10 Jan 16

Gostei

 

Da vitória. Mais uma, desta vez sobre o Braga. Reforçamos a liderança, chegamos com pelo menos quatro pontos de avanço em relação ao segundo classificado nesta 17ª jornada, que assinala a dobra do campeonato.

 

Da desforra. Esta vitória soube-nos ainda melhor por constituir a desforra da nossa imerecida eliminação da Taça de Portugal que ocorreu em Braga. No conjunto foram dois grandes jogos de futebol.

 

De termos concluído com êxito uma ronda de três desafios muito difíceis. Depois de ganharmos ao FCP em casa (2-0) e golearmos o V. Setúbal no Bonfim (6-0), desta vez superámos o Braga em Alvalade (3-2). Balanço: 11 golos marcados e apenas dois sofridos.

 

Da excelente exibição leonina. Uma vez mais uma grande organização colectiva. Sobretudo na segunda parte, em que marcámos os três golos.

 

Da reviravolta.  Não é qualquer equipa que a perder por 2-0 ao intervalo contra o Braga consegue dar a volta em 45 minutos.

 

De Adrien. Correu o campo todo, de fôlego incessante. E foi decisivo na construção do nosso triunfo ao marcar uma grande penalidade, aos 57', com a frieza habitual. É o segundo marcador da nossa equipa, após Slimani. Merece, mais que nunca, a braçadeira de campeão. E foi, para mim, o melhor jogador neste encontro.

 

De Slimani. Voltou a marcar: foi dele o golo da vitória, aos 90', correspodendo a um soberbo cruzamento de Bryan Ruiz. Leva já 13 golos nesta Liga 2015/16. Decisivo, uma vez mais.

 

De João Mário. Um autêntico todo-o-terreno. Voltou a demonstrar que é um elemento imprescindível no onze-base deste Sporting que sonha com o título de campeão. Bom a construir jogo, a servir os colegas e também a rematar (o primeiro sinal de perigo para a baliza bracarense foi dele, logo aos 14').

 

De Gelson Martins. Rendeu um apagado William Carvalho na segunda parte. E com ele em campo o Sporting foi mais rápido e acutilante. Fez a cabeça em água à defensiva bracarense com os seus dribles no lado direito do nosso ataque. De um deles nasceu a grande penalidade que esteve na origem do primeiro golo leonino.

 

Do golo de Montero. O colombiano saltou do banco aos 59', substituindo Bruno César. E aos 76' marcou o segundo, após assistência de Jefferson, com uma excelente recepção de bola na grande área. Esperemos que este golo lhe dê mais confiança para futuros desafios.

 

 

Não gostei

 

Da chuva. Começou a cair torrencialmente a poucos instantes do apito inicial e prolongou-se por toda a partida, deixando o terreno em péssimo estado.

 

De sofrer dois golos em cinco minutos. Esboçou-se para nós uma espécie de pesadelo entre os 40' e os 45' com esses golos de Wilson Eduardo e Rafa Silva. Houve quem previsse o pior. Felizmente tais previsões falharam.

 

Do festival de golos falhados. Anotei estes: João Mário aos 14', Slimani aos 28', Paulo Oliveira aos 35' (bola ao poste), Bryan Ruiz aos 48', novamente Slimani aos 71'.

 

De William Carvalho. Exibição pálida do nosso médio defensivo, lento e aparentemente desconcentrado. Foi substituído ao intervalo.

 

De Bruno César. Depois de uma estreia de sonho em Setúbal, desta vez o Chuta-Chuta não chutou. Esforçou-se mas sem sucesso. Deu lugar a Montero aos 59'.

 

De ver o "nosso" Wilson Eduardo marcar contra nós. Marcou mas não festejou, em homenagem ao clube da formação, onde jogou 11 anos em todos os escalões. Saiu sob merecidos aplausos.


comentar
12 comentários:
De M Santos a 10 de Janeiro de 2016 às 18:55
Não sei se o fizeram mas deviam ter posto o tema Bailando no fim do jogo.
É que estes cabeçudos na Taça fizeram-no para gozar connosco.
No mínimo era o que mereciam.
SL


De Edmundo Gonçalves a 10 de Janeiro de 2016 às 19:38
Puseram ,puseram. E eu fui dos que cantei! Por isso é que não posso escrever nada, de tão rouco que estou...

SL


De Edmundo Gonçalves a 10 de Janeiro de 2016 às 19:15
Agora não posso escrever nada, porque estou rouco...

Spoooooooooorrrrtinggggggggggg


De Pedro Correia a 10 de Janeiro de 2016 às 19:45
És a nossa Fé!!!!


De Teresa a 10 de Janeiro de 2016 às 19:37
SPOOOOOOOOOOOOOOOORTING!!!!!! Fiquei triste e deixei de ver os resultados aos 1-2, tentei distrair-me e, ao fazer zapping,vejo num daqueles programas da tarde o Baião a entrevistar um adepto nosso, que tinha chegado de Alvalade! E diz o Baião "está todo contente, estavam a perder....já não ouvi mais nada e fui logo saber os resultados e YEEEEEEEEEESSSSSSSS!!!!! E acabo de saber que em Futsal, também ganhámos ao Fundão!!!!!!!


De Pedro Correia a 10 de Janeiro de 2016 às 19:46
A chuva abençoou as nossas vitórias, Teresa. Ainda bem.


De SportingSempre a 10 de Janeiro de 2016 às 23:06
Eu fiquei afónico... mas afónico mesmo, não conseguia falar, e já não falo do estado do coração...
Um jogo incrível, podíamos ter perdido, empatado, contra uma bela equipa com um jogador de verdadeira classe (Rafa), mas ganhámos.
Ganhámos com tudo o que está no brazão do Sporting, com um Jesus inspirado, e com jogadores que sempre acreditaram na vitória mesmo a perder por 0-2 na 1ª parte. O último golo, já visto no Setúbal, é um hino ao futebol, toda a gente sabe que vai ser assim, mas assim mesmo ninguém o pode parar.
Vamos Sporting ! És a nossa fé !


De Pedro Correia a 10 de Janeiro de 2016 às 23:24
Assim vale a pena perder a voz.


De Schmeichel a 11 de Janeiro de 2016 às 10:58
Caro Pedro,

Acrescento:

Gostei das substituições do JJ

Gostei do ambiente de Alvalade, um autêntico vulcão!

Não gostei das declarações dos braguistas que resumiram o jogo ao árbitro, quando eles é que foram beneficiados...

SL


De Pedro Correia a 11 de Janeiro de 2016 às 13:27
Caro Schmeichel:
Só posso estar de acordo com essas adendas ao 'gostei'.
Quanto às declarações do pessoal do Braga, nem as ouvi.


De Jorge Sousa a 11 de Janeiro de 2016 às 23:14
Mais um grande espectaculo de futebol, proporcionado pelas duas equipas que melhor jogam em Portugal! Mais uma entrada em campo ao som do arrepiante “ O Mundo sabe Que”, até JJ cantou. (http://videos.sapo.pt/StQAZ3ICn2Z6zYLRddvz) Começo de jogo com sinal mais para o Sp.Braga, com duas ou- três incursões perigosas junto da baliza de Rui Patricio. O Sporting ficou “abananado” com o atrevimento bracarense e só por volta dos 15 minutos, com oportunidade clamorosa de João Mário na cara do gr, é que o Sporting conseguir suster o Sp.Braga. A partir daí mais duas grandes chances de golo protagonizadas por Slimani e Paulo Oliveira ( bola no ferro). Com 40 min de jogo já justificávamos a vantagem, mas contra a corrente do jogo o Braga adianta-se no marcador com golo do ex-leão Wilson Eduardo, que tem faro de golo contra o Sporting. É um jogador que tecnicamente não deslumbra, mas que faz golos com alguma facilidade. Quem não se lembra de um golo de ângulo impossível na época 2013/2014 em casa frente ao Rio Ave? (https://www.youtube.com/watch?v=gKEC_g1HJNQ). A defesa não foi lesta a sacudir a bola e Wilson não perdoou. Por respeito ao seu clube de formação, não festejou. Pensou-se, que bom são coisas que acontecem... Agora ninguém estava preparado para que 4 minutos volvidos, surgisse um segundo golo do Braga, numa grande jogada individual de Rafa. Estavámos perante um autêntico pesadelo (0-2) ao intervalo. Dois murros no estômago patricamente consecutivos...
Precisávamos de ir ao fundo do poço para resgatar a equipa “ Nós Acreditamos em Vocês!”. E foi isso que sucedeu. Ainda assim começo de segunda-parte com uma oportunidade para cada lado, Ruiz no tiro ao boneco e Rui Patricio a evitar o 0-3. Viria logo depois a grande penalidade, discutivel para alguns, mas o facto é que a trajectória da bola é desviada pelo movimento do braço do defesa. Adrien com a frieza habitual não vacilou e colocou-nos de novo na partida. Este lance veio materializar o ascendente que o Sporting já demonstrava, sendo que a partir daí foi um sufoco tremendo para os arsenalistas. O Sporting lançou-se ao ataque a todo o gás, tendo JJ colocado Montero ao lado de Slimani. O argelino desperdiçou nova oportunidade aos 65 min cabeceando ao lado. Aos 70 min nova grande chance de golo, com vário ressaltos já na grande área e ninguém a conseguir empurrar para a baliza. Mas 5 minutos depois chegaria mesmo o golo do empate. Jefferson a tentar o tiro de meia distância, Montero intercepta acidentalmente o remate e de primeira remata de pé esquerdo para um golo de belo efeito. Um déjá vu da Final da Taça?  Dez minutos depois e o Sp.Braga quase voltava à vantagem, não fosse a enorme mancha de S.Patricio ao remate do isolado Rafa. Não marcou o Braga, fê-lo o Sporting! Um cruzamento tirado na esquerda com régua e esquadro por Bryan Ruiz e Slimani ( Quem mais?) a desempatar a partida num excelente golpe de cabeça. (http://videos.sapo.pt/T53UiAiEoUvDMQY9urti )
Em resumo, vitória preciosa, arrancada a ferros, numa “remontada” épica que faz os adeptos continuarem a sonhar com o titulo!

Melhor em campo do Sporting: Adrien, o capitão personifica cada vez mais a crença e a garra enorme desta grande equipa de leões

Boas Noticias: manutenção da liderença isolada e o estofo mental para recuperar de uma desvantagem de dois golos

Más Noticias: a melhorar a concentração defensiva, já são seis golos sofridos por este adversário.


De Pedro Correia a 20 de Janeiro de 2016 às 18:17


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

O vazio e o nada

Sem honra, nem glória

pergunta para queijinho

Dois de quatro

Fotocópia autenticada

Cães e pulgas

Balanço (35)

Palmarés leonino (41)

Palmarés leonino (40)

Palmarés leonino (39)

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds