03 Dez 16

O Benfica estava a sete pontos de distância, agora só está a dois.

Fizeram mal os benfiquistas que já se apressavam a encomendar as faixas e a reservar o Marquês de Pombal: daqui a oito dias, no dérbi da Luz, podem ceder o comando do campeonato ao Sporting. Que vai consolidando a sua posição, indiferente às campanhas de intoxicação e propaganda desencadeadas pelo  trio lampiónico e aos maus agoiros lançados pela turma do croquete, incapaz de esconder o ódio ao presidente Bruno de Carvalho e ao treinador Jorge Jesus.

Hoje superámos mais um obstáculo, derrotando em Alvalade o V. Setúbal. O resultado oficial foi 2-0. Mas na "liga da verdade" deviam ter sido averbados mais golos ao Sporting, que colocou por quatro vezes a bola no fundo das redes sadinas. Primeiro por William Carvalho, depois por Bas Dost, a seguir por Bruno César e finalmente por Coates. Só o primeiro e o terceiro valeram por motivos que apenas o árbitro Rui Costa saberá.

Fizemos uma brilhante primeira parte e tirámos o pé do acelerador na segunda, gerindo o esforço físico num terreno empapado devido à chuva. O golo de Bruno César, de livre directo, merece ser catalogado entre os mais espectaculares da Liga 2016/17. O brasileiro foi para mim o melhor em campo.

Enfim, a homenagem à malograda equipa do Chapecoense demonstrou que os sentimentos nunca estão ausentes do futebol. Ainda bem.

 

............................................................................

 

RUI PATRÍCIO (6). Espectador durante quase todo o jogo, fez uma magnífica defesa aos 61', inutilizando com bons reflexos um remate setubalense que levava selo de golo.

JOÃO PEREIRA (5). Muito mais contido nas incursões ofensivas do que já nos habituou, combinou bem com Gelson Martins. Actuação suficiente, sem grandes rasgos.

COATES (7). Impõe-se de jogo para jogo como um dos melhores centrais a actuar no futebol português. Seguro a defender, acutilante nas bolas paradas ofensivas. Marcou um golo, injustamente invalidado.

RÚBEN SEMEDO (5). Regressou ao campeonato nacional depois de "limpar" no inútil jogo frente ao Arouca o cartão vermelho recebido na jornada anterior. Não comprometeu nem deslumbrou.

MARVIN (6). Anda a revelar mais consistência à medida que o treinador vai apostando nele como titular da posição. Foi particularmente visado pelo árbitro, que o viu a cometer faltas inexistentes.

WILLIAM CARVALHO (7). Parece ter tomado o gosto pelos golos: voltou a marcar hoje, com um bom cabeceamento. Toda a construção do jogo leonino começa nos pés dele. Imprescindível.

ADRIEN (7). O primeiro golo do Sporting foi iniciado por ele, junto à linha direita. Parece aliás estar em todo o campo. Outra actuação impecável. Saiu aos 76', visivelmente esgotado.

BRUNO CÉSAR (7).  As dúvidas ainda em aberto quanto ao desfecho da partida foram desfeitas com a bomba do brasileiro, aos 36': um grande golo a coroar uma grande exibição. A melhor do jogo.

GELSON MARTINS (6).  Primorosa assistência para o primeiro golo numa partida em que não deslumbrou, como vinha fazendo. Falta-lhe apurar qualidade no último passe e perder algum excesso de individualismo.

BRYAN RUIZ (5).  Demasiado discreto, o costarriquenho continua neste campeonato sem revelar as qualidades evidenciadas na época anterior. Aos 14', à boca da baliza, falhou a emenda a um remate de Bas Dost.

BAS DOST (6). Está lá para marcar golos. E cumpriu a missão, marcando aquele que seria o segundo leonino, invalidado pelo árbitro por uma falta que apenas Rui Costa viu.

CAMPBELL (6). Entrou aos 72', para o lugar de Bruno César, mostrando vontade de ampliar a vantagem leonina. Desequilibrou nos confrontos individuais e ajudou a sacudir a tímida pressão sadina.

ELIAS (4).  Substituiu Adrien aos 47'. Entrou quando a missão principal da equipa era segurar a bola. Limitou-se ao passe curto, muito lateralizado, no miolo do terreno.

MARKOVIC (-).  Entrou aos 85', substituindo Gelson Martins apenas para queimar tempo e poupar o jovem internacional português a dez minutos de desgaste físico. Nada a registar.


comentar
38 comentários:
De Leão de Queluz a 3 de Dezembro de 2016 às 22:34
Concordo com as classificações do Pedro Correia, Bruno César está em grande forma e o golo de livre é "obra d'arte"; todos cumpriram, Campbell(já é uma certeza) entrou bem e Elias esteve melhor; Markovic não teve tempo.
A equipa começa a funcionar como tal e isso é o mais importante.

SL


De Pedro Correia a 3 de Dezembro de 2016 às 23:07
Queremos que continue assim. A melhorar de jogo para jogo.


De SportingSempre a 3 de Dezembro de 2016 às 22:37
Foi uma bela 1ª parte do Sporting. Com a equipa disposta em 4-3-3, com B.Ruiz a juntar-se a Adrien e William na zona central, a equipa fica com um jogo interior bem mais articulado, ganhando também com isso os médios/extremos que ficam livres para atacar. E hoje os melhores em campo foram eles mesmo, Gelson e B.Cesar.

Marvin também esteve muito mas muito melhor que há uns temos atrás. Agora sim, já começa a justificar a chamada à selecção da Holanda.

E já pudemos ver bons centros, golos de cabeça (2), golo de livre directo, livres bem ensaiados, reposições de bola fora intencionais, enfim tudo aquilo que uma equipa obrigatoriamente que ter para ganhar campeonatos e taças.

E hoje (com muita surpresa minha), depois de chuva intensa, tivemos um relvado que se portou muitissimo bem e muito valorizou o espetáculo. A bola rolava rápido, parecia um pano de bilhar.

O Setubal tentou jogar e ameaçou marcar na 2ª parte e a única coisa que destoou foi a arbitragem miserável do homem que mandaram do Porto para complicar.


De Pedro Correia a 3 de Dezembro de 2016 às 23:08
De facto a arbitragem foi vergonhosa. Jorge Jesus fez muito bem em criticá-la mesmo tenho vencido o jogo.


De Simong2 a 3 de Dezembro de 2016 às 22:53
Eu gostei do João Pereira.


De Pedro Correia a 3 de Dezembro de 2016 às 23:05
Eu também. Por isso lhe dei nota positiva.


De Luis Moreira a 3 de Dezembro de 2016 às 23:27
Não vejo melhor. Sem clubismos que eu gosto é de ver jogar bem


De Pedro Correia a 3 de Dezembro de 2016 às 23:44
Também. Este é o nosso melhor onze-base actual. Só mudaria Bryan Ruiz por Joel Campbell.


De JRamos a 4 de Dezembro de 2016 às 05:51
Eu continuaria com o Ruiz. Tem uma consistência táctica que Campbell não tem. Ruiz sabe temporizar, segurar a bola, circular a bola. Campbell sabe apenas avançar. Nem sempre isto é o melhor.


De Pedro Correia a 4 de Dezembro de 2016 às 09:51
O problema do Ruiz é esse mesmo: "temporiza" em excesso. Útil, portanto, quando queremos segurar o jogo e defender um resultado. Nos restantes 80% de duração das partidas exige-se alguém que construa com mais eficácia.


De José a 3 de Dezembro de 2016 às 23:42
Penso que o Elias tem vindo a subir de rendimento e, hoje, merecia pelo menos nota 5.


De Pedro Correia a 3 de Dezembro de 2016 às 23:45
Admito que sim. Se nos próximos jogos subir de rendimento subo-lhe a nota.


De rudolfodias a 4 de Dezembro de 2016 às 00:17
Apesar de não ter visto o jogo, pois não consigo ver jogos onde só torço para uma equipa perder, destaco 2 lances: o primeiro amarelo ao WC, muito bem mostrado pois agarra um adversário quando este partia para o contra ataque e o segundo amarelo que lhe devia ter sido mostrado quando o WC, com uma slimanada, deixou o adversário KO e a sangrar. Mas assim não jogava o próximo jogo e depois ainda se queixam do árbitro.
PS: se alguém tiver coragem de responder, não use subterfúgios e tenha a coragem de dizer se o WC merecia ou não o segundo amarelo.


De JRamos a 4 de Dezembro de 2016 às 06:25
Hoje em dia parece que o futebol é basquete. Não pode haver um contacto que logo os comentadores dos clubes aproveitam para tentar somar pontos exagerando tudo e com isso atropelando totalmente a naturalidade e virilidade do futebol.


Veja o lance. É um lance normal num jogo, o futebol, que ainda é um jogo viril. Foi totalmente por acidente que o jogador do Setubal se magoou porque o movimento de William é de protecção do espaço. Poderia ter sido falta mas nunca amarelo, como há muitas faltas que magoam o adversário sem ter havido imprudência de maior e que por isso não são para amarelo.


O golo anulado ao Coates é patético porque é o guarda-redes que não segura a bola e o Coates não lhe toca antes de cabeçear a bola. É uma anulação acintosa, uma aberração. por um indivíduo que não pode mais ter lugar no futebol português. É verdade que o lance deveria ter sido parado um pouco antes por mão na bola mas não sendo, focando a avaliação daquele lance do golo, quem anula aquilo não pode andar na I Liga, não pode andar na arbitragem. Um golo custa muito a conseguir não se pode anular com aquela facilidade.




De rudolfodias a 4 de Dezembro de 2016 às 12:24
JRamos, o do Bas Dost tem início numa mão demasiado óbvia logo chamar de golo anulado só se for um lance de andebol.
O do Coates... Dentro da pequena área toca o guarda redes é falta. Não há qualquer dúvida.
Agora essa de proteger o espaço à Slimani, com sangue e tudo à mistura, é obra. Não é cartão? Fixa bem o que dizes para depois não seres incoerente.


De leão verde a 4 de Dezembro de 2016 às 18:18
Mais uma tanga do avençado. Essa exacta desculpa deu-a o Nuno Patins no artista do dia, e é falsa. Não vou repetir as respostas aí doadas, mas sempre digo que a mão é no golo do Coates.

Por aqui se vê desonestidade deste bicho lampião.


De JRamos a 5 de Dezembro de 2016 às 02:37
Coates toca no guarda-redes depois de cabecear a bola e não antes. É por isso que não é falta. O movimento do William não é natural, os jogadores fazem aquilo O TEMPO TODO.


De Carlos Silva a 4 de Dezembro de 2016 às 11:39
Parece que há duas situações. Os que vêm os jogos e os videntes.
Dava jeito ao carnide que William não jogasse no campo da estrada da luz. Só que, em vez de terem dado um voucher ao sr apitador, teriam que dar dois. Um voucher só deu para anular dois golos.


De rudolfodias a 4 de Dezembro de 2016 às 21:39
Pois, pois, mas ao que interessa responder, nada.
O WC merecia ou não o segundo amarelo ou vermelho directo quando aplica um rotativo de cotovelo ao sangrante adversário?


De Pedro Correia a 4 de Dezembro de 2016 às 21:44
Lance casual: toda a gente viu. Impune ficou a agressão ao Gelson, que esteve longos minutos a sangrar da boca.


De Carlos Silva a 5 de Dezembro de 2016 às 09:56
Oh homem ! deve deixar de ir tanto ao Fantasporto, ou andar no comboio fantasma da feira popular.


De leão verde a 4 de Dezembro de 2016 às 16:03
O grande menos tiro ao nunca vê os jogos do Sporting mas está sempre a "comentar" os nossos jogos.

A obsessão leva-o a ver coisas que não existem. E depois os outros é que estão obcecados com o boifica. Como se isso interessasse alguma coisa aos Sportinguistas.


De leão verde a 4 de Dezembro de 2016 às 18:30
"O grande mentiroso nunca vê" e não "O grande menos tiro ao nunca vê". Raios partam o corrector.


De rudolfodias a 4 de Dezembro de 2016 às 21:43
Nem com um bom corrector lá vais.
Essa mal formação já vem mesmo associada ao clube.


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2016 às 09:38
William de Carvalho o rapaz já tem noiva , mas é discreto, faz muito bem. Este galinholas não o largam. William não precisa de propaganda, é só o melhor médio-centro a jogar em Portugal; toda a estratégia do Sporting, passa por ele. William é imprescindível no Sporting e na Seleção Nacional.

SL


De Pedro Correia a 4 de Dezembro de 2016 às 09:54
O melhor médio defemsivo do campeonato português, sim. Toda a construção dos lances de ataque do Sporting passa por ele, tem uma visão de jogo soberba e consegue colocar a bola onde quer. Agora até já marca golos - obviamente um aspecto em que Jorge Jesus tem vindo a trabalhar com ele, com resultados evidentes.
Não por acaso, é campeão europeu.
Não por acaso, é um dos mais invejados jogadores da nossa equipa.


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2016 às 10:49
A classificação de Elias está baixa, o Pedro vai ter que contar com ele. No mercado de Janeiro vão só sair laterais, JJ já deu a entender. Elias foi fundamental na vitória do Corinthians no Brasileirão em 21015.Elias começa a integrar-se no coletivo e está muito bem fisicamente. A não ser que vá para a China vai fazer a época em Alvalade.

SL


De Pedro Correia a 4 de Dezembro de 2016 às 11:07
Ainda não vi um jogo do Elias que me impressionasse minimamente. Lamento, mas é assim.


De Carlos Silva a 4 de Dezembro de 2016 às 12:05
Vejo também como muito positiva, a paulatina evolução do Marvin. Como não nadamos em dinheiro, creio que devemos confiar nele. Até porque se contratássemos alguém para o lugar, ainda levaria algum tempo a adaptar-se à equipa e só estaria a render na fase final do campeonato. Ontem teria feito descansar os nossos defesas centrais, poupando-os para os dois jogos seguintes.No entanto fiquei muito surpreendido, pela positiva, com o estado do terreno, esperava um lamaçal. Foi ótimo para não aumentar o desgaste dos jogadores.


De Pedro Correia a 4 de Dezembro de 2016 às 22:48
Sim, o Marvin tem melhorado. Lentamente, mas com solidez.


De Schmeichel a 4 de Dezembro de 2016 às 12:16
As minhas considerações:

- Marvin: merece um 7, esteve muito bem! Está cada vez mais confiante....

- J.Pereira: merece um 6, defensivamente é mil vezes melhor que o Schellotto.

- B.Ruiz: muito fraquinho.... sem velocidade, complica o que é fácil!

De resto, é sempre bom observar que reduziu o número de comentadores lampiões... deve ser da diferença hóraria entre Funhal - continente.


De Pedro Correia a 4 de Dezembro de 2016 às 22:49
Andam a tomar antidepressivos desde sábado. E estão à rasca: já só faltam sete dias para o dérbi.


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2016 às 12:56
Não perca a Esperança, vai ver.


De Pedro Correia a 4 de Dezembro de 2016 às 22:51
A esperança é verde.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Palmarés leonino (9)

Recado ao presidente da M...

Da necessidade de pôr fim...

Grande Gelson

Os nossos comentadores me...

A coisa até estava a corr...

Cotovelite

Os nossos comentadores me...

Espelho meu, espelho meu ...

Arquivo

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds