09 Jan 17

O problema da arbitragem em Portugal não é apenas uma questão de competência. Prova: os profissionais do apito que até agora mais prejudicaram o Sporting nesta temporada são geralmente considerados os "dois melhores árbitros portugueses" - Artur Soares Dias e Jorge Sousa.

Ninguém lhes nega competência. A verdade, porém, é que ambos já nos retiraram pontos. Dois, no caso do primeiro, em Guimarães - transformando uma vitória leonina em empate ao validar um golo ilegal dos vimaranenses. Provavelmente dois, no caso do segundo, que fez vista grossa a um par de penáltis favoráveis ao Sporting numa partida que terminou com a vitória tangencial do Benfica na Luz.

Por mais que insistam, serei o último a chamar-lhes incompetentes. A verdade é que também a competência está sujeita ao erro. Resta exigir-lhes que não errem sempre para o mesmo lado.


comentar
74 comentários:
De PB a 9 de Janeiro de 2017 às 14:00
Esta predisposição instalada para o confronto, para a ameaça é um perigo.
Isto não é cultura desportiva.
Este sentimento de que existe legitimidade para o ataque, existe legitimidade para a violência, para o desrespeito, quando é incutido por alguém com poder ou com responsabilidade pública, vai-se instalando na sociedade, dando permissão para outras pessoas fazerem o mesmo, para transformarem sentimentos e frustrações em ações.

Ninguém deve ser prejudicado.
Mas é na adversidade e na forma como se lida com ela que se distinguem as pessoas. Isto não é sinonimo de aceitação dos erros. Fico contente que tenha esta perspectiva.




De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:39
Claro que ninguém deve ser prejudicado. Parece verdade de La Palice mas nunca é de mais todos - seja qual for a filiação clubística de cada um - repetirmos isto. Às vezes há necessidade de sublinhar o óbvio.

Também estou de acordo que é na adversidade que se testa o carácter das pessoas.

Quanto à "predisposição instalada para o confronto": recordo-lhe que a primeira crítica duríssima à arbitragem nesta época ocorreu à segunda jornada da Liga 2016/17, da parte do presidente do Benfica, mal terminou o jogo SLB-V. Setúbal.


De Carlos Silva a 9 de Janeiro de 2017 às 14:51
É isso. Este post do PB, já é uma reprise do que ele escreveu no blogue do carnide, após o jogo com o Setúbal. Por outras palavras, é simplesmente um "auto-plágio"


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 16:47
Então ele anda a espalhar a "semente" por aí? Azar. Hoje não é dia de vento.


De Carlos Silva a 9 de Janeiro de 2017 às 17:19
Mãe dele sempre se fartou de o avisar... Vê lá, Se mentes


De PB a 9 de Janeiro de 2017 às 17:31
Não vou colocar um MAS no comentário sobre o jogo com o Setúbal.

Foi um fora de jogo não assinalado que não era de fácil percepção, mais fácil de ver na televisão.
Se fico contente por perder pontos? Claro que não...
E os dirigentes podem fazer melhor e têm obrigação de fazer melhor, incluindo os do Benfica.

Só uma ultima nota, quanto a escrever noutros sítios, não creio que seja o caso.









De Carlos Silva a 9 de Janeiro de 2017 às 17:52
Faz o PB muito bem em selecionar os blogues. Este de facto é dos melhores. Felicito-o pela escolha e preferência.


De Antónimo a 9 de Janeiro de 2017 às 14:15
É verdade que os melhores também erram.
Mas o que me dizem aos "erros" do árbitro ontem? Fala-se num golo precedido de off-side, este é nítido, e mais um penalty do Coates não marcado. De repente, ficou toda a gente calada.
A claque do Feirense também tem o direito de ameaçar os árbitros e dirigentes?


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:22
1. O golo do Feirense é precedido de um lançamento lateral que devia ter sido do Sporting, como as imagens comprovam.

2. Aos 67', um cruzamento de Campbell isola Gelson frente à baliza: golo iminente. O árbitro anula a jogada por alegado fora de jogo do costarriquenho. As imagens demonstram que não havia deslocação alguma.

3. Aos 71', Campbelll é derrubado mesmo à entrada da área, como as imagens testemunham. Daria um livre directo muito perigoso. O árbitro nada assinalou.

Mesmo assim, não houve reclamações do Sporting. Os melhores também erram. E o árbitro Bruno Esteves também tem o direito a errar.


De Plinio a 9 de Janeiro de 2017 às 14:23
Diz que em Guimarães quando estava 1 a 0 para o benfica também há um penalty feito pelo Samaris, mas não foi porque o árbitro não marcou. Esta aqui:
http://www.dn.pt/desporto/benfica/interior/caso-no-vguimaraes---benfica-lei-da-vantagem-bem-ou-mal-aplicada-5592360.html


De Plinio a 9 de Janeiro de 2017 às 14:25
Estava 2 a 0 e foi ao minuto 89. Corrijo o erro


De Antónimo a 9 de Janeiro de 2017 às 15:29
Esse encosto (permitido por lei) do Samaris é menor do que o "empurrão" do Coates. E ficou um penalty por marcar sobre o Salvio quando estava isolado.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 16:47
O Salvio tem sido "salvio" várias vezes pelos árbitros amigos.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:35
Quando leio as palavras Guimarães e árbitro na mesma frase lembro-me logo da brilhante actuação do senhor Xistra no estádio D. Afonso Henriques, na época passada, ao perdoar três penáltis ao Benfica.
Fartar vilanagem, como se dizia no tempo do nosso primeiro Rei.


De Edmundo Gonçalves a 9 de Janeiro de 2017 às 14:32
É verdade sim senhor.
E tu, como não dás uma para a caixa, demonstras estar muito longe dos melhores. Comentadeiros, claro está.


De José a 9 de Janeiro de 2017 às 14:18
Não sejamos "andrés" a rapidez com que foi anunciada a nota do do Sousa foi apenas demonstrar aos homens do apito que roubar o Sporting dá créditos. Para reforçar vem a peregrina ideia de que os lances dos penaltis gamados são dados como exemplo de que não são penaltis.O Sporting deve enviar estes lances para a Uefa e Fifa.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:27
Julgo saber que os Sporting está a ultimar um relatório muito detalhado sobre estes erros de arbitragem, involuntários ou talvez não.
É o mínimo que a direcção leonina deve fazer.


De Simão a 9 de Janeiro de 2017 às 15:12
Esse "relatório muito detalhado" estará a ser feito pelo mesmo relator que alegava ter o Sporting 22 campeonato nacionais, em vez dos 18 que efectivamente tem?


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 17:09
Está a ser feito pelo mesmo relator que alega ter o Benfica branqueado a existência da Porta 18.


De Antónimo a 9 de Janeiro de 2017 às 15:32
Sejamos sérios. A nota é um detalhe e a consequência lógica de uma alastrada teia (80%) de opiniões arbitrais favoráveis ao Jorge Sousa.
Não sejam como aqueles que vão em contramão mas pensam que vão bem.


De Sérgio a 9 de Janeiro de 2017 às 14:20
Mesmo nesses jogos escolhidos "a dedo", os árbitro não erraram sempre para o mesmo lado. Os "óculos verdes" ajudam a criar uma ideia distorcida.
No jogo Sporting-Benfica vamos escolher um lançamento lateral efetuado por um jogador do Sporting para dentro da área do Benfica. O lançamento é feito com um pé dentro de campo e deveria ter sido anulado (mau lançamento). A bola é perigosa, mas a defesa do Benfica corta. Vamos supor que após o lançamento havia um cabeceamento e golo do Sporting. Estaria agora o Pedro Correia a dizer que o árbitro tinha feito uma grande arbitragem. Aliás a prova dos "óculos verdes" é o Pedro Correia nem se lembrar deste lance. Nem deste nem de outros onde o Sporting foi beneficiado (porque diz que o árbitro errou só para um lado). Fui buscar este exemplo, porque este não é subjectivo.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:36
Julgo que você não entendeu bem o que eu escrevi.
Eu não estou a queixar-me de nada. Estou até, de algum modo, a justificar os erros cometidos pelos árbitros sublinhando que até os melhores erram. E, naturalmente, não será por incompetência.


De Sérgio a 9 de Janeiro de 2017 às 15:22
Mas eu acho que se erra por incompetência. Mas a incompetência poderá ser desculpada pelas limitações humanas de quem tem que decidir em segundos e que não tem olhos que permitam ver o que se passa em todas as zonas do campo. O mesmo critério se aplica aos jogadores. Em muitos jogos, o grau de incompetência dos jogadores é muito superior ao dos elementos da equipa de arbitragem. E o que tenho visto ultimamente é que em jogos onde os jogadores e treinadores têm revelado um elevado grau de incompetência, os dirigentes e treinadores apontam a exclusividade das críticas às equipas de arbitragens.
Os adeptos têm o seus óculos verdes, azuis ou vermelhos e para alguns é impossível verem alguma decisão arbitral favorável ao seu clube. Mas os dirigentes e treinadores têm que ser racionais. Ao desculparem sempre os maus resultados com as arbitragens estão implicitamente a desresponsabilizar os jogadores. E facilmente entram numa espiral de insucesso.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 16:52
Claro que se erra por incompetência. Digo mais: a esmagadora maioria dos erros acontece por incompetência.
Discordo entretanto da sua tese de que os jogadores são mais incompetentes do que os árbitros.
Facto: Portugal é campeão europeu de futebol. Com um treinador português.
Isto é o maior atestado de competência aos jogadores portugueses e aos treinadores portugueses.
Há cinco anos, desde que Proença apitou o final do Euro 2012, nenhum árbitro português está na alta roda do futebol internacional.
Daqui se conclui que, proporcionalmente, a arbitragem é o elo mais fraco do futebol nacional.


De Sérgio a 9 de Janeiro de 2017 às 19:00
Discordo destas últimas teorias. Se o Elias falha, não falha um jogador português! Em proporção, o Sporting tem muito mais razões de queixas da arbitragem em jogos internacionais do que em jogos nacionais. Se o Sporting perde com o Setúbal , tendo o Sporting um treinador português, não nos podemos esquecer que o Setúbal ganha ao Sporting, tendo o Setúbal um treinador português. Portanto a tese de o treinador português ser bom também funciona quando o Setúbal ganha ao Sporting.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 22:35
Devo ter-me expressado mal.
Vou tentar dizer o mesmo de outra maneira.

Os jogadores portugueses têm evoluído. Estão hoje melhor que nunca. Não por acaso, Cristiano Ronaldo acaba de ser eleito pela quarta vez o melhor do mundo.
Os treinadores portugueses também têm evoluído. Há poucas décadas seria inimaginável vê-los nos campeonatos de Inglaterra, Espanha e França.
Os árbitros, pelo contrários, têm andado para trás. Nada a ver com os tempos em que tínhamos árbitros a apitar finais europeias e fases finais de grandes competições.


De Sérgio a 10 de Janeiro de 2017 às 11:33
Agora já concordo. Mas se reparar, mesmo os tais árbitros internacionais muito bem cotados também cometem erros enormes. Estou convencido de que o aumento dos erros dos árbitros é ilusório por serem actualmente muito escrutinados pelas coberturas televisivas. Há muitas câmaras de grande definição e de vários ângulos que permitem "ver" tudo o que se passa. Mas quem está por detrás dos visores a decidir se uma certa imagem que acabou de ver num dos visores é ou ou importante para entrar na emissão? Não é um árbitro; é um tipo qualquer que pode ser do Benfica, do Sporting ou de outro clube. Introduzi esta questão para que ninguém pense que o video-árbitro é infalível. E às vezes as imagens mais esclarecedoras de certos lances só aparecem dias depois do jogo. Como exemplo refiro o caso do encontrão do Danilo com o árbitro: só ontem o jornal Record descobriu umas imagens que dão uma perspectiva completamente diferente da intencionalidade do Danilo no encontrão. Com exemplos destes, para além de desconfiarmos dos árbitros também começamos a desconfiar da isenção das transmissões televisivas.
E desconfiamos também de ex-árbitros. Por exemplo, como é possível o Pedro Henriques ter escrito que o segundo golo do Benfica no último jogo em Guimarães foi em fora-de-jogo? No momento do passe do Jonas o Mitroglou estava cerca de 1 metro atrás do último defesa! Realmente se ex-árbitros da primeira categoria têm "erros" destes, aos adeptos não se pode exigir muito.


De Pedro Correia a 10 de Janeiro de 2017 às 12:39
Claro que os árbitros estrangeiros também cometem erros - e que erros. Basta ver com atenção os jogos do campeonato espanhol e da Premier League.
Basta lembrar o que foram várias arbitragens do Euro 2016. Inclusive a do jogo da final.


De Carlos Silva a 9 de Janeiro de 2017 às 15:04
Não poderei,( mesmo que isso me agradasse), estar em maior Acordo com o Sérgio. O Sérgio tem toda a razão. A Sérgio o que é de Sérgio.
Na realidade os árbitros "Não Erram Sempre para o Mesmo Lado". Ao intervalo mudam !!!!


De Carlos Silva a 9 de Janeiro de 2017 às 17:54
Será mesmo que o crime compensa ?


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 22:36
Às vezes convenço-me que sim.


De Sérgio a 9 de Janeiro de 2017 às 18:49
Caro Carlos Silva: só lhe faltou acrescentar que em todos os jogos os árbitros erram sempre contra o Sporting e que a culpa é do Benfica que controla isto tudo. Confesso que me faltam contra-argumentos. Declaro-me derrotado neste "bate-papo". Parabéns, ganhou.


De Carlos Silva a 9 de Janeiro de 2017 às 20:35
Meu caro Sérgio. Na realidade, não foi por esquecimento que não disse " que em todos os jogos os árbitros erram sempre contra o Sporting...." Simplesmente, longe de mim, retirar-lhe o supremo prazer de ser o Sérgio a dizê-lo. Fique contudo com a mais viva certeza, que o acompanho nesta sua fiel e lúcida convicção.
Saudações leoninas.


De rudolfodias a 9 de Janeiro de 2017 às 14:23
Quer isto dizer que o Pedro Correia não é a favor do movimento sportinguista que se instalou para "liquidar" árbitros, o MONALISA: MOvimento NAcional de LInchamento Sanguinário de Árbitros?


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 17:23
Mona Lisa é o Luisão.


De Anónimo a 9 de Janeiro de 2017 às 14:30
Ó Antonimomo,
Ninguém do Sporting ameaça árbitros, vocês sim, até entraram no relvado e apertaram o pescoço a um árbitro auxiliar e NÃO ACONTECEU NADA!!
Todas as ditaduras são abjetas e a da maioria não é exceção.
Deixem de andar à volta dos árbitros.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:42
O único árbitro que me lembro de ter sido agredido foi o Pedro Proença. Por um adepto do Benfica.


De Antónimo a 9 de Janeiro de 2017 às 15:37
Vamos repor a verdade de uma vez por todas, porque uma mentira repetida não se torna numa verdade.

Pedro Proença, de acordo mas as sua próprias declarações na CS, não foi agredido por ser árbitro.
Ele foi agredido por se ter intrometido numa fila no Colombo, sendo por isso agredido por um sócio do Benfica. Podia ser sócio de outro clube qualquer.

Que o adepto se tenha declarado sócio do Benfica à Polícia não muda os factos. Ele agrediu o Proença porque este armou-se em bom, tentou passar à frente da fila e houve alguém que não gostou.
Como disse, foi o próprio Proença que afirmou que a barafunda não foi causado pelo futebol nem pelo Benfica.
Agora reponham verdade de uma vez por todas.



De Antónimo a 9 de Janeiro de 2017 às 20:21
Isso pode ser verdade, a agressão é confirmada, mas o facto é que Proença disse à CS, anos mais tarde, que o caso não tinha nada a ver com o futebol. Isso ouvi eu da boca dele. E eu não estava bêbado. Mas não ponho as mãos no fogo pelo Proença. Provavelmente não contaram toda a verdade. No tribunal cada um puxa para o lado que lhe convém.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 22:37
Sobre isso nada sei. Eu não gosto de especular, gosto de me cingir aos factos.
E os factos, tal como foram relatados na altura, foram estes.


De Anónimo a 9 de Janeiro de 2017 às 14:36
Sérgio, esse lançamento foi do João Pereira que sempre fez assim quando jogava no Benfica,


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:40
Sempre. E vai continuar a fazer no Trabzonspor .


De Simão a 9 de Janeiro de 2017 às 15:44
Tens razão, A CULPA É DO BENFICA.
Nesse lançamento do João Pereira deveria ter sido marcado um penalti... contra o Benfica.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 16:56
Marcar penálti contra o Benfica está interditado pela interpretação das leis do jogo feitas pela esmagadora maioria dos apitadores portugueses.


De Carlos Silva a 9 de Janeiro de 2017 às 14:43
Há quem seja muito competente na sua desonestidade. São os que mais dores de cabeça dão à policia.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 14:44
Ora pois.


De Simão a 9 de Janeiro de 2017 às 15:46
Os que deram dores de cabeça à polícia foram aqueles que invadiram o campo em Belém e os que ameaçaram o árbitro em Setúbal.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 16:57


De Simão a 9 de Janeiro de 2017 às 15:16
Os dois penaltis evidentes de Coates 'perdoados' ao Sporting, nos últimos 2 jogos, enquadram-se em que categoria? Da "incompetência" ou dos "erros sempre para o mesmo lado"?


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 17:03
O cartão amarelo exibido a Coates no jogo de Setúbal por uma suposta falta que só um árbitro incompetente julgou ver enquadra-se na categoria Mister Magoo:
https://www.youtube.com/watch?v=t8GTHXTEvIc


De JRamos a 9 de Janeiro de 2017 às 20:23
O do Coates contra o Feirense não é penalty. Uma mariquice daquelas não é nada. Ele desloca o braço um pouco de facto mas o homem do Setúbal joga-se para o chão. Contra o Setúbal sim, é penalty indiscutível. O que é preciso no entanto é que os marquem a todos. Contra o Braga houve 4 agarrões de jogadores do Sporting na área e não houve penalty. E não foi 1 foi 4.

http://sporting.filtro.pt/2016/12/22/agarrar-um-avancado-na-area-e-penalti-certo/


De Pedro Correia a 10 de Janeiro de 2017 às 09:29
Se lances desses fossem penálti, o Luisão não terminava um jogo.


De Simão a 9 de Janeiro de 2017 às 15:53
Está visto que o Benfica a liderar o campeonato provoca muita azia.
Continuem assim, a culpar os árbitros e a não olhar para as misérias da equipa, treinador e jogadores incluídos, e ficarão sempre mais longe de melhorar. Continuem assim, que isso me traz grande alegria e confiança na VITÓRIA FINAL e na visita que espero fazer ao Marques, lá para Maio.


De Pedro Correia a 9 de Janeiro de 2017 às 16:58
Você vai visitar o Marques em Maio? Quem é o Marques? Você é cobrador de fraque?


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

S'é q'ueu gostava de ser ...

A orquestra está mais pob...

A minha costela Jota Jota

Os prognósticos passaram ...

Os nossos comentadores me...

Leituras recomendadas

Por imperativo de cidadan...

A mesma opinião

Quem faz isto é capaz de ...

Os nossos comentadores me...

Arquivo

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

slb

campeonato

arbitragem

benfica

jogadores

rescaldo

eleições

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

golos

árbitros

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds