Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Faz hoje um ano

 

Demorou apenas 14 dias. Exactamente duas semanas após Bruno de Carvalho ter tomado posse, começaram a fazer-se ouvir as vozes de certo baronato sportinguista praticando uma das modalidades desportivas da sua eleição: o tiro ao presidente.

As hostilidades foram abertas por Carlos Barbosa. Passando nada menos do que um atestado de irresponsabilidade aos sportinguistas.

"Os sócios do Sporting elegeram para presidente um garoto que anda aos pulos ao lado do treinador de cada vez que o Sporting marca um golo, mas que não tem condições para gerir um clube da dimensão do Sporting." Palavras do ex-vice-presidente do clube ao programa Bola Branca, da Rádio Renascença. Antevendo "um mandato curto" para Bruno de Carvalho. Até porque, na sua perspectiva, o presidente assumiu funções "sem uma solução alternativa para o Sporting, porque não há investidores que entrem para o Sporting sem a aquisição da maioria da SAD".

Seguiu-se outra previsão, mais taxativa: "Haverá no Sporting [novas] eleições dentro de um ou dois meses."

 

 

E afinal o que fazia falar assim Barbosa?

O facto de Bruno de Carvalho não se vergar aos ditames das entidades bancárias credoras do Sporting. Recusando um ultimato com três pontos-chave, revelado igualmente pelo Record: garantia prévia de que não iria para a frente a auditoria de gestão prometida pelo presidente no seu programa eleitoral; acolhimento de um investidor externo com controlo maioritário da SAD; colocação na administração da SAD de personalidades ligadas a gestões anteriores.

Essa recusa ficou expressa em conferência de imprensa dada pelo presidente, em Alvalade, ao fim dessa tarde de 10 de Abril de 2013. Oportunidade aproveitada para deixar claro que nem lhe passava pela cabeça demitir-se. Por maiores que fossem as pressões.

As previsões de Barbosa saíam furadas.

 

Tão furadas e tão falhadas como outras feitas por ele, quando era vice-presidente de Godinho Lopes. Esta, por exemplo: "Daqui a um ano, um ano e tal, o FC Porto já não fará parte do nosso campeonato. O campeonato do Sporting daqui a um ano ou dois será o Barcelona, o Ajax, o Real Madrid. Isso para nós é que vai ser importante."

Declarações prestadas em entrevista ao Record de 23 de Julho de 2011.

Daí a um ano exacto, o Sporting iniciava a sua pior época de sempre. Já com Barbosa longe de Alvalade, a disparar dessa vez contra o "construtor civil" Godinho Lopes. Com o atrevimento e a deselegância de sempre.

Certas coisas no Sporting nunca mudam. E alguns barões também não.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D