25 Out 16
O príncipe do nada
Pedro Oliveira

20161025_180716

Não é a primeira vez que me refiro neste "blog" ao desempenho de Renato Sanches, faço-o para desmontar uma máquina de propaganda que começou em Portugal mas que, neste momento, vai estendendo os seus tentáculos até à Alemanha. O Bayern tenta livrar-se do barrete que enfiou e este folclore, estes prémios fazem parte.

Antes de continuar, esclareço que o título do "post" está relacionado com um poema de Sérgio Godinho, chamado Maré Alta, concretamente, com o verso: "aprende a nadar, companheiro".

Vejamos então se Renato sabe nadar e para isso recuemos à época anterior.

Na época passada representou duas equipas: o Benfica B e o Benfica, o primeiro esteve quase a descer de divisão (só não desceu devido a mais uma golpada de secretaria, desta vez envolvendo o Farense. Desportivamente, com os resultados conseguidos dentro das quatro linhas, descia de divisão) o segundo venceu a Liga da forma como sabemos, sem praticar o melhor futebol, sem ser superior, nem ao Sporting, nem ao Porto, nos confrontos directos. A vitória nessa Liga está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

Na selecção nacional não participou em nenhum jogo da fase de apuramento mas foi passear a França, onde o seu grande momento é no jogo da final, foi substituído para entrar Éder.

Desde essa substituição não voltaria a calçar na selecção.

Vejamos, agora, qual tem sido o percurso de Renato Sanches no Bayern München (BM).

Parece claro que nos jogos mais complicados, Renato não joga, foi assim com o Werder Bremen, com o Hertha e com o Atlético de Madrid, nesses jogos o BM marcou dez golos e não sofreu nenhum.

Nos outros seis jogos do campeonato alemão e nos restantes dois da "Champions", Renato jogou mas sempre como titular substituído ou como suplente utilizado, Ancelotti não confia nele para os 90' e os números dão razão ao treinador.

Nestes oito jogos em que participou (exceptuando um que referirei mais à frente) o desempenho do BM foi sempre pior ou igual com Renato em campo. Há jogos, por exemplo, com o Hamburger SV que Sanches é substituído aos 61' com o resultado em 0-0, o futebol do BM melhora com a entrada de Vidal e vence o jogo.

Importa realçar que o melhor jogador europeu sub-21 da Europa em oito jogos (incompletos, é certo) não marcou nenhum golo, nem fez nenhuma assistência; o que nos leva ao tal jogo (o único) em que o futebol do BM melhorou com a entrada do "golden boy", foi no Allianz Arena, no dia 13 de Setembro, o BM recebia os russos do Rostov.

Renato entra aos 71', ainda a tempo de ver Juan Bernat ampliar a vantagem de 4 para 5-0.

Era o jogo ideal para Renato Sanches brilhar, mais uma vez ficou a ver os colegas brilharem, nesse dia foi o defesa esquerdo espanhol, um desconhecido para a maior parte de nós que saiu do banco para fazer uma assistência (para o 4-0 de Kimmich) e marcar o quinto a passe de Ribéry.

Conclusão, A Bola pode fazer as capas que desejar, chamar-lhe "Príncipe" na capa e "Menino de Ouro" na pág. 2, pode atirar pedras ao Record (pág. 3) Renato foi primeiro para 20 das 30 referidas publicações e só quatro deixaram-no de fora [sic]: Sport Foot Magazine (Bélgica), Komanda (Ucrânia), Fanatik (Turquia) e Record (Portugal)" que isso não vai mudar para melhor o desempenho do jogador.

Quanto a Renato Sanches desejo que consiga provar em campo as imerecidas honrarias que tem conquistado fora dele; aprende a nadar, companheiro.


comentar
155 comentários:
De 20comer a 25 de Outubro de 2016 às 20:22
epá não foi um aurélio ? porra o Benfica domina isto tudo, então e o craque gelson ???? é neto do WC ???


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:27
Gelson e William Carvalho, certo?
Neto?
Neto, não, pá.
Esse foi candidato presidencial, não é jogador de futebol.
Estás todo baralhado 20comer, tens passado pela porta 18?


De anonymous a 25 de Outubro de 2016 às 20:31
Na época passada Renato Sanches provou em campo como são merecidas as honrarias e o prémio que agora lhe foi atribuído.
Renato Sanches foi um dos maiores responsáveis pela reviravolta que fez com que a equipa onde jogava recuperasse 7 pontos de atraso e chegasse à frente no fim do campeonato.
Renato Sanches, um miúdo com apenas 18 anos, sentiu na pele a campanha mais mesquinha e miserável de que tenho memória, pondo em causa a sua idade. Daí a azia que o reconhecimento internacional que agora teve provoca em alguns espíritos...


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:31
Nisso da campanha mesquinha e miserável sobre a idade estamos de acordo.
O rapaz foi registado com cinco anos mas está tudo correcto, claro.
Há pessoas mesquinhas. Há pessoas miseráveis e há pessoas que não cumprem as leis.
(penso que existe uma lei que obriga os bebés a serem registados quando nascem mas posso estar equivocado, de qualquer forma essa questão nada tem a ver com o tema do "post")


De Carlos Silva a 26 de Outubro de 2016 às 11:11
Tem toda a razão caro anonymous. Segundo se depreende das suas palavras, o ano passado o carnide com uma equipa de fraquíssima qualidade, foi salva por esse corredor de fundo e já agora, não convém esquecer pelos apitadores.


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 13:51
Carlos Silva,

Os australianos têm uma frase que sintetiza a coisa:
«pearls to pigs» quanto mais latim gastamos com eles pior.
Daquilo que tenho percebido, o Benfica (B) não presta para nada, a famosa estrutura do B não presta para nada, o presidente do B não presta para nada, o treinador do B não presta para nada.
Venceram a Liga 2015/2016, porquê?
Graças ao "fantabulástico" Renato Sanches que marcou dois golos e fez uma assistência.


De Carlos Silva a 26 de Outubro de 2016 às 14:07
Mais um, que mais dia menos dia, vai acabar no wolverhampton


De Anónimo a 25 de Outubro de 2016 às 20:39
Como sportinguista sinto-me envergonhado.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:03
Envergonhado por...?
Acha que foi um prémio merecido?
Acha que Renato está a fazer uma grande época?

SL


De mike a 25 de Outubro de 2016 às 21:53
como sportinguista não penso desta maneira e é pena que se tenha este tipo de comportamentos, parecemos o pessoal de carnide quando insulta o Cr7, não quero ser igual a isto. O puto ganhou e ganhou bem, ponto final.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:28
Mike, ganhou bem porquê?
Pela excelente época que fez no ano passado?
Pelo contributo que deu ao apuramento de Portugal para o Euro?
Pela maravilhosa época que está a fazer no Bayern?
Sinceramente não percebo o que vêem neste miúdo mas o defeito deve ser meu.

SL


De Liondamaia a 26 de Outubro de 2016 às 00:17
Meu caro Pedro Correia, não foi Hoeness que disse que "Sanches poderá vir a dar um grande jogador mas, primeiro, tem que aprender a posicionar-se, movimentar-se, a decidir", em suma, precisa, primeiro, de aprender a jogar futebol?

Se o rapaz continuar a ser jogador de bola, não vai longe; e se não há por aí, na Europa, 3 ou 4 sub-21 melhores, já!, que o Renato, então e definitivamente, cada vez percebo menos de futebol.

Jorge Mendes ficou muito bonito na fotografia que tirou ao lado do Renato e do trofeu conquistado, mas mais bonito ficou na foto em que era ele que segurava o trofeu...
( a ser verdade que a foto existe, falaram-me nela mas ainda não me enviaram o link)


De miguel c. a 26 de Outubro de 2016 às 07:58
Enganou-se no Pedro, Liondamaia.


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 08:05
Caro Lion da Maia, o meu nome é Oliveira, Pedro Oliveira.

""Sanches poderá vir a dar um grande jogador mas, primeiro, tem que aprender a posicionar-se, movimentar-se, a decidir", em suma, precisa, primeiro, de aprender a jogar futebol?"

Concordo, plenamente, com esta frase se RS aprender a fazer isto tudo e acertar com a baliza poderá vir a ser um grande jogador de futebol.

SL


De Carlos Silva a 26 de Outubro de 2016 às 11:53
Elementar. O seu a seu dono !


De Carlos Silva a 26 de Outubro de 2016 às 11:50
Ganhar, ganhou. Bem, é que duvido. Nestes casos lembro-me da Pt com o Zeinal Bava a ter o prémio do melhor CEO de Portugal cinco anos seguidos. Neste mundo tudo se compra
Sobre este jogador, lembro-me de um episódio histórico. Os embaixadores dos países, quando substituíam outros, tinham (têm) que ter autorização do país para onde vão. Neste caso vertente, do Rei D.Carlos.O México tinha apresentado já há bastante tempo o pedido para o novo embaixador e nada.
Então o secretário do rei, lá se achou de coragem e veio indagar a sua majestade a razão de tamanha demora. Será por causa do nome dele (Miguel Angel Porras e Porras). Aí o rei afiançou, não é bem o nome, o que me incomoda mais é a insistência
A mim também me incomoda a insistência na publicidade a este jogador, que um dia poderá ser bom, mas que ainda não passou a fase da promessa.


De Anónimo a 25 de Outubro de 2016 às 22:41
Ainda agora vi e ouvi o António Simões - figura com quem até nunca simpatizei muito - a exultar pela nomeação do Rui Patrício. O futebol também era isto.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:59
A nomeação do Rui é justa. Foi considerado o melhor jogador do Euro naquela posição específica.


De Anónimo a 25 de Outubro de 2016 às 23:04
Mas se era só para opinar no sentido da não concordância bastava uma linha. E nem os adversários desportivos reclamavam da azia.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 23:20
Com as reclamações dos lampiões posso eu bem, magoam-me mais alguns comentários de sportinguistas que querem ser mais papistas que o Papa.


De Mauro Nunes a 26 de Outubro de 2016 às 01:23
Os mesmos que consideraram o Patrício o melhor guarda-redes do torneio também consideraram o Renato Sanches o melhor jogador sub-21 do torneio. A bipolaridade dos escribas deste Blog nunca pára de nos surpreender. #nuncaacabem


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 08:06
Mas o que tem este prémio "golden boy" a ver com o torneio?


De Leaodosul a 26 de Outubro de 2016 às 10:10
E o Renato foi considerado o melhor jovem desse mesmo Euro. Este post deve ser a coisa mais ridicula que tenho lido, pena ser escrito por um sportinguista, mas pronto, até nós temos gente desta


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 11:39
O facto de ter sido considerado o melhor jogador jovem do Euro não significa que isso corresponda à realidade.
Caro Leaodosul fique bem, é bom que existam pessoas e sportinguistas com opiniões diferentes, da discussão, do confronto de ideias brota sempre algo melhor.
A unanimidade é estúpida.


De Miguel F. a 26 de Outubro de 2016 às 11:32
E o Renato foi o melhor jogador jovem do Euro...


De Miguel F. a 26 de Outubro de 2016 às 11:29
E acha que o prémio é pelos 8 jogos do inicio da época 2016/2017 ou será pela época anterior. Época essa em que ajudou a equipa a ser campeã, a chegar aos quartos da champions (e bem cara que vendeu a passagem) além de que o miúdo, como propositadamente omitiu, até marcou um golo decisivo no Euro que nos deu a passagem a mais uma fase.


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 13:58
Nessa parte concordamos, marcou um golo decisivo, de penalty, à Polónia.


De ze a 25 de Outubro de 2016 às 20:49
que posta de pescada idiota!

enfim...


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:09
A posta de pescada pode ser idiota, já o teu comentário é certeiro e esclarecedor.
Enfim.


De rudolfodias a 25 de Outubro de 2016 às 20:59
Este post está carregado de uma xenofobia Renatenta que mete dó. Curioso que aquela parte em que ele entrou para a equipa principal do Benfica e nós começámos a cavalgada triunfante rumo ao 35, essa parte foi omitida. Tal como também é omitido o espaço de tempo em que todos estes acontecimentos se desenrolam, menos de 1 ano, e o potencial enorme que ele tem para vocês ainda poderem engolir uns sapos vivos (autofagia).


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:34
Potencial é a palavra que define a formação do Benfica.
Gil tem muito potencial.
Pepa tem muito potencial.
Nélson Oliveira tem muito potencial.
Renato Sanches tem um potencial enorme...


De rudolfodias a 25 de Outubro de 2016 às 22:14
Iuri, palhinha, tobias, geraldes e outros que tais é que foram mandados p'rá putencial pelo vosso treinador.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:30
Vês, Dias Te
Afinal percebes de futebol, todos os que referiste são melhores que o Renato aka Bulo.


De Sérgio Nunes a 25 de Outubro de 2016 às 21:54
Então a cavalgada não é da responsabilidade desse mago que é o professor Rui Vitória? Então se o Golden Re(triever)nato já não está lá e o carnide joga tanto (eheheh) que até vai em primeiro, afinal quem é quem? É que que os carneiros de carnide se perdem: não sabem o quer dizer coerência.....certo rdiasguerra?


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:34
Vamos ver o que faz o mago Vitória no Dragão, talvez volte a conversa da cebolada.

SL


De Saraiva de Carvalho a 25 de Outubro de 2016 às 21:15
A tenebrosa máquina de propaganda do Benfica não pára.
Agora até conseguiu que 20 jornais da Europa, em 30, colocassem Renato Sanches em primeiro lugar.
Sabem lá eles o que é futebol. Leiam o Record e aprendam! Cambada de cegos...


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:35
Os números e as estatísticas de Renato Sanches dizem-nos tudo o que precisamos de saber.


De Santos a 25 de Outubro de 2016 às 23:44
Que o diga o Inter, que desde que contratou o João Mário não joga nadinha, o João Mário vai ser o responsável pelo despedimento do treinador. Os números não enganam.

Enfim, como é triste ser pequenino e mesquinho.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 23:55
Quer comparar os números de João Mário com os de Renato Sanches, não vá por aí...

Concordo na parte do pequenino e mesquinho.


De Santos a 26 de Outubro de 2016 às 00:45
Sim quero, faça um post a comparar.

O que andava a fazer o João Mário com 17 e 18 anos?

É que você fala como se ele tivesse ido para o Bayern com 25 anos e seja um flop por jogar uns jogos a titular e ficar outros no banco. No Bayern!! Não tem noção do ridículo?


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 08:24
O que andava a fazer o João Mário com 17 e 18 anos?

Essa é fácil, andava a estrear-se na equipa principal do Sporting pela mão de Domingos Paciência e a ser campeão nacional de juniores.


De Santos a 26 de Outubro de 2016 às 12:03
O Renato andava a estrear-se na equipa principal do Benfica, foi campeão de SÉNIORES e foi transferido para um dos maiores clubes do mundo. Ah, também foi campeão europeu, venceu o prémio de melhor jovem na Europa (Golden Boy) e foi o segundo mais jovem de sempre a marcar num Europeu.


Com que então campeão de júniores? Sim senhor, espectacular!


De Carlos Silva a 26 de Outubro de 2016 às 12:01
Pois é Santos. Mas não fique triste. Podem vir aí as novas oportunidades e pode também crescer e deixar de ser mesquinho.
Tenha Fé homem


De MB a 25 de Outubro de 2016 às 21:15
Concordo que o Renato foi "overhyped" mas acho que você gastou demasiado tempo neste assunto e há assuntos mais importantes. E não esquecer que Renato, com ou sem ressalto, marcou um golo importante na seleccção, apenas com 18 anos.

Gaste mais energias no nosso sporting. SL


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:42
Obrigado pelo conselho MB.
Acredito que há assuntos mais importantes mas nesta fase não me apetece muito estar a fazer tiro ao alvo a Jesus, a Bruno, a Elias, a Marvin, etc. Falarei sobre esse tema mais tarde, com maior distanciamento.

Quanto a Renato Sanches (RS) continuo a achar que não deveria ter ido a França, Pizzi, p.e, teria sido mais útil e mesmo Rafa poderia e deveria ter jogado mais, os resultados/empates provam-no.
A carreira de RS no Bayern é, também, esclarecedora.


De MB a 25 de Outubro de 2016 às 22:41
Agora que fala o menciona... Concordo que Pizzi teria dado mais jeito. O bom do Renato não era a qualidade de passe nem de remate (que não tem) mas sim a sua imprevisibilidade.



De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 23:02
Imprevisibilidade até para os próprios companheiros. O problema de Renato é, precisamente, esse, a imprevisibilidade ou selvajaria para empregar a linguagem de Rui Vitória.


De Anonimo a 25 de Outubro de 2016 às 21:19
Que vergonha de post... Esteve no onze da semana em varios jogos da champions (dois pelo menos, se nao estou em erro). MVP da UEFA em dois jogos do Euro (Oitavos e Quartos). Golo decisivo contra a Polonia, participacao decisiva no golo da vitoria contra a Croacia, jogador mais importante na recuperacao de 7 pontos do Benfica e na boa participacao na Champions... Tudo isto com 18 anos. O mais jovem jogador portugues a participar num Euro e o mais jovem de sempre a ganhar um Europeu de futebol...
Foi votado o melhor jogador sub-21 por 20 dos 30 jornais que o decidem, top 5 em 26 desses 30. Um dos poucos que não votou em Renato Sanches foi... o Record. Por ter a mesma mentalidade que o autor desse post.
Nao entendo a dificuldade das pessoas de outros clubes têm em apreciar os jovens talentos portugueses de outros clubes. Os benfiquistas e portistas apreciam o Gelson Martins, tal como apreciam e apreciavam, e muito, o Joao Mario. Os benfiquistas e (pelo menos uma grande parte) dos sportinguistas aprecia a qualidade do Andre Silva. Nao percebo qual é o problema de alguns sportinguistas em apreciar um grande talento como o Renato Sanches. Complexo de inferioridade?


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 21:50
"Os benfiquistas e portistas apreciam o Gelson Martins, tal como apreciam e apreciavam, e muito, o Joao Mario. Os benfiquistas e (pelo menos uma grande parte) dos sportinguistas aprecia a qualidade do Andre Silva. Nao percebo qual é o problema de alguns sportinguistas em apreciar um grande talento como o Renato Sanches."

Se calhar é devido ao facto de Renato Sanches não ser um grande talento (até agora não o provou).
Acompanhei a época de André Horta o ano passado em Setúbal (já o conhecia das camadas jovens) e, cá para nós que ninguém nos ouve, é muito melhor jogador que Renato, tanto a nível técnico como táctico, veja a forma como André se posiciona em campo sem bola e a forma como Renato o faz.


De Anónimo a 26 de Outubro de 2016 às 00:08
Volto a repetir todos os feitos do Renato, de equipas da semana na Champions, ao MVP do Euro, campeao nacional, campeao europeu, chegada aos quartos, um golo importante nos quartos, melhor jovem jogador do Euro, contratado por 35M.

Nao joga nada? Campanha de propaganda? Deve ser por isso que o Simeone, Guardiola e Ancelotti vieram fazer os elogios que fizeram... E 20 jornais votaram nele como melhor sub-21 apesar de ter 19 anos...Mas so tu e que percebes e ves futebol!


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 08:25
Eu e os jornalistas do Record.


De Sérgio Nunes a 25 de Outubro de 2016 às 21:57
Tal como odeiam o Cristiano Ronaldo. Vcs são tristes


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:32
Sérgio Nunes,

São tristes mas gostam de ser assim.
Deixá-los.

Abraço, SL


De anonymous a 25 de Outubro de 2016 às 22:34
«Nao percebo qual é o problema de alguns sportinguistas em apreciar um grande talento como o Renato Sanches. Complexo de inferioridade?»

Efeito da azia. Lá bem no fundo, eles sabem que Renato Sanches foi fundamental na recuperação de 7 pontos de atraso do SLB e na conquista do titulo de campeão. Um titulo que ainda têm atravessado na garganta e, por isso, não lhe perdoam.


De Anónimo a 25 de Outubro de 2016 às 22:46
Bom bom é andar a chorar pelos cantos pelo Adrien. Agora olha se temos perdido também o Adrien definitivamente como o Benfica perdeu o Renato. Por exemplo, entre muitos mais lesionados. E sim sou do Sporting. Vergonha é pouco.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 23:05
Agora comparamos o Renato com o Adrien?
Acho que isto não está a ir por bom caminho.
Eu não sou de chorar pelos cantos e não há insubstituíveis.


De Anónimo a 25 de Outubro de 2016 às 23:15
Só na forma como ambos foram determinantes na época passada. Por mais que isto nos custe muito a nós leões. Mas no meu caso custou-me muito mais os foguetes antes das festas e sobretudo os festejos do 2º lugar no fim. Lá está porque nenhuma delas tem nada a ver com a identidade do SCP. Já ganhar e/ ou perder é o que há de mais natural no desporto. Seja de alta competição ou não.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 23:25
Não considero o Renato determinante para a conquista do título.
É um jogador esforçado mas com muitas lacunas.
Espreite alguns jogos do campeonato alemão.
Adrien é outro tipo de jogador embora às vezes se desgaste demasiado na ânsia de ir a todas as bolas.
Quanto ao resto 100% de acordo, nos foguetes antes da festa e no fogo de artifício para comemorar o segundo lugar.

SL


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 08:27
Vamos ver aquilo que foi, realmente, importante para a conquista do título que referes.
Achas que a Polícia Judiciária está na tua casa a analisar as actuações do RS?


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 11:40
Pensava que o fundamental era Rui Vitória.


De Corvo a 25 de Outubro de 2016 às 21:25
Só posso dizer uma coisa.
Lamentável a sua atitude.
Como pode um autor de um blog, logo, uma pessoa no mínimo considerada responsável, insurgir-se contra um prémio a um jogador português, concedido pela opinião internacional.
E quem é o Pedro Oliveira para contraditar essa distinção?
É ridículo, senhor.
E que lhe interessa a si os prémios atribuídos ao Renato? Ou isso fá-lo sentir melhor, ou compensado da chacota nacional que o seu clube proporciona?
Prémio que nunca nenhum jogador vosso teve, nem nunca terá porque na selva do vosso leão não vejo mato onde ele possa predar.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:02
Corvo,

A atitude, politicamente, correcta é andar aos beijinhos a Jorge Mendes como faz A Bola, considerar CR7 o melhor jogador do mundo, José Mourinho o melhor treinador do mundo, Silvino o melhor treinador de guarda-redes do mundo e Renato Sanches o melhor sub-21 do mundo.
Lamento mas não dou para esse peditório.
Como escrevi mais acima considero André Horta (para não referir outros nomes mais óbvios) um jogador muito mais completo que RS.
O Sporting é chacota nacional?
Por ter vencido o Porto?
Vamos ver o que trazem do Dragão.


De Corvo a 25 de Outubro de 2016 às 22:30
Mas eu quero lá saber disso para alguma coisa? Eu quero e a minha equipa ganhadora e o resto são tretas.
Em que é que este ou aquele é melhor do que o outro contribui para minha felicidade?
Que me importa que o Slimani marque 100 golos por época, ou que o J Mário seja sempre o melhor do Inter se isso não faz mossa ao meu clube? Mas já me incomoda se o Dost desatar a marcar golos porque isso já mexe com o meu interesse.
Que lhe importa a si as distinções com que o Renato é agraciado? Faz o Sporting produzir mais? Ser mais eficiente e ganhar os jogos?
Além de que o P Oliveira não tem autoridade para contestar a opinião internacional.
Daí o ridículo do seu post.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:50
Corvo,

Isto é um espaço onde cada um de nós opina com o máximo de liberdade possível.
Diz-me: "não tem autoridade para contestar a opinião internacional, daí o ridículo"
Poderia pegar nesta afirmação de muitas formas, desde logo, a atitude muito típica de se colocar de cócoras perante o "estrangeiro", "o internacional" em vez de ser uma "opinião internacional" se fosse uma opinião de beirões, de alentejanos ou de minhotos já podia discordar dela sem problemas?
Depois quer-me parecer que não leu o "post" com muita atenção um jornal português (o Record) nem sequer considerou Renato elegível para esta votação, o que mostra que se calhar aquilo que escrevi não é assim tão ridículo.
A injustiça importa-me sempre, para responder a esta sua pergunta:
"Que lhe importa a si as distinções com que o Renato é agraciado?"


De Corvo a 26 de Outubro de 2016 às 00:36
Aceitar opiniões abalizadas não é uma postura subserviente, é ser-se razoável e não burro.
A sua não autoridade para contraditar a opinião internacional baseia-se em desconhecimento dos porquês que ditaram a distinção do Renato.
Para si o rapaz não vale nada, para nós vale um campeonato quando vocês do alto da vossa arrogância arrotavam alto e em bom som: "Os nossos rivais têm de dar mais luta"
O Renato ouviu e tomou isso a peito. Qual Adrien, qual J Mário, Qual W Carvalho, qual jesus, qual Bruno, quais sete pontos de avanço: pegou na equipa e arrumou-vos com toda a pinta.
Daí nem levar a mal e compreender o ódio que ele vos traz. Só que alguns conseguem disfarçar melhor.
Deixe lá. Vá pesquisando mais sobre o rapaz porque depois da visita ao Nacional o seu ódio vai disparar em forte alta.


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 08:32
"O Renato ouviu e tomou isso a peito. Qual Adrien, qual J Mário, Qual W Carvalho, qual jesus, qual Bruno, quais sete pontos de avanço: pegou na equipa e arrumou-vos com toda a pinta."

Isto esclarece-nos tudo sobre ódio ou melhor sobre a paixão mal resolvida.

jesus?

Caro Corvo, isso tem tratamento, o primeiro passo é assumir que o seu amor o deixou e não volta. Depois estará pronto para retirar essa mágoa do coração, disponível para voltar a amar.

Estimas melhoras.


De Jorge a 28 de Outubro de 2016 às 16:58
O homem gosta de dar a sua opinião e há quem goste de passar por aqui para a ler.

Independente da autoridade perante a opinião internacional, ainda se pode, certo?



De Sérgio a 25 de Outubro de 2016 às 21:29
Tal como num outro Post dei os parabéns ao Rui Patrício, neste dou os parabéns ao Renato Sanches. E acredito que os 2 jogadores se dêem os parabéns um ao outro. O autor do Post desabafou. Ficou escrito. E o que fica escrito dificilmente se apagará.


De Pedro Oliveira a 25 de Outubro de 2016 às 22:04
Ficaram registados os parabéns para o Rui e para o Renato, ficou escrito.
Já que falamos nisso a importância de um e de outro tanto no clube como na selecção não têm comparação possível mas esta é a minha opinião, claro.


De Sérgio a 26 de Outubro de 2016 às 14:26
O Rui Patrício não tem idade para entrar na votação do prémio "Golden Boy" e o Renato não entrou nos 30 nomeados para o prémio Bola d' Ouro. Se o Renato tivesse tido mais importância na Selecção do que o Rui Patrício, estaria ele na lista dos 30 nomeados eventualmente em vez do Rui Patrício ou juntamente com Rui Patrício. Certo?
Em relação à importância de cada um nos seus clubes não é uma comparação justa, uma vez que um jogou num clube que foi campeão e que foi às meias finais da liga dos campeões e outro jogou num clube que teve um desempenho inferior.


De Pedro Oliveira a 26 de Outubro de 2016 às 16:57
Quanto ao primeiro parágrafo, certo.
Quanto ao segundo Rui joga os 90' de cada jogo no clube e na selecção, Renato joga quando calha ou não joga de todo.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Este é capaz de tudo

Os nossos comentadores me...

Balanço (30)

Isto será sobre o quê?

Pergunto por perguntar

E agora Fernando?

Guerra, o espião que veio...

Sábias palavras de aviso

Os nossos comentadores me...

Balanço (29)

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

há um ano

slb

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

análise

crise

formação

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds