02 Out 16

Em Madrid, vencendo o Real a cinco minutos do fim, o Sporting sofreu dois golos em cinco minutos que viraram o resultado.

Frente ao Estoril, a ganharmos 3-0, desistimos de jogar antes do fim e sofremos dois golos totalmente evitáveis.

Ontem, no Estádio D. Afonso Henriques, deixámos o V. Guimarães progredir de 0-3 a 3-3 com 20 minutos desastrosos ao cair do pano.

É impossível não descortinar traços de semelhança entre estes jogos: existe um abismo entre o onze que começa e o onze que termina.

Saber fazer substituições é um indício claro da arte de um treinador. Ou não.


comentar
84 comentários:
De Sérgio a 2 de Outubro de 2016 às 09:29
Caro Pedro Correia:
Com o Estoril não chegaram a estar a ganhar por 4-0; foi 3-0, 3-1, 4-1. Pouco interessa para o raciocínio, mas devia ser corrigido. Metade das equipas da primeira liga têm menos golos sofridos que o Sporting. Algumas delas têm um jogo a menos, mas ainda assim é no mínimo preocupante para o Sporting.
Quando o Sporting defrontou o Real Madrid, eu vim aqui dar os parabéns ao Sporting pelo jogo que fez e também afirmei que tinha ficado contente por este ano o Sporting ter decidido levar as competições europeias a sério. Se o Sporting desprezasse as competições europeias ainda iria em primeiro na Liga Portuguesa. 6 dos 9 golos sofridos pelo Sporting foram após jornadas europeias.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 12:56
Meu caro: com o plantel que o Sporting tem nesta temporada a questão não pode pôr-se nesses termos: "desprezar as competições europeias" porquê? não recebemos um carregamento de reforços este Verão?

Agradeço-lhe o reparo. Vou corrigir.


De Sérgio a 2 de Outubro de 2016 às 18:16
Caro Pedro Correia:
O Sporting não tem assim um plantel tão bom. Se o Adrian não jogar, o Sporting terá muitas dificuldades em ganhar a uma equipa da primeira metade da tabela. Não consegue indicar um nome de um jogador do Benfica ou do Porto que provoque a mesma perda de qualidade.
A única equipa em Portugal capaz de fazer uma grande rotação de jogadores sem grande perda de qualidade é o Benfica. Claro, é preciso que os jogadores não estejam lesionados.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 18:45
Não percebo minimamente a sua tese: "O Sporting terá muitas dificuldades em ganhar a uma equipa da primeira metade da tabela."
Isso quer dizer que o FC Porto não é uma equipa da primeira metade da tabela?


De Sérgio a 2 de Outubro de 2016 às 21:32
Sim, Porto é uma equipa da primeira metade. Ter dificuldade em vencer não significa que não vença. Com Adrian, a jogar em casa, e depois de o Porto ter tido um jogo europeu fora a meio da semana, as probabilidades de vitória do Sporting aumentam. Portanto, absolutamente coerente com a teoria.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 22:03
O capitão do Sporting chama-se Adrien, não Adrian.


De Sérgio a 2 de Outubro de 2016 às 23:02
As minhas desculpas pelo engano no nome. Foi sem qualquer intenção.


De PGP a 2 de Outubro de 2016 às 09:56
Caro Pedro Correia,

Concordo que Jesus demorou a substituir Markovic que por volta dos 60 minutos já parecia bastante desgastado (percebo, no entanto, que não tenha esgotado uma outra – a terceira - substituição porque havia demasiados jogadores amarelados em risco de expulsão). Concordo também que, pelo menos para já, os substitutos – grande parte deles brinquedos novos escolhidos por Jesus - parecem não estar à altura, registando-se normalmente quebras acentuadas de rendimento da equipa após a sua entrada em campo (é, no entanto cedo para retirar ilações definitivas, pois, grande parte deles, só chegou há cerca de um mês). Penso até que Jesus desta vez tem vindo a atribuir – na minha perspetiva erradamente – demasiada importância à aposta na Liga dos Campeões, originando demasiado desgaste em jogadores chave como William, Adrien, Coates, Semedo, Gelson, ou Dost.

Mas o que não posso concordar é que se crucifique Jesus ou os jogadores num jogo em que, mesmo com todos os nossos erros e desconcentrações (isto não é o FM), o Sporting deveria ter ganho se não fora a habitual mãozinha do Arturzinho. Sim, esse mesmo que foi elogiado por Bruno de Carvalho antes do fatídico Sporting- Benfica do ano transato com o bom resultado que se conhece. E sim, esse mesmo que foi elogiado por si enquanto árbitro do ano, embora tenha contribuído decisivamente (na minha opinião) para termos perdido o título da época passada (com erros decisivos no Bessa, em Alvalade contra o Benfica, ou mesmo no Dragão – embora nesse último caso , não foi suficiente para nos retirar os 3 pontos).

E não, não estou a falar só do óbvio erro no lance do terceiro golo, com uma falta muito mais evidente do que aquela que o nosso Arturzinho assinalou ao Slimani no jogo do ano passado no Bessa. Por acaso já reviu o lance do segundo golo do Vitória desde o início? Não viu também uma falta sobre o Gelson? Não viu também (salvo erro, antes do início do lance do primeiro golo do Vitória) uma agressão a pontapé ao Markovic que o nosso Arturzinho fingiu que não viu?

Se isto fosse para outras bandas – com um primeiro golo de penalti contra (aceitável), um segundo golo que surge de uma falta sobre o Gelson, um terceiro golo que surge de uma falta inexistente do Marvin e uma outra falta – aí sim evidente – do Soares – diga-me lá que Carnaval de Chelas não teríamos na comunicação social do Estado Lampiânico? Sim, já sei, nós somos diferentes e isso tem-nos valido de muito…

SL e não leve a mal o registo certamente demasiado cáustico, mas, em jogos como este em que somos claramente prejudicados pela rapaziada da APAF (ao contrário do que sucedeu em Vila do Conde) com o habitual branqueamento da comunicação social do Estado Lampiânico, não consigo concordar em crucificar Jesus ou os seus jogadores…


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 13:02
Meu caro, duas observações:

1. Criticar o treinador não é "crucificá-lo". Era o que faltava.

2. Tenha paciência, mas não dou para esse peditório do tiro ao árbitro, passatempo preferido de muitos sportinguistas. Esse eterno passa-culpas, transferindo para terceiros a responsabilidade dos nossos erros, comigo não pega. De resto foi a própria direcção leonina que em recente comunicado veio elogiar a inegável melhoria do nível da arbitragem portuguesa. Subscrevo o teor desse comunicado.


De PGP a 2 de Outubro de 2016 às 14:53
Meu Caro,

1. Bdc, Jesus e os jogadores têm cometido múltiplos erros e até pecados capitais, mas não merecem ser crucificados por erros de outros...

2. No meu comentário fiz questão de frisar que por exemplo em Vila do Conde não houve qualquer influência da arbitragem no resultado final (o mesmo sucedeu, acrescento agora, contra o Estoril);

3. No meu comentário também fiz questão de referir o meu desacordo em relação à estratégia do BdC de reduzir a pressão sobre os árbitros. Num campeonato de um País civilizado, não poderia estar mais de acordo com esta estratégia; no campeonato da mentira em Portugal, a pressão pública e mediática é a única via possível para ir denunciando o que se passa (para quem não queira agir de forma ilegal ou criminosa como os nossos rivais - coisa que nenhum sportinguista que se preze quer)

4. Como pelos vistos não lhe tenho conseguido explicar por palavras quem é o Arturzinho, pode ser que estas imagens o ajudem a compreender melhor. Se puder veja as imagens abaixo e julgue por si...

https://streamable.com/m4m2?t=1.3

SL


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 17:20
Voltamos à conversa dos árbitros. Lamento, mas não tenho paciência.


De atitopoteu a 2 de Outubro de 2016 às 13:35

ora, ora ! ... confesso que já estranhava !...

"o Sporting deveria ter ganho (com a prestimosa ajuda, em pelo menos 2 golos, de um 'enferrujado' Douglas ! ...) se não fora a habitual mãozinha (em não assinalar o penálti cometido pelo Semedo sobre um tal Marega mas, isso não interessa nada, não é assim!? ...) do Arturzinho"

a ausência da habitual desculpa sempre que são derrotados, desde há 40 e muitos anos, hehehe !!!









De Carlos Silva a 2 de Outubro de 2016 às 16:20
Estou convicto que todo este bando, são aves de arribação. Este ano chegado Maio terão todas imigrado e não as veremos mais


De Anónimo a 2 de Outubro de 2016 às 17:27
Carlos Silva, é impressão minha ou o caro escreveu o mesmo comentário na época passada por esta altura?!
Olhe que, na altura como hoje, as aves não "migraram" em Maio mas foram antes os gatos que meteram o rabinho entre as pernas e foram para Alvalade receber os... perdedores!


De L. Sepúlveda a 3 de Outubro de 2016 às 00:06
O Carlinhos, não da Sé, mas da Silva, no ano passado (época!) e por esta altura, ainda não miava por estes beirais.



De Carlos Silva a 3 de Outubro de 2016 às 09:10
Sr Anonimo. É na realidade impressão sua. Não confirmo. No entanto, creia-me que no plano pessoal fico um pouco triste.
Ter tido o supremo privilégio de uma frase minha ter permanecido no seu cérebro durante um (1) ano, é algo que aquece o ego do mais humilde pensador


De Nuno A. a 2 de Outubro de 2016 às 10:15
Então o Mestre da Táctica passou a ser o Aprendiz da Táctica?


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 13:04
Não sei o que é isso do Mestre da Táctica. Nem faço a menor ideia de quem seja o aprendiz.


De anonymous a 2 de Outubro de 2016 às 11:21
«METE O MAREGA!»

Faixa premonitória exibida recentemente pela claque do SCP.
Eles bem sabiam do que estavam a falar.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 12:54
Mete o Talisca.


De Carlos Silva a 2 de Outubro de 2016 às 16:08
Ou talvez o Julio Cesar


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 17:21
ou o Djaló.


De Miguel a 2 de Outubro de 2016 às 11:38
Diz o Jesus que faltou matreirice! Mas não foi ele que escolheu os jogadores?
Quanto a arbitragem é melhor nem falar, pois há um penalti flagrante do Semedo sobre o Marega não assinalado. Também não dá para falar do jogo de terça-feira, que foi tão pouco exigente e ficou resolvido bem cedo.
É nestas alturas que me lembro do plantel que foi dado ao Marco Silva por comparação ao que foi dado a Jesus...
A minha esperança é que dirigentes, treinador e Saraiva se calem por uns tempos e trabalhem. Trabalho é o que não falta naquela estrutura.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 13:09
Que problema tinha o plantel de Marco Silva?
Marco Silva contou com Nani, João Mário, Adrien, William Carvalho, Rui Patrício, Cédric (seis futuros campeões europeus). Também tinha o Slimani, o Montero e o Djaló peruano.
Razões para lamúrias e birrinhas? Meu caro amigo, tenha paciência...


De l. rodrigues a 2 de Outubro de 2016 às 15:01
Caro Pedro Correia,
Tem de decidir de uma vez por todas se o Carrillo é jogador a mais ou a menos. Assim ninguém o entende.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 16:25
Dirigi-me ao leitor que veio aqui lamentar a falta de qualidade do plantel à disposição de Marco Silva: os factos demonstram amplamente que ele não tem razão.
Este leitor é daqueles que ainda choram a ida do Djaló peruano para o SLB. Daí eu ter mencionado o jogador em causa.
Creio que nesta altura do campeonato vocês já não partilham desta opinião. Nada que me surpreenda. É a vida, como dizia o outro.


De José da Glória a 2 de Outubro de 2016 às 11:46
Azia como esta não sentia há anos! Nem dormir bem consegui, quanto mais falar da arte de bem ou mal substituir…


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 13:11
Depois de amanhã há outro jogo.


De MB a 2 de Outubro de 2016 às 11:54
Pronto, afinal concorda comigo.
O problema raíz é "saber fazer contratações". Não se podem fazer boas contratações para o 11 e depois ter suplentes assim...



De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 13:16
Eu não contrataria o Elias, claro.
Alan Ruiz tarda em demonstrar que merece o preço que foi pago por ele.
Sobre o Meli, o Douglas e o Castaignos não posso pronunciar-me: ainda não calçaram.
Petrovic, também quase não calçou.
Dost, André, Campbell e Markovic parecem-me bons reforços. Ainda não percebi quem é que você poria na lista negra. Mas está sempre a tempo de nos esclarecer.


De MB a 2 de Outubro de 2016 às 12:03
Já agora, deixo aqui isto. Não vale de nada mas pronto

https://media.giphy.com/media/xlkl61ryrtFaE/giphy.gif


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 13:16
Não vale de nada porquê?


De abreosólhosvasco a 3 de Outubro de 2016 às 00:29
e o que é que o árbitro deveria assinalar primeiro !? ...

a posterior falta ofensiva do jogador do Vitória S. C.

ou

o penálti contra o Sporting por empurrão - deliberado e ainda mais visível, mesmo sem vídeobabalu - do Schelotto ao Marega


De Pedro Correia a 3 de Outubro de 2016 às 08:14
Os árbitros são unânimes: o terceiro golo do Guimarães foi ilegal.
Os árbitros são unânimes: Josué devia ter sido expulso por agressão a Markovich.

Se fosse convosco já havia choradeira, com baba e ranho.
Se fosse convosco já havia ameaças de veto ao árbitro.


De david a 3 de Outubro de 2016 às 14:36
Pedro Correia, acho que passou por cima do penalti cometido pelo Rúben Semedo no lance com o Marega.

Expulsão do Josué? Discordo.
Terceiro golo do Guimarães precedido de falta? Claro que foi.


De abreosólhosvasco a 4 de Outubro de 2016 às 00:52
já lhe disse, mais que uma vez, que não preciso de seguir as, tão válidas como as minhas, opiniões de 'especialistas'

sobre aquilo que vejo tenho e emito as minhas próprias opiniões


De Luis Moreira a 2 de Outubro de 2016 às 12:26
É, principalmente se quem entra vai jogar da mesma forma dos que saiem. A ganhar, quem entra, devia ter como objectivo aproveitar a energia para arrefecer o jogo, esconder a bola longe da sua baliza, fazer faltas no meio campo adversário, longe da baliza. Mas não, entram para correrem que nem uns desalmados na linha dos que sairam.
Alguém tem que , como dizem os brasileiros, "fazer chuva e fazer sol", isto é , impor o ritmo que nos convem. Tem faltado.


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 13:18
Obviamente de acordo com a sua reflexão, que vou destacar.
Julgo que o defeito que aponta tem sobretudo a ver com a pouca ou nenhuma apetência das equipas de JJ para segurarem o resultado, como se os parentes lhes caíssem na lama por causa disso.


De Pedro Almeida a 2 de Outubro de 2016 às 12:30
Quando se compra um porco não se compra apenas o fiambre também se compra o chafurdar na lama...


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 12:55
Vocês não perdoam mesmo ao Talisca, coitado do rapaz.


De Miguel Borja Jiménez a 2 de Outubro de 2016 às 13:14
"Quando se compra um porco não se compra apenas o fiambre também se compra o chafurdar na lama..." lampião Pedro Almeida

Exactamente. E haverá expert maior em chafurdar no lixo e na lama do que "os que se compram" da luz vermelha?

Meu caro, espanta-me que use a "analogia" para falar de vocês mesmos. Estará algo a mudar na vara da luz e carnide?


De Pedro Correia a 2 de Outubro de 2016 às 17:21
Este leitor estará a chamar porco ao Taarabt?


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

A voz do leitor

AntonioF, os Pedros, os á...

Hoje giro eu - Equipa da ...

Até agora tudo bem

Jorge Sousa, Duarte Gomes...

Hoje giro eu - A incorrup...

A voz do leitor

O Steaua europeu

Parece brincadeira

Já podemos falar do tal á...

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

nós

golos

ler os outros

liga europa

futebol

godinho lopes

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds