09 Mai 17
Chocante contraste
Pedro Correia

 

Nós, adeptos, irritados e tristes. Eles, todos na maior.

Fim da linha para mim.

 


comentar
32 comentários:
De Simão Gamito a 9 de Maio de 2017 às 16:16
Defina "fim da linha para mim", caro Pedro, sff.

PS: sugeri aí mais abaixo e mais que uma vez, o nem um sportinguista a Alvalade no próximo jogo lá. Sugeri o mesmo em relação ao próximo jogo que é fora. Mas em Alvalade há outra opção muito boa e que li aí num outro blog e que é ir lá e nem abrir a boca em todo o jogo. Ou aplaudir somente Gelson, Podence e mais um ou dois.


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 16:28
Basta ler o que escrevi ontem e hoje neste blogue para se perceber o que significa "fim da linha" para mim, Simão. É difícil ser mais claro.


De Rudolfo Dias a 9 de Maio de 2017 às 19:46
Historicamente, o Marquês de Pombal também entendeu que seria o fim da linha da Companhia de Jesus.


De Jordão a 9 de Maio de 2017 às 16:53
Em todos os desportos, quem não se importa de perder, não pode ganhar com regularidade.

Vejam esta cena do "Moneyball", baseada numa história real. A "estrela" da equipa está na maior depois de mais uma derrota, até ao dia em que o "general manager" calha a assistir ao "espectáculo" que se passava no balneário. Depois de se passar com os jogadores, Billy Beane correu com Jason Giambi (o "stripper"), preferindo criar uma equipa unida e eficaz no seu estilo de jogo, a ter "estrelas" só no papel.


https://www.youtube.com/watch?v=o9Q0kp8CMFQ


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:07
Hum. Vem a propósito...


De Pedro Wasari a 9 de Maio de 2017 às 17:11
Caro Pedro

Li e li também os comentários. O Post é assertivo, os comentários revelam o estado emocional dos Sportinguistas.

Desde há muito tempo que penso que a dita estrutura do futebol profissional do SCP não funciona.

Falta um Director desportivo, um Director de comunicação.

O Presidente deve-se resguardar o mais possivel, só falar em casos extremos.

Ensinar o JJ como se deve falar nas conferências de imprensa.

Como li algures," parece uma equipa amadora com salários de profissionais".

SL



De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:08
Falta um verdadeiro director desportivo, sim. E falta uma gestão profissional que ainda não existe. Como tem sido óbvio nestes últimos dias.


De david a 9 de Maio de 2017 às 17:54
Pois... Gastaram todo o tempo a olhar para o vizinho e nunca olharam para a sua casa. Deu nisto...
Deu nisto, o ano passado, neste ano, vai ser igual no próximo e por aí adiante...


De miguel c a 10 de Maio de 2017 às 08:06
Misturar, ou tentar misturar, no que isto deu este ano e no ano passado é ser burro ou mal intencionado.


De david a 10 de Maio de 2017 às 15:04
Não percebeu, paciência.
Olhe, não lhe faço um desenho para perceber.


De JHC a 9 de Maio de 2017 às 17:59
Esta época é frustrante para o Porto, para o Braga, para o Sporting e para todos nós adeptos. Em relação ao presidente, deve se resguardar e dedicar-se a gestão do clube e continuar o combate pela transparência no futebol. Mobilizar outros clubes de forma acertiva liderar uma alteração no futebol português.
Quanto ao acessório como entrevistas, fotos no facebook e twiter, passa-se o mesmo nos rivais e não interessa nada. Não é isso que ganha campeonatos e só serve para os adeptos atirarem como razões para o insucesso e honestamente não é por isso que perdemos campeonatos. É preciso garra e compromisso de todos os intervenientes, em cada segundo, em cada momento durante todo o campeonato. Comer a relva. É só isso que peço pois sei que para ganhar campeonatos, neste momento, é preciso muita "estrutura" fora das 4 linhas.
Saudações Leoninas!


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:19
Tem razão nisso. E eu acrescento: é preciso blindar o grupo. Para isso, há que resolver os problemas no âmbito interno. E perder a vertigem - que é quase um vício - de aparecer sempre a falar para a comunicação social.
Muito feio, sobretudo, é utilizar os jornalistas para mandar mensagens a terceiros.
O que há a dizer deve ser dito cara a cara. Internamente. Caso contrário a estrutura deixa de ser blindada e passa a ter mais buracos do que um queijo suíço.
Quem não perceber isto, nada percebe do essencial.


De Guilherme Rosado a 9 de Maio de 2017 às 18:11
Caro Pedro Correia ( e já agora sportinguistas) não se deixe abater pelo desânimo. No desporto as derrotas devem encarar-se com normalidade felicitando o adversário quando este é melhor do que nós.
A facilidade com que o Sporting perde e encaixa golos esta temporada é preocupante e mostra que muita coisa está mal. Mas este clube é muito mais do que só futebol.
SL


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:23
Tem razão, Guilherme. Mas este blogue também funciona como testemunho e documento do estado de espírito dos adeptos leoninos nas mais diversas situações.
Boas e más.
Quando mais tarde se escrever a história do Sporting nestes anos, o És a Nossa Fé servirá de fonte autêntica e genuína.

Um abraço.


De MB a 9 de Maio de 2017 às 18:56
Vejam a entrevista do rui unas ao William Carvalho. Há uma parte em que o Rui pergunta como é que eles lidam com os maus resultados e William responde algo como: "Eu dei o meu melhor e é isso que interessa." Não sei se a academia da demasiada frieza aos nossos jogadores. Não sei.

Aconselho essa entrevista a quem não viu! Esta no youtube!


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:24
Ainda não vi. Mas vou ver.


De MB a 9 de Maio de 2017 às 23:25
https://www.youtube.com/watch?v=20LO8NdnxHc


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:32


De Anónimo a 9 de Maio de 2017 às 19:37
E o outro em frente vai ganhar o tetra abençoado pelo papa(sic noticias)


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:08
Eles disseram isso?


De Pedro Azevedo a 9 de Maio de 2017 às 19:42
Um treinador é também um gestor de recursos humanos. Nesse sentido, a sua prioridade deve ser criar uma boa dinâmica de grupo, um espírito de corpo (equipa) forte. Para isto ser conseguido é importante que todos os elementos do plantel se sintam parte do todo. Para que isto seja possível, o treinador deve focar o grupo no objectivo comum e deve conseguir que o ego individual de cada jogador não se sobreponha ao colectivo. Conversar com os jogadores que estão a jogar menos, explicar-lhes a razão disso, o que pretende que estes melhorem e qual a sua expectativa para cada um deles, é essencial.
Acima do espírito de equipa existe a cultura de empresa (clube). As empresas com cultura (identidade) mais forte estão sempre mais perto do sucesso. São o conjunto de valores que a caracterizam e as pessoas que os transmitem. Tudo isto contribui para que o grupo se fortaleça e se una em torno de um ideal.
Passada esta introdução, relembremos o que se passou esta época:
1) o treinador afirmou haver jogadores de segunda e de terceira.
2) o treinador afirmou que com ele em campo, o Sporting não teria perdido.
3) o treinador já por duas vezes depositou a culpa da derrota ou empate (Guimarães, em casa) aos jogadores que entraram e, uma vez, a Palhinha (depois disfarçado com a história da cartilha errada).
4) desde o saudoso Manolo Vidal (e José Manuel Torcato), o Sporting não tem nenhum dos seus junto do plantel.A cultura do Sporting é diferente da do Benfica ou Porto, pelo que tentar cópia-las seria um erro. Os sócios e adeptos leoninos têm um sentido crítico mais apurado e não permitirão desvios àquilo que é a nossa cultura. Estes homens de balneário não podem nem devem ser subalternizados ao treinador, devem ser escolhidos pela Estrutura. Estão lá para passar a nossa mística e não devem depender do sucesso do treinador. Homens como Iordanov, com várias temporadas de Sporting, uma história de vida e de resiliência impar e ex-capitão, o que andam a fazer fora dos corredores de Alvalade?
Tudo isto prova que muita coisa está errada e que com JJ a supervisionar tudo, dificilmente mudará.
Uma última questão: onde anda o psicólogo/motivador que JJ trouxe consigo há 2 anos? Saiu no início desta época, certo? Porquê? As equipas, hoje em dia, devem ser multidisciplinares. O futebol está a anos luz do futebol americano em organização e metodologia de trabalho. Porque não inovar e ir buscar as melhores práticas? Só os guarda-redes é que merecem trabalho específico? Não deveria haver treino de sectores? O psicólogo/motivador/coach não deveria ser assumido em vez de ser comparado a um "bruxo"? Em que século estamos? Ainda existe Inquisição?


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 23:25
Vou destacar o seu comentário, Pedro. Abraço.


De Pedro Almeida a 9 de Maio de 2017 às 19:54
Confirma-se que o casamento será nos Jerónimos e com transmissão em directo na Sporting TV?
Não quis acreditar quando o ouvi.
Será mesmo???


De Pedro Correia a 9 de Maio de 2017 às 22:59
Sei lá. Não costumo ler as revistas cor de rosa nem tenho qualquer interesse pela vida privada das pessoas.
Tenho aliás as maiores reservas perante figuras públicas que passam o tempo a exibir a sua vida privada.


Comentar post

Autores
Pesquisar
 
Posts recentes

Hoje giro eu - o Rei vai ...

Vamos ter saudades dele

Porque hoje é Quarta-feir...

Leitura recomendada

A frase

Balanço dos 3 primeiros j...

Catorze passarinhos e um ...

Poucos se salvaram numa e...

Hoje giro eu - Equipa da ...

Na Mouche?

Facebook
És a Nossa Fé no Facebook
Twitter
És a Nossa Fé no Twitter
Arquivo

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Tags

sporting

comentários

memória

selecção

leoas

bruno de carvalho

prognósticos

jorge jesus

balanço

slb

há um ano

vitórias

campeonato

jogadores

benfica

eleições

rescaldo

arbitragem

mundial 2014

taça de portugal

golos

nós

ler os outros

liga europa

godinho lopes

futebol

árbitros

clássicos

euro 2016

comentadores

cristiano ronaldo

scp

formação

humor

análise

crise

chavões

liga dos campeões

derrotas

william carvalho

todas as tags

Mais comentados
158 comentários
155 comentários
152 comentários
142 comentários
138 comentários
136 comentários
132 comentários
Ligações
Créditos
Layout: SAPO/Pedro Neves
Fotografias de cabeçalho: Flickr/blvesboy e Flickr/André
blogs SAPO
subscrever feeds