09 Jan 17

O problema da arbitragem em Portugal não é apenas uma questão de competência. Prova: os profissionais do apito que até agora mais prejudicaram o Sporting nesta temporada são geralmente considerados os "dois melhores árbitros portugueses" - Artur Soares Dias e Jorge Sousa.

Ninguém lhes nega competência. A verdade, porém, é que ambos já nos retiraram pontos. Dois, no caso do primeiro, em Guimarães - transformando uma vitória leonina em empate ao validar um golo ilegal dos vimaranenses. Provavelmente dois, no caso do segundo, que fez vista grossa a um par de penáltis favoráveis ao Sporting numa partida que terminou com a vitória tangencial do Benfica na Luz.

Por mais que insistam, serei o último a chamar-lhes incompetentes. A verdade é que também a competência está sujeita ao erro. Resta exigir-lhes que não errem sempre para o mesmo lado.


comentar
74 comentários:
De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:36
Julgo que você não entendeu bem o que eu escrevi.
Eu não estou a queixar-me de nada. Estou até, de algum modo, a justificar os erros cometidos pelos árbitros sublinhando que até os melhores erram. E, naturalmente, não será por incompetência.


De Sérgio a 9 de Janeiro de 2017 às 15:22
Mas eu acho que se erra por incompetência. Mas a incompetência poderá ser desculpada pelas limitações humanas de quem tem que decidir em segundos e que não tem olhos que permitam ver o que se passa em todas as zonas do campo. O mesmo critério se aplica aos jogadores. Em muitos jogos, o grau de incompetência dos jogadores é muito superior ao dos elementos da equipa de arbitragem. E o que tenho visto ultimamente é que em jogos onde os jogadores e treinadores têm revelado um elevado grau de incompetência, os dirigentes e treinadores apontam a exclusividade das críticas às equipas de arbitragens.
Os adeptos têm o seus óculos verdes, azuis ou vermelhos e para alguns é impossível verem alguma decisão arbitral favorável ao seu clube. Mas os dirigentes e treinadores têm que ser racionais. Ao desculparem sempre os maus resultados com as arbitragens estão implicitamente a desresponsabilizar os jogadores. E facilmente entram numa espiral de insucesso.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 16:52
Claro que se erra por incompetência. Digo mais: a esmagadora maioria dos erros acontece por incompetência.
Discordo entretanto da sua tese de que os jogadores são mais incompetentes do que os árbitros.
Facto: Portugal é campeão europeu de futebol. Com um treinador português.
Isto é o maior atestado de competência aos jogadores portugueses e aos treinadores portugueses.
Há cinco anos, desde que Proença apitou o final do Euro 2012, nenhum árbitro português está na alta roda do futebol internacional.
Daqui se conclui que, proporcionalmente, a arbitragem é o elo mais fraco do futebol nacional.


De Sérgio a 9 de Janeiro de 2017 às 19:00
Discordo destas últimas teorias. Se o Elias falha, não falha um jogador português! Em proporção, o Sporting tem muito mais razões de queixas da arbitragem em jogos internacionais do que em jogos nacionais. Se o Sporting perde com o Setúbal , tendo o Sporting um treinador português, não nos podemos esquecer que o Setúbal ganha ao Sporting, tendo o Setúbal um treinador português. Portanto a tese de o treinador português ser bom também funciona quando o Setúbal ganha ao Sporting.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 22:35
Devo ter-me expressado mal.
Vou tentar dizer o mesmo de outra maneira.

Os jogadores portugueses têm evoluído. Estão hoje melhor que nunca. Não por acaso, Cristiano Ronaldo acaba de ser eleito pela quarta vez o melhor do mundo.
Os treinadores portugueses também têm evoluído. Há poucas décadas seria inimaginável vê-los nos campeonatos de Inglaterra, Espanha e França.
Os árbitros, pelo contrários, têm andado para trás. Nada a ver com os tempos em que tínhamos árbitros a apitar finais europeias e fases finais de grandes competições.


De Sérgio a 10 de Janeiro de 2017 às 11:33
Agora já concordo. Mas se reparar, mesmo os tais árbitros internacionais muito bem cotados também cometem erros enormes. Estou convencido de que o aumento dos erros dos árbitros é ilusório por serem actualmente muito escrutinados pelas coberturas televisivas. Há muitas câmaras de grande definição e de vários ângulos que permitem "ver" tudo o que se passa. Mas quem está por detrás dos visores a decidir se uma certa imagem que acabou de ver num dos visores é ou ou importante para entrar na emissão? Não é um árbitro; é um tipo qualquer que pode ser do Benfica, do Sporting ou de outro clube. Introduzi esta questão para que ninguém pense que o video-árbitro é infalível. E às vezes as imagens mais esclarecedoras de certos lances só aparecem dias depois do jogo. Como exemplo refiro o caso do encontrão do Danilo com o árbitro: só ontem o jornal Record descobriu umas imagens que dão uma perspectiva completamente diferente da intencionalidade do Danilo no encontrão. Com exemplos destes, para além de desconfiarmos dos árbitros também começamos a desconfiar da isenção das transmissões televisivas.
E desconfiamos também de ex-árbitros. Por exemplo, como é possível o Pedro Henriques ter escrito que o segundo golo do Benfica no último jogo em Guimarães foi em fora-de-jogo? No momento do passe do Jonas o Mitroglou estava cerca de 1 metro atrás do último defesa! Realmente se ex-árbitros da primeira categoria têm "erros" destes, aos adeptos não se pode exigir muito.


De Pedro Correia a 10 de Janeiro de 2017 às 12:39
Claro que os árbitros estrangeiros também cometem erros - e que erros. Basta ver com atenção os jogos do campeonato espanhol e da Premier League.
Basta lembrar o que foram várias arbitragens do Euro 2016. Inclusive a do jogo da final.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

A voz do leitor

O Steaua europeu

Parece brincadeira

Já podemos falar do tal á...

Um abraço ao Stojkovic

21 de Agosto (1560 e 2017...

Peça de vestuário

Os prognósticos passaram ...

A voz do leitor

Ética - a linguagem de Jo...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

futebol

godinho lopes

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds