08 Jan 17

Gostei

 

Do resultado. Vitória tangencial em casa, por 2-1, frente ao modesto Feirense, que ocupa o 15.º lugar no campeonato. Valeu pelos três pontos conquistados, que nos permitiram encurtar distância face ao FC Porto e igualar o Braga, à 16.ª jornada. Mas a boa exibição do primeiro tempo morreu ao intervalo e não foi reeditada na segunda parte, em que os nervos imperaram e o fantasma de um novo empate caseiro chegou a pairar em Alvalade.

 

Dos dois golos marcados cedo. Já vencíamos 2-0 aos 17 minutos e estivemos à beira de marcar o terceiro: chegou a cheirar a goleada. Em vez disso a equipa relaxou, desconcentrou-se, começou a recuar no terreno e a atrasar bolas ao guarda-redes. Não havia necessidade.

 

De Bas Dost. Alguém duvidava ainda que foi o melhor reforço do Sporting para esta temporada? O internacional holandês marcou os nossos dois golos, confirmando a sua veia ofensiva. Foi o melhor em campo não só por ter bisado mas também pelos lances que construiu, servindo os companheiros. Com 13 golos por sua conta nesta época, ascendeu hoje à posição de melhor goleador do campeonato, onde já marcou 11 vezes, ultrapassando André Silva (FCP) e Marega (V. Guimarães).

 

De Campbell. Quem disse que rende melhor quando é lançado do banco a meio do jogo? Hoje voltou a ser titular e a exibir a sua classe em Alvalade, onde foi um dos obreiros desta vitória. Causou vários desequilíbrios na sua ala ofensiva com lances em que exibiu a sua excelente técnica individual. De um desses lances resultou a assistência para o primeiro golo, logo aos 5'. Outro, aos 82', permitiu isolar Bryan Ruiz, que desperdiçou.

 

De Alan Ruiz. Boa primeira parte do argentino - a sua melhor prestação desde que enverga a camisola do Sporting. Foi dele a assistência para o segundo golo, num passe primoroso que Bas Dost aproveitou da melhor maneira. Já na segunda parte, e enquanto teve fôlego, fez ainda grandes aberturas para Gelson Martins (47') e Campbell (58'). Está muito mais integrado nos automatismos da equipa, progredindo de jogo para jogo.

 

Do apoio dos adeptos. Mesmo numa noite fria, e sem a equipa adversária prometer grande despique, as bancadas de Alvalade estiveram bem povoadas: 40.027 pessoas compareceram no nosso estádio.

 

 

Não gostei

 

Da nossa segunda parte. A equipa caiu muito após o intervalo, tornando-se intranquila e deixando o Feirense comandar parte das operações. O nervosismo contagiou o próprio guarda-redes: Beto, aos 78', ofereceu a bola a um adversário em zona proibida num lance de que poderia ter resultado o golo do empate.

 

Do golo consentido ao Feirense. Iam decorridos 61', quando a equipa visitante gelou Alvalade com um golo de bola parada em que a nossa defesa foi mal batida. Era o resultado do recuo no terreno e da ilusão de que a vitória estava assegurada. Seguiu-se meia hora de tremideira. Começa a tornar-se um hábito, seja quem for a equipa que nos visita.

 

Da lesão de Adrien. Num lance em que foi alvo de falta, por jogo perigoso de um adversário, o nosso capitão saiu maltratado, queixando-se da cabeça. Acabou por ser retirado de maca, aos 37', sendo conduzido de ambulância ao hospital. Esperamos todos que não tenha passado de um susto. Porque o Sporting não é o mesmo sem Adrien, como bem se viu durante o longo mês em que o campeão europeu esteve longe dos relvados.

 

De Elias. É inevitável: quando Adrien sai para entrar Elias, a nossa equipa baixa logo de rendimento. Voltou a acontecer hoje, para não fugir à regra. Com uma agravante: em pouco mais de 50 minutos em campo, o brasileiro fez faltas que lhe valeram dois cartões amarelos e a consequente expulsão.

 

De Bryan Ruiz. Jorge Jesus - que, por castigo, assistiu ao jogo da bancada - deixou-o fora do onze titular. O que bem se compreende. Em campo desde o minuto 69, o costarriquenho fez mais do mesmo: adornou lances, retardou o ritmo colectivo, fez dois passes ao guarda-redes do Feirense. E falhou um golo cantado, aos 82', quando Campbell o isolou frente à baliza. Mais do mesmo, portanto. Nada de novo.

 

Da distância face ao primeiro. Temos agora 33 pontos e recuperámos terreno perante FC Porto (35) e Braga (33). Mas continuamos a oito do Benfica (41).


comentar
18 comentários:
De Simong2 a 8 de Janeiro de 2017 às 23:32
Deixo uma pergunta de retórica e muito irritada: que direitos têm os jogadores do Sporting para jogarem uma segunda parte como jogaram hoje e têm jogado outras vezes? Estão a receber só meio ordenado? Os 40 e tal mil espectadores não merecem mais?

Na segunda parte, parece que os adversários andavam a 100 à hora e os nossos a ver os passarinhos. Sofremos a bom sofre e sem necessidade. E não me venham com o Adrien. Se o Sporting não controla o Feirense porque falta o capitão, então fiquemo-nos por aqui e deixemos os títulos aos outros.

Espero que o presidente do Sporting lhes dê na cabeça: em última análise, são empregados do clube e ganham bem. Aliás, ganham muito bem. Fazer uma segunda parte como fizeram hoje, é uma falta de respeito por toda a gente, adversário incluído.

Agora vou tomar um drunfo para acalmar e esperar por Chaves.


De Pedro Correia a 8 de Janeiro de 2017 às 23:47
A sua irritação é totalmente compreensível. Uma grande parte dos adeptos, tenho a certeza, pensa da mesma maneira nesta mesma ocasião.
Também já estou farto de só ver boas exibições só por metade. E de tanto festival de golo falhado.


De Edmundo Gonçalves a 8 de Janeiro de 2017 às 23:46
Parece que está tudo bem com Adrien, é o facto mais importante deste jogo.
Aliás, o lance é perfeitamente "normal", como se pode ver: http://videos.sapo.pt/B0eS1GOilz0HoOeFWZr3


De Pedro Correia a 8 de Janeiro de 2017 às 23:50
Isso é o mais importante. Precisamos do Adrien em Chaves.
Também importante foi termos mantido disponíveis para Chaves os três jogadores que estavam à queima com cartões amarelos: Bruno César, Coates e William Carvalho. Três imprescindíveis também.


De José a 9 de Janeiro de 2017 às 00:02
O Elias levou 2 amarelos mas onde ficaram os do Feirense em jogadas semelhantes? As arbitragens teimam em fazer voltar ao jogo os nossos adversários.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 00:27
Não voltemos à conversa sobre os árbitros. Estou cansado disso. Olhemos antes para os erros e os disparates cometidos pelos nossos jogadores.


De Sporting sempre a 9 de Janeiro de 2017 às 00:10
Foi um bom jogo de campeonato, competitivo e rasgadinho na 2 parte, com uma arbitragem que procurou ajudar ao espetáculo. Gostei.
Mas houve um sporting com adrien e outro com Assis a fazer de adrien, o que mais uma vez foi um disparate tremendo. Tal como em setubal a equipa partiu-se em duas, sem meio-campo.
Enquanto isso b.César foi mais uma vez um mau lateral esquerdo, com o golo do feirense a acontecer na sua posição. E o mais parecido com adrien que existe no plantel.
Gostei muito do a.Ruiz, muito mais móvel e a fazer passes e remates muito bem feitos, coisa que não abunda no plantel.
Quanto ao outro Ruiz está numa fase para esquecer, nada lhe sai bem e quanto mais tenta menos acerta. Acontece.
Agora e assim. A jogar desta forma, correndo e lutando muito para ganhar de aflitos, sem conseguir repousar e gerir o proprio jogo, sem meio-campo que controle o jogo e proteja a defesa, o Sporting vai continuar a viver na corda bamba...


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 00:30
Estamos a jogar sempre sobre brasas. Hoje não teria havido a menor necessidade disso.
Como é que uma equipa actuando em casa e estando a ganhar 2-0 logo aos 17 minutos acaba o desafio remetida à defesa frente ao Feirense?
Podíamos ter matado o jogo antes da meia hora. Decidimos tirar o pé do acelerador e lateralizar o jogo, poupando energias sabe-se lá para quê.
O desgaste anímico e físico acabou assim por ser muito maior.


De SportingSempre a 9 de Janeiro de 2017 às 10:13
Acho que mais uma vez o problema não foi de atitude dos jogadores mas duma gestão táctica muito duvidosa.
Entrámos para a 2ª parte com um meio campo composto apenas por William (cansado) e Elias (a fazer de 8, sem condições para isso) e 4 atacantes (Gelson, A.Ruiz cansado também, Dost e Campbell). O recuo dos pontas não chegava e o Feirense fez o que quiz no meio-campo até a entrada de B.Ruiz equilibrar um pouco as coisas. Enquanto isso B.Cesar "pastava" a defesa esquerdo.
Já agora onde andava o Palhinha ? Não podia ter entrado para trinco permitindo o avanço de William para 8 e Elias para 10? Não foi para isso que o foram buscar ?

O mestre da táctica anda com alguma coisa avariada e a coisa não começou ontem...


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 17:17
O Palhinha esteve nos pré-convocados mas antes do jogo acabou remetido para a bancada.
Agora com o castigo ao Elias espero que seja convocado a sério.


De rudolfodias a 9 de Janeiro de 2017 às 00:24
Excelente jornada para o Scp, pois conseguiu ganhar pontos a todos os seus rivais directos que lutam pelos mesmos objectivos.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 00:26
Foi uma jornada positiva, sim. Estamos só a dois pontos do segundo lugar.


De Schmeichel a 9 de Janeiro de 2017 às 11:34
Caro Pedro,

Gostei:
- da titularidade do Paulo Oliveira: finalmente ao nosso central mais rápido é lhe dada uma oportunidade.... é português e acho que é o que melhor se adapta ao Coates.

- Alan Ruiz: ontem teve momentos de génio.... grande pé esquerdo!

- Bas Dost: claramente um finalizador!


Não Gostei:
- Elias: não consegue imitar o Adrien.... acho que o JJ tem de arranjar outra solução!

- incapacidade para gerir melhor a posse de bola na 2ª parte.

SL


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 17:20
Também gostei da prestação do Paulo Oliveira, bem superior á do Douglas no jogo anterior.
É muito mais ágil e eficaz no desarme.
Mostrou muita qualidade com Marco Silva e na primeira volta do ano passado com Jorge Jesus.
Desde que se lesionou, vai fazer um ano, perdeu oportunidades. Todos esperamos que possa recuperá-las a partir de agora. Ele merece.


De david a 9 de Janeiro de 2017 às 14:42
E o Pedro Correia não gostou da prestação do árbitro?
Ou será que no que respeita a este jogo não lhe interessa falar dos erros do homem do apito?


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:43
Você chega atrasado, como de costume. Esse não-tema já foi aqui debatido.
Siga para bingo.


De david a 9 de Janeiro de 2017 às 14:55
Pois, mas quando em dificuldades lançam para a mesa o "carrão" do jogo na Luz com o Glorioso SLB...


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 17:18
"Carrão" não faço ideia do que seja.
Só conheço os carrilhões de Mafra.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Jesus vs.Jesus

Há razões que a razão des...

Pódio: Rui Patrício, Alan...

Rescaldo do jogo de ontem

E ele resolveu puxar do b...

Muitos parabéns, grande C...

Sporting: questões em deb...

Os nossos comentadores me...

Convém não ficar em casa

Com Bruno, naturalmente

Arquivo

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

vitórias

prognósticos

jorge jesus

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

mundial 2014

rescaldo

taça de portugal

liga europa

eleições

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

euro 2016

futebol

nós

comentadores

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

formação

humor

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds