08 Dez 16
Pontos nos is.
Luís de Aguiar Fernandes

Saímos da Europa, e cai tudo em cima de Jorge Jesus. Mas vamos pensar um bocadinho no jogo de ontem.

 

Não tínhamos nenhum dos dois defesas direitos que têm jogado. Era preciso tomar uma opção: jogar com um rapaz que nunca jogou na Champions (Esgaio) ou mudar o sistema. Face a uma equipa fortíssima em contra-ataque (3 golos ao Real, 4 ao Borussia), Jesus optou por jogar com uma espécie de sistema com 3 centrais, parecido (mais ou menos, vá) com aquele que foi tão elogiado em Dortmund. A opção foi errada? Ao intervalo já todos tínhamos percebido que sim, mas antes do jogo era, pelo menos, lógica. Correu mal. Acontece. Jesus é o culpado deste afastamento? Não me parece.

 

Senão vejamos: se o André acertasse uma das oportunidades que teve, ou se o árbitro marcasse uma das duas mãos na bola que houve na mesma jogada, teríamos ficado na Europa. Era Jesus o culpado dessa vitória? Também não me parece.

 

No fim do dia, são os jogadores (e, infelizmente, os árbitros) que decidem o jogo. O treinador só lhes explica como chegar lá, mas se um avançado não marca ou se um defesa erra, ele não pode fazer nada. Por isso isto de culparem apenas o treinador por uma opção que correu mal, mas que não era descabida, é capaz de ser um bocadinho demais, não?

 

Nota: Menos lógica me parece a insistência em Markovic, mas isso fica para discutir depois.


comentar
56 comentários:
De JRamos a 8 de Dezembro de 2016 às 16:03
Vá ver o prémio para JJ se ele ganhar o campeonato. É muito guito. Para que ir para a LE se nao ha perspectivas de ganhar um prémio chorudo? Money talks...


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 17:09
Isso não faz sentido. Em primeiro lugar, porque também há prémio para ganhar competições europeias. E também porque se era para perder, rodava a equipa para os jogadores chave estarem mais descansados para o campeonato. SL


De JRamos a 8 de Dezembro de 2016 às 19:09
Eu não estou a dizer que JJ perdeu de propósito mas que não tinha o coração, digamos, no apuramento para a LE.


De Carlos Silva a 9 de Dezembro de 2016 às 09:55
Dúvidas existênciais:
- Um carnidense que se preze, odeia mais o Sporting ou Jesus ?
- Prefere não ganhar o tetra desde que o Sporting (Jesus), não
ganhe o campeonato?


De SCP a 8 de Dezembro de 2016 às 16:13
Equipa fortissima?????
Já não ganhava um jogo para a CL há 21 anos!!!


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 16:15
Fortíssima em contra-ataque. Terrível a defender. SL


De wenupang a 8 de Dezembro de 2016 às 16:38
"Num dia soalheiro da primavera de 1974, ao chegar a Hong Kong, descobri que alguém tinha construído um túnel debaixo do mar entre a ilha de Hong Kong e Kowloon, no continente, sem meu conhecimento. Acabara de enviar as provas revistas do meu romance "A toupeira" ...

Entre os supostos prazeres do livro encontrava-se uma perseguição de ferry, o Star Ferry, pelos estreitos de Kowloon e a ilha de Hong Kong. Para minha eterna vergonha, atrevera-me a escrever esse trecho aqui na Cornualha com a ajuda de um guia turistico ultrapassado.... jurei que nunca mais voltaria a descrever uma cena num local que não tivesse visitado.

Contudo a lição que aprendi não tinha só a ver com a questão da pesquisa. Dizia-me também que, a meio da vida, eu estava a ficar gordo e preguiçoso e a viver à custa de um fundo de experiência passada que estava a esgotar-se. Chegara o momento de abordar mundos não familiares".

John Le Carré - O túnel dos pombos.

À quase dois anos a "estrutura" do benfica percebeu que JJ estava gordo, preguiçoso e a viver à custa de um fundo de experiência ultrapassado. Temeu uma ida para o porto mas a garantia da manutenção de Lopetegui sossegou-a. A "estrutura do Sporting cega como uma toupeira viu uma oportunidade de se livrar de um treinador honesto que tinha cabado de ganhar uma taça de Portugal e foi buscar o treinado gordo e preguiçoso que, passados quase dois anos continua gordo e preguiçoso e incapaz de abordar mundos não familiares. Mas também inquestionável aos olhos dos aparatchik do regime.



De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 16:40
O facto de testar novos sistemas e novas abordagens ao jogo só prova que o Jorge Jesus continua a pensar o jogo, e não apenas a viver do que já fez e ganhou por outras bandas. SL


De wenupang a 8 de Dezembro de 2016 às 16:55
Que novas abordagens? Acreditar que um Sérvio não é um Sérvio? Que uma equipa que sofreu 24 golos em cinco jogos é forte defensivamente? Que os jogadores que ele via na televisão que está sempre a dar futebol e que eram bons para o Belenenses servem para o Sporting (quando escolha idênticas fracassaram no Benfica?).

Com pena por ser Sportinguista tenho de aceitar que o Scouting do Benfica é muito melhor que o do Sporting (que está ao nível do JJ).


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 16:59
Isso também é conversa para outras andanças (prometo qualquer dia voltar a isso do scouting). O meu objectivo aqui era só dizer que a culpa não é só do treinador, seja ele quem for. SL


De JRamos a 8 de Dezembro de 2016 às 19:14
O Marco Silva não esteve ao nível do Sporting. Foi desleal com a presidência do clube respondendo a uma crítica pública do presidente em vez de a encaixar. A partir daí deixou e bem de merecer confiança.


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 19:14
100% de acordo. SL


De wenupang a 8 de Dezembro de 2016 às 20:20
MS revelou personalidade. Uma critica pública pode (e deve) ser respondida publicamente. Só nas ditaduras isso é crime.

Do Marco Silva esperava competência como treinador e teve-a .

A comparação da época passada é desigual. JJ viveu da equipa que Leonardo Jardim criou e Marco Silva melhorou com a vantagem de não ter que jogar a liga dos campeões desprezando a liga Europa (pessoalmente fiquei envergonhado).

Esta época sim. Podemos comparar MS e JJ e para já JJ está, do meu ponto de vista bastante atrás de MS. Na Champions fez 3 pontos contra 7. No campeonato foi salvo por uma derrota inesperada do Benfica. Acresce a tudo isso queMS tinha um plantel que JJ assumiu que lhe deu vontade de fugir do Sporting.


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 20:44
Onde dizes personalidade, eu digo falta de compromisso com o clube. E no fim é que se fazem as contas. SL


De leão verde a 8 de Dezembro de 2016 às 21:29
Deve ter sido por isso, e por causa do malvado do Bruno de Carvalho que também foi corrido do Olympiakos.

A propaganda anti-Bruno o de Carvalho está forte.


De Carlos Silva a 9 de Dezembro de 2016 às 13:53
Essa oposição vende a sua alma ao diabo vermelho


De wenupang a 10 de Dezembro de 2016 às 10:31
Corrido do Olympiacos? Agora também entrámos nas pós verdades? Ele saiu do Olympiacos porque ´quiz.


De LEOA MARIA a 8 de Dezembro de 2016 às 22:05
Ainda saudades do MS? A mim não me deixou saudades, e pelo que vejo tb não as deixou no Olimpiakos pq será????...

SL


De Jorge a 9 de Dezembro de 2016 às 17:26
Olympiakos onde o Jardim ainda durou menos tempo que o MS...






De wenupang a 10 de Dezembro de 2016 às 10:41
Saudades dum treinador competente tenho. Podia ser o Marco Slva, ou Leonardo Jardim. Até podia ser Jorge Jesus se não tivesse ficado gordo e preguiçoso.


De JRamos a 9 de Dezembro de 2016 às 01:23
O Presidente do Sporting representa os sócios [e os adeptos] dentro do clube. Marco Silva não representava nada. Além disso não era um par do presidente mas um subalterno. Se MS fosse sócio do Sporting poderia em teoria ter falado como tal - embora não naquelas circunstâncias - mas nem isso é. Espero nunca mais voltar a ver MS no Sporting.


De Carlos Silva a 9 de Dezembro de 2016 às 13:24
Wenupang. Você é patrão ou assalariado? Se é o primeiro caso, estou a ver que ficava muito feliz se um seu empregado o viesse criticar em público. Mas se é um assalariado, experimente vir falar mal da sua entidade patronal. Sabe o que significava ? (não duvido um segundo que o saiba ) despedimento com justa causa.
Não sei se é patrão ou assalariado. Uma coisa sei, ou é néscio ou faz-se passar por tal.


De wenupang a 10 de Dezembro de 2016 às 10:39
Como dizia o outro "Porreiro pá". Sou patrão faço o que quero e me apetece e ninguém tem nada com isso. Sou "assalariado" como e calo.

Se a minha entidade patronal me criticar a mim ou à minha equipa publicamente eu respondo publicamente e, da mesma forma, que o Sporting não conseguiu justa causa para despedir MS duvido que a minha entidade patronal conseguisse justa causa para me despedir. Agora acho que a minha entidade patronal é suficientemente inteligente para não o fazer (nem para por avençados a escrever artigos em jornais).

Mas a entidade Patronal Sporting também parece também já ter aprendido senão após os jogos do Rio Ave, Nacional ou Tondela desta época tinha havido critica pública


De Carlos Silva a 10 de Dezembro de 2016 às 13:07
Garanto que tentei. Li várias vezes, de forma pausada. Dividi frases, pontuei. Tentei mesmo imaginar o que me queria dizer.Mas tudo em vão. O seu post é mais impenetrável que a Pedra de Roseta e eu assumidamente não tenho o talento de Champollion. Lamento profundamente.


De wenupang a 11 de Dezembro de 2016 às 23:25
Acho que não é preciso meter aqui o Champollion. Basta o Senhor de La Palisse. Eu não aceito as suas verdades. Você não aceita as minhas. Como dizia o outro "c'est la vie" . Chato é achar que alguém é mau Sportinguista ou, pior que isso, anti Sportinguista, só porque tem ideias diferentes...


De Carlos Silva a 12 de Dezembro de 2016 às 08:40
Wenupang. Acho que vai de Mao a Piao.
É natural que haja quem discorde da política desta direcção do Sporting. Embora não compreenda, mas não podemos deixar de aceitar, é que possa haver quem considere que a anterior direcção era melhor que esta. O que repudio é o facto dos seus argumentos coincidirem com os dos nossos adversários que só visam a destruição do sporting. Aí eu desconfio


De Carlos Silva a 9 de Dezembro de 2016 às 13:15
O Presidente, foi eleito pelos associados, em eleições validadas, para os representar. Deste modo, toda a falta de respeito que se tenha em relação a ele, é uma falta de respeito ao clube. Marco Silva só poderá vir a ser um bom profissional, quando perceber isso.


De Carlos Silva a 9 de Dezembro de 2016 às 10:31
A Insustentável Leveza da Hipocrisia.
O carnide, se algo tem de marcante, será o condão de desprezar tudo o que lhe parece já não lhe servir. Parece ter prazer no descartável. O expoente máximo, foi com Eusébio. Depois de terem destruído prematuramente a sua carreia, utilizando-o criminosamente em jogos lesionado, para obterem melhores receitas financeiras,mandaram-no miseravelmente embora.Para sobreviver teve que se humilhar ir jogar em clubes menores. Passou de rei a mendigo. Alguém viu então que ele podia ainda ter algum préstimo. Começaram a passear a pantera negra por esse mundo fora, qual circo Shen
A formula foi-se repetindo, sendo a última o contorcionismo que fizeram com o Luisão. Desprezado e depois o, volta que estás perdoado.
Com Jesus foi um caso dentro dessa linha, só que não previram que o Sporting o fosse recolher. Asseguraram-se que o Porto não o faria, e acreditaram na armadilha que BC lhes preparou quando veio para a comunicação social afirmar que não tinha dinheiro para mandar cantar um cego. O carnide foi cego e agora cantam o triste fado da desgraçadinha.
" Entre os corpos pesados na natureza, o mais pesado deles, é o da má consciência". Paciência.


De Anónimo a 8 de Dezembro de 2016 às 16:46
Tu pelos vistos não cais mas era difícil fazer pior. E pelos vistos também não vale a pena pagar tanto a nenhum treinador. No fim do dia a responsabilidade é sempre dos jogadores. Malvados.


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 16:55
Eu não disse isso. O trabalho do treinador é fundamental, mas os jogadores vão ser sempre mais importantes. Por isso é que um treinador mau com bons jogadores vai quase sempre ganhar a um bom treinador com jogadores maus.

Quanto às culpas, eu não digo que o treinador não as tem. Digo, sim, que não há só um culpado, como muitos tendem a achar. SL


De Pedro Oliveira a 8 de Dezembro de 2016 às 17:04
É muito discutível isso do bom e mau treinador, Luís.
O que é um bom treinador, Mourinho?
Foi despedido dum Chelsea quase a descer de divisão, o mesmo Chelsea, com os mesmos jogadores está em primeiro.
É claro que nada disto é linear nem definitivo.

Um abraço, SL


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 17:07
Para mim um bom treinador é aquele que tenta evoluir com o jogo e tenta controlar o máximo de variáveis possível (obviamente que nunca consegue controlar tudo). Infelizmente, acho que Mourinho não evoluiu, e de um grande treinador, que já foi, passou a apenas mediano hoje em dia. SL


De LEOA MARIA a 8 de Dezembro de 2016 às 22:13


De Leão de Queluz a 8 de Dezembro de 2016 às 17:01
O futebol é fértil em se(s) :
- Se o sorteio tem sido mais "amigo", apanhar com o Real Madrid e Dortmund é obra, logo à partida ficámos fora dos oitavos e que outra equipa portuguesa não ficaria?
- Se as datas dos jogos com o Legia fossem outras, 1º jogo lá e o 2º em Alvalade.
- Se o João Pereira não tem levado o vermelho com o Dortmund(escusado).
- Se o Campbell e o Alan Ruiz não estivessem lesionados.
- Se o Bryan Ruiz fosse o do ano passado.
- Se JJ não tem optado pelos 3 centrais.
- Se ainda tivéssemos Slimani( foi poupado no jogo com o Porto, sorte deste).
- Finalmente : Se o André não tem falhado as 2 oportunidades.

Se........... arrumássemos este assunto e que venha o Benfica.....algum dia as bolas irão entrar.

SL




De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 17:03
Nem mais, é precisamente isso. Se fosse tudo cientificamente rigoroso, não metia metade da piada. E domingo lá estarei para torcer pelos nossos. SL


De Francisco a 8 de Dezembro de 2016 às 17:05
A culpa é de Jorge Jesus!
Não porque jogou com três centrais, mas porque confessou que só estavam 90 por cento focados naquele jogo.
Não porque deixou Esgaio de fora, mas porque mandou Markovic lá para dentro.
Também porque colocou Bruno César à direita e Gelson Martins ao centro.
Não era jogo de experimentações; ou se apostava tudo (e não se experimentava nada) ou não se apostava (e não jogavam tantos titulares ultra-necessários no domingo).
Os jogadores que falham sucessivamente desde o início da época são os que ele pediu: mais culpa dele.
(falar de árbitros e de arbitragens não nos leva a lado nenhum...)
SL


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 17:11
Essa é outra questão interessante. E sim, nisso Jesus tem culpa, mas não deve ser fácil conseguir manter o plantel focado nestas situações. Quanto ao Markovic, nem vale a pena falar. SL


De Edmundo Gonçalves a 8 de Dezembro de 2016 às 18:00
Luis, então se não te importas, vou eu treinar o Sporting.

SL


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 18:02
Nada contra ti, mas eu acredito que o Jesus nos vai levar ao primeiro lugar já domingo. ;) SL


De Anónimo a 8 de Dezembro de 2016 às 18:22
Então só depende do treinador quando se ganha? Ou é porque é domingo?


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 18:23
"Era Jesus o culpado dessa vitória? Também não me parece." - Não sei como poderia ter sido mais claro. SL


De Anónimo a 8 de Dezembro de 2016 às 18:32
A ganharmos no domingo, Jesus leva-nos tanto para a liderança da Liga, como ontem para fora da Europa. O que eu nunca percebi é quando é que uma coisa passou a ter algo a ver com a outra no SCP. Se calhar porque ainda sou do tempo de ir a jogo com mesma crença na Europa e no campeonato. Como por exemplo, o actual campeão nacional na época passada. Infelizmente. Só a parte do campeão nacional claro.


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 18:33
Não tem, por isso é que o que se passou foi um falhanço. Se não fosse, este post não existia. SL


De Simong2 a 8 de Dezembro de 2016 às 18:21
Se ganharmos o campeonato, tudo isso será esquecido. E, domingo que vem, é um dia muito importante. Não será decisivo, mas quase.


De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 18:22
E não será por falta de apoio que não venceremos. SL


De Simong2 a 8 de Dezembro de 2016 às 18:23
Não será, não.


De SportingSempre a 8 de Dezembro de 2016 às 18:23
Quanto um treinador, depois duma vitória folgada em casa, altera completamente o sistema e as posições de meia equipa para fazer uma 1ª parte miserável contra uma equipa polaca de 2ª ou 3ª linha europeia, e só depois de voltar ao sistema usual equilibrar minimamente as coisas, obviamente é ele o principal responsável pela derrota e eliminação da Liga Europa.

Se Esgaio não servia porque é que ele acabou por entrar e ser dos melhores em campo, combinando bem com Gelson e centrando com perigo ?

Quando foi o último jogo do Sporting onde Gelson tenha jogado a ponta de lança e B.Cesar a médio/lateral direito ? Nunca ?

Aliás basta ver o desempenho do Sporting na Europa com Jorge Jesus para não ter dúvidas sobre a sua capacidade "Europeia". E convém recordar o que foi a 2ª parte contra o CSKA da época passada que nos custou a eliminação na Champions.
Fraquinho, fraquinho, fraquinho.

O Sporting e os Sportinguistas merecem muito mais que isto.



De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 18:25
Houve erros, claro, mas continuo a achar que com Jesus no banco estamos sempre mais perto de ganhar. Obviamente (e felizmente) nem todos os sportinguistas pensam como eu, só espero que isso não os faça deixar de apoiar a equipa. SL


De SportingSempre a 8 de Dezembro de 2016 às 18:50
Mais perto de ganhar em Portugal, acredito. Mas isso não chega.

Mais perto de ganhar na Europa, não acredito. Jesus tem-se encarregado de o demonstrar.

Lembra-se de estarmos a ganhar ao Real Madrid, e ele se ter feito expulsar e retirar Gelson e Adrien para por Markovic (a tal nulidade de ontem) e Elias ? E depois vir todo inchado com a exibição com a "melhor equipa do mundo" (que acabou em 2º do grupo) e levarmos 3 do Rio Ave ?

E o problema é que não ganhando jogos na Europa o Sporting não tem capacidade financeira para manter os melhores jogadores do plantel, mais o ordenado milionário do treinador, mais os ordenados /passes dos 10 reservistas que ele foi arranjar.

Mete raiva ouvir um treinador derrotado a fingir que nada daquilo tinha a ver com ele.

Quanto ao apoio à equipa, é desabafar agora, deitar cá para fora esta raiva, e estarmos todos unidos no domingo e até ao fim da época sonhando com a vitória na Liga. Depois se verá.





De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 18:52
Mas esse treinador que errou nas substituições em Madrid, foi o mesmo que nos fez acreditar na vitória lá. É acreditar. Vamos ser felizes domingo, e encarreirar para o campeonato, isso é que interessa agora! SL


De MB a 8 de Dezembro de 2016 às 20:38
Será que ninguém entende que demos ao Legia, 45 minutos de avanço não por jogar com o Paulo Oliveira mas por jogar com o Bruno César a extremo direito (que só tem pé esquerdo!) e Gelson no centro (que não remata e não está adaptado a tal posição). Para além disso, são posições sem rotina...

O golo nem sequer veio do lado do Paulo Oliveira, parem de ser ceguinhos e com os "se, e se, e se".
O que eu sei é que o Jesus mandou para lá a carne toda e decidiu por jogadores titulares a jogar fora da sua zona de conforto. Uma verdadeira burrice.



De Luís de Aguiar Fernandes a 8 de Dezembro de 2016 às 20:45
Concordo mais com isso. Essa sim, foi a falha de Jesus no jogo. Isso e entrar com o Markovic. SL


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Selecção soma e segue

A angústia do árbitro per...

Os nossos comentadores me...

Sub-21: Rúben Semedo marc...

Evidências

Cada vez mais encarnada

O desespero

Leoas às sextas

Os nossos comentadores me...

Afinal sempre há algo imp...

Arquivo

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds