10 Jan 17

Não faz o menor sentido haver um clube desportivo em Portugal autorizado pela Liga a transmitir e difundir em exclusivo as imagens dos jogos que realiza em casa. Isto possibilita que este clube seleccione as imagens que muito bem entenda para servirem de base à discussão dos lances mais polémicos.

Bafejado por este privilégio, o Benfica divulgou excertos filmados das grandes penalidades cometidas por Pizzi e Nelson Semedo frente ao Sporting em que estes jogadores eram vistos de lado ou à distância, permitindo que pairassem dúvidas, em qualquer desses lances, sobre o castigo máximo negado à equipa anfitriã pelo árbitro Jorge Sousa.

As imagens esclarecedoras acabaram por ser exibidas só cerca de hora e meia após o apito final do Benfica-Sporting, quando o observador do árbitro já lhe havia atribuído a nota e os especialistas em arbitragem já tinham proferido os seus veredictos nas colunas dos jornais.

Deve ser posto fim sem demora a esta situação de excepção, que concede ao Benfica um estatuto privilegiado de que mais nenhum outro clube nacional usufrui. Em nome da transparência competitiva e pelo combate sem tréguas à mentira no futebol português.


comentar
52 comentários:
De Schmeichel a 10 de Janeiro de 2017 às 17:51
Caro Pedro,

Tocou num ponto essencial, sobre o controlo do sistema pelo benfica.... o controlo das imagens!

Se isto aconteceu no derby com o Sporting.... agora imagine o que não se adultera com os pequenos.

A BenficaTv não passa de um meio para controlar, adulterar e beneficiar o clube do colinho.... aliás, creio ser caso único na Europa, as transmissões serem dadas em exclusivo pelo próprio clube à parte dos restantes..... o que é demonstrativo da forma como o benfica encara o resto dos clubes portugueses, e a forma como se pretende distinguir deles, para na prática controlar e adulterar as imagens, tal como o fez no ultimo derby.


De Pedro Correia a 10 de Janeiro de 2017 às 17:58
Acho espantoso que este tema, para mim gravíssimo, seja tão poucas vezes debatido nos inúmeros fóruns futebolísticos das nossas televisões.
É fundamental não alinharmos na tentativa de silenciamento do SLB em torno desta questão - bem incómoda para eles, como se confirma pelos lampiões que não tardaram a desaguar nesta caixa de comentários. Tal como diz, o controlo exclusivo das imagens determina quem controla o sistema.
Temos de remar contra esta maré. Esta e outras.


De anonymous a 10 de Janeiro de 2017 às 19:01
Ao contrário: situação nada incómoda e bem clara para todos. Pelos vistos os sportinguistas é que estavam e estão muito contentes com o polvo que vivia à volta da SporTV do sportinguista Oliveirinha.
O tempo dos monopólios das transmissões televisivas de jogos e das máfias que vivem à sua sombra acabou. Agora criem vocês uma Sporting TV a sério, se forem capazes ou, se não quiserem, continuem conluiados na Sportv.


De Pedro Correia a 11 de Janeiro de 2017 às 09:09
"O tempo dos monopólios das transmissões televisivas de jogos e das máfias que vivem à sua sombra" só acabará com o fim dos jogos difundidos em exclusivo pela TV lampiã. Para pôr termo a situações vergonhosas como a que refiro no meu texto.


De Orlando a 11 de Janeiro de 2017 às 18:41
Plenamente de acordo, Pedro. É perfeitamente inadmissível que um canal televisivo de um clube tenha o exclusivo das imagens e transmissões dos jogos que o citado clube efetua em casa. Hoje em dia, graças a toda a panóplia tecnológica existente, muita coisa coisa se pode adulterar para não dizer " aldrabar". Infelizmente esta é mais uma situação que ilustra bem o estado atual do futebol português, ou melhor dizendo do sistema que o domina.
Há muito por fazer para modificar o atual estado de coisas do futebol português. Só desejo que todos aqueles que estão em condições de lutar contra o status quo reinante no futebol, nos quais incluo em primeira instância os que são sportinguistas, tenham a coragem, lucidez e discernimento necessários para enfrentar e conseguir modificar o atual sistema, com o objetivo de salvaguardar a verdade desportiva e em última instãncia salvar o próprio futebol, modalidade que encanta milhões de adeptos e que não merece ser maltratado como atualmente acontece.
SL.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Balanço (34)

Pontapé de saída

Palmarés leonino (38)

Memória de peixe outra ve...

O polvo encarnado (3)

Os nossos comentadores me...

Balanço (33)

A nossa identidade indest...

Tomem lá, braguinhas

Palmarés leonino (37)

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

bruno de carvalho

leoas

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

benfica

jogadores

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

liga europa

ler os outros

godinho lopes

golos

clássicos

futebol

árbitros

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

humor

formação

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
136 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds