Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Os nossos jogadores, um a um

BETO (4). Não começou bem esta sua segunda actuação no regresso ao Sporting, sofrendo um golo logo a abrir. Acabou por não fazer uma defesa ao longo do jogo, o que não deixa de ser ingrato.

ESGAIO (6). Boa partida, nesta estreia na Liga 2016/17. Muito dinâmico e bem entrosado com a ala ofensiva. Revelou maturidade e vontade de mostrar serviço. Cruzamentos bem tirados aos minutos 28 e 41.

PAULO OLIVEIRA (6). Com pouco trabalho na linha defensiva, pôde avançar no terreno, nomeadamente nas bolas paradas. Com sucesso: ao minuto 21, com um bom cabeceamento na sequência de um canto, empatou a partida.

DOUGLAS (5). Parece lento e algo apático. Tentou utilizar a sua altura (1,92m) como factor desequilibrador nas bolas paradas. Sem o conseguir. Derrubado em falta aos 40': ficou um penálti por marcar.

JEFFERSON (5). Mal soara o apito inicial, já estava a sofrer um golo nascido na sua ala, tendo sido ultrapassado pelo adversário. Redimiu-se ao marcar muito bem o canto de que resultou o nosso golo inicial, aos 21'.

ADRIEN (7). É sempre uma mais-valia para a equipa, desequilibrando o meio-campo a nosso favor. Chamado a converter um penálti, aos 47', não falhou. Assistência para o terceiro golo, marcado por Bruno César.

ELIAS (4). Titular no meio-campo, andou semi-escondido durante parte da partida, sem abrir as linhas de passe que a sua posição requeria. Parece incapaz de fazer lançamentos em profundidade. Faltou-lhe inspiração.

BRUNO CÉSAR (8).  Grande partida do brasileiro, que parece dono de um fôlego inesgotável. Ganhou um penálti (47'), marcou um golo (62'), deu outros dois a marcar (79' e 82') e ainda fez a bola embater na trave (87').

MATHEUS PEREIRA (5). Muito voluntarioso, com bons pormenores técnicos, chegou a marcar um golo - aos 25' - que seria anulado por fora de jogo posicional de Castaignos. Uma exibição que soube a pouco. Substituído aos 65'.

ALAN RUIZ (4). Disparou um tiro ao poste esquerdo da baliza do Praiense, aos 14'. Prometia, mas não cumpriu. Muito desgarrado da equipa, demasiado individualista, continua sem marcar pelo Sporting. Ainda não foi desta.

CASTAIGNOS (4). De um ponta de lança espera-se que marque golos. O holandês continua sem marcar. E desta vez até jogou a titular, mas nem isso lhe deu mais confiança. Golos falhados aos 9' e aos 53'. Deu lugar a André aos 78'.

GELSON MARTINS (6).  Jesus procurou poupá-lo para o confronto frente ao Real. Mas acabou por fazê-lo entrar, aos 65'. Poucos criam desequilíbrios como o jovem internacional: aos 78' protagonizou um dos lances mais belos do jogo.

ANDRÉ (7). Está em momento de sorte, que deve ser aproveitada da melhor maneira. Entrou aos 78', substituindo Castaignos, e marcou logo no minuto seguinte. Aos 88', repetiu a dose. Pode-se pedir mais a um ponta de lança?

MELI (5).  Desfeito o tabu: o argentino afinal é aposta de Jesus. Aposta tardia: só entrou aos 83', rendendo Adrien. Tempo suficiente para exibir boa técnica com dois passes longos. Quase só deu para isso.

18 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D