16 Mai 14
Fúria de perder
Pedro Correia

«Em Portugal, quem perde pontos, arranja sempre teorias da conspiração para justificar os seus fracassos (...) Quem joga bem, normalmente é recompensado.» Palavras pertinentes de Domingos Amaral, redigidas em Setembro. Palavras que parecem ter sido escritas a pensar no Domingos Amaral de Maio, que escreveu o mais lamentável de todos os textos destinados a lamber as feridas da derrota do Benfica em Turim.

Ao apontar o dedo acusador a Beto e Carriço para justificar o fracasso benfiquista, sobretudo nos termos grosseiros e destemperados em que o faz, Domingos Amaral demonstra ser um péssimo leitor dos seus próprios textos. Já esquecido do que escreveu há sete meses: «Há uma disfunção motivacional claríssima no Benfica: Vieira diz que os jogadores são tão bons, que eles se tornam convencidos, blasés, e depois não conseguem ganhar jogos fáceis. O Benfica não tem fúria de vencer.»

O problema estará precisamente aí: na disfunção motivacional claríssima. Não em Beto nem em Carriço, que se bateram como leões na final da Liga Europa e só por isso deviam merecer mais respeito de quem há uns tempos gozava com as «teorias da conspiração» dos clubes que contestam as más arbitragens e agora, em flagrante contradição com essas palavras, atira-se ao «alemão que arbitrou o jogo».

É quase como São Tomás. Mas neste caso, ao contrário do que recomenda o ditado, não faças o que ele diz nem faças o que ele faz.


comentar
28 comentários:
De José Manuel a 17 de Maio de 2014 às 00:00
Felizmente que em Espanha existem jornalistas honestos e competentes que viram aquilo que os jornalistas e o pretenso jornalismo desportivo português foi incapaz de ver.
[https://www.youtube.com/watch?v=RXSkLyHxc94]


De Pedro Correia a 17 de Maio de 2014 às 00:18
Ah, pois. Estamos mesmo a precisar da ajudinha do "isento" jornalismo deportivo espanhol para nos ajudar a ver futebol, como se não tivéssemos olhos na cara...
Guarde lá o vídeo no fundo de uma gaveta, com outros "recuerdos". Fica lá bem.


De João Paulo Palha a 17 de Maio de 2014 às 00:05
Desculpe lá Pedro, mas não me parece que valha muito a pena perder tempo com este desgraçado, que mal domina o português e se atreve a escrever livros - ou coisas em formato de livro, que livros propriamente ditos, coitadito, só de ouvir falar. A propósito desta personagem e das suas habilidades como açougueiro da língua e carrasco do bom gosto, registo a magnífica e divertidíssima peça que lhe foi dedicada, ao longo de 4 posts, por António Araújo no Malomil, cujos links aqui deixo para quem se interessar por conhecer mais a fundo esta anedota viva.

http://malomil.blogspot.pt/2012/07/verao-quente-1-parte.html
http://malomil.blogspot.pt/2012/07/verao-quente-2-parte_29.html
http://malomil.blogspot.pt/2012/07/verao-quente-3-parte.html
http://malomil.blogspot.pt/2012/08/verao-quente-4-e-ultima-parte.html

Um abraço


De Pedro Correia a 17 de Maio de 2014 às 00:20
Excelente (e demolidora) análise crítica, meu caro. Embora eu ache um desperdício gastar tanta linha com quem não merece.
Pela minha parte, 'aquí me quedo'.


De pl a 17 de Maio de 2014 às 00:21
Fucking Brilliant!


De pl a 17 de Maio de 2014 às 00:08
Verdadeiramente lamentável: baixo nível, ressabiamento, homofobia. Uma bela lição do "professor de 'Sport Economics".


De Pedro Correia a 17 de Maio de 2014 às 00:18
Uma bosta.


De João António a 17 de Maio de 2014 às 09:39
A irracionalidade vermelhusca está a atingir um patamar que nem os da fruta se dignaram a chegar .


De Pedro Correia a 17 de Maio de 2014 às 11:38
A arrogância desmedida que alguns revelam, como se tivessem uma espécie de direito natural à vitória ainda antes do apito inicial, redunda nisto quando perdem.
É o que acontece a quem transforma o futebol num sucedâneo da religião. Referindo-se ao estádio como Catedral. E ao clube como Glorioso.


De José da Xã a 17 de Maio de 2014 às 13:36
... e não te esqueças d(o)a Capela!


De Pedro Correia a 18 de Maio de 2014 às 02:02
Nenhum de nós esquece, meu caro.


De Pedro Correia a 21 de Maio de 2014 às 21:34
O calabote do século XXI.


De fernando silva a 17 de Maio de 2014 às 15:09
já faltou mais para termos as "finais", (taca da liga e taca de Portugal), em Fátima, alguma nova Fadista para voltarmos a ter o Futebol dos saudosos tempos daquela agremiacao...F F F para o estado novo que aquele clube tanto reve no S.L.e saudade...

medo, muito medo... eheheh


De Anónimo a 17 de Maio de 2014 às 19:30
ó básico, estás a referi-te às figuras que eram vistas de 15 em 15 dias, na tribuna do desportivo folclórico ao fundo do campo grande ?


De fernando silva a 17 de Maio de 2014 às 21:48
"Podemos falar na maior ou menor proximidade de alguns dirigentes do slb ao regime, ou em desviar as atenções para aspectos meramente acessórios (como a letra do hino), mas factos são factos e a realidade é só uma: o regime primeiro cavalgou o sucesso internacional dos encarnados e depois, naquilo que verdadeiramente interessa, tratou de criar as condições necessárias para que esse sucesso se mantivesse, fazendo do slb e do seu principal jogador um dos símbolos do Portugal dos 3 F’s (Fátima, Fado e Futebol). "

http://relvado.sapo.pt/25-abril-dia-liberdade-para-maioria-dia-mais-triste-vida-benfica-394896

estudem e entendam a vossa história, (ah pois, é dificil, desde datas de fundacoes alteradas a campeonatos "somados" para nao serem ultrapassados...), em vez de sacudirem os vossos anteriores beneficios para outros...as figuras andavam por lá, mas os beneficios iam para o vosso lado da estrada...
mas já é hábito voces renegarem as raízes, desde que vos convenha...


De Lancero a 18 de Maio de 2014 às 10:36
Aplique aí a mesma teoria ao sporting e tenha a coragem de escrever aqui quantos títulos venceu durante e após o estado novo. E assuma a mesma conclusão


De José Manuel a 17 de Maio de 2014 às 19:51
Um clube têm a fama, a outros clubes coube o proveito.
Pelo menos tiveram o proveito de terem dirigentes do estado novo e legionários fascistas nas suas direcções.


De Pedro Correia a 18 de Maio de 2014 às 01:56
E vocês têm no vosso magnífico álbum de recordações dezenas de fotografias da equipa inteirinha, com os respectivos dirigentes, a prestar homenagem pública ao Professor Doutor António de Oliveira Salazar. Antifascistas de gema.


De aNNóNNymus a 17 de Maio de 2014 às 19:47
Meu caro,

não sabendo do que é a Taça Latina, e consequentemente uma parte da História do seu clube, na qual participaram creio que por 2 vezes e onde uma das vezes foram finalistas vencidos, seria pedir -lhe (vos) muito cuidar(em) de saber a razão do epíteto de "Glorioso".



De Pedro Correia a 18 de Maio de 2014 às 01:56
Não sei o que é isso de Taça Latina. Em que século se disputou? Tem a certeza que se chamava mesmo assim?


De aNNóNNymus a 18 de Maio de 2014 às 16:20
Meu caro,

como não consigo ver onde acaba a sua erronia e começa a sua ironia, vou dar-lhe uns tópicos sobre a Taça Latina e consequentemente sobre um pouco da História do seu clube.

A partir da época de 1948/49 todas as atenções se voltaram para a Taça Latina, uma nova competição onde se defrontavam os Campeões de Portugal, Espanha, França e Itália.

Foi a predecessora da TCCE (espero que, apesar do seu clube, não ser por lá nem useiro, nem vezeiro, saiba o significado desta sigla!), sem certeza absoluta, acho que ambas as ideias lançadas pelo Director do jornal desportivo francês "L'Equipe".

Em ambos os casos, foi o seu clube (no 2º caso por convite, alterando desde logo o espírito da 'coisa' - o Campeão até era outro ...!) o 1º representante de Portugal.

Foi em Madrid que se realizou a primeira edição da Taça Latina. Coube ao Sporting defrontar e afastar da Final (3-1) um Torino, (em luto pelo desastre de Superga), Campeão de Itália.

A primeira Final da Taça Latina disputou-se entre o Barcelona e o Sporting (2-1) no Estádio Chamartín a 3 de Julho de 1949.

No século XX...!

É evidente, PERDERAM, como é óbvio !!!

Um Camp33ão vos saúda!





De Pedro Correia a 21 de Maio de 2014 às 21:33
Taça Latina soa-me a taça de espumante. Nada mau se houver um leitão a condizer.


De Anónimo a 17 de Maio de 2014 às 16:45
ainda assim, muito longe da parvoíce que os sapos demonstram


De Pedro Correia a 18 de Maio de 2014 às 01:58
Tu coaxas bem. Já não és girino.


De ruic a 17 de Maio de 2014 às 13:46
Bom, pelo menos teve a decência de tirar o post e pedir desculpa.


De Pedro Correia a 18 de Maio de 2014 às 01:58
Fez isso? Desconhecia. Não voltei lá.


De josé a 17 de Maio de 2014 às 23:37
Claro quem com ferros mata, com ferros morre! Mas aqui têm um tal de Vitor Pereira, que até Sportinguista, depois é tudo limpinho, limpinho!


De Pedro Correia a 18 de Maio de 2014 às 02:01
Exactamente. Quem com ferro mata com ferro morre.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

A minha costela Jota Jota

Pontos nos is.

A Europa e o Vida

Esperança

Irritação

P.O. a D.D. - A sério?

Manto de silêncio

Ódio puro e duro

Os nossos comentadores me...

Como utilizar um miúdo 15...

Arquivo

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

memória

comentários

selecção

bruno de carvalho

leoas

vitórias

prognósticos

há um ano

jorge jesus

campeonato

balanço

slb

arbitragem

benfica

mundial 2014

jogadores

rescaldo

taça de portugal

liga europa

godinho lopes

eleições

euro 2016

árbitros

ler os outros

futebol

golos

clássicos

comentadores

nós

marco silva

crise

scp

cristiano ronaldo

análise

chavões

formação

humor

liga dos campeões

slimani

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
132 comentários
132 comentários
114 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds