Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Elas na história do Sporting (2): Eulália Mendes

 

 

 

Outra extraordinária atleta do Sporting nos anos 60 e princípio dos 70 foi Eulália Mendes. Tal como Lídia Faria, a quem dediquei o primeiro número desta série, a sua carreira, sempre com desempenhos de altíssima qualidade, estendeu-se por um vasto conjunto de especialidades, exibindo uma especial distinção nas provas de velocidade, 400 e 800 metros e no salto em comprimento. Eulália Mendes consagrou-se, ao longo dos anos e por muitas vezes, como campeã de Portugal e recordista nacional dos 4x100 m, 200m, 400m, 800m, salto em comprimento e pentatlo, tendo, entre outros magníficos resultados, sido a primeira atleta portuguesa a correr os 400 metros em menos de um minuto e feito parte da primeira equipa portuguesa, uma selecção nacional da distância integralmente composta por atletas do Sporting, a correr os 4x100 metros em menos de 50 segundos. Eulália Mendes foi também a primeira atleta portuguesa a correr os 800 metros em menos de 2m 30s e integrou as equipas do Sporting que, entre os anos de 1969 e 1972, ganharam os quatro primeiros campeonatos de Portugal dos 4x400 metros, tendo, igualmente, feito parte da primeira equipa do clube que, em 1972, ganhou o campeonato nacional de corta-mato. Muitas outras menções de grandes resultados seriam possíveis, podendo, quem estiver interessado em conhecer melhor esta nossa brilhante atleta, começar a sua busca, por exemplo, no WikiSporting, a cujos autores agradeço, desde já, os dados de que me socorri para a elaboração deste pequeno texto.

 

Eulália Mendes 1

 

Eulália Mendes, que, suspeito, será hoje um nome praticamente desconhecido da maioria dos sportinguistas, é largamente merecedora da fuga ao esquecimento. Ficarei contente se a muito simples homenagem que agora lhe presto puder contribuir para que alguns, pelo menos, a recordem ou passem a conhecê-la. Eu era muito novo na altura em que esta enorme atleta espalhou tão liberalmente vitórias e recordes sobre as pistas do nosso país, mas lembro-me bem da maneira como as suas aptidões e os seus triunfos me encheram de orgulho e de como ajudaram a construir um Sporting com a grandeza que hoje conhecemos. Obrigado, Eulália Mendes.

 

Ficheiro:Eulália Mendes 2.jpg

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D