15 Jul 17
Porta giratória
Pedro Correia

Sai Paulo Oliveira, Adrien parece já uma carta fora do baralho, Domingos Duarte volta a ser dispensado. O mesmo deverá acontecer a Tobias Figueiredo, João Palhinha, Matheus Pereira, Francisco Geraldes e Iuri Medeiros.

Hão-de vir ainda um extremo-esquerdo, um novo defesa central, um lateral direito, um novo médio defensivo e talvez outro avançado. Quase meia equipa, o que torna este estágio na Suíça pouco menos que inútil para criar automatismos e fomentar espírito de grupo.

Eis o Sporting neste início do terceiro ano do reinado de Jorge Jesus.


comentar
142 comentários:
De SLB-36 a 15 de Julho de 2017 às 08:50
Caro Pedro Correia,

Sejamos francos
Adrien é exclnte jogador é uma bqixq de peso, mas foi bem colmatada a sua saída.
Domingos Duarte e Tobias figueiredo são muito inferiores a André Pinto e Mathieu.
Palhinha ainda não tem qualidade para estas andanças.
Matheus Pereira precisa de um empréstimo a uma equipa que lute pela europa.
Geraldes, apesar do seu bom gosto literário, ainda não provou nada.
Iuri Medeiros tem que estar no plantel é um erro do Sporting se ele sair


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 09:12
1. Adrien já tem substituto à altura? Quem? Desconheço.

2. Tobias e DD não terão o nível de Mathieu e Coates. Mas um deles não poderá ficar? Um plantel que disputa várias frentes precisa de pelo menos quatro centrais. Não por acaso, já se fala que o Sporting está no mercado a ver se pesca mais um. Será argentino também?

3. Quanto ao Palhinha, concordo. Mais um ano a girar. Mas tem de jogar: parado não evolui. De acordo também com o Matheus.

4. Iuri e Geraldes serão testes à capacidade de Jesus transformar projectos de grande jogadores em grandes jogadores. É pago para isso. Caso contrário um treinador muito mais barato que ele serviria.


De SLB-36 a 15 de Julho de 2017 às 09:53
Caro Pedro Correia,

1 Substitutos de Adrien Bruno Fernandes Battaglia.

2 Centrais do Sporting melhores que Tobias e Domingos Coates, Mathieu, e André Pinto, o 4 como raramente joga pode ser um da equipa B. Tobias e domimgos se ficarem como 4 central não vão elovuir com o Agravo de Tobias vir de uma época horrivel ele e césar foram a pior dupla de centrais da liga só enterravam a equipa.

4 Iuri merece ficar
Geraldes ainda nada provou
3 Estamos de acordo




De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 10:56
Battaglia e Fernandes serão bons mas até ao momento ainda nada provaram no Sporting.
De "novos Eusébios", "novos Futres", "novos Figos" e "novos Ronaldos" está a sucata do futebol mais que cheia.


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 11:26
Caro Pedro,
Peço desculpa de me intrometer na discussão.
Não tenho a certeza se iremos conseguir substituir Adrien mas teremos de fazê-lo pois aparentemente está sua saída esta encaminhada.
Possivelmente teremos de ter entreajuda para colmatarmos a sua ausência no meio campo. Mas não será fácil.
Em relação as restantes apreciações do SLB-36, por estranho que pareça, estou mais ou menos de acordo.
Geraldes ainda não mostrou nada por falta de oportunidade.
Ambos os dois(O Pedro e eu), e milhares de sportinguistas, concordamos que é um génio em potencial, com classe e capacidade de ocupar o espaço vazio que João Mário deixou. Queira JJ apostar!
Em relação ao Palhinha e ao Iuri penso que ficarão no plantel e terão papel importante no nosso 23º título nacional.
Matheus Pereira é craque mas necessita de um clube com exigência para evoluir. Como suplente utilizado nunca atingirá o seu potencial e parece-me acomodado.
Há jogadores que quando espicaçados ou criticados( F.Geraldes, CR7) partem a loiça, outros, como Matheus ou no passado Carlos Martins, ficam cabisbaixos e a procurar explicações fora de si mesmos(muito psicanalítico, eu sei...).
Em relação aos centrais discordo apenas em relação a Tobias que espero fique como 4º central e não se gaste dinheiro em outro central quando necessitamos urgentemente de substitutos para defesa esquerdo e defesa direito.
SL


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:30
Subscrevo quase na íntegra, JHC. De facto, é a falar - ou a escrever - que a gente se entende.


De Rudolfo Dias a 15 de Julho de 2017 às 12:39
23º AHAHAHAHAHAHAH
23º AHAHAHAHAHAHAH

Este blogue está a virar humorístico?


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:36
Está. Desde que você começou a comentar aqui.


De SLB-36 a 15 de Julho de 2017 às 13:03
Caro JHC,

o Sporting tem 18 títulos, não 23.
Assim como o benfia tem 36 não 39.
o campeonato de Portugal é a prova antecessora da taça de Portugal.



De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:37
o "benfia" tem 36? Duplo erro: não é "benfia" e não tem 36.


De SLB-36 a 15 de Julho de 2017 às 18:20
Caro pedro correia,

a minha contagem é diferente da do Sporting vocês juntas provas diferentes 18+4
o benfica não faz isso 36+3.
Para si o benfica tem 39 títulos, para mim e para a FPF tem 36.
QUANTOS aos são indesculpáveis mas tenho techado pequeno, ms deveria reler antes de publicar, coisa que raramente faço


De JRamos a 15 de Julho de 2017 às 19:13
Há poucas coisas mais detestáveis num debate do que a desonestidade intelectual. O Campeonato de Portugal enquanto foi jogado naquela altura era para toda a gente de então a competição que apurava o campeão nacional. A Liga experimental, que correu durantes uns anos ao mesmo tempo que o campeonato de Portugal não apurava para ninguém naquela altura o campeão nacional. Foi só décadas mais tarde, quando já toda a gente daquela altura estava morta, que uns trafulhas decidiram atribuir os títulos da Liga experimental como campeonatos nacionais ignorando a competição que na altura tinha esse efeito. Mudou-se a históra a partir do futuro para dar mais títulos ao benfica. Faz parte do mesmo futebol corrupto e sem intergridade que ilibou Pinto da Costa estes dias.


De SLB-36 a 15 de Julho de 2017 às 20:34
Caro JRamos,

O sporting vencerá o seu 23º quando vencer o 19, 20, 21 e 22.
D mesma forma que o Benfica vencerá o 40 quando vencer o 37, 38 e 39.

Não se pode alterar a história só porque o mairo rival tem o dobro dos nosso títulos.
Benfica, belenenses e o Porto (aliado do Sporting) separam os títulos


De JRamos a 15 de Julho de 2017 às 21:47
Quem alterou a história foi quem atriuiu três títulos ao benfica 70 anos depois de uma competição que ninguém na altura jogou a pensar que valia para designar o campeão nacional. É incrível como os lampiões recebem três títulos na secretaria, 70 anos depois do facto, de uma competião que não foi jogada para apurar o campeão nacional e depois vêm para aqui falar que não se pode alterar a história. Sem vergonha, sem lógica, sem consistência intelectual, eis o lampião médio e invariável no debate deste tema.


De SLB-36 a 15 de Julho de 2017 às 22:23
Caro JRamos,

o vosso almanaque escrito por Rui Miguel Tovar e prefaciado e apresentado pelo vosso presidente diz que tendes 18 títulos.

Bruno de Carvalho foi enganado ou anda-vos a enganar?

o vosso problema e o benfica ter 36 títulos e vocês 18, ams se vocês vencerem a próxima liga, Deus queira que não, deixa de haver dobro.
Portanto so forem competentes não tereis o dobro se foreis incompetentes passarão a ser 19 de fiferença


De JRamos a 17 de Julho de 2017 às 02:41
Quero lá saber do Rui Tovar. Ele não está acima da lógica e do conceito.


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 15:18
Caro SLB-36,
É dos poucos benfiquistas que reconheço com capacidade intelectual e educação, que aqui comenta. Outros como a Rena e o Simão estão noutro estágio de evolução e nem por repetição conseguem "atingir"...
Por esta razão deixo este link em que é explicado com factos concretos e documentado aquilo que afirmamos:
http://sporting.filtro.pt/video-um-vlogger-mostra-forma-clara-nunca-caso-dos-22-campeonatos-ver-partilhar/
Se entretanto não concordar com aquilo que é relatado, gostaria que deixasse a sua opinião/argumento contrário pois penso que é saudável essa discussão.
Saudações Desportivas.


De SLB-36 a 15 de Julho de 2017 às 18:32
Caro JHC,,

Antes demais obrigado pelas suas palavras.

Em minha defesa na conta dos títulos digo isto.
Só o Sporting é que junta as duas provas

veja por si:
https://www.slbenfica.pt/pt-pt/slb/palmares
http://www.fcporto.pt/pt/futebol/palmares/Pages/palmares.aspx
http://www.osbelenenses.com/clube/palmares/

como vê o Benfica, Porto, Belenenses separa os títulos.

depois a Federação e a liga contabilizam 36 para o benfica e 18 para o Sporting.

Finalmente o director do Museu do Sporting já foi director do Museu do benfica e le quando estava no benfica sempre defendeu que eram duas provas diferente sescreveu isso num artigo no jonal do benfica.

A cena dos 22 nasce devido ao 36 ser o dobro de 18, mas caso vocês vençam, o 19, espero que não, já deixais de ser dobrados.

Para ter uma ideia do que era o campeonato de PORTUGAL A 1ª VEZ QUE FOI DISPUTADO SÓ PARTICIPARAM Sporting e Porto depois passou a ter 4, 6, 8, 10 chegrando a ter no máximo 18 equipas

O almanaque do Sporting escrito por Rui Tovar e prefaciado e apresentado por Bruno de Carvalho tem escrito 18 títulos.





De GugaLeo a 16 de Julho de 2017 às 00:54
Desculpem-me a intromissão na conversa, mas o que mais odeio é assistir a verdades que ganham esse estatuto porque são repetidas vezes sem conta. Com adepto do SCP, até preferia não ver o meu clube exigir campeonatos de secretaria, não é bonito e acho que qualqueradepto do SLB deveria pensar o mesmo, se bem que esta historia para eles só existe por causa do dobro dos campeonatos?!? A verdade, caros lampiões, é que esta indecência ganha em secretaria pelo SLB em 2005, acontece precisamente quando o FCP tem praticamente o mesmo numero de titulos que eles (tal era o desespero do SLB que até as taças latinas quiseram juntar ao palmares)... já agora caro SLB-36, mostre lá as capas dos jornais onde ganham o 28, 29 e 30 campeonatos?! Fazemos assim, devolvam lá os 4 que compraram na secretaria que nós ficamos com os 18.


De JHC a 16 de Julho de 2017 às 01:52
Caro Gugaleo,
Deixo o vídeo se tiver paciência de vê-lo na totalidade e depois agradeço a sua opinião:

http://sporting.filtro.pt/video-um-vlogger-mostra-forma-clara-nunca-caso-dos-22-campeonatos-ver-partilhar/

Boa noite


De JHC a 16 de Julho de 2017 às 02:05
Caro SLB-36,

Não viu o vídeo e não por isso não apresentou qualquer argumento a invalidar o mesmo.
Aquilo que envia já vi e ouvi e não retira aquilo que é factual e que foi alterado a pedido do Benfica: somar os títulos da liga experimental e associar a Taça de Portugal ao Campeonato de Portugal que determinava realmente o Campeão Português.
A Liga Experimental não tinha âmbito nacional pois não incluía clubes de todos os distritos. E foi isso mesmo experimental e como poderá verificar nos jornais da época, não determinava o Campeão, mas sim o Campeonato de Portugal que decorria em simultâneo.
O Porto e os outros clubes, quando souberam que os títulos do Campeonato Nacional seriam Taças, não tiveram tempo nem força para impedir.
A decisão foi tomada e apesar da contestação do Porto, nada aconteceu.
Pode não ser o seu caso, mas os benfiquistas nunca conviveram bem com o respeito pela história.


De JRamos a 17 de Julho de 2017 às 02:46
Não sei onde você vê capacidade intelectual. Eu vejo a mesma conversa da treta de todo o lampião que toca neste tema. Trafulhas. Têm três títulos na conta que não foram dados pela história, pela competição jogada para o efeito de eleger o campeão nacional, mas por um palerma que estava à frente da FPF 70 anos depois. O Sporting tem 4 títulos ganhos na competição que na altura designava o campeão nacional - o campeonato de Portugal - que foram subtraídos ao seu palmarés de campeão nacional. Este é um roubo nçao só aos Sportinguistas de hoje mas acima de tudo aos Sportinguistas de então, a todos os fãs de futebol da altura que acompanharam a competição julgando que elegia o campeão nacional.


De JG a 15 de Julho de 2017 às 09:05
Um arranque de temporada pior do que algum adepto do Sporting poderia prever nos seus piores pesadelos. O Sporting completamente manietado pela cegueira - mais do que um ensaio seria necessário todo um tratado, para descrever a sua dimensão total - do funcionário mais bem pago da história do clube e aquele que parece apostado em infligir-nos os maiores danos possíveis.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 09:14
Discordo desse vocabulário e desse negativismo. Houve um jogo péssimo, sim. Mas houve um jogo razoável e um jogo bom.
Do balanço dos três não se pode concluir o que você parece ter concluído.


De JG a 15 de Julho de 2017 às 10:08
Eu aceito a critica sobre o negativismo. É esse o espirito que este arranque de época me trasnmite e lameto-o, sinceramente. Mas não se trata dos resultados. Mesmo que apenas tivessemos vencido e o jogo contra o Valência tivesse corrido melhor - e não percebo como poderia ter siudo face às opções - o que me penaliza são as decisões sobre o futuro do Sporting e o facto de estarmos basicamente a repetir a mesma estratégia do ano passado, eventualmente com uma ou outra escolha mais acertada. Mas é amesma filosofia, a de JJ e não a que deveria ser a do Sporting. Tenho décadas disto e infelizmente depois da pré-hetacombe e do ínicio da recuperação parece que não parendemos nada com a nossa história.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:02
Espero sinceramente que nenhum de nós tenha razão e que daqui a uns meses tenhamos enfim motivos para festejar.
Haja Fé - fazendo uso do nome deste blogue.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 15:23
Deitar a baixo o JJ dá sempre bom resultado para opinadores do SCP.
Ou têm razão ou ganham campeonatos.
Boa receita, essa...


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 17:16
Eu sou do Sporting Clube de Portugal, não do Sporting Clube do Jesus.
No Sporting Clube de Portugal a formação - considerada de excelência em toda a Europa do futebol - é um valor permanente, não sujeito a caprichos momentâneos ou flutuações de humor.
Estive e estarei sempre contra qualquer treinador que menospreze os valores da formação leonina. Por maior que seja a folha salarial desse treinador.
Aliás, quanto maior for o salário dele, mais obrigação tem de lapidar os nossos diamantes. Vem com a função. Outros, antes dele, fizeram o mesmo com o Rui Patrício, o Adrien, o João Mário, o William Carvalho.
Esta é uma das diferenças de raiz que nos separa de andrades e lampiões.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 18:26
Lamento a eventual provocação mas, atendendo às suas referências passadas e contínuas acerca de querer ser campeão, posso ser levado a pensar que o Pedro quer ter sol na eira e chuva no nabal, ou seja: o Pedro não só quer ser campeão como quer sê-lo com a formação. E talvez não seja "quer" mas sim "exige".
Tudo isto porque o JJ ganha uma pipa de massa.
Eu até comprava o querer ter tudo, satura-me é o desgaste contínuo. O caminhar para/forçar a descrença.
Mas isto sou só eu e os meus "problemas", ou as minhas leituras da coisa...
1Abraço


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 21:44
Diz bem. Quero ser campeão mantendo o ADN leonino - ou seja, ambiciono o dois em um.
Porque não sonhar alto?
Inácio foi campeão com jogadores da formação, Boloni também.
Quero ver o Sporting campeão mas com portugueses no plantel. E alguns formados por nós.
Porque o nome do nosso clube é Sporting Clube de Portugal. Não é Sporting Clube da Argentina. Ou da Babilónia.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 22:12
De cabeça lembro-me de Jardel, Niculae e João Pinto. André Cruz e César Prates (mercado de Janeiro salvo erro), Tello ... vou procurar o plantel para ver quem eram os da formação ... lembro-me do GR Nelson ... mas já vou ver.


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 09:31
Isso. Espreite lá e conte-nos.


De miguel c a 16 de Julho de 2017 às 12:04
Contámos 4, ontem, não foi?


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 13:36
Quatro é um número adequado para uma época futebolística e num clube com as características do Sporting. Três que fosse, também me parecia correcto.
Convém entretanto chamarmos a atenção para o seguinte: não deixámos de ser campeões por causa disso. Pelo contrário, fomos campeões também por isso.


De miguel c a 16 de Julho de 2017 às 14:10
Limitei-me a contá-los, como o Pedro pediu. Não fiz juízos de valor. Podia ter feito mas não fiz. Começa-me a parecer que qualquer coisa serve para argumentar para qualquer lado...


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 15:46
Não requer comentário adicional visto que o facto fala por si. Como eu dizia, Boloni foi campeão pelo Sporting apostando também na formação.
Só isso. E já é muito.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 22:23
http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=2001/02

[...] Lazlo Boloni confirma a sua vocação para potenciar jovens talentos, e para além de Quaresma foram lançados Hugo Viana, Custódio e Luís Lourenço, numa época particularmente feliz, que terminaria em grande, com o País novamente em êxtase a festejar a 6ª "dobradinha" do Sporting, desta vez cantando o “Só eu sei”, que subiu aos Top’s Nacionais.

Eram 4, os da formação.
Não são poucos, mas também não são assim tantos!

Mas a questão também pode centrar-se nas aquisições de gente de fora: a de agora não me parece muito diferente.

No entanto prefiro focar-me em "atacar" as jogadas fora das 4 linhas, fazer banzé aí, do que "bater" no pessoal que mal ou bem é e está na casa. Continuo convencido que só desestabiliza e promove descrença.



De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 22:32
Sim. Quaresma, Hugo Viana, Luís Lourenço, Custódio. Mais o Beto, defesa titular, que já vinha de trás.
Uma proporção adequada. Sem descurar o ADN leonino. É fundamental nunca perder esta linha de rumo.


De Anónimo a 15 de Julho de 2017 às 20:23
Concordo que se deve dar oportunidades aos bons que venham da formação mas não concordo que a sua evolução seja feita as custas do êxito do Sporting.

Acabei de ver o jogo contra o basileia.
Jamais jogadores como André Geraldes, Palhinha, Tobias Figueiredo, Abze Yug serão jogadores ao nível do Sporting.
Matheus Oliveira não me convence.

Gelson Martins mostrou logo o que valia e começou a jogar.
Podence mostrou o que valia e começou a jogar.
Quem quer e sabe jogar salta logo à vista, não é preciso jogar e enterrar como se fez com o Patrício.
Defendo mais emprestar com acompanhamento como se fez com o william ou adrien e depois então colocar o seu valor já definido ao serviço do clube.
Pelo menos na minha opinião.

Agora jogar com cancros como André Geraldes é impossível a equipa ganhar jogos. É um sabotador.

Que adianta andar o Podence a tentar contruir jogo se depois lá atrás o Abze Yug passa a bola ao avançado?
Que interessa o Doumbia andar a desmarcar e correr se o palhinha quer bater o recorde de faltas sofridas e temporiza para que o montem?

Finalizando o Francisco Geralde deve rodar para aperfeiçoar jogando e errando ao serviço de outra equipa, porque talendo ele tem.
Iuri Medeiros continuo a dizer para mim não chega, jogador que se esconde muito e espera por um livre, um canto ou um cruzamento para aparecer na lista das assistência de resto não dá mais nada ao jogo.

JJ deve parar de espremer quem já se viu não ter nada para dar ao Sporting.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 21:46
Na sua opinião, portanto, Iuri deve sair. Geraldes também. E o Palhinha. E o Tobias.
Sobra ainda alguém da formação ou vamos abrir mais espaço para outros argentinos?


De Antonio_1969 a 15 de Julho de 2017 às 23:50
Como é que se pode dizer que se viu o jogo com o Basileia e centrar as críticas nos jogadores da escola?

Se Azbe e A. Geraldes não têm valor para o SCP, o que me preocupa é que estes também não têm:

A. Ruiz
Petrovic
J. Silva
Piccini
Matheus Oliveira
Battaglia
A. Pinto

E ainda:
Mathieu (parece morto)
Coentrao (lesionado crónico)

Não vai ser com um 11 formado basicamente por estas abeculas que ganhamos alguma coisa.


De Anónimo a 16 de Julho de 2017 às 09:06
Não está fácil não.
Mas se tivessemos 20 M para gastar com Rafa para colocar no banco, ou pagar salários a tabaratos e carrilhos. A nível internacional dar 80 e tal M a lukakus ou 57M a defesas direitos não melhores que muitos que já passaram por cá.
Com tetos de 10/20 M para gastar não é fácil montar planteis.
Esta é a realidade.


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 09:27
Sejamos claros: Podence, Iuri, Matheus Pereira e Francisco Geraldes têm qualidade para integrar qualquer plantel de qualquer equipa portuguesa da primeira divisão.
Por maioria de razão devem integrar o plantel do Sporting.


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 09:30
Muitos sportinguistas adoram bater na prata da casa.
Lembro-me bem que chamaram durante anos "Franguício" ao Rui Patrício. E bradavam contra o Adrien, jurando que jamais teria lugar no onze-base do Sporting.
Por vezes o "tribunal de Alvalade" funciona assim. Como bem se comprova nesta mesma caixa de comentários.


De Anónimo a 16 de Julho de 2017 às 09:02
Iuri deve ser vendido acima dos 15/20 M.
O Francisco Geraldes deve rodar para ser o jogador que ele tem potencial para ser mas ainda não é.
André Geraldes Tobias e Palhinha podem seguir o seu caminho.
A formação tem muita a chegar.
Tem campeões de juniores e juvenis (já falei noutro post) que se tiverem juízo serão muito melhores que contratações que fizemos este ano.
Com Jorge Jesus ou outro treinador.
Mas é só a minha opinião. Vale o que vale...


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 09:28
Tobias? A imprensa de hoje é unânime em referir que TF foi o melhor defesa leonino na partida de ontem.
Melhor que Coates, melhor que André Pinto, melhor que Piccini, muito melhor que Jonathan Silva, muito melhor que André Geraldes.


De Liondamaia a 15 de Julho de 2017 às 10:13
Jogar em dias consecutivos com equipas de algum peso, pode dar... no que deu -mas contra os turcos até houve momentos muito interessantes.

Lembro-o de que ninguém ganha ou perde pontos na pré-temporada.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:11
Sim, contra os turcos a exibição foi muito positiva. Mas quem agendou estes jogos de pré-temporada na Suíça (que há um ano não nos foram anda favoráveis, como logo se viu) devia andar a dormir na forma.
Também não se percebe como é que o treinador, com 30 jogadores disponíveis, aposta contra o Valência em oito titulares do desafio realizado 24 horas antes: Jug, Piccini, Coates, Mathieu, Coentrão, Fernandes, Iuri e Dost.
Há coisas que escapam ao meu entendimento.


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 11:42
Só compreendo se JJ achou que este seria o 11 tipo com Dost, Dumbia, Podence e Iuri.
Deveria ter previsto que faltariam pernas e que como observação não seria fidedigno do que poderão fazer noutra conjuntura.
Teste falhado...


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:38
Falhado, sim. Mas dele se esperaria que não falhasse em questões tão previsíveis como esta.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 15:35
Porá o Pedro a hipótese de haver outras questões para além das que o Pedro pelos vistos prevê, que nem lhe passam pela sua cabeça?

Espero, sinceramente, e por mais direitos que se tenham à indignação é à crítica, pelo menos quando os jogos forem a sério se deixem dessa ladaínha e comecem a apoiar incondicionalmente. Sublinho o incondicionalmente.
É que andam a semear descrença há muito tempo e isso é que tem mesmo tudo para não ajudar nada.

SL


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 17:19
Lamento, mas vem bater à porta errada. Jamais apoio incondicionalmente nada nem ninguém.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 19:58
A sua resposta, neste caso, até poderia ser lida como roçando o demagógico mas tenho que a aceitar. Nomeadamente por estar de acordo com ela! :)
Erro meu na escolha das palavras e na incapacidade de me explicar.
Vou tentar novamente e com insistência no termo, partindo do princípio de que é razoável apoiar o SCP incondicionalmente.

Se somos de uma equipa, de um clube, puxamos por ela e por ele. Assumir as escolhas dos que elegemos, (dos que escolhemos nós!!!), julgo ser básico. E ter a hombridade de assumir tanto as q julgamos melhores como as que consideramos piores, também.

JJ é escolha da direcção do SCP. Em última análise bora lá engolir um sapo, sem passar a época toda a rezingar.
Perdendo a cabeça use-se o velho argumento do cada macaco no seu galho se facilitar... e a utilização deste, principalmente nisto da bola, é bem capaz de ser avisada! ... no meu caso é-o seguramente! :)

Um grande e genuíno abraço.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 21:47
No fundo, estamos mais de acordo do que parece. Como aliás várias vezes já se percebeu neste blogue ao longo do tempo.

Um abraço leonino.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 22:32
Espere lá! Para q não fiquem mal entendidos pendentes: No fundo estamos de acordo, é certo, mas não na "pancadaria" sistemática no JJ!! nisso estou em absoluto desacordo consigo, Pedro!
É ele quem cá está, foi ele o escolhido, é ele q tem que ser "defendido". Contas só no fim, agora é apoiar.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 22:34
Também aí estamos de acordo. Regista-se apenas uma ligeira falta de sintonia temporal entre nós.
Como o futuro próximo se encarregará de demonstrar.


De miguel c a 15 de Julho de 2017 às 23:08
Lá está o Pedro novamente ... Então essa última frase, para além de uma espécie de disclaimer, quase parece um desejo! Como diria o cetáceo pedro guerra: não lhe fica bem!

Não agoire homem! Nem tenha pretensões a Zandinga!

Mais outro abraço!


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 23:15
Meu caro, já são muitos anos a fazer previsões relacionadas com o Sporting. Só neste blogue, cinco anos e meio ininterruptos.
Infelizmente, por exemplo, tudo quanto escrevi por aqui faz agora um ano confirmou-se.
Mas se estiver errado desta vez será com alegria que reconhecerei tal facto, garanto-lhe.

Um abraço.


De Anónimo a 15 de Julho de 2017 às 09:10
E o Gelson ficou depois da borrada com o Carrilo. E hoje já é só o activo mais valioso.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 09:17
O Gelson é, de longe, o maior "activo" (como agora se diz, numa expressão que detesto) do Sporting logo após os campeões da Europa Adrien e William.
Todos da formação leonina. Certamente o presidente Bruno de Carvalho não ignora que apostar na formação é não só apostar na dinâmica desportiva do Sporting do futuro mas também na viabilidade financeira da SAD leonina.


De Anónimo a 15 de Julho de 2017 às 09:11
Francisco Geraldes devia ler menos Saramago e jogar mais à bola.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 09:15
Jogar mais à bola como, se o treinador não o põe a jogar? Será que só serve para derrotar o Benfica e o Braga e conquistar taças da Liga ao serviço do Moreirense?


De Anónimo a 15 de Julho de 2017 às 09:27
JJ ainda não se recompôs da chapada de luva branca de Podence na 2ª volta. Mais um que entra nas contas forçosamente.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 09:36
Se Podence não figurasse no plantel leonino da nova temporada seria um crime de lesa-futebol.


De O Cid a 15 de Julho de 2017 às 13:50
Concordo consigo, anónimo.
Nem devia ler Saramago, o traste.
Onde já se viu ler Saramago, um grande benfiquista.
Se isso não é faltar ao respeito ao Sporting, já não sei o que seja.
Que leia a Margarida que segundo parece é uma grande sportinguista.


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 15:37
Ou a biografia de José Castelo-Branco outro grande benfiquista...


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 17:10
Benfiquista, sim. Mas esse odeia que lhe chamem lampião. Acha mais agradável chamarem-lhe lampinha.


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 09:25
Devia antes ler Camões ou Eça, que eram do Sporting. Como o País inteiro sabe.


De Anónimo a 15 de Julho de 2017 às 09:32
E despachar Paulo Oliveira, que JJ já tirou da selecção nacional uma vez, para pagar 2 anos de reforma ao Mathieu, ficará para sempre nos anais da gestão desportiva do SCP. E depois do Mundial da Rússia voltamos a falar.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 09:35
Calma. Cada coisa de sua vez.


De Tearjerker a 15 de Julho de 2017 às 10:22
Paulo Oliveira não tem qualidade para ser titular no Sporting. O Eibar está em linha com os seus pergaminhos.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:12
Mas teve qualidade para ser titular no Sporting durante a temporada 2015/16, em que somámos a maior pontuação de sempre e disputámos o título até à meia-hora final da última jornada.


De Tearjerker a 15 de Julho de 2017 às 11:27
É verdade que o Paulo Oliveira fez 19 jogos nesse campeonato (nível equivalente a Ewerton), mas quem terminou a temporada como titular foi Coates e Semedo. O próprio Naldo jogava mais que Paulo Oliveira.



De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:30
Se fez 19 jogos, foram a maioria: falhou 15. E recordo que deixou de ser titular devido a uma lesão grave, não por qualquer outro motivo.


De Anónimo a 15 de Julho de 2017 às 11:45
Coates e Semedo terminaram como titulares.
Naldo faz 27 jogos
Paulo Oliveira faz 19
Ewerton faz 18, e também teve lesões.

Na altura já achava o Paulo Oliveira o pior deste centrais. Sempre o achei curto para uma equipa que tem de dominar em posse de bola.

Por antagónico que pareça, o Paulo Oliveira acabou por ser mais consistente que o Rúben Semedo na última temporada e eu não concordei nada com a venda deste último.

SL



De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:30
As suas contas estão erradas.
Quais são as suas fontes?
É um exemplo típico de notícia falsa transformada em "verdadeira" por efeito das redes sociais.

Basta fazer contas de aritmética elementar.
Havendo 34 jornadas e dois centrais, os centrais somados perfazem 68 jogos.

Ora pelos dados que você nos traz P. Oliveira, Naldo e Ewerton somaram 64 presenças. O Coates só jogou dois jogos? E o Ruben Semedo outros tantos?
Tenha paciência, confira lá isso...


De Tearjerker a 15 de Julho de 2017 às 15:16
Tens toda a razão. Pus números não comparáveis.
No campeonato o Naldo fez 18 jogos e o Ewerton creio que 8.
Peço desculpa pelo erro.
SL


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 17:08
Assim já bate mais certo.
Tudo bem.

SL


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 11:48
Agora que recorda isso lembro-me de outra coisa de que me esqueci em relação ao Ruben Semedo.
Tal como Paulo Oliveira, também Ruben Semedo não conseguiu regressar no seu melhor.
Talvez por não ter sido devidamente preparada a sua reentrada na equipa, digo eu...


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:40
De mestre Jesus, tão bem remunerado e tão afamado, espera-se que saiba reintegrar os jogadores na equipa.
Vem com as obrigações contratuais, mesmo em cláusulas não escritas.


De Simão Gamito a 15 de Julho de 2017 às 10:07
Caro Pedro: não venho aqui para comentar o seu post. Esperemos que a bola role a sério. Se ganharmos, ninguém se vai lembrar de que quem saiu, ser adepto de futebol também é ser, infelizmente, egoísta e pouco solidário. Só somos solidários com os que estão, com quem marca os golos (veja-se Slimani vs Bost e nós continuamos a gostar do Sli, como do Acosta, etc), com quem os defende, com quem ganha os jogos. E se não ganharem, então voltamos ao princípio: os que estão serão postos em causa e os que foram serão trazidos ao de cima da maré das conversas e, afinal, sempre comentei o seu post, é porque o post merece e obrigou-me a comentar, mesmo sem ser essa a minha intenção.

Porque o que me trouxe aqui é uma questão que não me tem deixado dormir descansado e que é a seguinte:

- há dias li que, uma vez mais e vergonhosamente uma vez mais, os encarnados vão transmitir os seus jogos através da sua televisão. Ok, já o fizeram e como parece que no nosso futebol cada vermelho faz o que quer, este ano continuam. Vai na volta, ainda vão dar lições de transmissões tevisivas aos inglésidos. Posto isto, cá está o que me traz em ânsias: lá no campo deles e nos jogos deles o video-árbitro também deve ser deles, não é?! A ver se me pode tirar esta dúvida.

Pronto, larga vai a ladainha, bom fim de semana leonino e não só e viva o Sporting sempre e seja com que jogadores for.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 10:59
O tema que aqui traz, caro Simão, é mais que pertinente. Já o abordei várias vezes e prometo que muito em breve voltarei ao assunto.
Temos de vencê-los pela exaustão. Protestar uma vez e outra e outra até este escândalo das "transmissões em exclusivo" dos jogos em casa terminar. Com o "padre" Guerra a orientar as imagens que serão ou não vistas no País inteiro.

Bom fim de semana também para si.


De Simão Gamito a 15 de Julho de 2017 às 12:12
Claro. E com essa minha questão: o VA também é deles?!


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 09:24
Nem pensar, Simão. O VA é nosso. Não abdicamos disso.


De Rudolfo Dias a 15 de Julho de 2017 às 12:45
Lá voltam vocês burrosamente ao mesmo.
A empresa encarregue das transmissões no magnífico Estádio da Luz é a mesma da SportTV.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:43
A análise selectiva das imagens finais é vossa, como bem se viu no ano passado quando o Pizzi joga duas vezes com a mão e o Semedo corta com o braço no Benfica-Sporting e nenhuma imagem esclarecedora foi divulgada em tempo útil da análise do jogo feita em jornais e televisões, e no estádio por observadores e delegados.
Só 24 horas depois, quando já havia muito texto publicado sobre o assunto e a apreciação dos observadores estava feita com base em imagens erróneas, é que surgiram "novas imagens", de "novos ângulos" proporcionados por "novas câmaras". Extraordinário.
O polvo encarnado em marcha também passa por isto.


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 11:56
A informação que li é que o vídeo-árbitro estará instalado na Cidade do Futebol e que as imagens serão transmitidas por diversas câmaras instaladas em lugares regulamentados e definidos em todos os estádios.
É ficarmos de olhos bem abertos que daqueles lados, já sabemos, desconhecem o significado de regulamentos ou ética.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 17:20
Faço minhas as suas palavras, JHC.


De anonimo a 15 de Julho de 2017 às 12:32
As imagens do VA são independentes da transmissão televisiva. isso é público e conhecido. Eu percebo a simpatia que sentem pelo Goebbels mas uma mentira repetida continua a não ser verdade.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:44
Eu não sinto nenhuma simpatia por nenhum membro em funções directivas na televisão do vosso clube.


De Simão Gamito a 15 de Julho de 2017 às 19:34
Foi falha minha, não ter conseguido transmitir, por palavras, a ironia na pergunta sobre se o VA lá nos jogos encarnados também é deles.

Claro que o VA, seja onde for, não é deles (quero acreditar que não, pelo menos em termos oficiais não é, na prática logo se vê). Mas, no caso dos jogos deles, é baseado nas imagens da tv deles, não é?! Donde, por A+B se deduz que branco é, galinha o pôs.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 22:04
Todos sabemos que eles fiziam 'vade retro' sempre que falávamos no vídeo-árbitro.
VA, mas não abusem do rigor - dizem agora, fingindo brincar. Com a verdade nos tentam enganar.


De Anónimo a 15 de Julho de 2017 às 10:10
Uma curiosidade, quantos anos tem Luisão?

Matiheu ainda mal calçou já está a ser "arrumado" pelos amigos da formação, que são os primeiros a vaiá-los nos jogos, vide Yuri há 2 anos.
Vão à praia, ou ao cinema. Deixem JJ trabalhar.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:05
Eu, do pouco que vi dele já no Sporting, faço uma apreciação positiva.
Aliás já deixei aqui expressa essa apreciação:
http://sporting.blogs.sapo.pt/reforcos-leoninos-primeiras-impressoes-3353314


De Alberto Miguel a 15 de Julho de 2017 às 10:44
Uma pergunta até quando aguentamos o treinador.
Esta política de gajos batidos deu o que deu a época passada.
Saudações leoninas


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:03
Daqui a poucos meses haverá resposta à questão que levanta.


De Tearjerker a 15 de Julho de 2017 às 10:48
Geraldes, Gauld e Domingos Duarte não têm sido opção no estágio. Podence e Iuri têm tido muitos minutos, assim como Dala, Tobias e Mattheus Pereira têm sido aposta.

Creio que Geraldes tem lugar no plantel, mas raramente jogará. Um empréstimo a uma equipa de topo em Portugal ou para fora, seria interessante para a sua evolução.

Gauld é um jogador que tem uns belos vídeos de YouTube na Escócia, mas que tem sido muito mal gerido. Com valor a mais que uma segunda liga, não teve o impacto que eu esperaria em Setúbal na temporada passada. Creio que deverá novamente ser emprestado, a uma equipa dos 4-9 primeiros em Portugal.

Domingos Duarte/Tobias - um deveria ficar. DD fez uma melhor temporada, mas Tobias parece estar melhor preparado para ficar no plantel. Em todo o caso, parece-me que JJ quer um segundo Mathieu (central canhoto com capacidade de transporte de bola) e nenhum deles é esse jogador.

Podence/Iuri - dois talentos que estão a aproveitar bem a oportunidade. Não antecipo ainda qualquer decisão de exclusão de qualquer um deles. A não ser que venha uma contratação, como Pity, parece-me que ficarão os 2 no plantel.

Matheus Pereira - entrou bem contra os turcos e mostrou-se mais tranquilo e adulto (não vi o jogo com o Valencia). Com a chegada de Acuna, a sua vida fica difícil. Ficando Bryan e Chuta, será certamente emprestado, ficando apenas Chuta, também deverá acontecer...no entanto acho queda equipa técnica está agradado com o seu desempenho nesta pré-época.

Dala - jogador que também está a ter oportunidade de se mostrar, mas que será provavelmente a quinta opção atras de Bas, Doumbia, Alan e Podence. Jogador muito acima de uma segunda liga, deverá ser emprestado esta temporada a um clube de primeira. No entanto, acho que ficar até Janeiro a treinar com a equipa A e ir jogando quando necessário, poderá ser importante para o jogador concluir o seu processo de adaptação a Portugal.

Palhinha - vi-o jogar pela primeira vez no seu primeiro ano de juniores. Agradou-me bastante na altura o sentido tático e a capacidade defensiva. Jogava ao primeiro toque, ainda que com alguma lentidão. Tem evoluído significativamente, mas precisa de dar um salto técnico acentuado para poder ser o número 6 do Sporting. A sua relação com a bola tem de ser outra se quiser ser o dínamo da primeira fase de construção do futebol do Sporting. Jesus gosta dele, mas faz sentido que Palhinha vá emprestado para um clube português com uma filosofia de futebol em que o número 6 seja algo mais que um mero destruidor de jogo.


Ainda que considere que William tem de sair para atingir o seu imenso potencial, a sair um, neste momento, acredito que Adrien (é verdade, o coração da equipa) tenha neste momento melhores substitutos e que, por essa razão, deva ser vendido.


PS: nenhuma destas opiniões estabelece comparações com outras segundas linhas do nosso plantel, cuja aquisição parece ser ao momento justificável.

SL


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:21
Caramba, meu caro, na sua perspectiva não escapa ninguém: tudo para emprestar ou vender.
Abaixo a formação, pum!


De Tearjerker a 15 de Julho de 2017 às 11:36
É uma dedução pouco lógica, a afirmação "pum, abaixo a formação".

Primeiro porque há pelo menos 3 jogadores que digo para ficar. Segundo, porque se ficar significa não jogar (Geraldes que afirmo que tem qualidade para ficar), a opção de empréstimo funciona precisamente no sentido contrário. Apostar na evolução do jogador ainda que por empréstimo.

SL


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 12:11
Ora, se tivermos em mente que nos clubes de formação a expectativa são a inclusão de 2 a 3 jogadores da formação por época, então o seu apontamento está correcto.
Na minha opinião o número deve ser maior pois o equilíbrio do futebol no nosso clube depende quase que em exclusivo das verbas provenientes da academia.
O que não significa que devam ficar todos. Iuri fez 3 pré-temporadas e adquiriu as competências (principalmente defensivas) para integrar agora o plantel.
F.Geraldes está na 1ª pré-época mas já esteve emprestado. Vamos ver...
Matheus Pereira necessita de uma experiência exigente em que possa ser titular e se sinta importante.
Adrien Silva regressou ao Sporting após épocas de crescimento para depois pegar de estaca.
Formar, jogar, transferir.
É esse o caminho!


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:45
Adrien, com Jesus, ainda andaria a "ganhar experiência" rodando em clube adversários do Sporting.
William também.
João Mário, idem aspas.


De Tearjerker a 15 de Julho de 2017 às 15:20
Só para concluir, acho que no caso de emprestarmos os jogadores, mesmo que possa não ter o impacto esperado, creio que deveríamos, se possível, criar um incentivo para que os jogadores emprestados joguem nos clubes de destino.

Por exemplo, determinar a percentagem de comparticipação do salário por parte do Sporting em função do número de jogos. Não é uma ideia nova, mas não estou certo que seja aplicada por esta direção. Temos de criar as melhores condições para estes jogadores poderem evoluir.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 17:22
Ideia interessante, TJ. Vou destacar.


De JHC a 15 de Julho de 2017 às 15:49
Caro Pedro,
Não sei se assim seria. Apostou em Gelson, Ruben Semedo e Palhinha.
Tem mais haver com as respostas que os jogadores vão dando nos treinos e jogos.
Sei que JJ é teimoso, mas não tenho dúvidas que quer ganhar jogos e títulos.
E para isso escolhe os jogadores que acredita se enquadrarem na sua idéia de jogo.
E conhece melhor que nós os jogadores pois treina com eles diariamente.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 17:22
O problema em JJ é quando a saudável teimosia resvala para uma inaceitável casmurrice.


De Pedro Correia a 16 de Julho de 2017 às 09:33
A opção de empréstimo funciona? Isso depende muito do clube ao qual se emprestar.


De J.Santos a 15 de Julho de 2017 às 12:21
O comentário de Pedro Correia vale mais do que mil palavras. Não escapa nada. Não resisto a acrecentar relativamente ao Gauld: viu os os jogos do rapaz? Do que é que não gostou? Sabe que em Janeiro o Sporting o resgatou? É que pode ter pensado que o rapaz ainda estava em Setúbal e que o Couceiro não o convocava por má condição desportiva. Talvez não lhe tenham dito.


De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 14:47
É que não bate a bota com a perdigota.
A direcção leonina fixa uma cláusula de 60 milhões de euros ao rapaz. Vem o treinador e nem o deixa calçar. Desvalorizando um "activo", como agora se diz.
Uma coisa não joga com a outra. Parece até que Jesus tem medo que o miúdo brilhe e depois os adeptos não o deixem sair.


De Copiasfrenteeverso a 15 de Julho de 2017 às 11:01
Saudações Leoninas para os Sportinguistas!(Para os outros estou-me a borrifar,nem sei o que andam aqui a fazer depois de jogarem contra a equipa dos calmantes, o xanax);
Em primeiro lugar vejo um histerismo impróprio para esta altura do "campeonato". Compreendo que onde o Sporting Clube De Portugal entre é para ganhar e que o torneio dos Alpes era engraçado juntar aos nossos mais de 20 mil títulos, conquistados, repito, conquistados(diferente de oferecidos, não é sinónimo) desde 1906. Compreendo ainda, neste primeiro ponto, que devido a uma ânsia por um campeonato que nos vem sendo roubado, perdão, que temos vindo a perder, exista ao mínimo desaire desconfiança. CALMA! Temos de mostrar união sportinguistas! Eu vejo certos comentários e fico perplexo! Havia de ficar o geraldes, o mama, o iuri e mais não sei o que...
Gosto muito da qualidade deles, sem dúvida nenhuma, mas acho que ficar no plantel por ficar não vale a pena, é preferível rodarem... Em relação ao F.Geraldes acho que ainda não tem nível para jogar no Sporting, precisa de rodar e ganhar mais experiência competitiva( género do adrien). O iuri vai ficar neste plantel. Palhinha não tem sequer qualidade, com muita pena minha, para jogar no nosso grande Amor. Podence uma certeza no plantel, assim como Tobias Figueiredo, vai ser o quarto central sem sombra de dúvidas. Matheus pereira é um caso idêntico ao do F.Geraldes....Domingos Duarte do género do Palhinha. Sendo assim ficamos com, da nossa formação, repito, DA NOSSA FORMAÇÃO MESMO, Rui Patrício(não sai),Beto, Pedro Silva(entre A e B, 500x melhor que não sei o que jug),Tobias,Podence, Iuri, Gelson, todos que acho que estão assegurados. Faltando as incógnitas adrien e william. De um plantel de 25/26 sobram 18/19 jogadores, o chamado núcleo duro. Neste núcleo devemos acrescentar jogadores experientes e com cultura de campeão. Assim de repente, fui consultar os dois últimos planteis com que fomos campeões. No de 99/2000 jogavam 6 jogadores da formação sendo que 3 eram GR´s. No de 2001/2002, aparecem 13, dos quais 4 Gr´s e dos 9 so 4 jogaram mais de 5 jogos. Depois fui consultar o ano que com P.Bento em que nos foi roubado o campeonato por 1 ponto, perdão, perdemos.... 13 jogadores, dos quais 2 Gr´s e do resto jogou tudo mais de 10 jogos!
Ou seja, o Sporting Clube De Portugal, neste lamaçal precisa de equilibrio. Miudos com amor à camisola e de "gajos experientes" para, naqueles momentos de aperto, terem discernimento de poderem decidir a nosso favor.
Já sabemos que vamos ser prejudicados, que quando ganhamos é com muito sacrificio, logo não podemos ter miudos mesmo da formação a evoluir num grande cube, como o nosso grande Amor. Esse trabalho deve ficar para outro clube de menor dimensão que o Sporting Clube De Portugal, onde devem rodar sem pressões em clubes como (Viória´s, Feirense,D.aves(os dois clubes de aves),porto,boavista,etc).....
Depois de atingida uma estabilidade vencedora, podemos agourar o tão desejado "11 à SPORTING". Infelizmente só temos posto 5/6 jogadores no onze da nossa formação mesmo(Não do Sintrense e arredores) e sem contabilizar outros jogadores que "passam a formação"
Bem-haja Sportinguistas! PS: Ridiculo o comentadeiro da Sporbtv 1 a "descascar" num jogador que vem de uma lesão grave,Alan Ruiz, e que precisa de recuperar os índices físicos e emocionais....



De Pedro Correia a 15 de Julho de 2017 às 11:27
Cumprimento-o pela qualidade (e quantidade) da sua reflexão, mesmo não me revendo totalmente nela.
No És a Nossa Fé procuramos isto mesmo: o debate de ideias, sempre estimulante, sobretudo nesta fase da pré-temporada em que tudo ainda pode acontecer.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Tudo ao molho e FÉ em Deu...

Gostei!

Quatro em onze

Esta época, eis a primeir...

Bruno Fernandes e Bas Dos...

Bonito é metê-la lá dentr...

Recordar - Vítor DAMAS

Hoje giro eu - o meu ONZE...

Os nossos comentadores me...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

balanço

jorge jesus

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

godinho lopes

futebol

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds