Azevedo: 20

Pedro Boucherie Mendes: 21

Pedro Correia: 24

Pedro Oliveira: 12

Ricardo Roque: 22

Rui Cerdeira Branco: 28

Tiago Cabral: 18

Zélia Parreira: 22

 

A maior goleada do Sporting, num jogo, irá cifrar-se em ... golos marcados.

6 golos (10/23)

 

Alexandre Poço: 6

André Fernandes Nobre: 7

Bernardo Pires de Lima: 1-0 chega em todas as jornadas. O que importa são os 3 pontos, nada mais.

Cristina Torrão: 5

Duarte Fonseca: 5

Edmundo Gonçalves: 6

Eduardo Hilário: 5

Francisco Chaveiro Reis: 6

Francisco Melo: 5

Francisco Vasconcelos: 6

Frederico Dias de Jesus: 6

José da Xã: 6

João António: 7

Luciano Amaral: 6

Luís de Aguiar Fernandes: 6

Pedro Azevedo: 7

Pedro Boucherie Mendes: 5

Pedro Correia: 6

Pedro Oliveira: 8

Ricardo Roque: 5

Rui Cerdeira Branco: 7

Tiago Cabral: 7

Zélia Parreira: 6

 

O homem-golo do Sporting irá marcar, no mínimo, ... golos.

30 (6/23)

 

Alexandre Poço: 30

André Fernandes Nobre: 30

Bernardo Pires de Lima: 34. 1 por jogo. 3 pontos. Campeões. Festa cigana pelo país com início em Loures.

Cristina Torrão: 31

Duarte Fonseca: 26

Edmundo Gonçalves: 34

Eduardo Hilário: 29

Francisco Chaveiro Reis: 25

Francisco Melo: 30

Francisco Vasconcelos: 30

Frederico Dias de Jesus: 30

José da Xã: 40

João António: 35

Luciano Amaral: 36

Luís de Aguiar Fernandes: 28

Pedro Azevedo: 25

Pedro Boucherie Mendes: 24

Pedro Correia: 30

Pedro Oliveira: 68

Ricardo Roque: 35

Rui Cerdeira Branco: 34

Tiago Cabral: 32

Zélia Parreira: 32

 

O Sporting será o … e mais 10!

Bas Dost (8/23)

 

Alexandre Poço: Bas Dost

André Fernandes Nobre: Coates

Bernardo Pires de Lima: Bas Dost. 34 golos. 1 por jornada. 3 pontos em cada. Campeões. Festa cigana pelo país com início em Loures.

Cristina Torrão: William Carvalho

Duarte Fonseca: Podence

Edmundo Gonçalves: William Carvalho (se sair, Battaglia).

Eduardo Hilário: Podence

Francisco Chaveiro Reis: Acuña

Francisco Melo: Bas Dost

Francisco Vasconcelos: Bruno Fernandes

Frederico Dias de Jesus: Podence

José da Xã: Bas Dost

João António: Acuña

Luciano Amaral: Podence

Luís de Aguiar Fernandes: Fábio Coentrão

Pedro Azevedo: Rui Patrício

Pedro Boucherie Mendes: Bas Dost

Pedro Correia: Bruno Fernandes

Pedro Oliveira: Bas Dost

Ricardo Roque: Bas Dost

Rui Cerdeira Branco: Gelson Martins

Tiago Cabral: Podence

Zélia Parreira: Bas Dost

 

Flop do ano será o ....

Alan Ruiz (6/23)

 

Alexandre Poço: Alan Ruiz

André Fernandes Nobre: Alan Ruiz

Bernardo Pires de Lima: O jogador que não enfiar uma cabeçada no árbitro mal este nos roube por telefonema prévio

de Carnide.

Cristina Torrão: Mathieu

Duarte Fonseca: Mattheus Oliveira

Edmundo Gonçalves: Doumbia

Eduardo Hilário: Alan Ruiz

Francisco Chaveiro Reis: Alan Ruiz

Francisco Melo: Piccini

Francisco Vasconcelos: Mathieu

Frederico Dias de Jesus: Petrovic

Helena Ferro de Gouveia

José da Xã: Fábio Coentrão

João António: Jonathan Silva

Luciano Amaral: Doumbia

Luís de Aguiar Fernandes: Alan Ruiz

Pedro Azevedo: Mattheus Oliveira

Pedro Boucherie Mendes: Matthieu

Pedro Correia: Mattheus Oliveira

Pedro Oliveira: Salin

Ricardo Roque: Alan Ruiz

Rui Cerdeira Branco: Mattheus Oliveira

Tiago Cabral: Plantel inteiro do Benfas

Zélia Parreira: Doumbia

 

Quantos jogos perde o Sporting na fortaleza de Alvalade?

0 (15/23)

 

Alexandre Poço: 0

André Fernandes Nobre: 0

Bernardo Pires de Lima: Impossível perder dadas as condições acima descritas.

Cristina Torrão: 1

Duarte Fonseca: 1

Edmundo Gonçalves: 0

Eduardo Hilário: 1

Francisco Chaveiro Reis: 0

Francisco Melo: 0

Francisco Vasconcelos: 2

Frederico Dias de Jesus: 0

José da Xã: 0

João António: 0

Luciano Amaral: 2

Luís de Aguiar Fernandes: 0

Pedro Azevedo: 0

Pedro Boucherie Mendes: 0

Pedro Correia: 1

Pedro Oliveira: 0

Ricardo Roque: 0

Rui Cerdeira Branco: 0

Tiago Cabral: 0

Zélia Parreira: 2

 

Qual será o número de jogos seguidos do Sporting a vencer no campeonato?

 9 (5/23)

 

Alexandre Poço: 12

André Fernandes Nobre: 15

Bernardo Pires de Lima: Se a resposta 1 não se verificar, 34.

Cristina Torrão: 14

Duarte Fonseca: 9

Edmundo Gonçalves: 17

Eduardo Hilário: 8

Francisco Chaveiro Reis: 11

Francisco Melo: 7

Francisco Vasconcelos: 9

Frederico Dias de Jesus: 14

José da Xã: 12

João António: 11

Luciano Amaral: 7

Luís de Aguiar Fernandes: 12

Pedro Azevedo: 8

Pedro Boucherie Mendes: 6

Pedro Correia: 9

Pedro Oliveira: 34

Ricardo Roque: 9

Rui Cerdeira Branco: 7

Tiago Cabral: 27

Zélia Parreira: 9

 

scorede vitórias do Sporting frente a Benfica e Porto será de ...

3 (10/23)

 

Alexandre Poço: 3

André Fernandes Nobre: 3

Bernardo Pires de Lima: Se a resposta a 1 não se verificar, 4.

Cristina Torrão: 3

Duarte Fonseca: 2

Edmundo Gonçalves: 2

Eduardo Hilário: 2

Francisco Chaveiro Reis: 2

Francisco Melo: 2

Francisco Vasconcelos: 2

Frederico Dias de Jesus: 3

José da Xã: 3

João António: 4

Luciano Amaral: 3

Luís de Aguiar Fernandes: 4

Pedro Azevedo: 3

Pedro Boucherie Mendes: 2

Pedro Correia: 3

Pedro Oliveira: 4

Ricardo Roque: 3

Rui Cerdeira Branco: 4

Tiago Cabral: 4

Zélia Parreira: 3


comentar ver comentários (7)
01 Ago 17

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Julho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu menções em todos eles. E figurou 17 vezes no pódio dos mais comentados - com quatro "medalhas de ouro", oito de "prata" e cinco de "bronze".

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

O polvo encarnado (5) (50 comentários, segundo mais comentado do dia)

O bruxo está de férias (40 comentários)

Campeão Rui Patrício (34 comentários)

Tempo de antena (2) (52 comentários)

A maior marca desportiva portuguesa (76 comentários, segundo mais comentado) 

Sem desculpas (36 comentários) 

Um teste aos leitores (64 comentários)

Os cábulas adoram copiar (64 comentários, segundo mais comentado) 

Atenção aos autogolos (60 comentários, segundo mais comentado) 

Oxalá me engane (56 comentários)

Porta giratória (142 comentários, segundo mais comentado)

Djaló peruano: um pontapé nos fundilhos (48 comentários)  

Do oitenta para o oito (62 comentários, segundo mais comentado) 

Os melhores estavam no banco (98 comentários, o mais comentado do dia)

Esperança e fé (58 comentários, o mais comentado do dia)

Um apelo a Bruno de Carvalho  (64 comentários, segundo mais comentado)

Verdadeiros adeptos somos nós (52 comentários)

Jogo de contrastes (74 comentários, o mais comentado do dia) 

Foi, não foi? (54 comentários, o mais comentado do dia)

Uma péssima tradição (44 comentários, segundo mais comentado)

Inflação virada do avesso (56 comentários)

 

Com um total de 1268 comentários nestes postais.

Fica o nosso agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.


comentar ver comentários (4)
31 Jul 17

A rubrica intitulada "Os nossos comentadores merecem ser citados" começou por ser muito ocasional, figurando aqui de quando em vez.

À medida que o tempo passava e que o nosso blogue se consolidava como título de referência do universo leonino, as citações dos nossos comentadores foram-se multiplicando.

Ao ponto de a etiqueta comentários, que sempre a acompanhou, figurar hoje como a segunda mais utilizada cá na casa - logo após Sporting, que não deixa de ser redundante.

Ao ponto de És a Nossa Fé ter figurado no mês de Julho, sem falhar um dia, sempre entre os dez mais comentados - e várias vezes na primeira posição - no vasto conjunto de blogues alojados na plataforma Sapo.

Esta popularidade, que assenta em grande parte na participação dos leitores, leva-me a fazer uma mudança na referida rubrica. Dando-lhe, com a atribuição de um novo título, um carácter ainda mais emblemático e relevante na dinâmica diária deste blogue.

Assim, a partir de amanhã, e com a entrada de um novo mês, nasce aqui A Voz do Leitor. A cada 24 horas, a marcar a fronteira dos dias. Sempre a destacar os comentários mais lúcidos e pertinentes e originais e sarcásticos que aqui chegarem. Procurando diversificar na medida do possível as áreas temáticas e os nomes dos leitores - pois aqui há sempre lugar para todos quantos tenham tanta dedicação e devoção ao Sporting como nós.

Espero que gostem, caros leitores. Esta rubrica é (ainda mais) vossa.


comentar ver comentários (3)
17 Jul 17
Cinco anos!
José da Xã

Pois é parece que foi ontem, mas já passaram cinco anos desde que aqui escrevi este meu primeiro texto. O tempo voa… e nem damos por isso.

Ora bem... desde esse dia até ao último texto, que há dois dias publiquei, perfilharam por aqui 289 posts por mim assinados o que equivale a uma média de 58 textos por ano. Se somarmos a isto os mais de 2000 comentários e os 474 gostos oriundos do feicebuque, dou conta que valeu bem a pena andar por aqui.

Grafico_fe_jx (2).jpg

  

 

 

Assumo sem qualquer espécie de rodeios que é um privilégio fazer parte desta já extensa equipa. Temos certamente diferentes visões e estratégias para o Sporting, aqui diversas vezes espelhadas, mas todos, repito todos têm o intuito de contribuir da melhor forma para a grandeza do nosso clube.

Somos os melhores adeptos, do melhor clube do Mundo: o Sporting.

A gente lê-se por aí!

 


comentar ver comentários (4)
18 Mai 17

Os leitores continuam a afluir em grande número a este blogue, como os números confirmam: só nos últimos três dias, recebemos 7535 visitas e registámos 15.465 visualizações. Sinal inequívoco de que nada do que se passa no Sporting nos é indiferente.

E ainda bem.


comentar
15 Mai 17

Neste fim de semana, no És a Nossa Fé recebemos 5631 visitas e registámos 13.377 visualizações. Números que naturalmente nos enchem de satisfação.

Cada vez mais pessoas consideram este blogue de leitura obrigatória. Fica a certeza: faremos tudo para continuar a corresponder às vossas expectativas.


comentar ver comentários (6)
24 Abr 17

Ao longo do dia de ontem, e mesmo tendo ocorrido um Real Madrid-Barcelona em horário nobre, aqui no És a Nossa Fé recebemos 2274 visitas e registámos 4522 visualizações. Média: 188 visualizações por hora.

Prossegue a tendência deste blogue em afirmar-se como um dos mais influentes da blogosfera leonina. Esta larga audiência só nos incentiva a prosseguir


comentar ver comentários (8)
13 Mar 17

Acabámos de ultrapassar mais uma marca neste blogue: a dos cem mil comentários. Fica o registo, com muito agrado. E que venham outros cem mil já a caminho.


comentar ver comentários (16)
07 Mar 17

És a Nossa Fé de vento em popa. Ontem, no rescaldo da jornada futebolística do fim de semana e do processo eleitoral no Sporting, tivemos 2378 visitas e 5037 visualizações.

Connosco a bola está sempre em jogo. E nunca entramos em campo só para queimar tempo.


comentar ver comentários (2)
06 Fev 17

És a Nossa Fé de vento em popa. Ontem, um domingo, tivemos 4297 visitas e 6860 visualizações.

Connosco a bola está sempre em jogo. E nunca entramos em campo só para queimar tempo.


comentar ver comentários (4)
01 Jan 17

five-38564_960_720[1].png

 

Faz hoje cinco anos, nascia o És a Nossa Fé. Adoptando como nome um saudável lema leonino que desde então se tem generalizado entre a massa adepta - aquela que, como nós, frequenta o estádio e gosta de ver os desafios da bancada, que nunca trocaria por tribuna ou camarote.

Somos exigentes: só nos contentamos com o melhor para o nosso clube. E o melhor é vencer, em todas as frentes, em todas as competições, em todos os escalões etários. Estamos vocacionados para a vitória, seguindo os passos dos nossos maiores - um Fernando Peyroteo, um José Travassos, um Joaquim Agostinho, um António Livramento, um Carlos Lopes, um Manuel Fernandes.

Orgulhosos da nossa história, não vivemos a contemplar as glórias do passado. As partidas que mais nos interessam são as do futuro, inspiradas pela excelência da nossa formação. Não por acaso, de Alvalade partiram grandes estrelas do futebol europeu e mundial, como Paulo Futre, Luís Figo e Cristiano Ronaldo.

 

Queremos que o Sporting mantenha as virtudes que o tornaram campeão da formação e do ecletismo.

Queremos também que corrija alguns erros estruturais, com a rapidez que se impõe, para retomar sem falhas o rumo do êxito na mais emblemática das modalidades, o futebol.

Queremos sobretudo que se desperdicem cada vez menos energias em refregas contra adversários internos, imaginários ou reais. Para que possamos gastá-las no combate leal aos nossos históricos rivais, estejam mais a norte ou mais a sul.

Somos hoje 39, neste plantel que se tornou uma referência da blogosfera leonina. Pensamos de maneira diferente uns dos outros, como é público e notório: nada mais salutar. Mas todos somos sportinguistas. E todos partilhamos a convicção de que não existem sportinguistas de primeira e de segunda.

 

Ao longo destes cinco anos, vimos nascer e crescer algumas vedetas, assistimos à partida ou ao irremediável ocaso de outras. Enquanto adeptos apaixonados, tivemos alguns sonhos, muitos dissabores, uns quantos pesadelos.

Vamos seguir em frente, continuando a defender as nossas cores com ímpeto leonino. Nunca confundindo o aplauso ou a crítica a responsáveis ocasionais com a defesa dos interesses permanentes do Sporting.

Para essa mobilização estaremos cá sempre. Com esperança e fé.

De verde e branco.

 

IMG_2233.JPG

 Parte do plantel do És a Nossa Fé, reunido num animado jantar de grupo a 30 de Setembro


comentar ver comentários (34)
13 Ago 16
Liga NOS 2016/2017
Francisco Melo

Não há início de Liga sem que, antes, os blogueiros do "És a Nossa Fé" soltem o treinador/olheiro de bancada que há dentro de si e profetizem sobre a temporada futebolística que o Sporting irá realizar.

São 10 perguntas, exigentes mas desafiantes, que foram respondidas de forma corajosa e cujo acerto ou falhanço clamoroso iremos aferir daqui por 34 jornadas. De preferência, com o Sporting campeão 

Senhoras e senhores leitores, abaixo seguem os prognósticos de 20 dos blogueiros desta casa.

 

1. Prognóstico dos 5 primeiros classificados.

 

Campeão Nacional: Sporting (19/20)

 

Alexandre Poço: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Belenenses.

António Bilrero: Sporting, Benfica, Porto, Guimarães e Arouca.

António Manuel Venda: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães.

Cristina Torrão: Sporting, Porto, Benfica, Estoril e Braga.

Duarte Fonseca: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães.

Eduardo Hilário: Sporting, Porto, Benfica, Guimarães e Braga.

Filipe de Arede Nunes: Sporting, Benfica, Porto, Braga e Guimarães.

Francisco Chaveiro Reis: Sporting, Benfica, Porto, Guimarães e Braga.

Francisco Melo: Sporting, Benfica, Porto, Braga e Guimarães.

Francisco Vasconcelos: Sporting, Benfica, Porto, Braga e V. Guimarães.

Frederico Dias de Jesus: Sporting; Porto; Benfica; Braga e Estoril.

José da Xã: Sporting, Porto, Braga, Guimarães e Belenenses.

João António: Sporting, Porto, Guimarães, Benfica e Braga.

João Távora: Sporting, Benfica, Porto, Estoril e Braga.

Luís de Aguiar Fernandes: Sporting, Benfica, Porto, V. de Guimarães e Braga.

Pedro Boucherie Mendes: Sporting, Benfica, Porto, Braga e Paços de Ferreira.

Pedro Correia: Sporting, Porto, Braga, Benfica e V. Guimarães.

Rui Cerdeira Branco: Benfica, Sporting, Porto, Braga e Arouca.

Tiago Cabral: Sporting, Benfica, Braga, Arouca e Porto.

Zélia Parreira: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães.

 

2. Prognóstico dos 2 últimos classificados.

 

Feirense (14/20)

Tondela (7/20)

Chaves (7/20)

 

Alexandre Poço: Moreirense e Feirense.

António Bilrero: Chaves e Feirense.

António Manuel Venda: Chaves e Feirense.

Cristina Torrão: Chaves e Tondela.

Duarte Fonseca: Feirense e Tondela.

Eduardo Hilário: Tondela e Feirense.

Filipe de Arede Nunes: Nacional e Boavista. 

Francisco Chaveiro Reis: Tondela e Feirense.

Francisco Melo: Feirense e Moreirense.

Francisco Vasconcelos: Boavista e Feirense.

Frederico Dias de Jesus: Feirense e Chaves.

José da Xã: Benfica e Chaves.

João António: Tondela e Feirense.

João Távora: Arouca e Nacional.

Luís de Aguiar Fernandes: Tondela e Feirense.

Pedro Boucherie Mendes: Chaves e Boavista.

Pedro Correia: Boavista e Feirense.

Rui Cerdeira Branco: Vitória FC e Feirense.

Tiago Cabral: Belenenses e Tondela.

Zélia Parreira: Chaves e Feirense.

 

3. O Sporting será o... e mais 10!

 

Adrien (8/20)

 

Alexandre Poço: Adrien.

António Bilrero: William Carvalho.

António Manuel Venda: Rui Patrício.

Cristina Torrão: Rui Patrício.

Duarte Fonseca: Bryan Ruiz.

Eduardo Hilário: Adrien.

Filipe de Arede Nunes: Adrien.

Francisco Chaveiro Reis: Adrien.

Francisco Melo: Rui Patrício.

Francisco Vasconcelos: Adrien.

Frederico Dias de Jesus: Adrien.

José da Xã: Bryan Ruiz.

João António: Adrien.

João Távora: João Mário.

Luís de Aguiar Fernandes: William Carvalho.

Pedro Boucherie Mendes: Adrien.

Pedro Correia: Alan Ruiz.

Rui Cerdeira Branco: Rui Patrício.

Tiago Cabral: Gelson Martins.

Zélia Parreira: João Mário (ou Bryan Ruiz).

 

4. O Hérnan foi de Barcos e o próximo a ir de vela será o…

 

Petrovic (6/20)

 

Alexandre Poço: Wallyson Mallman

António Bilrero: João Pereira

António Manuel Venda: Petrovic

Cristina Torrão: Iuri Medeiros

Duarte Fonseca: Petrovic

Eduardo Hilário: Marvin Zeegelaar

Filipe de Arede Nunes: Spalvis

Francisco Chaveiro Reis: Petrovic

Francisco Melo: Marvin Zeegelaar

Francisco Vasconcelos: Petrovic

Frederico Dias de Jesus: Meli.

José da Xã: Iuri Medeiros

João António: Ewerton

João Távora: Ewerton

Luís de Aguiar Fernandes: Ewerton

Pedro Boucherie Mendes: Spalvis

Pedro Correia: Bruno Paulista

Rui Cerdeira Branco: Spalvis

Tiago Cabral: Petrovic

Zélia Parreira: Petrovic

 

5. A defesa do Sporting irá sofrer, no máximo, até … golos.

 

Até 20 golos (15/20)

 

Alexandre Poço: 18

António Bilrero: 15

António Manuel Venda: 16

Cristina Torrão: 22

Duarte Fonseca: 20

Eduardo Hilário: 9

Filipe de Arede Nunes: 22

Francisco Chaveiro Reis: 14

Francisco Melo: 23

Francisco Vasconcelos: 20

Frederico Dias de Jesus: 16

José da Xã: 20

João António: 17

João Távora: 15

Luís de Aguiar Fernandes: 14

Pedro Boucherie Mendes: 19

Pedro Correia: 19

Rui Cerdeira Branco: 30

Tiago Cabral: 19

Zélia Parreira: 23

 

6. A maior goleada do Sporting irá cifrar-se em ... golos marcados.

 

6 golos (10/20)

 

Alexandre Poço: 7

António Bilrero: 6

António Manuel Venda: 7

Cristina Torrão: 5

Duarte Fonseca: 6

Eduardo Hilário: 5

Filipe de Arede Nunes: 6

Francisco Chaveiro Reis: 7

Francisco Melo: 6

Francisco Vasconcelos: 6

Frederico Dias de Jesus: 5

José da Xã: 6

João António: 8

João Távora: 5

Luís de Aguiar Fernandes: 6

Pedro Boucherie Mendes: 7

Pedro Correia: 6

Rui Cerdeira Branco: 5

Tiago Cabral: 6

Zélia Parreira: 6

 

7. O homem-golo do Sporting vai marcar, no mínimo, ... golos.

 

20 golos (13/20)

 

Alexandre Poço: 20

António Bilrero: 25

António Manuel Venda: 32

Cristina Torrão: 17

Duarte Fonseca: 30

Eduardo Hilário: 29

Filipe de Arede Nunes: 19

Francisco Chaveiro Reis: 18

Francisco Melo: 15

Francisco Vasconcelos: 18

Frederico Dias de Jesus: 20

José da Xã: 25

João António: 33

João Távora: 28

Luís de Aguiar Fernandes: 25

Pedro Boucherie Mendes: 25

Pedro Correia: 30

Rui Cerdeira Branco: 15

Tiago Cabral: 35

Zélia Parreira: 21

 

8. Quantos jogos perde o Sporting em casa?

 

Não perde nenhum (15/20)

 

Alexandre Poço: 0

António Bilrero: 0

António Manuel Venda: 0

Cristina Torrão: 0

Duarte Fonseca: 0

Eduardo Hilário: 1

Filipe de Arede Nunes: 0

Francisco Chaveiro Reis: 0

Francisco Melo: 0

Francisco Vasconcelos: 1

Frederico Dias de Jesus: 0

José da Xã: 0

João António: 0

João Távora: 0

Luís de Aguiar Fernandes: 0

Pedro Boucherie Mendes: 0

Pedro Correia: 1

Rui Cerdeira Branco: 3

Tiago Cabral: 0

Zélia Parreira: 1

 

9. Qual será o número de jogos seguidos do Sporting a vencer no campeonato?

 

No mínimo 12 (12/20)

 

Alexandre Poço: 14

António Bilrero: 12

António Manuel Venda: 17

Cristina Torrão: 11

Duarte Fonseca: 6

Eduardo Hilário: 13

Filipe de Arede Nunes: 14

Francisco Chaveiro Reis: 7

Francisco Melo: 12

Francisco Vasconcelos: 13

Frederico Dias de Jesus: 10

José da Xã: 13

João António: 13

João Távora: 12

Luís de Aguiar Fernandes: 8

Pedro Boucherie Mendes: 11

Pedro Correia: 14

Rui Cerdeira Branco: 7

Tiago Cabral: 17

Zélia Parreira: 9

 

10. O score de vitórias do Sporting frente a Benfica e Porto será de...

 

3 (12/20)

 

Alexandre Poço: 3

António Bilrero: 3

António Manuel Venda: 4

Cristina Torrão: 3

Duarte Fonseca: 3

Eduardo Hilário: 3

Filipe de Arede Nunes: 3

Francisco Chaveiro Reis: 3

Francisco Melo: 2

Francisco Vasconcelos: 3

Frederico Dias de Jesus: 3

José da Xã: 4

João António: 4

João Távora: 2

Luís de Aguiar Fernandes: 4

Pedro Boucherie Mendes: 3

Pedro Correia: 3

Rui Cerdeira Branco: 2

Tiago Cabral: 4

Zélia Parreira: 3


comentar ver comentários (4)
19 Mai 16

Nos últimos dez dias, o nosso blogue recebeu 25.815 visitas e registou 50.411 visualizações. Razões de sobra para continuarmos cheios de entusiasmo a escrever aqui.


comentar ver comentários (18)
12 Mai 16
Obrigado!
Francisco Vasconcelos

A vossa obsessão diária e quase doentia faz de nós um dos blogs mais vistos e comentados. E dá um gozo.


comentar ver comentários (13)
02 Mai 16
Simbolismos
André Fernandes Nobre

Gosto muito de simbolismos.

 

De datas especiais, dias que só nos dizem coisas a nós e aos que nos rodeiam, lugares cuja magia está intrinsecamente ligada a momentos das nossas vidas, vocês percebem a ideia.

 

Como tal, foi com um brilhozinho nos olhos que recebi e aceitei o convite que me foi feito para me juntar a tão ilustre casa e notável equipa no dia em que o Sporting despachou os "andrades" na casa deles por 1-3 e em que os responsáveis de tão tenebrosa agremiação acabaram o dia a chorar pelo regresso de arbitragens que lhes fossem favoráveis, como ainda eram há pouquíssimo tempo.

 

Tudo sinais de um tempo novo que se afigura risonho, diria.

 

Pela minha parte, não podia estar mais contente.

 

Muito obrigado por esta bonita memória e Sporting sempre!


comentar ver comentários (8)
30 Abr 16

thumbnail_FullSizeRender[1].jpg

 

 "Até os bebemos!" (no momento de brindarmos com Vinho do Porto)

 

O cenário foi o do costume: o Café Império. tínhamos uma mesa grande só para nós num espaço reservado deste místico restaurante lisboeta onde o bife continua a ser de excelência.

Um plasma enorme posto à disposição dos clientes na sala principal exibia um programa que parecia interessar a meia dúzia de comensais ali abancados. Mas no reduto onde ontem nos reunimos para jantar o televisor permaneceu desligado: estávamos ali reunidos para conviver, não para espreitar noticiários ou telenovelas. Com um grande cachecol verde a servir-nos de emblema. Como bem demonstra a fotografia que imortalizou este evento.

O convívio prolongou-se por quatro horas: fomos os últimos a abandonar o estabelecimento. A confraternizar e gargalhar até à porta de saída, já entrara a madrugada de hoje. Uso a primeira pessoa do plural para me referir aos que marcaram presença: a Alda Telles, o João Caetano Dias, o José da Xã, o José Navarro de Andrade, o Luciano Amaral, o Luís de Aguiar Fernandes, a Marta Spínola e o Tiago Cabral. Além de mim, auto-encarregado de escrever e assinar a presente acta após o brinde final, com cálices de Vinho do Porto.

Nada mais apropriado para a ocasião, a horas de mais um clássico disputado a Norte - que antevemos como reedição dessa obra-prima que é Um Leão da Estrela, um dos mais populares filmes portugueses de todos os tempos.

Tomei nota de algumas das melhores frases proferidas antes, durante e depois do repasto. Ficam aqui reproduzidas com a devida vénia aos autores das ditas, entre os quais me incluo. E como homenagem a esse grande sportinguista - na tela e fora dela - que foi o actor António Silva. Como ele bem disse, "se é Leão, é um homem de bem". De outros não reza a história.

 

«Esta cerveja [Heineken] não está mal. Mas era melhor se fosse Super Bock. [Empregado: "Preferem Sagres?" Algumas vozes peremptórias: "Não!"].»

 

«No outro dia fui ao estádio da Luz... ao Media Markt.»

 

«Parece que eles conseguiram encher o estádio. Foi preciso haver greve de taxistas.»

 

«Se perdermos este campeonato foi apenas porque o Bryan Ruiz falhou dois golos. É mais poético dizer assim.»

 

«[Empregado: "Há pouco o Guimarães falhou um golo"] O Bryan Ruiz está a jogar por eles?»

 

«Há só uma coisa que me chateia em ser do Sporting: nós temos razão e ninguém concorda connosco.»

 

«Não vou ser do Sporting até morrer. Cinco minutos antes, digo que me tornei do Benfica. Para ter a certeza de que morreu mais um.»

 

«Eu amanhã vou ao Porto. Nem sei como é que me meti nisto.»

 

«Até os bebemos!» [Enquanto brindávamos com Vinho do Porto]


comentar ver comentários (16)
08 Abr 16
Eles
Pedro Correia

Eles vêm todos os dias a este blogue, orgulhosamente verde-e-branco, reclamar que falamos muito do clube deles. Mas são incapazes de escrever uma só linha, de manhã à noite, sem mencionarem o Sporting. É tempo de lhes agradecermos esta peculiar homenagem que prestam à grandeza leonina.


comentar ver comentários (25)
23 Jan 16

DSC_0035.JPG

 

Foi mais um momento de alegre e descontraído convívio no sítio do costume - o café Império, em Lisboa. Onde não faltou a fé na conquista de novos troféus num futuro próximo, começando pelo campeonato nacional de futebol que nos foge há quase 14 anos.

O local é-nos tão familiar que já nem precisamos de espreitar a ementa. Vieram portanto bifes para todos, diferindo apenas na duração do contacto com a chama do fogão - houve quem os preferisse relativamente bem passados e quem os exigisse quase em sangue ("bife à vampiro", como o Edmundo Gonçalves os designou com notório bom humor, sem fobia da cor vermelha na hora de trincar).

Pois é. Já lá vão quatro anos. O aniversário do És a Nossa Fé ficou ontem assinalado à maneira neste bem-disposto jantar que à hora dos aperitivos estava monopolizado pelo tema futebol e quando se mastigavam as últimas batatas fritas tinha resvalado em larga medida para a política - o que se entende, uma vez sem exemplo, por ser dia de encerramento da campanha eleitoral para as presidenciais.

 

DSC_0047.JPG

 

Houve duas estreias à mesa: o João Caetano Dias e o Frederico Dias de Jesus participaram pela primeira vez num destes convívios. Vieram juntar-se a um vasto plantel onde pontuam duas estimadas Leoas: a Alda Telles e a Marta Spínola. O José da Xã veio munido da máquina fotográfica que perpetuou o evento em imagens. Autografei com todo o gosto um exemplar do meu livro a este amigo de longa data. E o José Navarro de Andrade fez o mesmo com um exemplar do seu romance, que lhe tem valido merecidos elogios.

O Rui Cerdeira Branco chegou de gravata, mas não tardou a retirá-la. O Eduardo Hilário desta vez veio sem ela, mantendo intacto o entusiasmo por Jorge Jesus - muito anterior à chegada do nosso treinador ao Sporting, como posso testemunhar.

 

DSC_0046.JPG

 

Lembrámos os tempos pioneiros do arranque deste blogue, marcados por um dos piores períodos da existência do nosso Sporting, felizmente já ultrapassados. Tempos que alguns de nós associámos inevitavelmente aos croquetes que entretanto tinham chegado à mesa e fomos empurrando goela abaixo com a ajuda de uma loiras esguias, bem fresquinhas. Havia uma garrafa de vinho, mas estava só a enfeitar a mesa. E quem optou por água ficou desta vez em minoria absoluta.

Alexandre Poço lançou para a mesa uma ideia prontamente acolhida por todos os comensais: vamos passar a assinalar, em série colectiva e rotativa, os melhores golos de sempre do Sporting - na perspectiva de cada um. Compete-lhe dar o pontapé de saída, num dos próximos dias. Esperamos que os nossos leitores gostem - e se associem à iniciativa lançando sugestões.

Eu gostei particularmente dos golos mencionados pelo Gabriel Santos, pelo Luciano Amaral e pelo Tiago Cabral. Mas não digo quais são para não estragar o suspense.

 

DSC_0032.JPG

 

Em suma, foi mais um excelente convívio. Em que a amizade ganhou por goleada - e nada é tão importante como isso.

Um convívio valorizado com a presença de Jorge Jesus, que se associou a nós via televisão, instalada no alto da parede, ao fundo da sala: enquanto o jantar decorria, o ecrã manteve-se sintonizado na Sporting TV, onde o técnico que tanto apreciamos ia proferindo em entrevista estas frases que anotei: "Trabalhamos de olhos fechados"; A minha perfeição vai ao pormenor"; "Slimani tem aquilo que Deus lhe deu".

Como havíamos nós de perder a Fé?


comentar ver comentários (18)
01 Jan 16
Quatro anos
Pedro Correia

yikeaRR5T[1].png

Este blogue assinala hoje quatro anos de vida. Nascemos a 1 de Janeiro de 2012, num período conturbado da história do nosso clube, mas nem por isso deixámos de acreditar sempre no Sporting.

Passámos já por dois presidentes (Godinho Lopes e Bruno de Carvalho), oito treinadores (Domingos Paciência, Ricardo Sá Pinto, Oceano Cruz, Franky Vercauteren, Jesualdo Ferreira, Leonardo Jardim, Marco Silva e Jorge Jesus), muitos jogadores, bastantes vitórias (menos do que desejaríamos), dois troféus relevantes no futebol (Taça de Portugal e Supertaça) algumas derrotas (mais do que gostaríamos) e diversos percalços que foram sendo registados neste espaço leonino que servirá um dia também de rascunho para alguém escrever a história do nosso clube, sem dúvida um dos maiores da Europa em troféus, número de sócios e de praticantes.

Queremos que o Sporting mantenha as virtudes que o tornaram campeão da formação e do ecletismo. Queremos também que continue a corrigir alguns erros estruturais, com a rapidez que se impõe, para retomar sem falhas o rumo do êxito na mais emblemática das modalidades, o futebol. Queremos sobretudo que se desperdicem cada vez menos energias em refregas contra adversários internos, imaginários ou reais. Para que possamos gastá-las no combate leal aos nossos históricos rivais, estejam mais a norte ou mais a sul.

Fomos de algum modo precursores ao adoptarmos, para nome do nosso blogue, uma frase leonina hoje inscrita como lema do clube. Um lema que entoamos em uníssono, sempre com entusiasmo: És a Nossa Fé.

Cá estaremos para continuar a dar testemunho do que pensamos, sem condicionamentos nem preconceitos, enquanto elos de uma vasta corrente que nos faça sentir cada vez mais orgulhosos de sermos de onde somos, com muito gosto e muita honra.

Do Sporting Clube de Portugal.


comentar ver comentários (18)
24 Dez 15
Natal bem verde...
José da Xã

... Não, não estou a falar das couves que acompanham o bacalhau, mas do verde da esperança.

Após uma semana terrível é tempo de acalmar e perceber o que correu mal. Todos nós sabemos que há forças contra o Sporting fora do rectângulo de jogo. Mas é por isso mesmo que temos de ser muuuuuuuuito melhores que os outros.

Até somos... temos é que o demonstrar.

Finalmente... Feliz Natal a todos quantos escrevem no "És a nossa Fé", independentemente de acreditarem ou não no sentido desta quadra, naturalmente extensível às suas famílias.

Boas Festas também aos que aqui surgem como comentadores ou simples leitores. Sejam de que clube forem, porque o Natal não tem clube.


comentar ver comentários (9)
14 Set 15
William quase de volta
Francisco Almeida Leite

18818949_rDAZg[1].jpg

 

Estive com William Carvalho há pouco tempo, em Alvalade, e posso testemunhar o que Jesus disse. A recuperação decorre a bom ritmo e William é a nossa grande contratação. Dará muita segurança à linha média com uma atitude que fará a diferença.

sinto-me:

comentar ver comentários (2)
14 Ago 15
Liga NOS 2015/2016
Francisco Melo

Não há Liga que arranque sem que, antes, os blogueiros do "És a Nossa Fé" soltem o treinador/olheiro de bancada que há dentro de si.

A fezada em Jesus é enorme e, prova disso, está o pleno de vaticínios no Sporting campeão, numa defesa imbatível e em como esta será a época de Slimani.

Nota também para a grande confiança nos despiques do Sporting frente aos seus rivais (recorde-se que no ano passado a equipa leonina não venceu qualquer jogo para o campeonato diante de Porto e Benfica).

Caríssimos leitores, os dados estão lançados!

Sintam-se, pois, à vontade para comentarem os palpites dos nossos blogueiros, fazendo, querendo, as vossas próprias previsões. 

Daqui por 34 jornadas voltaremos a revisitar estes prognósticos, e ver qual dos blogueiros cá de casa é o maior especialista vivo em bola. Ah, e de preferência, celebrando o regresso do Sporting ao posto de campeão nacional!

 

1. Prognóstico dos 5 primeiros classificados

 

Campeão Nacional: Sporting (18/18)

 

Alexandre Poço: Sporting, Porto, Braga, Benfica e Belenenses.

Bernardo Pires de Lima: 1º Sporting. O resto não conheço.

Cristina Torrão: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Estoril.

Duarte Fonseca: Sporting, Porto, Benfica, Braga, Marítimo.

Edmundo Gonçalves: Sporting, Porto, Braga, Benfica e Belenenses.

Eduardo Hilário: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães.

Filipe de Arede Nunes: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Belenenses.

Francisco Almeida Leite: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães.

Francisco Melo: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Nacional.

Frederico Dias de Jesus: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Belenenses.

João António: Sporting, Porto, Braga, Benfica e Guimarães.

José da Xã: Sporting, Porto, Vitória de Guimarães, Braga e Paços de Ferreira.

Luciano Amaral: Sporting, Benfica, Braga, Porto e Belenenses.

Luís de Aguiar Fernandes: Sporting, Porto, Benfica, Braga e Moreirense.

Marta Spínola: Sporting, Benfica, Porto, Belenenses e Vitória de Guimarães.

Pedro Correia: Sporting, Porto, Braga, Benfica e Belenenses.

Rui Cerdeira Branco: Sporting, Porto, Benfica, Belenenses e Braga.

Tiago Cabral: Sporting; Belenenses; Braga; Estoril e Porto.

 

2. Prognóstico dos 2 últimos classificados

 

Tondela (11/18)

União da Madeira (7/18)

 

Alexandre Poço: Arouca e Moreirense.

Bernardo Pires de Lima: Desconheço os outros clubes.

Cristina Torrão: Tondela e Moreirense.

Duarte Fonseca: União da Madeira e Setúbal.

Edmundo Gonçalves: Tondela e Académica.

Eduardo Hilário: Tondela e União da Madeira.

Filipe de Arede Nunes: Moreirense e Tondela (esta é muito difícil uma vez que ainda não vi nenhum jogo das equipas).

Francisco Almeida Leite: Tondela e Arouca.

Francisco Melo: Tondela e União da Madeira.

Frederico Dias de Jesus: Tondela e Setúbal.

João António: Tondela e União da Madeira.

José da Xã: Tondela e Setúbal.

Luciano Amaral: Arouca e Académica.

Luís de Aguiar Fernandes: Setúbal e União da Madeira. Com pena.

Marta Spínola: Tondela e Arouca.

Pedro Correia: Tondela e União da Madeira.

Rui Cerdeira Branco: União da Madeira e Setúbal.

Tiago Cabral: Arouca e Paços Ferreira.

 

3. O Sporting será o ... e mais 10!

 

Bryan Ruiz (8/18)

 

Alexandre Poço: Carrillo.

Bernardo Pires de Lima: Cérebro de JJ a falar ao Bryan Ruiz e mais 10.

Cristina Torrão: Rui Patrício.

Duarte Fonseca: Bryan Ruiz.

Edmundo Gonçalves: Carrillo (caso saia, João Mário).

Eduardo Hilário: João Mário.

Filipe de Arede Nunes: Paulo Oliveira.

Francisco Almeida Leite: Bryan Ruiz.

Francisco Melo: Bryan Ruiz. Tem nome de craque, vai ser “o” craque.

Frederico Dias de Jesus: João Mário.

João António: João Mário.

José da Xã: Bryan Ruiz.

Luciano Amaral: Bryan Ruiz.

Luís de Aguiar Fernandes: Paulo Oliveira, um patrão silencioso.

Marta Spínola: Aquilani.

Pedro Correia: Bryan Ruiz.

Rui Cerdeira Branco: Bryan Ruiz.

Tiago Cabral: João Mário.

 

 4. Atrás do Naby Sarr virá o ..., quem dele bom fará!

 

Ciani (8/17)

 

Alexandre Poço: Ciani.

Bernardo Pires de Lima: Mitroglou.

Cristina Torrão: Ainda não sei.

Duarte Fonseca: Ciani (ainda vai sair antes de Setembro).

Edmundo Gonçalves: Não há jogadores maus no Sporting! :)

Eduardo Hilário: Este ano não vamos ter jogador flop. Vamos ter uma equipa solidária e trabalhadora.

Filipe de Arede Nunes: Ciani.

Francisco Almeida Leite: Ciani.

Francisco Melo: Ricardo Esgaio.

Frederico Dias de Jesus: Ciani.

João António: Rabia.

José da Xã: Tobias Figueiredo.

Luciano Amaral: Aquilani.

Luís de Aguiar Fernandes: Ciani. Parece que estou a olhar para o Sarr daqui a 10 anos...

Marta Spínola: Tobias Figueiredo.

Pedro Correia: Ciani já não conta… Talvez Bruno Paulista.

Rui Cerdeira Branco: Ciani.

Tiago Cabral: Aquilani.

 

5. A defesa do Sporting irá sofrer, no máximo, até … golos.

 

Até 20 golos (13/18)

 

Alexandre Poço: 20.

Bernardo Pires de Lima: Se sofrer algum é porque o Capela a meteu lá dentro.

Cristina Torrão: 20.

Duarte Fonseca: 20.

Edmundo Gonçalves: 18.

Eduardo Hilário: 17.

Filipe de Arede Nunes: 20.

Francisco Almeida Leite: 25.

Francisco Melo: 15.

Frederico Dias de Jesus: 18.

João António: 19.

José da Xã: 20.

Luciano Amaral: 20.

Luís de Aguiar Fernandes: 16. A nossa pressão não vai dar grandes hipóteses de jogo aos adversários.

Marta Spínola: 22.

Pedro Correia: 22.

Rui Cerdeira Branco: 25.

Tiago Cabral: 17.

 

6. A maior goleada do Sporting irá cifrar-se em ... golos marcados.

 

6 golos (8/18)

 

Alexandre Poço: 7 golos.

Bernardo Pires de Lima: 7-1 no galinheiro.

Cristina Torrão: 5 golos.

Duarte Fonseca: 7 golos.

Edmundo Gonçalves: 6 golos.

Eduardo Hilário: 5 golos.

Filipe de Arede Nunes: 6 golos.

Francisco Almeida Leite: 5 golos.

Francisco Melo: 7 golos.

Frederico Dias de Jesus: 6 golos.

João António: 6 golos.

José da Xã: 6 golos.

Luciano Amaral: 5 golos.

Luís de Aguiar Fernandes: 6 golos. 6-1 a uns pobres coitados, em Alvalade.

Marta Spínola: 5 golos.

Pedro Correia: 6 golos.

Rui Cerdeira Branco: 8 golos.

Tiago Cabral: 6 golos.

 

7. O homem-golo do Sporting será o … e vai marcar, no mínimo, … golos.

 

Slimani (14/18)

Menos de 20 golos (10/18)

 

Alexandre Poço: Montero, 17 golos.

Bernardo Pires de Lima: Islão Slimani: 12 até ao Ramadão, 7 em jejum, 10 com a barriga cheia.

Cristina Torrão: Montero, 14 golos.

Duarte Fonseca: Slimani, 20 golos.

Edmundo Gonçalves: Slimani (se sair, Montero), 18 golos.

Eduardo Hilário: Slimani, 17 golos.

Filipe de Arede Nunes: Slimani, 19 golos.

Francisco Almeida Leite: Teo Gutierrez, 16 golos.

Francisco Melo: Slimani, 20 golos.

Frederico Dias de Jesus: Príncipe do Magreb, Islam Slimani , 18 golos.

João António: Slimani, 25 golos.

José da Xã: Montero, 22 golos.

Luciano Amaral: Slimani, 14 golos.

Luís de Aguiar Fernandes: Slimani. Mas dobra a cifra, para os 24.

Marta Spínola: Slimani, 20 golos.

Pedro Correia: Slimani, 15 golos.

Rui Cerdeira Branco: Slimani, 18 golos.

Tiago Cabral: Slimani, 21 golos.

 

8. Nos jogos em casa, o Sporting ...

 

Não perde nenhum (16/18)

 

Alexandre Poço: não perde nenhum.

Bernardo Pires de Lima: Imbatíveis em casa.

Cristina Torrão: não perde nenhum.

Duarte Fonseca: não perde nenhum.

Edmundo Gonçalves: não perde nenhum.

Eduardo Hilário: perde 2 jogos.

Filipe de Arede Nunes: não perde nenhum.

Francisco Almeida Leite: não perde nenhum.

Francisco Melo: não perde nenhum.

Frederico Dias de Jesus: não perde nenhum.

João António: não perde nenhum.

José da Xã: não perde nenhum.

Luciano Amaral: perde 1 jogo.

Luís de Aguiar Fernandes: Perder? O que é isso?

Marta Spínola: não perde nenhum.

Pedro Correia: não perde nenhum.

Rui Cerdeira Branco: não perde nenhum.

Tiago Cabral: não perde nenhum.

 

9. O score de vitórias do Sporting frente a Benfica e Porto será de ...

 

3, no mínimo (7/18)

 

Alexandre Poço: 3, no mínimo.

Bernardo Pires de Lima: Vence limpinho, limpinho todos os jogos.

Cristina Torrão: 3, no mínimo.

Duarte Fonseca: 3, no mínimo.

Edmundo Gonçalves: Vai vencer os dois jogos em casa e vai vencer na Luz, 3, portanto.

Eduardo Hilário: Faz o pleno.

Filipe de Arede Nunes: 2, no mínimo.

Francisco Almeida Leite: 2, no mínimo.

Francisco Melo: 2, no mínimo.

Frederico Dias de Jesus: 2, no mínimo.

João António: Faz o pleno.

José da Xã: Faz o pleno.

Luciano Amaral: 3, no mínimo.

Luís de Aguiar Fernandes: No mínimo, 3 em 4. No mínimo.

Marta Spínola: 2, no mínimo.

Pedro Correia: 3, no mínimo.

Rui Cerdeira Branco: 2 no mínimo.

Tiago Cabral: Faz o pleno.

 


comentar ver comentários (2)
12 Mai 15

Este blogue acaba de ultrapassar mais uma barreira. Com um milhão e 300 mil visitas até hoje.

Fiel ao lema do primeiro dia, consagrado no próprio nome: És a nossa Fé.


comentar ver comentários (24)
07 Fev 15
Fé no Império
Pedro Correia

fotografia.JPG

 

Nada melhor, em vésperas do mais clássico confronto do futebol português, do que reunirmo-nos para antever as emoções deste desafio. Foi o que sucedeu ontem, no Café Império, que juntou ao jantar o núcleo duro deste blogue. És a Nossa Fé - que também já se tornou lema do nosso clube - foi uma frase naturalmente proferida neste animadíssimo repasto. À volta de um dos bifes mais célebres de Lisboa e das cervejolas da praxe fizeram-se prognósticos para o confronto de amanhã em Alvalade.

Houve palpites para todos os gostos: do triunfo tangencial à goleada. Passando por uma solitária voz pessimista que no entanto até prometeu invasão de campo caso ocorra uma vitória leonina por quatro golos de diferença.

As opiniões também se dividiram quanto àquele que deve ser considerado hoje em dia o jogador mais influente do Sporting: vários elegeram Nani, houve quem apontasse Rui Patrício, William não ficou esquecido, Montero foi mencionado, eu votei no Adrien, mas o eleito acabou por ser João Mário.

Amanhã, no estádio ou em casa, todos estaremos a incentivá-los. Jogue quem jogar. Na certeza antecipada de que ainda antes do apito inicial já estaremos perante uma vitória indiscutível: a da nossa formação. Por jogarmos pelo menos com sete jogadores oriundos da Academia de Alcochete. Enquanto outros falam muito em formação e parecem praticá-la cada vez menos. Como se os futebolistas portugueses devessem ser menosprezados.

Não devem, claro que não. Amanhã isso ficará bem comprovado. Uma vez mais.


comentar ver comentários (4)
01 Jan 15
Três anos
Pedro Correia

printable_number_3[1].jpg

Este blogue assinala hoje três anos de vida. Nascemos a 1 de Janeiro de 2012, num período conturbado da história do nosso clube, mas nem por isso deixámos de acreditar sempre no Sporting.

Passámos já por dois presidentes (Godinho Lopes e Bruno de Carvalho), sete treinadores (Domingos Paciência, Ricardo Sá Pinto, Oceano Cruz, Franky Vercauteren, Jesualdo Ferreira, Leonardo Jardim e Marco Silva), muitos jogadores, bastantes vitórias (menos do que desejaríamos), algumas derrotas (mais do que gostaríamos) e diversos percalços que foram sendo registados neste espaço leonino que servirá um dia também de rascunho para alguém escrever a história do nosso clube, sem dúvida um dos maiores da Europa em troféus, número de sócios e de praticantes.

Queremos que o Sporting mantenha as virtudes que o tornaram campeão da formação e do ecletismo. Queremos também que corrija alguns erros estruturais, com a rapidez que se impõe, para retomar sem falhas o rumo do êxito na mais emblemática das modalidades, o futebol. Queremos sobretudo que se desperdicem cada vez menos energias em refregas contra adversários internos, imaginários ou reais. Para que possamos gastá-las no combate leal aos nossos históricos rivais, estejam mais a norte ou mais a sul.

Fomos de algum modo precursores ao adoptarmos, para nome do nosso blogue, uma frase leonina hoje inscrita como lema do clube. Um lema que entoamos em uníssono, sempre com entusiasmo: És a Nossa Fé.

Cá estaremos para continuar a dar testemunho do que pensamos, sem condicionamentos nem preconceitos, enquanto elos de uma vasta corrente que nos faça sentir cada vez mais orgulhosos de sermos de onde somos, com muito gosto e muita honra.

Do Sporting Clube de Portugal.


comentar
26 Nov 14
Leão do Niagara
Luciano Amaral

Ontem, no estádio, esteve sentado ao meu lado um emigrante português no Canadá. Vive nas cataratas do Niagara (do lado canadiano) e veio de propósito a Portugal para ver este jogo. Estivemos, antes do jogo e no longuíssimo intervalo, em amena cavaqueira, mais os meus filhos e um prosegur que era lampião mas extremamente educado. O homem repetiu várias vezes: "vim de propósito do Canadá; nem me importo de perder, mas joguem à bola". Saiu de papo cheio. No final, irradiava alegria. Fiquei sem saber o nome dele. Para mim, passa a ser o Leão do Niagara.


comentar ver comentários (7)
22 Ago 14

Acabamos de transpor mais uma importante marca neste blogue: alcançámos um milhão de visitas no início desta madrugada de 22 de Agosto. E vamos a caminho dos dois milhões de visualizações desde a fundação do És a Nossa Fé. Renovando o compromisso com os nossos leitores: é com eles e para eles que aqui estamos. E com o Sporting e para o Sporting também.


comentar ver comentários (8)
02 Ago 14

comentar
25 Jul 14

comentar ver comentários (2)
18 Mar 14

Ontem, no rescaldo da vitória no clássico, foi um grande dia para este blogue. Registámos 4049 visitas e 6249 visualizações, sinal evidente do crescente interesse que És a nossa Fé suscita - e não só junto de adeptos do Sporting, como é visível nas nossas animadas caixas de comentários.

Fica a promessa: vamos continuar.


comentar ver comentários (2)
08 Mar 14
800 mil visitas
Pedro Correia

Acabamos de ultrapassar a fasquia das 800 mil visitas, com um milhão e meio de visualizações entretanto registadas. Visitas de sportinguistas e de adeptos de outras cores.

Gostamos de receber todos por cá: os que aplaudem e os que contestam. Um blogue serve de fórum de discussão. Divertida ou séria, conforme os casos. Mas sempre franca e aberta. E estimulante.

Assim temos sido, assim continuaremos a ser. Fica a promessa.


comentar ver comentários (8)
15 Fev 14
Todos por Um
Frederico Dias de Jesus

Inicio hoje a minha participação nesta grande casa. É com muito orgulho e honra que integro esta equipa. Não queria deixar de agradecer ao Pedro Correia este generoso convite, como também a oportunidade de discorrer sobre os assuntos do nosso grande Sporting. O meu muito obrigado, na esperança de poder contribuir ao máximo para dignificar esta casa.

Hoje permitam-me vestir a personagem daquele jogador que chega no mercado de inverno, e diz estar a realizar um sonho. Com uma pequena diferença, é que se trata mesmo da realização de um sonho. O meu nome é Frederico Dias de Jesus, tenho 21 anos e sou estudante de Direito. Porém há uma outra caracteristica que integra a minha identidade, sou Sportinguista. Sempre fui. Sempre me vi, desde que me conheço, a palpitar pelo verde e branco, pelos rapazes que de Leão (porque não é um qualquer) ao peito trocam a bola e desenham jogadas vitoriosas. Por gritar golo, e dizer é do Sporting! Na escola gostava de ser o Duscher, depois passei a querer marcar golos, queria ser um Niculae ou o Acosta. Fulminar as redes dos adversários, de forma igual ao golo que tinha visto no fim de semana. Imaginar-me sempre com o traje de batalha verde e branco às riscas com o brazão do Sporting Clube de Portugal. 

Muitos momentos se passaram com o meu Sporting (peço desculpa pela propriedade, mas ele é um pouco de todos nós). Cresci. Se em pequeno esperava acordado pelo resultado dos jogos, em grande comecei a apreciar toda a sua dimensão. Hoje vivo-o vendo a táctica do treinador, o onze inicial, as jogadas, os golos, as estatísticas. Dou por mim a ler notícias desportivas na segunda-feira e a imaginar como será no fim-de-semana.

Além da identidade é paixão. Cresceu comigo, vive comigo e estará sempre aqui. O Sporting nunca me abandonou. E hoje, embora modesto, inicio o meu contributo para esta casa. Sou mais um que se junta às grandiosas fileiras retribuindo tudo o que este clube tem dado, retribuindo a fidelidade deste sentimento.

Viva o Sporting Clube de Portugal!


comentar ver comentários (5)
08 Fev 14
O homem do talho
Adelino Cunha

A malta desta casa reencontrou-se ontem à noite para enfrentar um bife grelhado no Alvalaxia. A jogatana correu bem, mas começou atrasada: foi o talho do árbitro Manuel Mota que forneceu a carne. Os bifes chegaram 2 minutos depois da hora marcada.


comentar ver comentários (2)
10 Set 13

Vinte meses de existência do blogue, seiscentas mil visitas. Registadas a partir do momento em que escrevo estas linhas.

No mesmo período, recebemos 1,7 milhões de visualizações - cerca de duas mil por dia, em termos médios.

Razões de sobra que nos levam a seguir em frente. Com um aceno de simpatia aos leitores. Aos de sempre e aos mais recentes, aos optimistas militantes e aos pessimistas encartados, aos que estão de acordo e aos que estão em desacordo com o que aqui se escreve.

Este blogue é vosso também - dos que aparecem e comentam e aplaudem e criticam e resmungam e divulgam e são citados com frequência, saltando por mérito próprio das caixas de comentários para a montra do És a nossa Fé.

A todos, o nosso obrigado.


comentar
28 Ago 13
Acne juvenil
Adelino Cunha

Há merdas que não percebo, sinceramente. Por exemplo: calçar saltos altos para berrar garotices. Eu esperava pela primeira derrota. Ou esperava que o Bruma assinasse pelo Porto. Eu esperava que a banca cortasse o crédito ao Sporting. Ou esperava que o treinador fosse despedido. Eu esperava ter alguma coisa para dizer antes de abrir a boca.


comentar ver comentários (1)
17 Jul 13

Faz hoje precisamente um ano que abracei este projecto.

 

Um enorme privilégio oferecido pelo meu amigo Pedro Correia, sportinguista de longuíssima data.

 

A minha colaboração neste espaço resume-se nos últimos doze meses a uns meros 35 textos com 176 comentários, curiosamente muitos deles de leitores com apreços por outras agremiações desportivas. Mas ainda bem, só prova a qualidade, pluralismo e desportivismo deste blogue.

 

Gostaria claramente de ter maior competência na escrita, de forma a publicar melhores textos, mas creiam-me: faço o melhor que sei e posso!

 

A todos quantos tiveram a gentileza de me lerem, aos que pacientemente comentaram as minhas opiniões, o meu profundo agradecimento.

 

Finalmente, espero e desejo que as vitórias do Sporting surjam em catadupa na próxima época, para que também eu, seguindo esse rumo de alegrias, escreva amiúde.


comentar ver comentários (6)
09 Abr 13

O És a nossa fé ultrapassou os quinze mil comentários. A todos os que acompanham este blog, muito obrigado!

 


comentar ver comentários (2)
01 Nov 12

Imagino que deve ter sido difícil ao maestro do Titanic manter os violinos a tocar afinados quando a água começou a molhar os calcanhares dos músicos. Tenho a certeza que também está a ser difícil para o Pedro Correia, e para os outros fundadores deste blogue, manter esta orquestra afinada quando às vezes, demasiadas vezes, parece mesmo, não parece?, que vamos a caminho do nosso icebergue. Dizer isto é dizer que queremos ir contra o icebergue? Dizer isto é dizer que queremos levar o barco ao fundo? Alguns de nós têm dito, tentando quase sempre que seja de forma elevada e fundamentada, que esta direcção do Sporting, agora, vou provocar: o que resta desta direcção do Sporting, portanto: que o que resta desta direcção do Sporting está a cometer erros do passado e que esses erros, neste contexto histórico de erros sucessivos, poderão ser fatais. No limite, está em causa a sobrevivência do Sporting. Agora lembrei-me daqueles livros de gajas que falam do amor e de pessoas que amam demasiado. É mais ou menos isso: a relação de cada um de nós com o clube é intensa, vai muito, mas muito mesmo, além da bola e é também por amarmos "demasiado" o Sporting que às vezes gritamos mais alto que o icebergue está ali. Insinuar o que se insinuou sobre o Pedro Correia é injusto. E seria apenas injusto se não tivesse uma outra dimensão:  é também uma tentativa de assassinato de carácter porque o autor e o seu ajudante-de-campo tornaram-se "serial killers" dos "críticos". Caçadores de bruxas. Quem escreve uma linha de discordância leva com uma enxurrada de ataques que vão desde "falta de sportinguismo", a "agenda política", passando por "populismo" e "aldrabão". Têm a mão pesada. Vamos lá entender-nos: o sportinguismo não se mede, a crítica é essencial à democracia e à actividade cívica, o amor das gentes deste blogue ao Sporting é incondicional, mas, e agora vou esticar-me, não se pode confundir Sporting com a direcção em funções (seja ela qual for). O Sporting não está apenas além de nós, adeptos, está também além, muito além, das direcções do momento. Para acabar, o problema da fotografia não é se o jogador está a dormir ou está acordado, o problema é a atitude! O meu problema com o Jeffrén é a sua atitude displicente, desinteressada e indiferente de quem está no banco, de quem anda no banco desde que cá chegou e de quem não pode sair do banco enquanto não jogar o que nós sabemos que ele joga. Até agora nunca jogou para nós. Por isso, ele merece a crítica. E a crítica deve ter a mesma a paixão do elogio. Eu acredito na paixão da crítica. Eu se calhar até acho que só podemos elogiar com paixão quando temos a liberdade de consciência para criticar com paixão. Uma espécie de amor incondicional. Queria ter-me explicado melhor, mas são 7 da manhã. Um abraço ao meu grande amigo Pedro. E, como dizia aquele cartaz: casei-me contigo, Sporting.


comentar ver comentários (4)

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

264 visualizações por hor...

Liga NOS 2017/2018 - prog...

Entre os mais comentados

Este blogue também é voss...

Cinco anos!

Mais de cinco mil visuali...

De leitura obrigatória

188 visualizações por hor...

Cem mil a comentar aqui

Mais de cinco mil visuali...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

futebol

godinho lopes

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
25 comentários
18 comentários
13 comentários
9 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds