01 Out 16

As deslocações do Sporting a Guimarães têm sido complicadas. Há cinco épocas que não marcávamos pelo menos dois golos no Estádio D. Afonso Henriques. Na Liga 2014/15, com Marco Silva ao leme da equipa, perdemos lá por três golos sem resposta. Na época passada, já com Jorge Jesus como treinador, fizemos uma boa exibição mas que não se traduziu em golos: o zero-zero final e os dois pontos que lá deixámos custaram-nos a conquista do campeonato.

Hoje a história de algum modo repetiu-se, embora com muitos golos. Três para cada lado. Com domínio absoluto do Sporting durante 75% da partida. Vencíamos 3-0 aos 73' e deixámo-nos empatar, tendo sofrido um golo de penálti e outro de livre. Já sem Adrien em campo: a lesão do capitão pode ser prolongada, o que é preocupante.

Enfim, um empate com sabor a derrota e que de algum modo eclipsa o bom desempenho individual de vários jogadores leoninos. Entre eles Gelson Martins, de novo o melhor em campo.

 

............................................................................

 

 

RUI PATRÍCIO (5). Sofreu três golos num jogo em que praticamente não teve trabalho. Fez a primeira defesa, sem qualquer dificuldade, aos 63', a remate de Hernâni. Sem culpa em qualquer dos golos.

SCHELOTTO (6). Fez bom uso da velocidade. Cruzou muito bem no lance do terceiro golo, com assistência para Elias. Antes fez outro grande centro, que Bryan desperdiçou. Empurrado por Soares no último golo anfitrião: o árbitro não viu.

COATES (5). Exibição positiva, coroada com a marcação do nosso segundo golo, aos 41', na sequência de um canto. Mas esteve mal ao deixar Marega movimentar-se como quis no lance do segundo golo vimaranense, aos 74'.

RÚBEN SEMEDO (6). Travou combate duro com Marega, levando quase sempre a melhor. Exímio no passe, seguro no controlo de bola. Dois grandes cortes, aos 58' e 78'. Faltou-lhe alguma tranquilidade no quarto de hora final.

MARVIN (5). Transmite sempre a ideia de padecer de défice atacante: arrisca poucas incursões no seu corredor. Regular a defender, mas não isento de erros nesta partida em que recuperou a titularidade. Abusa das faltas.

WILLIAM (5). Receberia nota muito positiva pela exibição a meio-campo, onde não perdeu um duelo individual e segurou as pontas após Adrien sair. Mas derrubou Hernâni em falta aos 73': um penálti desnecessário e absurdo.

ADRIEN (6). Voltou a ser o pulmão e a força motriz da equipa enquanto jogou. O primeiro remate forte e bem colocado foi dele, aos 27'. Magou-se pouco depois, actuou alguns minutos em esforço. Acabou por sair aos 36'. E fez muita falta.

GELSON MARTINS (7).  Outra exibição irrepreensível do nosso extremo, hoje flectindo mais para o eixo do terreno. Começou a construir o primeiro golo com insuperável perícia técnica. Excelente passe aos 47', isolando Markovic.

MARKOVIC (6). Estreia a titular no Sporting. Estreia a marcar, aos 29'. Podia ter marcado novamente, aos 47': Douglas travou-o in extremis. Recorreu à velocidade, seu principal argumento em campo. Algum défice defensivo. Saiu aos 77'.

BRYAN RUIZ (5).  Um dos elementos mais apagados do Sporting, parecendo por vezes desgarrado da equipa. Sobra-lhe em mestria técnica o que por vezes lhe falta em intensidade. Bem servido por Schelotto, falhou o golo aos 66'.

BAS DOST (4). Movimentou-se bem no lance da recarga de que nasceu o primeiro golo, mas Markovic foi mais rápido, antecipando-se. Foi a única ocasião em que deu nas vistas. No resto do tempo hoje mal se deu por ele.

BRUNO CÉSAR (4). Saltou do banco só aos 77', quando o resultado estava em 3-2, com a missão de estancar o fluxo atacante do Guimarães. Esteve muito apático: mal conseguiu refrescar o nosso meio-campo.

ELIAS (5). Entrou aos 36', rendendo Adrien. Mas não abre linhas de passe nem dá à equipa a dinâmica que o capitão lhe confere. Marcou o terceiro golo, aos 70', num lance em que Douglas foi mal batido. Tinha falhado outro, aos 46'.


comentar
14 comentários:
De JM a 1 de Outubro de 2016 às 22:28
Penso que o lance duvidoso que deu origem ao penalti é sobre o Hernâni e não sobre o Marega. Não é preciso publicar. SL


De Pedro Correia a 1 de Outubro de 2016 às 22:34
Tem razão, meu caro. Já rectifiquei. Obrigado.


De anonymous a 1 de Outubro de 2016 às 22:52
«RÚBEN SEMEDO (6). Travou combate duro com Marega, levando quase sempre a melhor.»

Imaginem só o que aconteceria se o RS não levasse "quase sempre a melhor" sobre o Marega"...


De Carlos Luz a 2 de Outubro de 2016 às 00:16
Na crónica só faltou dar nota 9 a todos os jogadores do Sporting... Insane esta análise depois de um 3-3 repleto de falhas individuais.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 00:29
Luz? Isto hoje está infestado de lampiões. Começa logo nos apelidos.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 22:52
Que tal a exibição do Djaló peruano hoje na Luz? Grande craque.


De ALuís a 1 de Outubro de 2016 às 23:14
Como preferia que o Sporting tivesse jogado vá, assim assim, ou até mal, raios, mas que tivesse ganho.
Assim não dá...
Um gajo quer acreditar e depois leva uns sopapos na barriga...
AL


De Miguel Borja Jiménez a 1 de Outubro de 2016 às 23:54
"Como preferia que o Sporting tivesse jogado vá, assim assim, ou até mal, raios, mas que tivesse ganho." - ALuís

Só há um "clube" que, a jogar "assim assim", muitas vezes mal, conseguiu ser campeão. E não conheço ninguém que não perceba que sem "rede", um campeão "assim assim" jamais seria campeão.

Ninguém pode ser campeão por sorte. Algo tem de funcionar para se ser campeão, e se não fôr pelo trabalho dentro das 4 linhas é porque a estrutura está bem montada para ter sucesso. A "ESTRUTURA", a tal que é mais importante que "ter bons jogadores".

Não sejamos ingénuos.

Só há uma forma de sermos campeões sem ter uma máfia por trás (como é o caso do Polvo encarnado), e é simplesmente trabalhar mais do que os outros, querer mais do que os outros, ter menos medo do que os outros - ser melhor do que todos os outros em cada minuto de cada jogo. Se assim fôrmos, não há Soares Dias que consigam fazer o "trabalhinho"...


De rudolfodias a 2 de Outubro de 2016 às 06:23
Miguelito, Miguelito, o Yes Man do És a nossa fé e auto proclamado provedor do blogue, não chores mais, está aqui a tua chupeta.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 00:39
Caro António Luís, enquanto tivermos jogadores que andam deslumbrados com a "nota artística" e não perceberem que cada jogo dura pelo menos 90 minutos não chegamos lá.
Alguma coisa havíamos de ter aprendido com a prestação da selecção no Euro 2016: ali houve sempre um suplemento de atitude, não a preocupação em jogar "bonito". O que nos faltou em Guimarães.
Julgo que esta mania de andarem a erguer estátuas aos jogadores, como ao Rui Patrício em Marrazes, não lhes faz nada bem.
O Sporting precisa de ser objectivo e realista. Se há que defender um resultado, defenda-se o resultado. Se há que retardar jogo para deixar o relógio correr, retarde-se o jogo. Se há que jogar com duplo pivô para segurar uma vantagem, meta-se esse segundo médio defensivo.
Não podemos continuar a fazer jogos em que se brilha durante 45 minutos e se escorrega fatalmente num quarto de hora, perdendo pontos jornada após jornada.
Devia ter-nos bastado a época passada para servir de lição. Mas pelos vistos não bastou.


De VideoVasco a 2 de Outubro de 2016 às 00:49
Podiam atribuir uma nota ao Douglas. Foi o melhor jogador do Sporting em campo. Fundamental em 2 golos.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 00:55
Não tanto como o guarda-redes do Nacional, que vos ofereceu três golos.
O Douglas ainda deteve uma bomba do Adrien e travou uma arrancada do Markovic. Duas grandes defesas.


De Edmundo Gonçalves a 3 de Outubro de 2016 às 11:44
Um pouco a contra-gosto, mas como é hábito, vamos lá:

RUI PATRÍCIO - Infelizmente ainda continua em modo Madrid. É verdade que não teve culpa em nenhum dos golos, mas em circunstâncias normais, pelo menos uma ele defendia. Os grandes GR definem-se pelas bolas "impossíveis" que "tiram lá de dentro". Desde Madrid que RP encaixou 10 golos, alguns com elevada probabilidade de terem sido evitados.
SCHELOTTO - Eu acho que aparte os erros de posicionamento, até esteve bem. Pena que os erros de posicionamento dêm golos aos adversários...
COATES - Bem a atacar, mal a defender, que é para o que lhe pagam.
RÚBEN SEMEDO - Gostei, muito bem a entregar a bola e nalguns cortes cirúrgicos. Sózinho é que não dá conta do recado.
MARVIN - Já dissemos todos, penso que até o roupeiro, que temos que contratar um DE de jeito, não já?
WILLIAM - No melhor pano cai(u) a nódoa.
ADRIEN - O melhor elogio é o de que fez imensa falta. Aliás, a equipa sem ele é outra.
GELSON MARTINS - Fez tudo bem feito. Não mereceu este resultado.
MARKOVIC - Sinceramente não entendo esta titularidade a Markovic, apesar de ter marcado (num recarga). Ainda não lhe vi nada de jeito e provavelmente nunca chegarei a ver. Espero que não tenha sido apenas a "coroa" da moeda Carrillo.
BRYAN RUIZ - Mais um jogo fraquinho a juntar a tantos outros, de alguém que é um exímio executante, talvez o melhor do plantel. Não se percebe.
BAS DOST - Não marcou, que é o que deveria ter feito, mas em bom rigor, também não lhe chegaram bolas para isso e todos sabemos que um PL vive das bolas que lhe aparecem no radar, o que não abona muito a favor dos colegas que as deveriam lá ter colocado.
BRUNO CÉSAR - As danças sevilhanas da Catalunha madrilena, devem ter-lhe afetado qualquer coisa, que desde Madrid que não é o mesmo.
ELIAS - Marcou um golo. E daí?

Apesar da falta sofrida por Coates no terceiro do Guimarães, que admito o árbitro não ter visto, nada a apontar a ASD, que errou e acertou para ambos os lados. Não foi por aí que perdemos estes dois pontos que já estavam no bolso, antes pela falta de atitude, aquela de que já tínhamos dado por falta em Madrid, que esteve ausente em casa no jogo com o Estoril, que não marcou presença em Vila do Conde e que se transformou em sobranceria em Guimarães, depois de estarmos a ganhar por três, coisa que não passaria pela melhor das cogitações de qualquer sportinguista.
Apenas um pequeno reparo: O Porto, a quem ganhámos, já tem os mesmos pontos que nós. Pois...


De Edmundo Gonçalves a 3 de Outubro de 2016 às 15:12
Não retirando nada ao que disse sobre a equipa, depois de ver isto ( http://www.dailymotion.com/video/x4vnqo7 ), tenho outra opinião sobre o trabalho do árbitro, diametralmente oposta.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Quatro em onze

Esta época, eis a primeir...

Bruno Fernandes e Bas Dos...

Bonito é metê-la lá dentr...

Recordar - Vítor DAMAS

Hoje giro eu - o meu ONZE...

Os nossos comentadores me...

Disparate puxa disparate

Yazalde… por quem o viu j...

Ética - Alegoria da Caser...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

balanço

jorge jesus

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

godinho lopes

futebol

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds