10 Ago 17

O tema não é novo, mas assume contornos mais relevantes a partir do momento em que existe o VAR: os responsáveis pelas organizações dos campeonatos permitem que um dos intervenientes nas competições nacionais (Benfica) transmita e realize (através da Btv) os jogos dessa referida equipa em casa.

Não me parece uma Boa Prática e não vejo exemplo semelhante na Premier League, na Ligue 1, na Bundesliga, na Série A ou na La Liga. 

Não ponho em causa a seriedade de quem realiza as transmissões, apenas acho que deveriam ser operadores independentes dos clubes a transmitir os jogos. À mulher de César...

Vem este arrozoado a propósito da transmissão da Btv, de ontem, do Benfica-Braga: houve dois golos anulados à equipa bracarense. No primeiro - indiscutível fora de jogo - a realização mostra um "frame" em que a bola já saiu ligeiramente do pé do jogador Jefferson (que efectuou o cruzamento) e se vê Hassan adiantado. Acredito que o avançado bracarense estaria, de todo o modo, deslocado, mas o "frame" não foi perfeito e deveria ter sido. No segundo lance de anulação de golo, é mostrada uma primeira imagem onde não aparece um jogador do Benfica no lado direito que, acredito, estaria a pôr em jogo o jogador do Braga que marca o golo. Só mais tarde aparece um plano mais aberto onde se vê o jogador benfiquista, no lado direito do ecrã, a pôr, eventualmente, em jogo o dianteiro bracarense. E digo "eventualmente" porque a realização não coloca a célebre linha de fora-de-jogo para dissipar dúvidas.

Importa ainda referir que, quando mostrado o plano completo do 2º lance, nem uma palavra se ouviu por parte do(s) comentador(es) de serviço da Btv. 

Ao ser permitido que um operador ligado a um clube transmita os jogos (o pecado original, na minha perspectiva), obviamente o escrutínio aumenta. Por isso, a realização deveria ter maior atenção a estes pequenos/grandes aspectos, na salvaguarda da integridade das competições. Por outro lado, também seria interessante perceber que imagens e que meios tem o Vídeo-árbitro disponíveis para além do que é apresentado na TV. Seria benéfico este trazer a público quais as razões que levaram à anulação do tal segundo lance, inclusivé mostrando o "frame" que a BenficaTV não apresentou, com o jogador benfiquista à direita e a linha de fora-de-jogo. A bem da transparência e da Verdade Desportiva.

 Atenção, com esta reflexão não quero pôr em causa o mérito da vitória do Benfica. Ganhou (e ganhou bem) e com uma intensidade que nós (ainda) não temos.

 


comentar
54 comentários:
De Pedro Wasari a 10 de Agosto de 2017 às 10:25
Ora nem mais.

Já faz tempo, que num comentário que fiz, elogiei o VAR, mas deixei algumas preocupações.

1- Nem todos os estádios têm as mesmas hipóteses, logisticamente falando, de colocar as câmeras nas posições mais corretas, dando por isso ângulos de captação diferentes.

2- Os meios utilizados nas transmissões não são iguais em todos os jogos, prejudicando por isso o VAR.

3-As realizações das transmissões são feitas por vários operadores, não havendo por isso uma lista de procedimentos mínimos a cumprir.

Perante isto e mesmo assim prefiro o VAR, do que o vale tudo a que temos assistido.

SL


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 10:54
A casa do futebol português tem vindo a ser construída pelo telhado. Evidentemente, não é uma construção sólida, mas sim cheia de remendos. Onde está o código de ética do agente desportivo, manuais de procedimentos para diversas matérias a bem da transparência e ideias para a subida de patamar do nosso futebol? As poucas que surgem veem de Fernando Gomes


De JHC a 10 de Agosto de 2017 às 10:40
Alguém sabe quem fez a assistência para o Hassan fazer o golo do Braga? Foi o "jogador do Braga" a fazer o passe...
Pronunciar o nome Ricardo Esgaio é demasiado complexo para determinados comentadores.Apesar de o jogador não ser do Sporting...
Isso para não falar que não deram qualquer destaque á jogada e ao passe.
Sinónimo de pequenez...
A propósito do post é necessário que haja esclarecimento e se houve erro por deficiência técnica que sejam responsabilizados quem tem por obrigação prestar esse serviço para que não mais ocorra.
Era engraçado que isto viesse a se verificar justamente na Luz...


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 10:57
Pois deve haver esclarecimento e cabal. O espectador tem direito a ver o que o var vê, afinal é ele que paga...Só em Portugal se trata assim o consumidor,. Uma falta que se deve à nossa falta de cidadania .


De João Carlos a 10 de Agosto de 2017 às 11:09
Onde isso já vai. Os operadores comerciais que fazem as transmissões dos jogos não têm nada a ver com as imagens do VAR.
Em lado nenhum do Mundo (Portugal, Itália, Holanda, Alemanha, FIFA) o telespetador viu ou vê as imagens do VAR, o qual, aliás, ainda está em fase experimental.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 12:27
Repare, o que eu disse é que o espectador tem direito a ver o que esteve na origem da decisão do var á semelhança do que acontece no rugby, onde inclusive as imagens passam no estádio. Mas, enfim, estamos nos primeiros passos


De Anónimo a 10 de Agosto de 2017 às 11:04
Olhe eu ouvi aqui falarem muito na vontade de manter o Esgaio.
Ontem fora o passe para o golo, o esgaio só me fez dizer que ainda bem que foi embora. Defensivamente é uma nulidadr, não é a toa que o benfica atacou sobretudo pelo lado dele. É o campeão a marcar com os olhos (veja-se o cruzamento do Jonas para o Esferovit).
Às vezes não basta criticar só porque do outro lado está JJ ou BdC.
Por vezes temos de ver quem está do outro lado também e ser da formação não basta.

Quanto ao lance do VAR exijo que a FPF torne público a imagem que serviu de análise e respectiva comunicação para tirar todas as dúvidas.
Caso contrário a expectativa que tinha para o VAR baixa drasticamente, visto que mais 16 jogos (48 pontos) com transmissão corrupta podem adulterar a verdade desportiva, como é apanágio daquele clube...


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 11:11
Tem razão quando diz que ser da Formscao não basta. Tenho dúvidas de que Esgaio tenha a qualidade necessária para o sporting, mas já tivemos defesas direitos titulares tb sem ela. Aliás, não é fácil encontrar historicamente um defesa direito fevereiros no nosso clube. Quanto ao var, serei sempre a fã vir da transparência , doe a quem doer


De António a 10 de Agosto de 2017 às 11:18
Querem ver agora que é a BTV que marca os golos do Benfica na Luz? Já foi explicado aqui que a transamissão do VAR não é da responsabilidade do operador comercial. Falam sem conhecimento de causa. Enfim... Qualquer dia ainda vou ouvir alguém defender o VAR ao VAR !!!


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 12:29
Já vi que não leu até ao ultimo parágrafo. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa é isso não obedece a cartilhas


De Carlão a 10 de Agosto de 2017 às 12:41
Enquanto o Benfica ganhar eles vão falar, seja do que for.
O problema deles, não é o vídeo-árbitro nem outros argumentos que aí virão.
O problema deles é que o Benfica é melhor, joga melhor e... no fim, ganha. Mas isso eles não podem reconhecer. No dia em que o fizerem extinguem-se por perda de identidade.
Se reconhecessem que o Benfica é melhor, passariam a ser outra coisa qualquer, mas deixaram de ser o Sporting que nasceu e cresceu CONTRA o Benfica. E olhem que sei do que falo, pois já levo umas boas décadas disto.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 12:52
Janela? Lá por ter muitos anos não quer dizer que saiba tudo, pode ser um ano mau repetido muitas vezes :) se lesse o meu último parágrafo, arrepender-se-ia das suas palavras


De Pedro Wasari a 10 de Agosto de 2017 às 12:51
O ex-árbitro Duarte Gomes, que esteve no projeto-piloto na final da Taça da Liga da época passada, corrobora a versão da FPF e explica que o receio de "eventuais filtros da B TV e da Sport TV não se coloca porque o VAR vai ter acesso a todas as câmaras e, em jogos que se justifiquem, a empresa tecnológica que patrocina o projeto irá colocar câmaras extra".


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 12:56
Obrigado pelo esclarecimento, mas acho k o espectador devia ter direito s ver o que esteve na origem da decisão do var, inequivocamente.


De JG a 10 de Agosto de 2017 às 17:41
Tem razão meu caro JHC. Para escutar o nome de Ricardo Esgaio foi necessário esperar pelos resumos na SIC e RTP3.
Um passe extraordinário aliás, de um grande jogador, que o Sporting deu ao Braga, porque supostamente não tinha nível para ser titular no nosso clube, nem sequer para disputar um lugar. Um Schelloto depois, mais um Piccini, mais um que acaba de chegar e cujo nome não recordo, mais de 7 milhões depois de Esgaio, não temos nenhum jogador capaz de jogar como Esgaio joga. Será um destaque do campeonato, ele que também teria que nascer dez vezes para ser titular.
Há coisas que nunca mudam tal como não muda a forma como algumas pesssoas olham para o futebol que se joga mesmo com VA.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 18:55
Pois, meu ver não é tanta assim a qualidade do Ricardo, mas quem o substitui não parece melhor, logo...


De VideoVasco a 10 de Agosto de 2017 às 11:31
Primeira jornada, vitória inequívoca do tetra-campeão, e recomeça a choradeira. Era espectável. Enquanto o tetra-campeão continuar a vencer, assim será. 3 jogos com videoárbitro, 3 vitórias e 2 títulos. Convém pensar outra solução. O videoárbitro tem acesso a todas as câmeras para analisar, e não apenas aos frames do direto. Recuam a imagem até ao momento certo, mas quem quer chorar, arranja sempre motivo. Com competidores chorões, não há solução para as polémicas, pura e simplesmente porque servem para justificar porque não ganham nada há tantos anos. Depois que desculpa vão dar?


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 12:30
O frame na origem da decisão do var deve ser mostrado ao espectador e ser inequivoco e não foi isso que aconteceu no segundo lance


De Anónimo a 10 de Agosto de 2017 às 12:34
VV vitórias inequívocas foram as do Sporting, fora e do Porto em casa. Abel disse que o Benfica a jogar assim não passa da fase de grupos na Liga dos campeões; claro que já nos habituou a levar cabazadas dos "colossos europeus"; só jogam aqui com "padres" e já começaram a tentar dar a volta ao VAR.
Vocês tem que arranjar explicadores ao "padres" para dar "missas" em latim, caso contrário, tenho que dar razão ao orelhas, o penta vai por um canudo.


De VideoVasco a 10 de Agosto de 2017 às 12:45
Quantas vezes o teu clube passou a fase de grupos? Devias ter vergonha de tocar nesse assunto. Sportinguistas a falar de competições europeias.. Priceless!!


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 16:01
Ganhamos a última taça há menos tempo que vocês que continuam a alimentar o ego com acontecimentos do tempo dos mamutes


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 15:47
O Braga jogou pouco e o Benfica abafou-os na primeira parte. O que não invalida o que disse acima.


De Carlão a 10 de Agosto de 2017 às 12:34
Ainda só se disputou uma jornada e já começou o tiro ao vídeo-árbitro. Nem foi preciso chegar ao Natal.

Daqui a dias vão andar aos saltos quando perceberem que, o Benfica é o clube que mais beneficiará com o vídeo-árbitro pela simples razão de que é o clube com mais erros grosseiros contra (como bem se percebe pelas estatísticas dos penaltis e das expulsões)

Porque não saem do armário e assumem, de uma vez por todas, que só querem e aceitam um qualquer sistema que PREJUDIQUE ainda mais o Benfica?

Ou acaso pensavam que tinham o dom divino da visão e da interpretação dos lances e que só é verdade aquilo que os óculos verdes deixam ver, mesmo que toda a gente que não usa óculos verdes veja o contrário?


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 12:40
Meu caro, eu sei que tem de vender a João de Deus dos pobres de espírito que lhe chega às mãos, mas não deturpe as minhas palavras. O que eu disse é que há afinações que devem ser feitas no var e que o respeito pelos espectadores deveria mostrar imagens inequívocas. Também disse, e repito, que em mais nenhum grande campeonato , existe uma operadora de uma SAD a transmitir jogos em exclusivo. Isto são ideias de prevenção de conflitos de interesse que deveriam fazer pensar os intervenientes


De Carlão a 10 de Agosto de 2017 às 15:00
Nada contra a divulgação das imagens do VAR.
Mas o que tenho estado a assistir, em geral, não é a um pedido de divulgação dessas imagens, mas sim à condenação da decisão tomada... admitindo alterar a "decisão" se as imagens mostrarem o contrário.

Ou seja: condena-se sem imagens (provas), mas admite-se absolver se houver provas que mostrem que a condenação foi errada. Acontece que, num estado de direito, a justiça funciona exactamente ao contrário: sem provas não se condena, e o ónus da prova compete ao acusador.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 18:57
Eu pedi a divulgação das imagens. Depois, condenarei ou não...


De Anónimo a 10 de Agosto de 2017 às 13:10
Os VV e Carlão enganaram-se nos horários da cartilha, vieram os dois mandar bujardas, quase se atropelam. Veio à memória um lance do jogo Nápoles x Benfica( 4x2), um jogador do Nápoles tem a bola e, num ápice, vem 3 do Benfica tentar tirar a redondinha, o italiano inteligentemente passa rapidamente a um colega, os lampiões CHOCARAM!
Tenham cuidado que as Urgências estão a abarrotar.


De States United a 10 de Agosto de 2017 às 13:47
Também acho! O Sporting Comedia TV também devia deixar de transmitir jogos! Ou são estão preocupados com o futebol sénior??? Hipócritas!!!

Viva a choradeira!


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 14:08
Mas, por acaso a sportingTV da os jogos da equipa profissional. No dia que der tb não concordarei. Guarde o hipocrita para 'outros' , se faz favor. Mais Alegoria da Caserna, não. ,


De States United a 10 de Agosto de 2017 às 14:21
" A bem da transparência e da Verdade Desportiva."
Só se aplica para o futebol sénior??? O vosso canal também transmite jogos de vários competições nacionais. Mas pelos vistos para os Dragartos, isso já não interessa. Isso chama se hipocrisia…

Sempre com desculpas! Jogam a bola, param de se preocuparem com o Campeão e resolvem os vossos problemas internos, pois são muitos e já duram há muitos anos...


De JHC a 10 de Agosto de 2017 às 18:13
É um 2 em 1. Não me parece que saiba do que está a falar e está a fazer triste figura.
Essa confusão só existe na sua cabeça.
Por falar em modalidades, este ano foram 62 títulos nacionais. Dá o que pensar, não dá?


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 19:00
Não sabe não...


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 18:59
Competições onde nem sequer há videoarbitro...


De Anónimo a 10 de Agosto de 2017 às 14:16
Estes gajos dos states têm a mania que são mais espertos que os outros mas não passam de uns parolos.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 15:40
United States da cartilha unificada. Ét pluribus uno-me


De ND a 10 de Agosto de 2017 às 14:30
Às vezes chega a ser enternecedora a forma como vejo adeptos do SCP ou do FCP a defender tão apaixonadamente os interesses da Sportinveste. Ou então simplesmente poderiam admitir que o simples facto do Benfica não estar dependente deles vos faz demasiada comichão.

É que isto é uma falsa questão. Desde o primeiro momento que ficou esclarecido que as imagens recebidas pelo VAR não estão dependentes de qualquer realização. Eles recebem um feed contínuo de todas as câmaras no estádio.

http://www.dn.pt/desporto/interior/epaper-imagens-do-videoarbitro-nao-dependem-da-realizacao-7207160.html

Não sabe isto quem não quer, ou então quem lhe interessa fingir que não sabe apenas e só para, mais uma vez, atacar de forma velhaca a BTV.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 14:41
Ema, ema, hoje estão cá todos. Que falácia !


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 19:06
Meu caro, falei na divulgação aos espectadores das imagens que estiveram na origem da decisão e isso não foi feito. Observo um "spin" da cartilha: sportinveste. É o que se chama confundir a beira da estrada com a estrada da Beira. Só faltava sequer insinuar que estou a "puxar" pela Sportinveste. Já não há vergonha, claro a coberto de um semi-anonimato. Essa aliás é característica típica da cartilha :levantar suspeicoes sobre pessoas, no caso honradas. Uma vergonha, repito


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 23:06
Já percebemos pela "categoria" dos seus comentários que existe uma linha ideológica da cartilha, uma espécie de Sinn Féin, e depois a ala terrorista, por mal-educada e pela pobreza de argumentos, o IRA (é isso que motiva a quem recebe esses torpes comentários), protagonizado por este tal de ND, que tenta colocar anátema em pessoas, com considerandos como pseudo-interesses obscuros e "velhacarias". Que absoluta falta de nível, que vergonha para os verdadeiros benfiquistas. Ao menos, aprenda a ler para não deturpar o que foi escrito acima. Em nenhum país civilizado há uma televisão de clube a transmitir em exclusivo jogos de campeonato. É por as pessoas não serem sérias? Não!!! É por causa da prevenção de conflito de interesses. Percebeu agora?


De ND a 10 de Agosto de 2017 às 14:50
O VAR desde o início que está condenado à infâmia aos olhos dos adeptos. Qualquer adepto sentado no seu sofá em casa julga-se uma sumidade na leitura e interpretação das leis do jogo, e nem sequer lhe passa pela cabeça que coloquem em causa a sua isenção na análise de qualquer lance. Dois adeptos de clubes diferentes, olhando para o mesmo lance, conseguem ter duas análises diametralmente opostas. E ambos terão a absoluta convicção do que acabei de referir.

Quando este adepto ouve falar da introdução do VAR, pensa imediatamente: 'Excelente! Agora os lances do clube A ou B vão passar a ser avaliados tal qual como eu os avalio'. Depois o VAR não possui a lentes coloridas com que qualquer adepto avalia qualquer lance da sua equipa ou dos seus rivais. E por isso em muitos lances a decisão será diferente daquela que, no conforto do seu sofá, o adepto toma. E imediatamente o VAR será classificado de 'ladrão' e ao serviço do rival.

A expectativa dos adeptos do Sporting em relação ao VAR sempre foi desde o início essa mesma. Que este passe a analisar os lances dos jogos do Benfica e do Sporting como eles os analisam, e como todos sabemos a imaparcialidade dos sportinguistas nesses assuntos não se pode colocar em causa. E como tal a expectativa dos sportinguistas em relação ao VAR é, de uma forma simples, que passe a fazer o Sporting ganhar mais vezes e o Benfica perder mais vezes, permitindo ao Sporting conquistar os títulos que, na sua opinião 'isenta' e nada toldada pelo clubismo, lhe foram negados pelos árbitros 'normais' (digo isto porque é o Benfica quem tem ganho, porque se fosse o contrário seriam os benfiquistas e alimentar estas expectativas). Isto porque a contabilidade do adepto é sempre ir somando os erros que prejudicam a sua equipa e os que beneficiam o rival, esquecendo-se sempre conveniente daqueles que beneficiam a sua equipa e prejudicam o rival - isto é válido para qualquer adepto: se num jogo houver um erro a beneficiar o rival e três erros a prejudicar, o adepto só vai falar do que beneficiou. No caso presente, e como o Benfica é o actual campeão e o Sporting o pretendente, a expectativa dos sportinguistas é, mesmo que subsconsciente, que o VAR ajude o Sporting a ser campeão. E se isso por acaso não acontecer, o VAR será o culpado, como eram os árbitros em anos anteriores. E se acontecer o contrário, ou seja, se o Benfica não for campeão, então serão os benfiquistas a crucificar o VAR.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 15:16
Tenha paciência ...


De sol carvalho a 10 de Agosto de 2017 às 18:15
Finalmente vejo levantado um problema bastante sério que tem estado arredado da discussão publica, a meu ver, por desconhecimento geral do que se chama percepção sensorial. No video, um segundo é composto por 25 frames. Sabe-se que a colocação de TRES imagens em três frames seguidos, NÃO SÃO PERCEPTIVEIS ao olho humano e registam-se directamente no subconsciente. A alvo recebe a mensagem mas...não a vê.
Se considerarem que as competições desportivas se ganham por décimos de segundo, percebe-se a importancia do frame que se deve escolher para (com o objectivo de cumprirmos a lei) mostrarmos o inicio da jogada. Não é aleatório. O meu olho treinado (como o de qualquer colega) sabe que muitas vezes, o frame escolhido não é aquele que deveria corresponder ao inicio do chuto. Sabemos, por exemplo, que 3 frames (portanto 1/8 de segundo) pode corresponder a mais de 50 centimetros de corrida (mesmo no inicio desta) , o que pode fazer a diferença entre estar em jogo ou fora dele.
Bolt corre 10 metros em cada segundo (25 frames) o que dá 0,41 metros por frame. Se tivermos como referencia os tais tres frames invisíveis estaríamos a falar de ...1,20 metros para Bolt. O que tornaria a diferença entre fora de jogo ou não evidente. Considerando um corredor "normal" (três vezes menos rápido que Bolt) é mais do que o suficiente para qualquer avançado mediano fazer a diferença entre estar ou não fora de jogo...
O problema é tão sério que, em rigor, a unica forma de o eliminar seria acabar com o fora do jogo (e poder-se jogar à "mama" como nós fazíamos em miúdos...) porque haverá sempre a possibilidade de dúvida mesmo com pessoas honestas a mediarem ou, no caso, a escolherem o frame inicial para análise.
Pese embora eu já tenha visto esse problema noutras transmissões, no caso do BTV a manipulação é quase lógica (poderia mesmo perguntar-se "não é para isso que são pagos?) e por isso o assunto é mesmo escandaloso.


De Pedro Azevedo a 10 de Agosto de 2017 às 18:46
Os meus agradecimentos pela sua explicação técnica que inegavelmente da outro colorido a este debate.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Depois dos cinco a zero

Apoiem o Sporting.

A suta, o trabalho, um ân...

Pódio: Bruno Fernandes, B...

Tudo ao molho e FÉ em Deu...

Talvez não tenham percebi...

Olheiro de Bancada - III

Os nossos jogadores, um a...

Rescaldo do jogo de hoje

E se for preciso escolher...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

futebol

godinho lopes

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds