11 Jan 17

«A estratégia de Jesus foi buscar 11 jogadores e pôr outros 11 jovens a rodar na I Liga. (...) O problema é que, para além de Slimani e João Mário, também não havia Teo, Adrien lesionou-se e, tirando Bas Dost e Beto, escolheu jogadores parados, ex-lesionados, emprestados e muito distantes das necessidades do Sporting. Parecia que os conhecia de outras ocasiões e não se tinha dado ao trabalho de ir ver como estavam e avaliar o risco envolvido. E assim se foram quase 25 milhões de euros.»

SportingSempre, neste texto do Luciano Amaral


comentar
12 comentários:
De JRamos a 11 de Janeiro de 2017 às 02:08
25 milhões menos o custo de Bas Dost (10 milhões) e se Ruiz esticar o nível em que jogou na primeira parte para as duas partes passam a 25 milhões menos o custo de Bas Dost e Alan Ruiz (8 milhões). Aí já seriam 7 milhões em flops e não 25. Não é pouco mas não é 25 milhões.


De Mike Portugal a 11 de Janeiro de 2017 às 08:36
É muito isto sim, embora Allan Ruiz comece a mostrar mais alguns pormenores, mas falhou-se onde era mais necessário: não se arranjou um defesa esquerdo de jeito e alguém que possa substituir Adrien.


De rudolfodias a 11 de Janeiro de 2017 às 08:52
SportingSempre é dos poucos comentadores lagartos com uma réstia de lucidez.
Não embarca em brunismos nem em jesuísmos cegos, como a maioria dos outros comentadores verdes que por aqui proliferam. a começar pelos que vão responder a este comentário.


De LEOA MARIA a 11 de Janeiro de 2017 às 10:55
Haver no Sporting, quem não embarque em "brunismos" e "jesuísmos", e claro outros "embarques" é sempre positivo, e felizmente no Sporting isso existe, é a isto que se chama democracia, o mesmo não poderá dizer o rudolfodias do Benfica, pois o "embarque" em "vieirismos" que se verifica actualmente, é como a ditadura de Oliveira Salazar, que se prestarmos atenção está de regresso a Portugal pelo menos no desporto...

SL


De Carlos Silva a 11 de Janeiro de 2017 às 15:01
Podem-nos roubar tudo, mas nunca a lucidez. Muito bem Leoa Maria


De anonymous a 11 de Janeiro de 2017 às 09:54
A culpa é do Benfica.
Se não fosse um Benfica, primeiro sem Jonas (só melhor jogador dos últimos dois campeonatos), depois sem avançados, depois sem 5 titulares lesionados, ter conseguido chegar ao Natal com 4 ou 5 pontos de avanço sobre o segundo classificado e a disputar todas as competições em que participa,
Se não fosse o Benfica que, em dois jogos em Guimarães disputados em 4 dias, com duas equipas diferentes, se impos de forma categórica em ambos os jogos,
Se não fosse o Benfica ninguém notaria os muitos flops que foram contratados pelo Sporting no último defeso.

Ou seja: A CULPA É DO BENFICA e nunca de Jorge de Jesus ou de Bruno de Carvalho!


De Simão a 11 de Janeiro de 2017 às 10:10
Parece que já há alguém que começa a ver que os principais problemas do Sporting começam dentro de casa. E ser capaz de os identificar e discutir é o primeiro passo para encontrar as soluções para os resolver.
Por mim, preferia que continuassem a saga dos inimigos externos e atirarem-se, como gato a bofe, contra tudo e contra todos... em inúmeros comunicados e post's no facebook.


De Carlos Silva a 11 de Janeiro de 2017 às 15:04
E se voltasse para casa. Acho que ainda deve haver muito pó branco para varrer.


De Edmundo Gonçalves a 11 de Janeiro de 2017 às 11:10
Já foi dito lá em cima que não são 25, são por agora 15, o que não é dispiciendo, e a concretizar-se a "ameaça" Alan Ruíz, passarão a ser "apenas" 7, o que continua a ser muito dinheiro, no entanto.
Não deixo de considerar que temos muito melhor em casa, da cantera, que a maior parte dos que vieram, mas entendo que deve haver um misto de juventude e "veterania", para que os jovens se sintam apoiados.
Sem deixar de estar de acordo com o espírito do post/comentário, lembro que p.e. Yazalde não se viu no primeiro ano, Acosta andou por aqui aos papeis e o Slimani praticamente não saiu do banco e marcou numa época menos golos que o actual seu substituto em apenas metade.
A questão é que eu não vejo, para além de Alan Ruíz (Dost é já uma aposta ganha), nenhum dos vieram em Agosto a explodir na próxima época. Cá estarei para me retratar, com todo o gosto, se estiver enganado.


De Marco Lopes a 11 de Janeiro de 2017 às 11:13
Parece a história do burro, do velho e da criança

Começou a época e com ela tivemos o tempo dos Manés, Tobias, Palhinhas, Podences, Yuris, Mateus, Esgaios, Gauld etc etc. Lembrar o que se disse na altura destes jovens faria corar de vergonha as virgens que hoje rasgam as vestes ao mesmo tempo que criticam o treinador e a direção do clube por os terem posto a rodarem noutros clubes.

Regressaram os internacionais ao mesmo tempo que se despachava Teo Gutierres (nem o Maomé disse do toucinho pior do que foi dito sobre este jogador). Como bipolares que são, hoje choram pela sua ausência.

Iniciou-se bem (3 jogos 3 vitórias) o campeonato e quando tudo parecia bem encaminhado eis então com a proximidade do fecho do mercado de transferências começou então o pesadelo sob a forma de roda viva. O pai do João Mário meteu a boca no trombone e iniciou-se o romance do Inter e logo depois o do Leicester (Slimani) com a Direção do Clube a resistir até onde podia com os desfechos que se conhecem.
Adrien bateu com a porta numa despedida à francesa e insistentemente falava-se nas saídas de Rui Patrício e William.
Importava então proteger o clube da debandada anunciada e assim, duma assentada chegaram 7 (SETE) novos jogadores todos internacionais pelos respetivos países: Beto, Bas Dost, Joel Campell, Markovic, Petrovic, Elias e Artur. .

Alguém ousou criticar estas aquisições? Bem antes pelo contrário, pois era comum ouvir e ler que o Sporting tinha o melhor plantel do campeonato exigindo-se (isto num tempo de vouchers, "muitas cortesias" e a contra-informação dos lacaios do EL ) ganhar-se tudo quanto havia para ganhar.

Hoje os que anteriormente eram bons/grandes passaram a pernetas, coxos, marrecos ou aleijados e, claro está, o treinador que era o melhor do mundo passou a ser uma besta e o presidente deve-se demitir pois não está em linha com os desígnio e ADN do Sporting que é o de ganhar sempre conforme a história dos últimos 40 anos "comprova"!

Se eu fosse desonesto intelectualmente e tivesse uma agenda (isto até ao dia das eleições vai ser uma saga sobre o tema das contratações versus jovens emprestados) diria que os "malandros", leia-se treinador e Presidente, gastaram 25 milhões em jogadores sem qualquer valor e nesse sentido OMITIRIA que 10 milhões foram gastos no Bas Dost, 8 milhões no Alain Ruiz e 2 milhões no Lukas Spalvis e nem sequer dar-me-ia ao trabalho de discutir se os tais 25 milhões têm ou não retorno quer do ponto de vista desportivo quer financeiro.


De joão a 12 de Janeiro de 2017 às 10:20
muito bem. excelente resumo do que se passou desde o início da época. revejo-me a 100% neste comentário!


De Leão de Queluz a 11 de Janeiro de 2017 às 15:53
Marco Lopes disse o que todos pensamos, realidade pura e dura. Não há volta a dar. Para chegar a Alvalade não teremos que ir ao Porto e andar à roda pode causar vertigens. Agora, com os jogadores disponíveis, só precisamos jogar à Sporting e ir à luta. Foi com estes jogadores que assustamos o Real Madrid e jogamos de igual para igual com o Dortmund.
Com o regresso de alguns dos jovens da cantera (espero que sejam bem sucedidos), mais 1-2 contratações, como já foi dito para as laterais, a equipa ficará mais equilibrada e Maio ainda vem longe.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Jesus vs.Jesus

Há razões que a razão des...

Pódio: Rui Patrício, Alan...

Rescaldo do jogo de ontem

E ele resolveu puxar do b...

Muitos parabéns, grande C...

Sporting: questões em deb...

Os nossos comentadores me...

Convém não ficar em casa

Com Bruno, naturalmente

Arquivo

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

vitórias

prognósticos

jorge jesus

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

mundial 2014

rescaldo

taça de portugal

liga europa

eleições

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

euro 2016

futebol

nós

comentadores

crise

marco silva

scp

cristiano ronaldo

análise

formação

humor

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds