30 Jan 16

2016-01-30%2022.15.08[1].jpg

 

 

Gostei

 

Da vitória. Mais um jogo, mais uma vitória. Esta claramente mais difícil pois jogámos contra duas equipas: a da Académica e a de arbitragem, liderada por Cosme Machado.

 

De Adrien. Mais uma exibição de cinco estrelas do nosso capitão, que marcou o golo inaugural do Sporting à meia hora de jogo. Um golo que fez levantar o estádio e vai figurar certamente entre os melhores deste campeonato. O luso-francês voltou a ser o melhor em campo, jogando à campeão.

 

De João Mário. Outra enorme exibição do jovem ala formado na nossa academia. Foi essencial para ligar o meio-campo ao ataque com a sua visão de jogo. Deixou diversas vezes a defesa adversária desposicionada, abrindo linhas de passe aos colegas. É um prazer vê-lo actuar.

 

De Montero. O internacional colombiano entrou aos 66', com a missão de desfazer o nó provocado pelo empate da Académica através de um golo irregular. Missão cumprida: aos 84' marcou o nosso terceiro - e decisivo - golo, garantindo os três pontos de que necessitávamos para continuar na liderança do campeonato. Um lance de execução perfeita, com grande domínio técnico do nosso avançado.

 

De João Pereira. Grande partida do lateral direito, num constante vaivém na sua ala. Aos 28' fez um cruzamento soberbo para Bryan Ruiz rematar na grande área, possibilitando ao guardião de Coimbra a melhor defesa do encontro. Aos 84' foi dele o cruzamento letal que funcionou como assistência para o golo de Montero.

 

Do lance individual de Carlos Mané aos 43'. Jogada de insistência do jovem extremo, que pôs dois defesas fora do caminho e serviu de forma perfeita Bryan Ruiz: o costarriquenho só teve de encostar o pé para marcar o segundo golo. Sem deslumbrar, foi a melhor exibição de Mané nesta temporada.

 

Do apoio intensivo da claque leonina. Hoje voltámos a ser mais de 40 mil no estádio. Apesar do frio, apesar do horário tardio, apesar dos atentados à verdade desportiva cometidos por uma arbitragem manifestamente incompetente.

 

Da nossa supremacia na classificação. Vamos com 51 pontos, continuando a liderar a Liga 2015/16.

 

 

Não gostei

 

De Cosme Machado. O apitador de serviço cometeu erros grosseiros - o maior de todos foi validar o segundo golo da Académica quando todo o estádio viu que o jogador João Real estava em fora de jogo, assinalado pelo próprio árbitro auxiliar. Já aos 13' o "juiz" da partida tinha feito vista grossa a uma grande penalidade cometida sobre Carlos Mané - lance em que devia ter sancionado o jogador da Académica com cartão vermelho. As expulsões de Jorge Jesus e do nosso treinador de guarda-redes, Nelson Pereira, desfizeram as últimas dúvidas: o senhor Machado compareceu em Alvalade com a missão de prejudicar o Sporting, inclinando o campo totalmente contra nós. Uma vergonha.

 

De consentirmos um golo nos minutos iniciais. Pelo terceiro desafio consecutivo, começámos a perder. E voltámos a sofrer dois golos - embora um deles escandalosamente irregular.

 

Que Slimani desta vez não tivesse marcado. O argelino bem tentou, mas não conseguiu libertar-se das marcações.

 

Da lesão de Naldo. O brasileiro teve de sair aos 33', dando lugar a Ewerton, que voltou a transmitir uma sensação de intranquilidade.

 

Das ausências de Paulo Oliveira e Jefferson. Fizeram ambos falta num quarteto defensivo oscilante onde João Pereira é o único a merecer nota francamente positiva.

 

Fotografia minha, tirada esta noite em Alvalade


comentar
2 comentários:
De Jorge Sousa a 31 de Janeiro de 2016 às 02:54
Mais uma entrada em falso do Sporting no seu reduto, a 3a seguida. Como foi possível deixar o homem da Académica sem marcação? Pouco depois Mané é claramente empurrado dentro da área quando já preparava o remate, mas Cosme Machado iniciava dessa forma a sua péssima exibição. A equipa verde e branca soube reagir à desvantagem, teve claro ascendente fruto de uma rápida circulação de bola. Numa primeira chance Ruiz permitiu a defesa de Trigueira, mas numa excelente jogada individual o nosso capitão Adrien mostrou como se faz. Ainda antes do intervalo, Mané pressionou bem um defesa dos estudantes, e serviu de bandeja Bryan Ruiz que desta feita não enjeitou a oportunidade. Estava dada a cambalhota no marcador, numa primeira parte marcada ainda pela expulsão de Jorge Jesus e pela lesão de Naldo.

Inicio de segundo parte com controlo do jogo por parte do Sporting , sem forçar muito no ataque. Até que surgiu novo golpe de teatro, com o árbitro a contrariar a decisão acertada do árbitro assistente, que assinalou fora de jogo na jogada do segundo golo da Académica. Simplesmente Ridículo! Foi um murro no estômago que levou uns 10 minutos a passar. A parti daí foi assalto à baliza dos rapazes de Coimbra, até que a arma secreta Freddy Montero voltasse a resolver.
Vitória mais uma vez arrancada a ferros, numa exibição sem grande nota artística, mas bastante esforçada.

Melhor em campo do Sporting: Adrien, que golaço e que capacidade de liderança

Boas Noticias: o ressurgimento de Mané, algo nervoso de inicio, mas com 2 assistências, mais uma semana de liderança isolada e o grande ambiente protagonizado pelos adeptos Aquele instantes imediatamente antes do jogo começar, com " O Mundo Sabe Que" e simplesmente arrepiante.

Más Noticias: a péssima arbitragem e a instabilidade defensiva, golos sofridos e muitas mudanças. Espera-se que Coates seja mesmo o Patrão!

Ps - há pouco estava a dar na Rtp Memória o Sporting-Academica da temporada 98/99. Vitória do Sporting por 5-0, com dois factos interessantes. A luta contra o Sistema já ecoava, com tarjas contra Liga, FPF e Apaf e por outro lado despontava no Sporting um jovem de seu nome.... Simão Sabrosa. Esse mesmo, que ao marcar um dos golos beijou o símbolo na camisola.... Às voltas que a vida dà...


De Pedro Correia a 31 de Janeiro de 2016 às 09:31
Uma vez mais, grandes exibições do Adrien e do João Mário. Carlos Mané no seu melhor jogo da temporada. Bryan Ruiz um pouco abaixo do que nos tem mostrado (e é muito). Slimani, tapado, pouco pôde fazer. João Pereira com nota muito alta: incansável, fez dois centros soberbos para compensar a ausência de Jefferson. O holandês ainda não me convence. Naldo lesionou-se. Ewerton inseguro. Ruben Semedo parece quer provar que Jesus fez bem em apostar nele.

É verdade que faltou consistência e concentração nos 20 minutos iniciais. Mas podíamos estar empatados 1-1 logo aos 13', quando o senhor Machado perdoou uma clara grande penalidade cometida pelos académicos sobre Carlos Mané. E a validação do segundo "golo" da equipa que jogou de negro é quanto basta para relegar o apitador para a segunda divisão dos árbitros, de onde nunca devia ter saído.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Frases do debate de hoje ...

Morte e ressurreição do c...

Leicester despede Ranieri

Há quatro anos foi assim

A minha costela Jota Jota

As eleições dos pobres

Prognósticos antes do jog...

Je suis content, parce qu...

Pensamentos secretos de M...

Os nossos comentadores me...

Arquivo

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

vitórias

jorge jesus

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

mundial 2014

rescaldo

taça de portugal

liga europa

eleições

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

euro 2016

futebol

nós

comentadores

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

formação

humor

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds