08 Mai 16

O Sporting soma e segue. Já com 83 pontos - melhor pontuação leonina de sempre numa liga profissional de futebol, o que em qualquer outro campeonato teria já bastado para nos sagrarmos campeões. Contrariando todos quantos diziam que jogamos pior e rendemos menos em Alvalade, ontem não só vencemos sem discussão mas fizemos também uma exibição de luxo. Com uma sólida organização colectiva, um modelo táctico irrepreensível e uma dinâmica raras vezes vista, protagonizada por jogadores que se preparam para dizer adeus à temporada 2015/16 cheios de frescura física.

Se a história de um jogo se faz pelo seu número de golos, muito haverá a contar deste. Que teve cinco, todos nossos, todos de belo efeito. Gelson Martins abriu aos 25', Teo Gutiérrez prosseguiu aos 37', Gelson reincidiu aos 54', Bryan Ruiz marcou aos 71' e insistiu quase no fim, iam decorridos 90'+2'. Os sadinos, em risco de despromoção, nada fizeram de relevante. Não puderam sequer estacionar o autocarro à retaguarda, imitando o que fez o Benfica quando nos visitou, porque o nosso primeiro golo surgiu demasiado cedo para que tal estratégia obtivesse sucesso. E mais cedo poderia ter surgido se o árbitro Tiago Martins - que penalizou Adrien com cartão amarelo, logo aos 14', por falta inexistente, deixando-o de fora do desafio de Braga - tivesse sancionado um penálti cometido contra Slimani num lance de bola parada aos 20'. Que toda a gente viu menos o homem do apito.

O melhor em campo foi Bryan Ruiz.

 

............................................................................

 

RUI PATRÍCIO (6). Terminou a partida sem ter feito uma defesa digna desse nome, o que basta para qualificar esta partida de sentido único. Várias vezes se adiantou no terreno, abandonando a grande área: o jogo não o exigia atrás dos postes.

SCHELOTTO (7). Num vaivém constante na sua ala, com um pulmão digno de fazer inveja, foi batalhador e combativo, funcionando com frequência como um extremo e centrando bem. Também bom na marcação de cantos, como ontem demonstrou.

COATES (7). Quase marcou de cabeça na conversão de um livre por Bruno César, aos 20': a bola foi parada à beira da linha de golo por um defesa sadino. Melhor momento deste defesa concentrado e atento, que soube distribuir bem o jogo.

RÚBEN SEMEDO (8). Tudo lhe saiu bem neste jogo, em que funcionou como patrão da defesa. Impecável na antecipação, no tempo e no modo de corte, e sobretudo na forma como repõe a bola, deixando-a bem colocada na manobra ofensiva.

BRUNO CÉSAR (8). Começou como lateral, dinâmico e seguro, dando a sensação de ser um extremo. Primeiro a chutar à baliza, logo aos 2'. Fez um passe longo, quase assistência para golo, que Teo desperdiçou. Marcou muito bem o livre de que resultou o nosso quarto.

WILLIAM CARVALHO (7). Foi dele a assistência para o nosso segundo golo, marcado por Teo. Iniciou também a jogada do primeiro. Não deu muito nas vistas, mas teve inegável influência na organização colectiva, recuperando e distribuindo bolas.

ADRIEN (9). Merecia ter marcado aos 69', quando disparou um míssil à baliza setubalense na conversão de um livre castigando falta cometida sobre ele próprio. Fez uma bela assistência para o segundo golo de Gelson, aos 54'. Está numa forma superlativa.

BRYAN RUIZ (9). Dois golos, uma assistência (no primeiro) e ainda intervenção decisiva noutro (o terceiro), ao iniciar a jogada. O capitão da selecção da Costa Rica teve uma actuação quase perfeita, contribuindo para que esta seja a melhor equipa leonina em muitos anos.

TEO (7). Isolando-se perante o guarda-redes, muito bem servido por Bruno César aos 51', falhou o tempo de intervenção, desperdiçando um golo quase certo. Mas foi dele o segundo da nossa equipa. Esforçou-se sempre para marcar mais.

SLIMANI (7). Teve soberbas oportunidades para marcar, aos 4', 18' e 43', forçando o guardião a excelentes defesas. Alvo de falta para penálti que ficou por marcar aos 20'. Saiu aos 65', por precaução: arriscava-se a receber cartão amarelo e a falhar o próximo jogo, como Adrien.

GELSON MARTINS (8). Bisou pela primeira vez na sua carreira de jogador profissional, com os golos marcados - cada qual na sua parte. Não vai esquecer este desafio em que entrou como inesperado titular, devido a problemas musculares de João Mário.

MARVIN (6). Entrou aos 65', quando Slimani saiu. Cavou a falta aos 70' que originou a expulsão de um setubalense e a conversão do livre no nosso quarto golo. Demasido inibido nas incursões pelo seu flanco, transmite a ideia de que podia e devia arriscar mais.

BARCOS (5). Deu enfim um ar da sua graça neste jogo, em que entrou aos 71', rendendo Gelson. Incapaz de dominar uma bola que Teo lhe passou aos 74', dez minutos depois rematou forte com o pé esquerdo. Remate travado por uma boa defesa do guardião sadino.

CARLOS MANÉ (5). Substituiu Bruno César aos 71', cinco jornadas após a sua anterior aparição em campo. Teve momentos inspirados em que revelou a sua boa técnica individual. Num deles, aos 84', serviu muito bem Barcos, que quase marcou.


comentar
20 comentários:
De ahaha a 8 de Maio de 2016 às 10:25
"Já com 83 pontos - melhor pontuação leonina de sempre numa liga profissional de futebol, o que em qualquer outro campeonato teria já bastado para nos sagrarmos campeões."

pois era, pois era. mas neste não dá! é a vida.


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 10:30
Como está a vista aí no andar de baixo? Cuidado com os torcicolos.


De Anónimo a 8 de Maio de 2016 às 12:08
É inacreditável como ainda se vangloriam em ser corruptos!


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 14:32
Um anónimo a falar em corruptos. Numa sala cheia de espelhos.


De ahah a 8 de Maio de 2016 às 12:14
é impossível argumentar!
parabéns pela "melhor época de sempre"!

Belém fica ali ao virar da esquina...


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 14:34
Gigantesca tremideira: compreendo-te bem. Toma cuidado com a tensão arterial. Bebe chazinho de cidreira. Deita-te cedo e sonha com muitas papoilinhas esvoaçantes.


De Anónimo a 8 de Maio de 2016 às 11:57
O Sporting, mesmo quando ganha, é prejudicado pelas arbitragens; viu-se que o árbitro ia com a lição bem estudada : cartão a Adrien para o afastar do jogo com o Braga, vista grossa a um descarado penalti sobre Silimani (ele estava no enfiamento da jogada, não viu porque não quis). Mas, ontem, nem o Capela fazia melhor............. É pena não encontrarmos os lampiões nesta altura; não lhes ia valer de nada o autocarro, poderiam atirar as bolas que quisessem para dentro do relvado, o guarda-redes simulasse lesões e lesões.................... teriam a mesma sorte que os nossos últimos adversários.

Bom, o Adrien não vai jogar em Braga, com muita pena nossa(é o motor da equipe),mas , como dizia Garrincha , extraordinário jogador brasileiro, joga o MANEL.


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 14:35
O árbitro Tiago foi péssimo. Hoje a imprensa mais insuspeita arrasa-o. Fica tudo dito.


De Videovasco a 8 de Maio de 2016 às 12:32
A única forma de falarem da classificação é jogarem um dia antes. Tem a sua piada.


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 14:36
Mais cinco golos para o nosso pecúlio. Há quanto tempo vocês não sabem o que isto é?


De anonymous a 8 de Maio de 2016 às 12:37
ATÉ NOS INICIADOS:
«Benfica bate Sporting e sagra-se campeão nacional»


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 14:38
Ena! Vocês, que nem sabiam o que isso era, estão a iniciar-se nos iniciados.
Qualquer dia, se calhar, começam a apostar na formação. Se é que têm alguma. Desde o Rui Costa, há mais de vinte anos, que não contribuem para a selecção nacional com um jogador formado por vocês. Os Figos, os Ronaldos, os Moutinhos e os Nanis vieram todos do nosso lado.


De Fernando a 8 de Maio de 2016 às 12:47
Este campeonato começa a ser cómico. Até a liga colabora não colocando os jogos á mesma hora como deviam ser. Só para haver uma falsa alternancia de liderança, e os calimeros passam um dia feliz, seguido de depressão profunda durante uma semana. A receita já se foi repetindo durante várias semanas, e tem piada.

Deixem lá. No fim arranjam-se uns títulos para vocês. Melhor marcador sub-30, equipa mais fresquinha no final da época, record de pontos do sporting e sem ser campeão, capitão mais amarelado das ligas europeias, melhor equipa da europa em todas as c


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 14:41
Num blogue do Sporting, num 'post' sobre o Sporting, acerca de um jogo do Sporting, eis que chega um dos lampiões mais fanáticos, cego pelos dogmas da sua religião. A religião Anti-Sporting.


De Fernando a 8 de Maio de 2016 às 12:49
*competições que entrou, sem ganhar nenhuma. (supertaça não conta para o totobola).


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 14:41
... E faz como o carteiro, que toca sempre duas vezes.


De Fernando a 8 de Maio de 2016 às 22:59
Qual será a mini-competição que o sporting ou algum seu jogador lidera agora? Jogador com mais assistências para golo de pé esquerdo? Melhor marcador do norte de áfrica na liga portuguesa? Capitão de equipa mais amarelado da liga? Jogador com mais cotoveladas sem cartão? Só rir.


De Pedro Correia a 8 de Maio de 2016 às 23:16
Jogador com mais cotoveladas sem cartão foi aquele que só foi registado quando entrou na pré-primária.


De Antonio_1969 a 9 de Maio de 2016 às 01:04
Vem nos jornais que o C. Mané pode estar de saída, mas eu não concordo, acho que ele tem muito potencial e já foi decisivo muitas vezes com golos e assistências.

Tem velocidade e técnica, que é aquilo que não se consegue ensinar, o resto aprende e evolui.


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2016 às 09:56
Podemos discordar, mas o Sporting não pode manter todos os bons jogadores que vai formando. Só Jesus - que trabalha com eles todos os dias e percebe de futebol como muito poucos em Portugal - está realmente em condições de avaliar o potencial futebolístico de cada um, comparando o que exige deles e o que eles afinal oferecem.
Confio no critério do treinador, que cumpriu a promessa essencial: com ele no comando técnico, o Sporting voltou a lutar novamente pelo título. Até ao fim.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Ética - a linguagem de Jo...

Depois dos cinco a zero

Apoiem o Sporting.

A suta, o trabalho, um ân...

Pódio: Bruno Fernandes, B...

Tudo ao molho e FÉ em Deu...

Talvez não tenham percebi...

Olheiro de Bancada - III

Os nossos jogadores, um a...

Rescaldo do jogo de hoje

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

futebol

godinho lopes

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds