10 Ago 17
O condicionamento clássico
Frederico Dias de Jesus

A dúvida sempre existiu. Deve ser tão antiga como nós enquanto espécie. É normal ao homem ter dúvidas sobre os seus julgamentos, decisões. No fundo duvidar é como errar, é humano. Mas há uma espécie no mundo selvagem da bola que vai contrariando toda a lógica da seleção natural, e cai num artificialismo. Não quero falar do método de avaliação/atribuição de notas aos árbitros. Mas algo engraçado com que me deparei estes dias.

O artificialismo que permite a sobrevivência dos árbitros impera por via de um condicionamento clássico. Isto é, a modificação de alguns comportamentos com base no estímulo-resposta. Se um reflexo pode ter como finalidade a sobrevivência e reprodução, a aprendizagem de certos reflexos condicionados, tem garantido ao árbitro português - os mais astutos - perdurar no habitat do futebol português. Isto porque alguém durante bons anos tem usado recompensas e punições para os advertir sobre possíveis perigos, ou fazê-los salivar sobre possíveis prazeres. E tem funcionado!

Nos jogos desta jornada deparei-me com esse fenómeno:

- O Porto, pioneiro deste método infalível, na mó de baixo actualmente, viu num golo legal ser levantada a bandeirola. Que bom que existia o VAR para repor a verdade desportiva.

- O Braga viu dois golos anulados. Não querendo entrar no detalhe do pé direito do Seferovic, o árbitro neste caso não teve nenhuma dúvida em levantar a bandeirola.

 

Mas atentem ao reflexo! Em ambos os casos o árbitro começou logo a dar ao seu pulso histriónico. O que me pareceu estranho foi ver o primeiro golo do Benfica, que tem um grau elevado de dúvida num lance corrido (e não estou a pôr em causa a legalidade do golo, porque foi legal), foi não existir réstia de dúvida ao árbitro de linha, ao árbitro principal e demais participantes do juízo da partida, que o mesmo tinha sido legal. Ficando impávido e sereno na sua linha.

É este condicionamento clássico que vai permitindo a sobrevivência aos árbitros. Há uns "loucos" que fazem duvidar esta gente, mas só para um lado. 

Imagino uma frase do Pavlov - "Dêem-me um árbitro, que eu dou o campeonato ao Benfica."

 


comentar
18 comentários:
De JHC a 10 de Agosto de 2017 às 19:46
Mais palavras para quê?


De Frederico Dias de Jesus a 10 de Agosto de 2017 às 20:39
...se uns gestos valem tanto

Saudações Leoninas!


De Anónimo a 10 de Agosto de 2017 às 19:49
Modernamente : DÊEM-ME UM "PADRE" E O PENTA ESTÁ NO PAPO.


De Frederico Dias de Jesus a 10 de Agosto de 2017 às 20:41
Os Zandingas saem caros e têm "delay"


De José Manuel a 10 de Agosto de 2017 às 20:25
Pois é, pena que o raciocínio fique estragado com os dois penaltis (um, pelo menos, indiscutível) a favor do Benfica que os tais árbitros "condicionados" não viram.
E assim se revela Pavlov e o seu condicionamento, na forma como os sportinguistas olham para os jogos do Benfica.


De Frederico Dias de Jesus a 10 de Agosto de 2017 às 20:45
Isto é o campeonato português, mas querer tudo "à larga" já é ter mais olhos que barriga. As aparências são para ser mantidas!


De Anónimo a 10 de Agosto de 2017 às 20:56
Para que raio foi falar de Pavlov...Colocou logo os lampiões desorientados, lá vão eles bater em mais um jornaleiro da cmtv.


De Frederico Dias de Jesus a 10 de Agosto de 2017 às 22:00
Eheheh a cartilha é tipo sino da catedral!


De Anónimo a 10 de Agosto de 2017 às 20:50
Importa-se de repetir? penaltis? em que jogo? Real x Manchester? Ninguém viu.
No Benfica x Braga, todos viram um golo mal anulado ao Arsenal do Minho. Arsenal(5x2), diz alguma coisa?


De JP a 10 de Agosto de 2017 às 20:53
Mas alguém estava à espera que os árbitros de ontem se atrevessem a recorrer ao VAR?? E se tivessem que validar um lance desfavorável ao Voucheirense, como era??


De Frederico Dias de Jesus a 10 de Agosto de 2017 às 22:10
Só consigo cogitar a tensão que se faria sentir no Jamor...infelizmente é algo difícil de imaginar, tão raras as vezes que sucede.

Saudações Leoninas!


De anonimo a 10 de Agosto de 2017 às 20:58
A roubalheira continua os padres sao os mesmos o ministro vieigarista continuam a alimentar o bicho vitoria o montro do maldito sistema que perdura ha muitos anos e como as baratas sobreviviam a uma nuclear


De Simão a 10 de Agosto de 2017 às 21:41
Vejam bem:
1. Vimos um jogo onde ficamos com a sensação global de que assistimos a um grande jogo de futebol, que a melhor equipa ganhou sem discussão;
2. Vimos dois lances de fora de jogo de jogadores do Braga, de difícil decisão, mas que se confirma terem sido bem assinalados;
3. Vimos dois lances, ambos na área do Braga, um em que o Jardel foi agarrado ostensivamente e outro em que o André Almeida levou um pontapé, mas que nem o árbitro nem o vídeo-árbitro assinalaram o que quer que seja.

E, depois disto, a conclusão é que os árbitros estão condicionados para favorecer o Benfica.
Ou será que queriam que os árbitros errassem nos casos em que acertaram?
Se isto não é paranóia, não sei o que é...


De Frederico Dias de Jesus a 10 de Agosto de 2017 às 22:05
Apenas referi um comportamento que foi claro. Que talvez venhamos a ver recorrentemente, no que toca a lances duvidosos para o seu clube.

Se é paranóia não sei, mas sei que não é transparente nem verdadeiro.


De Caputa Dazia a 10 de Agosto de 2017 às 22:21
O Vítor Pereira não servia, puseram lá o Fontelas Gomes.
O Fontelas não serviu, o vídeo-árbitro é que era...
Apenas com uma jornada, o vídeo-árbitro também deixou de servir.
Agora vislumbram árbitros com reflexos de Pavlov...
Um dia talvez descubram que é preciso ter bons jogadores, criar equipas competentes e deixar de viver com fantasmas e a mania da perseguição.


De Frederico Dias de Jesus a 10 de Agosto de 2017 às 23:11
Antes de lhe responder fica um aviso à navegação:

- Não vou aceitar comentários insultuosos, nem identificações que o sejam.

Quanto ao seu comentário, dois pontos:

1- registei o respeito com que escreveu o nome Vítor Pereira.
2- Um dia talvez descubram que é preciso ter bons jogadores, sem equipas de árbitros "competentes" e deixar de viver com vouchers e corrupção.


De Pedro Azevedo a 11 de Agosto de 2017 às 07:15
Este senhor Dazia é da mesma linha do Rudolfo-a-dias. É aquele estilo pseudo-humor de caserna, meio metafórico. Por isso chamo à cartilha a Alegoria da Caserna. SL Frederico. PS: há quem supostamente veja fantasmas e há quem não veja evidências como as claques, o que me parece pior.


De Canastrão a 11 de Agosto de 2017 às 22:35
Caro sr Frederico,

Solicito, respeitosamente, comentários ao lance do penalty desta noite.


Cumprimentos


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Ética - a linguagem de Jo...

Depois dos cinco a zero

Apoiem o Sporting.

A suta, o trabalho, um ân...

Pódio: Bruno Fernandes, B...

Tudo ao molho e FÉ em Deu...

Talvez não tenham percebi...

Olheiro de Bancada - III

Os nossos jogadores, um a...

Rescaldo do jogo de hoje

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

futebol

godinho lopes

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds