03 Ago 16

Fernando Santos não teve arbitragens isentas no Campeonato da Europa. Ver surripiados três penáltis em sete jogos e ver ainda o melhor jogador inutilizado ao minuto 8 do jogo mais decisivo, sem o agressor ter visto um cartãozinho amarelo, sem sequer ter sido assinalada falta nesse lance, demonstra bem como a arbitragem, fora ou dentro de Portugal, actua cada vez mais como factor lesa-futebol.
E mesmo assim conquistámos o título. Esta foi também uma das lições que o Euro 2016 nos deu: é possível vencer a jogar contra doze. Mesmo que o 12.º jogador use apito.


comentar
50 comentários:
De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 10:24
Profunda verdade.
A exemplo interno temos o Benfica.
Onde se prova que onde há determinação, união e qualidade, até sem treinador se vai lá.


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 10:34
Escreve a sério?
Pergunto apenas porque, se é a sério, acaba de passar um atestado de incompetência a Rui Vitória.


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 10:41
Escrevo pois!
Entre favorecimentos pela a arbitragem a um e outro, deve andar ela por ela, com ligeiro destaque positivo para vocês.
Atestado de incompetência A R Vitória há muito foi passado pelo dono da arte, e mais recentemente pelo tal organismo que o considerou dos quarenta para baixo.
Portanto e em meu entendimento, quanto mais incompetência lhe outorgam mais ele se empenha para ganhar, e consegue-o.


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 11:11
Você escreveu: "Até sem treinador se vai lá".
Além de ser um convite à dispensa de Rui Vitória, esta frase só comprova que o sistema leva o SLB ao colo. Aliás para quê haver campeonatos se o vencedor está pré-determinado?


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 11:22
Eu vou sempre pela opinião generalizada do mundo. Quem sou eu, infeliz ignorante para contraditar a inteligência.
Se o dono da arte diz que o Benfica não tem treinador, é porque não tem.
Portanto se o que lá anda a fazer as vezes de treinador consegue resultados, honra e glória para a equipa, formação de talentos e, consequentemente, dinheiro a entrar para o clube o que nos permite a aquisição de não coxos nem gordos, está muito bem e que o destino por lá o conserve muitíssimo tempo.


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 13:04
Folgo muito em saber que, mesmo à distância, o meu caro Corvo continua a beber as parábolas de Jesus.


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 16:53
Pode ter a certeza, caro P Correia. Distância nunca foi entrave para eu adquirir sabedoria.
Agora, aguardo sofregamente, a parábola da redução de objectivos.
Isto é. O nosso foco é o campeonato!


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 22:30
Foco total. Só esse. Bem-aventurados os desprovidos de ambição pois será deles o reino da Glória.


De Green Oasis a 3 de Agosto de 2016 às 10:48
Corvo,

Muito obrigado pelo comentário, dei umas belas gargalhadas com a sua analogia de que o benfica é um exemplo do que quer que seja ahahahahahah


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 11:40
O Benfica e não o benfica, é um exemplo de raça, determinação e querer, tudo virtudes de um vencedor..
Veja, se quiser fazer o favor.
Preso por arames e debatendo-se num mar revolto: saída de jogadores fulcrais, lesões intermináveis de outros não menos fulcrais; traição do treinador de seis anos e vindo de uma pré- época desastrosa, (absolutamente normal após o enumerado) apanha um Sporting fanfarrão e com toda a naturalidade perde a supertaça, perde em casa por três, para o agora exponencialmente fanfarrão.
De desgraça em desânimo, afunda-se cada vez mais até que um não treinador une as hostes e diz:
Chega! Quem somos nós afinal? Somos Benfica, somos grandeza! Sete pontos não é nada e vamos para cima deles.
O resultado sabe-o tão bem como eu, com apenas uma grande mágoa para si e muita alegria para mim.
E não só: Atingimos os quartos da champions defrontando equipas quase todas favoritas a ganharem a prova.
Quer mais evidências? Pois, não deve querer.
Exemplo único, portanto. Pela positiva.


De Green Oasis a 3 de Agosto de 2016 às 14:21
Uma bela lengalenga, mas no meio dessa fantasia toda, em que parte entram os vouchers nesse mérito todo??

Em que parte entra o Harramiz que levou o Farense para a 2ª B só para a melhor academia do mundo e do Dubai não descer??

Em que parte entra o jogo da mala com o Setúbal, que resultou na transferência do André Horta para a luz??

Enquanto o caríssimo vive no seu mundo cor de rosa, a realidade é esta:

Luís Filipe Vieira entra para o último ano do mandato, perde a Supertaça, é eliminado da Taça de Portugal, leva 3 secos em casa, tudo do treinador que ELE e só ELE dispensou que foi parar ao rival que até aí não lhe fazia sombra sequer...Como deve compreender as vozinhas de protesto começam a surgir internamente (até do próprio Vice Presidente) que nem pop ups num site porno, ora face a tudo isto, há que fazer do carnide campeão seja de que maneira for, não vá os sócios terem um rasgo de inteligência e correrem com ele dali para fora no próximo ato eleitoral.

Para terminar, só lhe digo que esta última época foi a única em que não se falou em salários em atraso na 1ª Liga e olhando para as exibições de União da Madeira ou Tondela por exemplo, dá para entender porquê.

Meu caro o seu mundo é tão cor de rosa, mas tão cor de rosa que lá o LFV (um senhor que deve 650 milhões há banca) até se arrisca a ser canonizado.


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 14:43


De Green Oasis a 3 de Agosto de 2016 às 15:52
Lá está você no mundo dos sonhos cor de rosa...isto quando faltam argumentos nada como tapar os ouvidos e "la la la la la não estou a ouvir la la la la la la..."



De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 16:12
Minha não muito estimada senhora.
Poupe-me, por favor, à deselegância da sua retórica e às suas desagradáveis cambiantes hormonais.
Muito obrigado.


De Green Oasis a 3 de Agosto de 2016 às 16:52
Bem falado sim senhor. Agora essa dor de cabeça que está a sentir??? Não, não é a dor de corno essa qualquer lampião conhece bem...a outra...é uma cefaleia por ter usado palavras que não são adequadas ao vosso vocabulário simplório, agora deite lá fora o dicionário que isso de andar instruído claramente não é para si, dado o seu baixo QI até na tentativa de insultar...


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 17:15
Minha cada vez menos estimada senhora, quase a roçar a proximidade do fastidioso, quem lhe apara a figura que lhe suporte a personalidade.
Acho, por aí algures, já ter-lhe dito isto.


De Green Oasis a 3 de Agosto de 2016 às 17:32
O seu baixo QI não lhe permite mais originalidade? pobre criatura este corvo...quer parecer fina, mas fica mesmo só no puta


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 18:01


De SLB-35 a 3 de Agosto de 2016 às 15:14
Green Oasis,

O teu problema e os teus amigos da tasca do Cherba é este: 35>18.
Quem entrou no jogo da mala foram vocês, mas como não estais habituados a ganhar títulos é normal que não saibam as regras.

1 O 1º classificado não entra no jogo pois só depende dele para vencer.
2 NUNCA jogar o jogo da mala com equipas que têm jogadores emprestados do rival.
3 O jogo da mala funciona como o jackpot, isto é, acumula não podeis dar 350 mil ao Vitória e na jornada seguinte só 300 mil ao Marítimo.

PS O Benfica fica situado na freguesia de S. Domingos e não na de Carnide.


De Green Oasis a 3 de Agosto de 2016 às 16:28
Típico dos adeptos do carnide, ou do são domingos como quiseres, falamos em alhos, e eles respondem bugalhos.

Entretanto resposta aos vouchers??? nada...

Explicações para o André Horta não jogar na luz e uma semana depois ter assinado contrato com o carnide/sao doimingos?? nada...

Caro carnide35 (ou preferes saodomingos35), é natural que não saibamos as regras do jogo, afinal de contas não fizemos escola na corrupção, portanto só um clube com mestrado em corrupção pode saber como se joga neste campeonato e as regras?? está visto que tu e qualquer lampião sabem-na de cor, aliás está bem exposto no teu comentário...

PS: É bom saber que andam lampiões na blogosfera leonina, é sinal que incomodamos e que vocês, a pouco e pouco, vão deixando de snifar aquelas cenas que distribuem na porta 18, ouvi dizer que aquilo faz mal á saúde, portanto só posso agradecer a tua presença e a dos restantes infiltrados.


De SLB-35 a 3 de Agosto de 2016 às 11:36
Caro Pedro Correia,

As arbitragens servem de desculpa para as equipas quando não ganham. Seja que equipa for.


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 13:01
Ainda assim, três penáltis roubados em sete jogos é obra. E uma agressão impune na final também.


De SLB-35 a 3 de Agosto de 2016 às 13:07
Caro Pedro Correia,

Sim tem razão quanto aos penaltis, mas quanto à agressão não creio que Payet tivesse intenção de lesionar Ronaldo.


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 13:53
Não ponho em causa a intenção do jogador, mas o facto em si é inquestionável. Arrumou o melhor adversário, logo aos 8 minutos, com uma entrada violenta. Não sancionada sequer com falta - já não menciono cartão.


De Carlos Silva a 3 de Agosto de 2016 às 11:58
Sr Corvo,
Transparece que entre as suas penas, a maior, é não ser do scp.
Isto pelo facto de estar sempre aqui ao pé de nós. Tem razão "Junta-te aos bons e...."


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 13:45
Ah sim! Essa é uma pena inultrapassável.
Veja quanto.
Em 1964, após cumprir três anos de guerra efectiva no terreno, venho para a Huíla cumprir os sete meses que faltavam para a desmobilização.
Na boa: cidade, miúdas, cerveja e futebol.
Diz-me o capitão da companhia:
- Vais voltar a jogar futebol?
- Vou, meu capitão! Vou assinar pelo Benfica da Huíla.
Diz ele.
- Pois, mas como ainda não assinaste vais assinar pelo Sporting. Não sei se sabes que faço parte da direcção.
- Sei sim, meu capitão, claro que sei...mas não. Vou assinar pelo Benfica meu clube do coração, como aliás sempre joguei pelo Benfica. De Luanda, Nova Lisboa e agora este.
Resumindo. Fez finca pé, insistiu até à última e conseguiu, - naqueles tempos a prepotência da autoridade conseguia tudo - que não fosse para o Benfica e que sim fosse passar os cinco meses que me faltavam para a desmobilização, para um cenário de guerra.
Fui, mas nunca joguei no Sporting.


De Carlos Silva a 3 de Agosto de 2016 às 15:13
Elementar meu caro Watson!!!
Estamos aqui num claro stress pós - traumático. Se tem jogado pelo nosso clube, tudo seria diferente. Não desespere, mesmo que seja já difícil ter o privilégio de jogar pelo scp, ainda tem hipótese de se fazer sócio e adquirir uma gamebox. Olhe que é bom. Pergunte ao Luís Filipe


De Corvo a 3 de Agosto de 2016 às 16:39
Ah ah, Carlos Silva.
Dessa gostei!

Um Abraço desportivo.


De Carlos Silva a 3 de Agosto de 2016 às 18:23
Sempre pronto para retribuir um abraço desportivo. Só neste caso dispenso o vídeo árbitro


De Pedro Correia a 5 de Agosto de 2016 às 10:51
Podemos sempre retribuir com o vídeo dos quatro campeões leoninos no Europeu de França.


De Carlos Silva a 5 de Agosto de 2016 às 12:54
Pedro, é melhor não. Este Corvo tem mostrado sinais de ser recuperável. Não larga esta nossa fé, já vê a sporting tv e por este andar até compra um T1 em Alcochete para ver tudo o que se passa na academia.


De Pedro Correia a 5 de Agosto de 2016 às 13:26
Penso o mesmo, Carlos. Já falta pouco para que este nosso amigo lampião deixe de assinar Corvo e passe a assinar Leopardo.
Uma espécie de Leão, ainda sem juba.


De PML a 3 de Agosto de 2016 às 13:13
O post é absolutamente correcto mas - e sem beliscar em nada a "nossa" vitória - esquece-se, no entanto, que quando foi em pontos ficámos em 3.º lugar.
Ou seja, é possível ganhar jogos contra o 12.º jogador, é possível ganhar provas a eliminar (ou ir até à final), é até possível ganhar torneios/provas curtas com os dois sistemas (como foi o caso) mas é muito mais difícil - muito mais! - ganhar provas longas por pontos contra uma mão cheia (ou mais) de 12.º jogadores. Nós - aqui SCP - somos um perfeito exemplo disso.


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 13:57
Não duvido de que seja muito mais difícil. Mas os objectivos tornam-se ainda mais apetecíveis quando são difíceis. Isto quando existe mentalidade de campeão.
E não se ganham campeonatos sem essa mentalidade, meu caro. Nem com desculpas.
Este ano a minha tolerância será mínima perante desculpas - algumas das quais já invocadas antes de a bola começar a rolar. Isso não é espírito leonino.


De Sérgio a 3 de Agosto de 2016 às 19:34
Caro Pedro Correia:
Como benfiquista assusto-me com essas ideias, mas volto a ficar descansado quando penso que a estratégia do BdC não tem nada a ver com isto. Ainda antes de começar o campeonato assistiremos a vários comentários à arbitragem e está toda uma equipa montada para a choraminguisse contínua fora do campo. O BdC ainda não entendeu que tanto tiro à arbitragem não significa apenas a pressão sobre os árbitros e a desculpabilização dos seus erros, significa também a desculpabilização dos erros dos jogadores.
O exemplo do Fernando Santos e dos seus jogadores mostram bem que a estratégia certa não é "chorar".
Mas mesmo que o BdC adopte uma estratégia de comunicação mais inteligente do que as dos anos anteriores, os sportinguistas têm que ter em conta que o Benfica também vai querer muito ganhar este campeonato, uma vez que, a acontecer, será histórico: pela primeira vez o Benfica conseguiria 4 campeonatos seguidos. Se o Sporting ganhar o campeonato, não é um feito extraordinariamente histórico para o Sporting, mas um feito mais histórico em relação ao Porto de PdC: pela primeira vez estaria 4 anos seguidos sem ganhar um campeonato. Também é preciso não esquecer que quem vai ter eleições na próxima época é o BdC e o LFV. Que role a bola.


De Pedro Correia a 3 de Agosto de 2016 às 22:36
Caro Sérgio,
Só posso estar de acordo com esta sua frase, que aliás vem ao encontro do que escrevi: «O exemplo do Fernando Santos e dos seus jogadores mostra bem que a estratégia certa não é "chorar".»
Quanto ao resto: não contem comigo para choraminguice alguma. Eu gosto de dar luta a sério. E detesto perder, mesmo a feijões.
Saudações desportivas.


De Eulevezinho a 3 de Agosto de 2016 às 14:02
Li e gostei do texto. Mas nós não fomos campeões esta última época por incompetência. O jogo com União, Tondela (mesmo com dez estávamos na frente), Rio Ave e Guimarães são jogos de três pontos. E não os fizemos.

Mesmo contra doze, tivemos tudo. E isso ainda hoje me deixa aborrecido.

SL


De Pedro Correia a 5 de Agosto de 2016 às 10:49
Não se pode falar em incompetência quando se termina com o maior número de vitórias de sempre e com o maior número de pontos de sempre.
Não se pode falar em incompetência quando ganhamos cinco dos seis jogos contra os principais rivais (três ao SLB, dois ao FCP).
Não se pode falar em incompetência quando pela primeira vez na história do campeonato nacional de futebol vencemos os nossos jogos disputados na Luz e nas Antas/Dragão.
Não se pode falar em incompetência quando chegamos à última jornada com o título em aberto. E estamos ainda alguns minutos nessa jornada em comando virtual da prova.

Acontece que não somos a única equipa. Há outras.


De Carlos Silva a 3 de Agosto de 2016 às 15:21
Caros amigos. Façam jus ao sitio onde estamos. "És a nossa Fé".
Pois tenha-mo-la


De Pedro Correia a 5 de Agosto de 2016 às 10:45
És a Nossa Fé, precisamente. Nenhum nome poderia orgulhar-nos tanto.
E orgulha-nos também que seja já um dos "gritos de guerra" oficiais do Sporting.


De SportingSempre a 3 de Agosto de 2016 às 20:17
Não acho que Portugal tenha jogado alguma vez contra 12, mas é verdade que houve vários erros contra nós e muito poucos (um livre contra a França) a nosso favor. Ou seja, não tivemos colinho...

Como aconteceu ao Sporting no campeonato. Colinho não tivemos, tivemos foi algumas encomendas que entraram em Alvalade para perturbar e enervar a nossa equipa, ao contrário do que acontecia na Luz.

E chegámos ao Sporting-Benfica em que o árbitro tinha resolvido não estragar o espectaculo (!?) e deu roda livre ao Sanchez e ao Eliseu para toda a caçetada e anti jogo que entenderam.




De Pedro Correia a 5 de Agosto de 2016 às 10:44
Jogar contra doze é isso mesmo. Ver três penáltis roubados em sete jogos, se não é, anda lá perto.
Refiro-me a três penáltis que toda a crítica - toda mesmo - reconheceu. Dois dos quais contra o suspeito do costume. O Cristiano Ronaldo.
Pergunto-me o que teria acontecido na final se o lance do minuto 8 tivesse sucedido ao contrário. Se tivesse sido um português a lesionar o Griezmann, por exemplo.


De Anónimo a 4 de Agosto de 2016 às 20:40
E as "lesões" do goleiro e as bolas mandadas para campo pelo banco de reservas; o Benfica portou-se como uma equipe do meio da tabela em Alvalade, fez um golo fortuito, o William escorregou, e foi lá para trás. Mas, o Bryan Ruiz!!! Espero que se tenha benzido e não volte a repetir as cenas.
O Benfica nunca ganhou um tetra, nem vai ganhar; o colinho tem que acabar.


De Pedro Correia a 4 de Agosto de 2016 às 21:10
Bem lembrado. Eles nunca ganharam um tetra. Nem em sonhos.


De Corvo a 5 de Agosto de 2016 às 09:31
Ah bom! Agora deu em bruxo...bruxa queria dizer.
Infelizmente o curso ministrado era foleiro.
Assim, fica com o ódio da frustração a enrugarem-lhe o pêlo e nós, Benfica, com o treta.


De Pedro Correia a 5 de Agosto de 2016 às 10:40
Agora fugiu-lhe a pena para a verdade: preparam-se para ganhar... o "treta".
Gostei de saber em primeira mão.


De Corvo a 5 de Agosto de 2016 às 11:53
Obviamente o meu comentário foi dirigido ao outro...outra mas devido à má organização deste blog (plenamente justificada num espaço verde), leva a supor que possa ter sido para si.
Não foi, foi para a...bruxinha e a menos que o caro Pedro organize isto como deve ser, os comentários, respostas e demais discussões podem induzir a uma errônea interpretação de destinatários.
Um bom fim-de-semana, se bem que depois do jogo de logo, não seja assim tão promissor. :)


De Pedro Correia a 5 de Agosto de 2016 às 13:33
Qual jogo?
Ontem o Sporting voltou a ganhar. Desta nos Jogos Olímpicos. Cinco jogadores da formação leonina - dois dos quais pertencentes aos nossos quadros - alinharam na vitória de ontem à Argentina, muito festejada pelo público brasileiro.
André Martins, Edgar Ié, Ricardo Esgaio, Tiago Ilori, Tobias Figueiredo.

Domingo o Sporting volta a 'jogar'. Desta vez frente às Honduras.


De carlos Silva a 10 de Agosto de 2016 às 18:03
Mas com a vaca que normalmente têm, eu diria mais....uma teta.


De Pedro Correia a 31 de Agosto de 2016 às 13:04


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Os nossos comentadores me...

Palmarés leonino (9)

Recado ao presidente da M...

Da necessidade de pôr fim...

Grande Gelson

Os nossos comentadores me...

A coisa até estava a corr...

Cotovelite

Os nossos comentadores me...

Espelho meu, espelho meu ...

Arquivo

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

bruno de carvalho

selecção

leoas

prognósticos

jorge jesus

vitórias

há um ano

balanço

campeonato

slb

arbitragem

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

mundial 2014

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

ler os outros

clássicos

árbitros

golos

nós

euro 2016

futebol

comentadores

crise

marco silva

cristiano ronaldo

scp

análise

humor

formação

chavões

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds