12 Ago 17

Estreia em casa do Sporting num jogo que começou muito bem, com meia hora de grande pressão da nossa equipa, confinando o Vitória de Setúbal ao seu reduto defensivo, sem dar qualquer hipótese à turma visitante de sair da sua área com a bola controlada.

Infelizmente tanta pressão traduziu-se em várias oportunidades mas nenhuma delas deu golo. Bas Dost, Acuña e Gelson Martins quase chegaram lá mas ou viram a intenção gorada por boas intervenções do guarda-redes sadino ou atiraram demasiado por cima ou demasiado ao lado.

Na segunda parte repetiu-se o filme - logo a partir do minuto inicial, quando um bom remate de Adrien embateu na barra ao ser desviado por um defesa. Dost elevou-se bem após um canto, mas o cabeceamento parou nas mãos do guarda-redes. Mathieu, com muita classe, tentou um remate de bicicleta que não chegou a trair Pedro Trigueira. E Doumbia, que rendeu um fatigado Podence, falhou em três ocasiões. Parecia que os jogadores recitavam em campo o poema "Quase", de Mário de Sá-Carneiro: faltava-lhes um golpe de asa.

O nó só foi desatado a quatro minutos do fim pelo suspeito do costume: Bas Dost. Ao ser carregado em falta dentro da área, o holandês foi chamado a converter o penálti e não defraudou as expectativas dos 42.415 espectadores que ontem à noite acorreram a Alvalade.

Vitória tangencial, mas os três pontos ficaram garantidos: isso é que interessa. Só foi pena termos esperado tanto pelo golo tranquilizador numa partida em que voltámos a manter a nossa baliza inviolada. Mérito da defesa, em que se destacou Mathieu - para mim desta vez o melhor em campo, com um desempenho próximo da perfeição.

 

............................................................................

 

RUI PATRÍCIO (5). Noite tranquila do nosso guarda-redes, apenas ensombrada por uma saída em falso dos postes aos 38', no único lance que levou algum perigo à nossa baliza. Nem sempre esteve bem na reposição de bola.

PICCINI (6). Esforçou-se muito, até porque dois terços dos lances ofensivos eram conduzidos pelo seu flanco, e procurou combinar bem com Gelson. Bom cruzamento aos 17'. Grande cruzamento aos 77', isolando Bruno Fernandes.

COATES (7). Volta a exibir a classe que tinha evidenciado nas épocas anteriores: a parceria com Mathieu está a funcionar. Atento e concentrado, corte providencial aos 75'. Nunca hesitou em ir à frente. Numa dessas ocasiões, foi derrubado em falta dentro da área sadina - um penálti que ficou por marcar.

MATHIEU (8). Confiante e dinâmico, simples mas muito eficaz nos seus processos. Imprime velocidade e precisão ao início do processo atacante. Dobrou Jonathan sem problema. E marcou presença nas bolas paradas ofensivas. Numa delas esteve muito próximo de conseguir um golo acrobático.

JONATHAN SILVA (5). Rendeu Coentrão, poupado para o desafio de terça-feira frente ao Steua, e revelou-se intranquilo nesta missão. Com mais vontade que talento. Falhas na articulação com Acuña, o que não admira: foi o primeiro jogo oficial dos dois argentinos juntos.

BATTAGLIA (6). Faz jus ao apelido: é um batalhador. Designado para substituir William, sai desfavorecido na comparação. Melhorou na segunda parte, ao avançar no terreno: transporta bem a bola e pressiona os adversários, revelando espírito leonino. Protagonizou um bom lance de ataque aos 48'.

ADRIEN (6). Ressentiu-se da ausência de William, oscilando no seu desempenho em campo. Melhor a pressionar e organizar jogo, menos bem na precisão do passe. Melhor momento: um remate forte e bem colocado no minuto inicial da segunda parte que acabou por embater na barra. Saiu aos 69'.

GELSON MARTINS (7). Os colegas usaram e abusaram dele, canalisando quase todo o jogo ofensivo para os pés do médio-ala que rompia a defesa pelo lado direito. A articulação com Piccini nem sempre resultou e faltaram ataques pelo corredor central. Mas foi ele sempre o mais acutilante e criativo. Só falhou o golo.

ACUÑA (7). Rendeu menos do que prometia por falta de automatismos com Jonathan, seu parceiro de flanco. Mas cumpriu no essencial, sobretudo na firmeza e pontaria dos seus pontapés em lances de bola parada (um deles, aos 54', teleguiado para a cabeça de Bas Dost). Deu lugar a Bruno César aos 64'.

PODENCE (6). A pressão alta inicial do Sporting muito se deve ao jovem atacante, desta vez como titular atrás de Dost. Começou da melhor maneira, com dois excelentes cruzamentos logo aos 2'. Variou os flancos, causou sempre problemas aos sadinos, mas foi perdendo fulgor. Substituído aos 64' por Doumbia.

BAS DOST (7). Tentou muito e acabou por conseguir. Na primeira parte, a bola raras vezes lhe chegou em condições ou foi interceptada pelo guardião. Fez duas quase-assistências para golo, de calcanhar para Acuña e de cabeça para Doumbia. Acabou por ser ele a resolver, de penálti, aos 86'. Missão cumprida.

BRUNO CÉSAR (4). Rendeu Acuña aos 64'. Mas sem vantagem para a equipa. Tal como o argentino, entendeu-se mal com Jonathan. Não conseguiu criar desequilíbrios. E ainda foi brindado com um cartão amarelo, por desnecessária rudeza na abordagem de um lance defensivo. Muito distante do seu melhor.

DOUMBIA (5). Estreia oficial do marfinense pelo Sporting. Entrou com visível vontade de mostrar serviço, acelerando a frente atacante. Mas com menos acerto que vontade: falhou três ocasiões de marcar. Em todas esteve muito perto de o conseguir: numa delas, de costas para a baliza, teria dado o golo da jornada.

BRUNO FERNANDES (6). No lugar de Adrien desde os 69', confirmou-se como candidato a titular no onze. Muita capacidade técnica, bem revelada aos 77' numa dificílima recepção de bola na sequência de um passe longo. Útil na organização de jogo, sobretudo no eixo ofensivo. Merece maior utilização.


comentar
33 comentários:
De Rudolfo Dias a 12 de Agosto de 2017 às 11:17
Não sei se foi esquecimento ou propositado, mas reparo que faltou aqui a análise a um jogador, em minha opinião até o melhor em campo: Bruno Paixão.
E mesmo jogadores vossos que não saem do banco onde estão sentados, podem ter uma influência brutal no resultado, como foi o caso do Hugo Miguel Macron.


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 11:22
A calimerice habitual. Este ano redobrada pois o vídeo-árbitro anda a deixar-vos muito nervosos.
Tratem mas é de jogar à bola e deixem esse paleio da treta. Provem a vós próprios, uma vez na vida, que são capazes de vencer sem colinho.


De Simão a 12 de Agosto de 2017 às 11:52
que o "vídeo-árbitro anda a deixar-vos muito nervoso"... não há a mínima dúvida. Duas competições disputadas com video-árbitro e duas taças para o Benfica.
E com o Sporting a jogar como vimos ontem, no final da época arriscamo-nos a que sejam mais duas ou três.


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 22:19
Olhei há pouco para a classificação e vi um clube com menos três pontos do que o Sporting.
Um clube chamado Benfica.


De Implacável a 12 de Agosto de 2017 às 12:43
Ó Rudolfo, a palavra vergonha não deve fazer parte do léxico dos padres, pois não?!
Não sei o que isso é porque sendo Sportinguista sou DIGNO, altivo e superior, mas deve ser muito frustrante saber que tudo o que o meu clube diz ter conquistado foi sustentado na corrupção, logo, vale ZEEEEROOOOOO!
Tenho pena dos estorninhos que precisam de vir a um blogue do SCP para se sentirem gente. É a vida, há pessoas com nobreza de carácter e outras que nascem para ser de uma casta inferior...


De Rudolfo Dias a 12 de Agosto de 2017 às 14:33
Ó excelentíssimo superior sul, pensei que o contacto fosse punido no basquetebol.
É esta a vossa verdeade desportiva?
Videoquê?
#feitodePaixãopeloSporTIng


De Implacável a 12 de Agosto de 2017 às 20:28
Ó rudolfo, #ApagaTudo!


De Leão do Fundão a 12 de Agosto de 2017 às 12:55
Oh rena porque é que não vais à m****?

Logo de manhã a picar o ponto?
Tens que justificar a avença?
Sabes bem que os Brunos de Setúbal (O Paixão e o Esteves) andaram no vosso seminário.
Não viste o penalty sobre o Coates, não viste o penalty do Tomás, não viste o Arnold, que antes dos 10 minutos já tinha 3 entradas para amarelo, e que ainda na 1ª parte, numa jogada de contacto provocada por ele, rebolou no chão, gritou, pediu assistência, (Descontos na 1ª parte; 8 segundos), pediu a substituição (Acabou por fazer o jogo todo e mais algumas faltas).
Não viste uma equipa, que não fez um remate à baliza, que só se aproximou do Rui Patrício, em bolas paradas quase todas "cavadas"!
Eu sei que te calhou este turno, mas aqui não há pasto para ti!

Por isso, vai mas é à M****!

Leão do Fundão


De Simão a 12 de Agosto de 2017 às 11:47
Do que vimos nas primeiras jornadas, a luta pelo terceiro lugar, entre Sporting, Braga e Guimarães, vai ser intensa.
Pelo que vimos ontem, o Sporting vai voltar ganhar o "campeonato dos penaltis" e sobretudo dos "penaltis decisivos, com o jogo empatado". Haja paixão e tudo se resolve.


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 22:17
Olhei há pouco para a classificação e vi um clube com menos três pontos do que o Sporting.
Um clube chamado Benfica.


De Sporting Clube de Portugal a 12 de Agosto de 2017 às 12:05
Como Sportinguista sinto-me enojado com o Penalti do Bas Dost, andamos a propagar o Video Arbitro e a Verdade Desportiva para depois vermos um penalti fantasma ser assinalado e o Video Arbitro nada fazer....


Não sou hipocrita, não ando a pedir verdade desportiva e depois a fechar os olhos quando as vergonhas acontecem em Alvalade !

Não quero cá pontos comprados.

O Bruno Paixão continua a ser o miserável árbitro que é. Esta é que é a verdade!


Gostava de ver o que diriam se este penalti fosse assinalado ao Jonas ???? É uma vergonha e um atentado à verdade desportiva.

Está tido.


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 21:42
Não és lampião: és lamparina. E papoila saltitante nas horas vagas, que devem ser quase todas.


De António_1969 a 12 de Agosto de 2017 às 12:08
Boa vitória, conseguida com um domínio total durante todo o jogo. Só pecou a finalização, não se pode falhar tanta oportunidade.

Destaco o melhor jogo que o Mathieu fez até agora, pela primeira vez fiquei com a impressão de que talvez não tenha vindo fazer férias.


De Pedro Correia a 13 de Agosto de 2017 às 00:27
Logo no estádio fiquei com a convicção de que Mathieu foi o melhor em campo.
Os adeptos elegeram o Podence, mas tenham paciência: esteve longe disso.
O francês teve uma partida muito próxima da perfeição. Foi ele quem mais empurrou a equipa para a frente. Não apenas com os pés mas também com a cabeça, um aspecto fundamental. Porque não basta ter ganas e querer muito: é preciso saber fazer.
E o Mathieu sabe.


De Carlão a 12 de Agosto de 2017 às 12:25
Estive agora a comparar o penalti de ontem, com um lance entre Bruno César e o Lindelof, no último Sporting-Benfica, que o melhor árbitro português entendeu não marcar penalti.
Depois do que vi fiquei sem a mínima dúvida: o choradinho compensa e o Paixão resolveu o jogo, disfarçando a incompetência do Sporting.


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 22:15
Estão três pontos atrás de nós. Tratem de pedalar.


De Implacável a 12 de Agosto de 2017 às 12:39
Doumbia 5?!!! Doumbia merece 1 e só não deveria levar 0 pelo facto de ter estado em campo!
Se a vontade fosse determinante, os jogos acabariam todos empatados.
Até pode vir a revelar-se o melhor jogador da liga farsa mas, ontem, foi simplesmente anedótico...


De Pedro Correia a 13 de Agosto de 2017 às 00:27
Você sente-se bem? Não parece nada.


De Implacável a 13 de Agosto de 2017 às 20:40
Óptimo e lúcido o que parece contrastar com muitos Sportinguistas. Parece que a calamidade bryan ruiz não despertou a Nobre Família Sportinguista - e, sobretudo, os dirigentes, para a necessidade de sanear o plantel de FALHADORES de golos!
Precisamos dotar o clube de jogadores que percebam que só ganha quem acerta. É desesperante a quantidade de golos que se falham na equipa de futebol profissional do SCP desde a saída de Jardel e Liedson.
Irra para esses cepos! Até Bas Dost parece deter uma especial aptidão para falhar golos cantados.
Acabe-se com a tolerância para a incompetência e seremos campeões.


De Pedro Correia a 13 de Agosto de 2017 às 23:39
Incompetente, um jogador que marca 36 golos numa época desportiva?
Onde é que encontra melhor? O Messi? O Ronaldo?


De Implacável a 14 de Agosto de 2017 às 00:00
Pois, nos idos anos de 40 e 50, o SCP foi 7 vezes campeão em 8 anos...
Para já, que é o que interessa, o Doumbia leva 3 golos falhados em apenas um jogo...


De Caputa Dazia a 12 de Agosto de 2017 às 12:59
Até o palhaço do Porto que anda a falar dos emails, disse que o lance do penalty que deu a vitória ao Sporting no jogo de ontem foi uma brincadeira.
Mas brincadeira ainda maior foi ver alguns dos "analistas" que não viram o penalti descarado do César sobre o Lindeloff, no último derby, considerarem que este de ontem foi bem marcado.


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 22:14
Fatal como o destino: à segunda jornada já citam o Francisco J. Marques como "fonte autorizada".
Ainda andam mais desesperados do que eu pensava.


De Saraiva de Carvalho a 12 de Agosto de 2017 às 13:06
Este arranque de campeonato está verdadeiramente ao rubro: -
- primeiro golo oferecido pelo Aves,
- primeiro golo oferecido pelo Estoril,
- primeiro golo oferecido pelo Paixão & Macron, Lda.

São sketches humorísticos do melhor nível. De tão ridículo, isto só me dá vontade de rir...


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 22:13
Estão amuadinhos? Vão cortar os 'vouchers' ao Paixão?


De JMC a 12 de Agosto de 2017 às 14:12
Lido na imprensa:

«É penalti! Bruno Paixão está melhor de ano para ano...»
Jorge Jesus

Vamos lá ver quantos penaltis destes vão ser marcados até ao fim da época...
De uma coisa tenho a certeza: se algum for marcado contra o Sporting, cai o Carmo e a Trindade...


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 22:12
Não estejam em pânico. Relaxem, vão dar um mergulho à praia. Bebam um copo.
E revejam o vídeo dos 5-1 que levaram dos Young Boys.


De O Cid a 12 de Agosto de 2017 às 15:17
Quem sabia do que falava quando afirmou que este ano duplicava os golos da época passada, Bas Dost, não estava enganado.
Recebera a cartilha de 72 penáltis assegurados a favor do Sporting.


De Pedro Correia a 12 de Agosto de 2017 às 22:10
Bem sei que vocês adoravam ter o Bas Dost. Lamento, mas o rapaz não está disponível.


De O Cid a 13 de Agosto de 2017 às 00:14
Ó Diabo. Agora descobriu-nos careca.
Pensávamos que era o maior sigilo a negociata de oferecermos o Jonas e o Sferovic por ele, e afinal já anda nas bocas do mundo.
Malditas comadres encartilhadas.


De Pedro Correia a 13 de Agosto de 2017 às 00:30
O que se passa com o Djaló peruano? Já o adaptaram a apanha-bolas agora que nem no banco de suplentes se senta?
E o Rafa, apontado há um ano pela imprensa amiga como "contratação da época"? Que é feito do rapaz?
E o Horta, que prometia ser a "grande revelação" da época passada? Já o trespassaram?


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Depois dos cinco a zero

Apoiem o Sporting.

A suta, o trabalho, um ân...

Pódio: Bruno Fernandes, B...

Tudo ao molho e FÉ em Deu...

Talvez não tenham percebi...

Olheiro de Bancada - III

Os nossos jogadores, um a...

Rescaldo do jogo de hoje

E se for preciso escolher...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

futebol

godinho lopes

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds