17 Jun 14
Se fosse comigo
Pedro Correia

Pepe estaria já com bilhete de regresso. Seja qual for o castigo que a FIFA lhe aplicar.


comentar
14 comentários:
De Paulo Gorjão a 17 de Junho de 2014 às 00:53
Comigo também.


De Pedro Correia a 17 de Junho de 2014 às 00:59
Não gosto de ver ninguém tirar desforço de quem está no chão, Paulo. Seja no futebol, seja na política, seja na vida de todos os dias.
Pepe, infelizmente, é reincidente nesta conduta antidesportiva.


De Paulo Gorjão a 17 de Junho de 2014 às 01:43
Exactamente, é isso mesmo.


De Pedro Correia a 17 de Junho de 2014 às 11:53
Nestas alturas impõem-se medidas inequívocas de pedagogia desportiva. Sem demora.


De Zé da Mouraria a 17 de Junho de 2014 às 01:19
os EUA acabaram de vencer o Ghana (2-1), com um pouco de sorte, entram todos e não só o Pepe, de férias ao mesmo tempo.


De Pedro Correia a 17 de Junho de 2014 às 11:52
Mesmo que vençamos os dois jogos que restam não temos garantia de apuramento para a fase seguinte. Basta a selecção dos EUA vencer a da Alemanha B na teceira jornada do nosso grupo (partindo do princípio de que os alemães vencerão antes o Gana). Em caso de igualdade pontual com os EUA somos eliminados.


De Fernando Albuquerque a 17 de Junho de 2014 às 08:31
Prezado Amigo Pedro Correia

A vida ensina-nos que todos os grandes homens em todos os sectores normalmente não são puros, e a maioria tem uma tara.

A verdade é que este Pepe , que bastante aprecio, pois se não é o melhor central do mundo está entre os melhores, tem uma tara qualquer que é dar porrada em tudo o que mexe. É pena não ter mais cabeça, pois um atleta da sua dimensão deveria apenas jogar á bola, pois tem condições excepcionais para a prática deste desporto. Para mim foi o grande causador daquela caldeirada , cujos ingredientes não estavam em condições, pois alguns já estavam fora do Mundial.

Podem ainda ficar no Mundial, mas aquela desilusão, que acompanhei na TV desde as 14 horas em todo o lado onde existem portugueses, decerto não esqueceremos tão cedo.

Um abraço Fernando Albuquerque





De Pedro Correia a 17 de Junho de 2014 às 11:50
Foi profundamente decepcionante, caro Fernando, mas não constituiu grande surpresa. Todos sabíamos que esta selecção - quase intocável relativamente ao Euro-2012 - tão previsível, a que Paulo Bento foi incapaz de insuflar um sopro de ousadia, irreverência e juventude, não estaria destinada a grandes voos.
Não custa perder. Custa, isso sim, perder desta maneira.

Um abraço amigo.


De SLB-33 a 17 de Junho de 2014 às 11:08
Caro pedro Correia,

O que Pepe fez é de uma pessoa transtornada, apesar de não ter sido uma agressão dura o que ele fez foi cobarde e claro pôs-se a jeito para ser expulso.
se o "meu" Maxi Pereira que deu um pontapé no adversário levou um jogo de castigo certamente Pepe irá levar o mesmo (o justo seria 2 jogos para cada um). Se eu fosse PB teria já hoje uma conversa com Pepe e lhe explivava que a partir de hoje independentemente do que aconteça para a frente seria o suplente, em alta competiçao não se pode prejudicar uma equipa só porque um jogador acéfalo quer.


De Pedro Correia a 17 de Junho de 2014 às 11:48
Pepe foi a imagem inequívoca do transtorno psicológico da equipa. Infelizmente sabemos muito pouco sobre o que está a passar-se nos bastidores da selecção. Os jornalistas que acompanham os trabalhos da equipa, sem excepção, só têm tecido loas patrioteiras aos jogadores em geral e ao CR em particular.
Se houvesse jornalismo a sério, já saberíamos muito mais. Pepe não é um caso isolado: é apenas um sintoma mais evidente de um problema mais vasto e aparentemente muito mais grave.


De Pedro Miguel a 17 de Junho de 2014 às 19:54
Deixem-me começar este comentário por um outro ponto antes de ir à resposta em si: que bom que é ver um comentário salutar - um diálogo, quase - de um adepto do SLB. Desportivismo também é isto: quando joga a Seleção, somos todos do mesmo clube!

Bom, quanto ao Pepe, foi uma infantilidade, uma parvoíce. Mesmo que não tenha sido agressão - que não foi -, o jogador não pode fazer aquilo à frente do árbitro. E, pior, depois do jogo, achar que tinha razão e atirar a culpa para cima do sérvio que apitou o jogo... O problema de Portugal é que se criou um estigma de que quando se perde é sempre culpa do árbitro (por mais razão que se tenha). Isto é válido também para os clubes nacionais (Sporting, Porto e Benfica), que apontam sempre para os árbitros (por vezes com razão) quando as coisas não correm bem.

É óbvio que é chato, mas tem que se começar a passar por cima disso. Se o penalty do João Pereira condicionou? Claro que sim, mas a culpa não foi do árbitro, foi do jogador. Ninguém fala do fora-de-jogo que poderia ter dado o 1-1 a Portugal e que foi falhado. Se tivesse sido golo, a Alemanha tinha sido prejudicada e sabe-se lá se o rumo da partida não teria sido diferente. O penalty sobre o Éder teria mudado alguma coisa?

Depois, o selecionador passa para o relvado muita dessa agressividade para com a arbitragem, quando o que deveria dizer era para todos os jogadore se afastarem do homem assim que fizessem falta em vez de reclamar. Da mesma forma que os protestos veementes do CR7 até lhe poderiam ter valido um cartão amarelo na segunda parte e nada lhe foi mostrado...

Bom, por último, a parte do jornalismo, que ao fim e ao cabo é o meu 'mundo'. O jornalismo a sério está a morrer, envolto num círculo vicioso. Porque as pessoas estão a deixar cada vez mais de comprar/ler jornais. Porque com isso as empresas de média (hoje é tudo empresas de média, lamentavelmente, em busca do lucro) sentem-se na obrigação de despedir, depauperando as redações de material humano experiente, já que muitas vezes despedem-se três jornalistas experientes em prol de um estagiário (é mais barato - às vezes, de borla - e é mais fácil de explorar). Com isso, a qualidade diminui, os leitores sentem-se compelidos a comprar ainda menos jornais, as empresas de média despedem... Enfim, já dá para perceber, não dá? Um jornalista não é mais nem menos do que qualquer outro ser humano. Tem responsabilidades e deveres (reportar a verdade, informar-se com fontes credíveis, etc). Na maior parte das vezes, tem muitos conhecimentos e muita sabedoria sobre muita coisa. Que ao ser despedido leva consigo para o sofá de casa enquanto não arranja outra coisa. Provavelmente, já longe de uma redação. Conheço uns quantos que ainda agora foram mandados borda fora num grupo grande (Controlinvest), porque "não há lucro". E o jornalismo a sério vai um pouco com eles, por aquelas escadas abaixo. Enquanto os que ficam fazem notícias com base em posts do Facebook... O que é terrível.

É um longo debate, como pode ver, caro Pedro Correia, que me assola a cabeça há já muito tempo, mas com o qual não o quero maçar.
Cumprimento, meu caro homónimo!!


De Pedro Correia a 19 de Junho de 2014 às 01:56
Não maça nada, caro homónimo. Vou destacar o seu comentário.
Um abraço.


De JPT a 17 de Junho de 2014 às 15:26
Se fosse eu o seleccionador, também (e disse-o, de caneca em riste)! Claro que, se fosse eu o seleccionador, o Figo, depois do número vergonhoso que fez contra a Inglaterra, na Luz (que eu estava lá e bem vi), nem no autocarro entrava, quanto mais voltava a ser titular no jogo a seguir. Ou seja, felizmente que eu sou o gajo da caneca em riste e não o seleccionador, e que o seleccionador era um gajo sabido que inventou que o Figo foi rezar a Nossa Senhora durante os penáltis, e ainda nos deixou gozar do talento dele durante mais dois anos e umas meias-finais de um Mundial! SL!


De Pedro Correia a 19 de Junho de 2014 às 01:54
Scolari fez muito bem em manter o Figo: só se estivesse louco o teria dispensado. Tal como qualquer seleccionador no seu perfeito juízo - o Paulo Bento ou outro que estivesse no seu lugar - jamais dispensaria o Cristiano Ronaldo.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Fanfarronice ou será que ...

Prognósticos antes do jog...

Os nossos comentadores me...

Leoas às sextas

A minha costela Jota Jota

Pontos nos is.

A Europa e o Vida

Esperança

Irritação

P.O. a D.D. - A sério?

Arquivo

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

memória

comentários

selecção

bruno de carvalho

leoas

vitórias

prognósticos

há um ano

jorge jesus

campeonato

balanço

slb

arbitragem

benfica

mundial 2014

jogadores

rescaldo

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

eleições

euro 2016

árbitros

ler os outros

futebol

golos

clássicos

comentadores

nós

marco silva

crise

scp

cristiano ronaldo

análise

chavões

formação

humor

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
134 comentários
132 comentários
114 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds