Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O vitinho das vaidades

Soubemos na semana passada, na vergonhosa entrevista que o chefe dos árbitros deu ao jornal Record, que Carlos Xistra, depois da também vergonhosa actuação em Guimarães, onde de forma clara beneficiou o benfica com a não marcação de 3 (três) grandes penalidades claras, permitindo assim a vitória dos vermelhos, iria ficar a descansar, um bocado como se faz aos miúdos quando fazem alguma asneira e são enviados para o quarto durante uns minutos para pensar na vida. A entrevista saiu no dia 23 de Janeiro. Ontem, dia 2 de Fevereiro, tendo decorrido apenas uma jornada da 1ª liga de permeio, soubemos que Vítor Pereira nomeou Carlos eu não vi Xistra para actuar em Alvalade na próxima segunda-feira, no jogo onde defrontamos o Rio Ave. Ficamos a saber que para Vítor Pereira uma arbitragem onde o benfica sai beneficiado, e este ano tem sido praticamente semana a semana, vale um joguito na jarra, o que o próprio árbitro até agradece, desse modo até pode aproveitar e ir no fim-de-semana à terra. Sabemos que quem dirige a classe do apito é um sportinguista tão ferrenho que espera sempre a vitória do benfica. Esse interesse no bem-estar do benfica, demonstrado pela entrevista mencionada acima e também por declarações de outros árbitros, curiosamente um deles o último com coragem para apontar um penalti contra o benfica no pré-fabricado, depois afastado para todo o sempre não fosse ter a ousadia de repetir tal enormidade, representa para Vítor Pereira a sua tábua de salvação no mundo do futebol. A este dirigente pouco lhe diz o estado deplorável em que se encontra a arbitragem em Portugal, pouco se interessa por, pela primeira vez em muitos anos, não estar presente qualquer árbitro português no próximo europeu a realizar em França. O seu único objectivo é manter-se à tona, assegurar o seu posto e poder agradar ao seu clube de eleição. A última façanha demonstra bem quais os seus reais intentos. Ao ordenar aos árbitros que não tenham contemplações com treinadores que não respeitem a sua área técnica ou que sejam demasiado expressivos nas suas acções, apenas quis atingir o treinador do Sporting. Pelo meio, que ao fundo das costas sabemos nós o que está, mandou avisar antecipadamente o treinador do porto, não fosse este apanhado por fogo amigo.

É contra este estado de coisas que actualmente o Sporting luta. Entende-se que quem ainda dirige o futebol português esperneie e tudo faça para eliminar esta ameaça ao seu status quo. A comunicação social, alguns jornalistas que pertencem ao meio, paineleiros e comentadeiros que sobrevivem das migalhas que este poder podre lhes dá, fazem o seu papel. Ainda hoje a capa da bola é elucidativa do estado em que está o futebol português. Tenho a certeza que ontem, em muitas redacções se abriram várias garrafas de espumante barato.

Mas desenganem-se se acham que nos fazem desistir, que vamos baixar os braços. Tudo o que nos fazem semana após semana, apenas reforça a certeza que estamos no caminho certo. Ao olharmos para o vosso comportamento, as vossas acções e o vosso ódio cada vez maior ao nosso clube, temos a certeza que é mesmo por aqui. Se quiserem ser sérios e lutar com armas iguais podem seguir-nos. Ou podem optar por continuar a viver no mundo enlameado onde hoje vivem, rodeados de ratos e de cobardes.

 Mas nós não vos vamos dar descanso.

9 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D